~AmeliaAnneStark

AmeliaAnneStark
Nome: Li Boo Na
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 21 de Março
Idade: 17
Cadastro:

Ficha - Christmas Horror Story


Postado


Nome Completo: Julie-Anne Van Houten.

Idade: 18 anos.

Sexualidade: Feminino.

Orientação sexual: Homossexual.

Aparência: Julie-Anne possui uma face levemente angelical, contudo em nada se assemelha as características físicas de seus pais. Herdara completamente as características de seus avós. Nariz um pouco achatado e núbio, altura de 1,60. O seu corpo é bem definido, porém sem exageros, portando seios pequenos e coxas médias, é uma garota esguia com curvas singelas. Julie tem longos cabelos cacheados pretos com mexas roxas por quase toda a sua extensão. O seu rosto tem a forma oval e no seu maxilar tem uma pequena curva que faz realçar o seu queixo. As suas sobrancelhas são ligeiramente grossas e marcam suas expressões faciais.
Já os seus olhos castanhos são uma das suas características mais marcantes e seus cílios grossos apenas reforçam seu olhar penetrante e desafiador, pois é pelos seus olhos e expressões que Julie expressa o que está sentindo no momento, mesmo que ela não queira, por isso é bem fácil adivinhar o que esta sentindo no momento. Um exemplo claro é quando está com raiva, suas sobrancelhas começam a franzir, seus lábios ficam serrados e seus olhos às vezes chegam até mesmo a brilhar de raiva. Pele morena cor de jambo. Lábios finos e delineados também castanhos, mas com uma singela parte rosada no lábio inferior.







Justine Skye.

Personalidade: Mesmos possuindo traços angelicais, eles de nada condizem com sua real personalidade. Ela possui um temperamento um pouco difícil se você não tiver um pouco de paciência com ela, se irrita pelas coisas mais bobas, porém aprendera a se controlar e não partir para a agressividade nesses momentos, por isso sempre tem o costume de respirar bem fundo. Completamente impaciente, se acha uma garota bastante independente, e não costuma obedecer a ordens, o que acaba gerando altos índices de rebeldia da mesma. Uma garota nem um pouco calculista, também não é muito boa em se comunicar com as pessoas pela sua maneira bruta de ser, por isso curta e grossa são duas palavras que definem muito bem Julie-Anne Van Houten.
Ela sabe que seu comportamento não é nem um pouco amigável, porém não se importa, na verdade gosta de ser assim, pois pra ela é amis fácil ignorar os outros ao seu redor. Sincera e direta ao assunto, ela não tem medo de falar o que pensa, mesmo que a hora não seja a mais apropriada. A mesma também não enrola para falar o que quer, se ela tem algo a dizer, ela simplesmente diz. Talvez seja esse um dos principais motivos pelo qual nunca teve muitos amigos, ironia é uma palavra que nunca pode faltar e que está sempre presente no seu dia-a-dia. E além de dar respostas curtas e “grossas”, Julie ainda lhes acrescenta um pouco de sarcasmo, reforçando ainda mais a ideia que as pessoas têm de que ela é uma pessoa sem emoções.
O que não é verdade, Julie possui uma facilidade tão grande de se enraivecer que já até se acostumara com este sentimento. Ela simplesmente não tem paciência para diálogos que a mesma intitula de desnecessários, por isso outra coisa comum é o ato de revirar os olhos para cada pergunta ou atos que acha bobo. Educação não é o seu forte. A garota é uma baita de uma mal educada, que tem a boca mais suja do que esgoto.
Não se importa do seu palavreado ser um dos piores que ela mesma conhece, pois acha que esse é o seu jeito único de ser. Sua mãe, sempre a reprendera por isso, porém, Julie-Anne está pouco se fodendo para a educação que sua mãe lhe deu. Sua boca é imunda neste caso. Não se segura quando o aspecto é má educação. Contudo esta sua maneira bruta de ser é apenas um reflexo de sua insegurança, Julie possui certo ressentimento de se aproximar das pessoas por conta das perdas e das decepções que tivera em sua vida. Porém mesmo que não seja uma garota provida de coragem, sem nenhuma duvida é uma garota determinada.
Mesmo que sua vida não seja agradável faz o impossível para continuar sobrevivendo, pra ela não existe a palavra desistir, em momentos de pressão ou perigo seu semblante fica sério e seus olhos estreitam quase imediatamente, geralmente é mais de agir do que pensar. Julie-Anne sempre teve dificuldade em demonstrar às pessoas como se sentia, por isso tenta fazer isso pelas suas ações, principalmente se esta perto das pessoas que gosta. Completamente teimosa, a mesma não dá o braço a torcer, porém não é impossível convencê-la a fazer algo, só é necessário conhece-la muito bem. Julie não possui um espírito muito diplomático, mas se tem algo que ela odeia são injustiças. Ela fará de tudo para que a verdade venha à tona.
E mais uma vez com uma determinação imprescindível, Julie não desiste de seus objetivos, mesmo com medo de falhar, ela junta toda a sua coragem e segue em frente.

Historia: Julie-Anne nascera em uma bela manhã de dezembro. Desde pequena era uma garota avoada, já perdera as contas de quantas vezes fora mandada para a diretoria por seu comportamento hostil, e claro suas notas relativamente ruins. Seus pais não tinham muito controle sobre a mesma, poderiam facilmente classifica-la como uma filha rebelde ou algo assim, é como se Julie simplesmente se recusasse a obedecer. Ela nunca fora uma menina de vários talentos, a colocaram em aulas de música, quase chegara a aprender violão, porém não tinha a menor paciência. Logo após tentaram algo diferente como a dança, contudo se saíra pior do que em suas aulas de música. Definitivamente não havia nascido pra esse tipo de coisa. Até que seus pais decidiram a incentivar a fazer um das coisas mais obvias, o esporte. Fizera vários: Vôlei, Handebol, até mesmo Basquete chegara a tentar, mas em nada dera certo, entretanto com seus 15 anos em um dia simples na praia, Julie resolvera tentar algo diferente, ou melhor, um esporte diferente: a natação. Fora sem nenhuma duvida sua primeira paixão, Julie-Anne acreditava ser ruim em tudo o que fazia praticamente, é claro que fora um pouco complicado e demorado a aprendizagem, mas depois que aprendera se sentira muito orgulhosa. Afinal era uma das poucas coisas em que era boa! Chegara até a concorrer em algumas competições quando pequena. Julie se considera uma pessoa bastante cética, acredita apenas naquilo que se pode ver e tocar. Por isso só aceitou a ida ao shopping por causa de seus amigos, mas pra ela não passa de uma enorme merda sem sentido.

Nome de mãe e pai e sua relação com eles:

Pai -

(Idris Elba)
Nome: Robert Van Houten.
Idade: 38 anos.
Relação: Sempre teve um apego especial por seu pai, já que ele sempre a apoio quando ela precisou. Possui uma enorme confiança nele, pois ela sabe que sempre poderá contar e conversar com seu pai para qualquer coisa ou para qualquer assunto, pois ele não o julga e sempre o ajuda e o aconselha no que ela precisa. Eles são como melhores amigos e que podem sempre contar um com o outro, podem confiar os mais profundos segredos. Seu pai sempre fora um homem mais liberal e descontraído.

Mãe -

(Zoe Saldana).
Nome: Naomi Van Houten.
Idade: 36 anos.
Relacionamento: Possuem um relacionamento bastante conturbado. Vivem brigando, geralmente por assuntos bobos. Sua mãe sempre fora a mais preocupada,e recatada. Não gosta das atitudes rebeldes da ficha, mas sem sombra de dúvida se amam incondicionalmente mesmo que muitas vezes não saibam como expressar. Sua mãe sempre estará lá para qualquer ajuda que ela precisar.

Gosta:
Lugares bem arejados. Ouvir musica clássica, são poucas as coisas que a acalmam e a musica é uma delas.
Comidas apimentadas.
Andar em sua moto. Adora andar em alta velocidade com sua velha e enferrujada Harley
Jamais diria isso em voz alta, mas gosta de estar perto dos seus amigos. Sabe que eles são poucos, mas não liga se sente grata com os que têm e com o fato deles aturarem a sua personalidade nada convidativa.

Desgosta:
Há varias coisas que Julie certamente detesta, porém existem coisas que realmente estão no topo de sua lista, como frutos do mar e doces. Odeia com todas as forças esse tipo de comida.
Também não suporta lugares muito movimentados e pessoas frágeis emocionalmente, pra ela não passam de pessoas fracas que não sabem se controlar.
Mas o que realmente a tira do sério é quando tiram a conclusão errada de que é uma garota frágil e delicada que precisa de cuidados, por sua face angelical. Isso a deixa mais insuportável que o normal.

Está ciente de que sua ficha for aceita, posso fazer o que eu quiser com seu personagem? Claro! Faça as mudanças que achar necessárias.

Quer ter um par? Sinceramente não. Mas sinta-se a vontade para colocar um.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...