~LiePabo

LiePabo
BabyGirl
Nome: Mulher Torta
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Curitiba, Paraná, Brasil
Aniversário: 12 de Janeiro
Idade: 18
Cadastro:

Ficha = Perfect Blend


Postado

Fazer parte de algo especial, nos torna especiais



— Nome completo
Jamie Amber Clodagh
Jamie ⇨ Jamie é um nome de origem Inglesa, que significa "aquele que veio do calcanhar", se originou de sua avó, pela mesma ser Inglesa
Amber ⇨ Amber é um nome de origem Inglesa, que significa "pedra preciosa", se originou de sua avó, pela mesma ser Inglesa
Clodagh ⇨ Clodagh é o nome de um rio Irlandês, se originou de sua mãe, pela mesma ser Irlandesa


— Idade
Dezessete anos, com nascimento no dia trinta e um de março, uma Quinta-Feira, sendo do signo de Áries {Coelho}, no horário 05:03 AM, com um clima fraco de Inverno. A mesma nasceu com exatos nove meses, sem nenhum problema durante o parto, e logo adentrou sua moradia.


— Apelido/ Nome artístico
Jay ⇨ apelido dado por sua mãe e que logo todos atribuíram, dizem que Jaime é um nome complexo e grande para uma pessoa pequena como ela, além da mesma não gostar muito do próprio nome
Miaje ⇨ seu nome artístico, feito por ela mesma. É o seu primeiro nome com as letras trocadas, formando uma ótima combinação. A pronúncia do mesmo é como "Miarre"


— Nacionalidade
Coreana por parte de pai e Irlandesa por parte de mãe, embora sua avó tenha nacionalidade Inglesa, fazendo com que a mesma pertença á ambas. A mesma já morou em Incheon {Coréia do Sul} mas nasceu em Waterford {Irlanda} e é lá que permanece, embora ela também já tenha visitado Manchester {Inglaterra}, a cidade natal de sua avó


— Aparência
A mesma possuí rosto em formato de coração, com uma pele aveludada e esbranquiçada. Ela possuí um queixo pequeno, o mesmo com seu nariz. Suas bochechas são grandes, com uma boca pequena e lábios nem tão carnudos, em um tom avermelhado. Seus olhos são pouco "puxados", em uma coloração quase negra tomando conta de sua íris. Seus cílios são longos e pouco curvados, e ela possuí sobrancelhas médias e escuras, geralmente feitas. Seus cabelos são lisos naturalmente, sem possuírem nenhuma franja, e obedecendo á cor castanho, principalmente á luz do Sol, embora ela esteja sempre os ondulando nas pontas, e o mesmo sendo longo. Ela os pinta sempre que pode de negro. Seu corpo é pequeno e ela tem baixa estatura, geralmente sendo confundida com uma criança, pelo mesmo não ser tão desenvolvido quanto o de garotas de sua idade. Ela possuí traços delicados por ele, sendo notável o quanto é magra e como o mesmo não possuí tanto avantajamento. Suas mãos e outros membros do corpo são delicados, e a mesma está sempre mantendo suas unhas com apenas "base". Ela utiliza um perfume com aroma de Glicínia. Ela é sensível nas regiões do busto, em quase tudo se marca rapidamente, além de sempre doer com toques agressivos. A partir de sua cintura e pescoço, o seu corpo é "normal". A mesma possuí leves problemas respiratórios, ou seja, ela não consegue se exercitar por muito tempo, pois logo lhe falta o ar, além da mesma não apreciar comer.







— Gifs do seu personagem









— Photoplayer
Jung Eun-Bi {Eunha — GFriend}







— História
Jamie teve uma vida como a de típicas garotas de estórias clichês. Desde o começo, a mesma havia criado uma espécie de ódio e raiva contra seu próprio nome, pelo fato de que, uma vez, quando tinha seis anos, uma das garotas de sua classe, sua melhor amiga, havia a dito que Jamie era um nome abordado para o sexo masculino. Então, ela começou a pedir para que todos a chamassem de Amber, ocultando o Jamie e sempre se apresentando como Amber. Não fora algo que chamará a atenção bravamente de sua família, fora algo quase normal para eles, então, eles começaram a chama-la apenas de Jay, para que ela não logo surtasse e começasse a exclamar que seu nome era Amber, enfurecida. Invés de ter sido criada por seus pais, como era naturalmente para ser, Jamie foi criada por seus avós. Assim que a mesma nasceu, seu pai, de certa forma, "abandonou" a mesma com sua mãe apenas. Como sua mãe era jovem, jovem até demais, ela deixou com que seus pais educassem Jamie. A mulher, então, se envolveu em um relacionamento amoroso com uma outra mulher, e, como Jamie era apenas inocente, ela estava sempre achando que as mulheres eram apenas amigas. Seus avós sempre desaprovaram o relacionamento da mãe de Jamie, sempre dizendo o quanto aquilo era anti-natural e era algo errado, completamente homofóbicos. Jamie nunca recebeu uma grande atenção e carinho de sua mãe, por isso, qualquer passo de mãe que sua mãe desse, Jamie logo se animava. Como, ir buscar a mesma após o colégio. Eram raras as vezes, mas eram importantes para Jamie. Após seu crescimento, quando tinha oito anos, seu pai voltou a ve-la. A criança ainda tinha a esperança de que ambos retornassem, para que fossem como a família perfeita. Seu pai estava com outra mulher, com que teve um filho e cuidava da filha da mulher como um pai realmente. Não demorou muito para o relacionamento de sua mãe com a outra mulher acabar e ela logo adentrar em um relacionamento com outro homem, e isso fazia as esperanças de Jamie diminuírem cada vez mais. Seu pai raramente á via, e isso apenas resultava em poucos cuidados de sua mãe, ainda porque, agora, ela tinha que dar uma atenção para outro homem e deixava Jamie de lado, sempre sendo cuidada apenas por seus avós. Jamie não gostava muito do seu padrasto, mas ela gostava de sua madrasta. Após quatro anos, quando a mesma tinha doze anos, seu pai e sua madrasta se separaram. Logo, as esperanças cresceram novamente em Jamie, de que eles retornassem e de que sua mãe terminasse com aquele homem. Mas, um mês após a descoberta, chegou á seus ouvidos a notícia de que seu pai havia sofrido um acidente de carro, e que havia resultado em sua morte. Logo, seus avós começaram a dizer que fora suicídio e etc, e isso atraiu lágrimas imensas tanto da ex-mulher de seu pai e de Jamie. Elas tinham criado um bom relacionamento, mas agora o vínculo estava quebrado e elas nunca mais se veriam. Fora uma época, digamos, difícil para a mesma, mas que, como sempre, Jamie aguentava. Ela cresceu, com os mesmos cuidados mínimos de sua mãe, uma gravidez inesperada da mesma, e o continuamento de seu relacionamento com um homem que Jamie abominava. Quando tinha quinze anos, como presente de comemoração, a mesma realizou uma viagem de intercâmbio para a cidade natal de seu pai, Incheon. Quando voltou, com dezesseis anos, a mesma fez logo uma viagem de visita durante suas férias com seus avós para Manchester, mas fora apenas três semanas, logo voltando e permanecendo em Waterfold.


— Personalidade
Jamie, quando era criança, era extremamente alegre e extrovertida, logo após ter a ideia de se apresentar como Amber. Ela não tinha medo de falar o que queria, de fazer brincadeiras com seus amigos na sala de aula e etc, ela era extremamente amigável e popular, de certa forma. Era como se todos naquela escola a conhecessem e ela conhecesse todos, e fosse admirada de certa forma. Ela nunca se privava e dizia tudo para todos, sem se importar realmente se seria julgada ou algo do tipo, embora ela estivesse sempre denigrindo a si mesma, dizendo o quanto era ridícula e etc. Logo após o acidente, Jamie resolveu se tornar um pouco mais reservada, sem realmente se mostrar alegre para todos. Ela odeia que fiquem preocupados com ela, e está sempre fazendo alguma piada ou sorrindo para que não desconfiem de sua tristeza. Ela é sensível quando se trata de família, e está sempre dizendo o quanto os ama em todas as horas do dia, além de que, se algo mínimo acontece á eles, Jamie provavelmente estará desabando em lágrimas. Ela está sempre lutando por sua opinião e tentando se provar certa, embora ela sempre aceite seu erro. Ela dificilmente aceita uma resposta negativa quando deseja uma positiva, ela é capaz de chantagear para receber o que quer, pois recebeu uma criação mimada. Ela está sempre indecisa quando o assunto são escolhas, e ela dificilmente sabe as resolver, por ser, realmente, uma pessoa indecisa. Jamie, assim como seu signo oriental orienta, ama viagens. Ela têm uma paixão imensa pelo mundo afora, e está sempre tentando encontrar-se nele, tentando se sentir segura em um local como aquele. Ela é extremamente inteligente em vários pontos, além de paciente, sempre sabendo que deverá esperar para algo, sem muita pressa para resolver os problemas da vida. Ela é uma pessoa responsável e dedicada com seu trabalho, sempre tentando fazer o melhor de si. Gentil, está sempre tentando ajudar os outros de alguma forma, sem um pingo de egoísmo, ciúmes ou obsessividade. Ela também adquiriu um dom de egocentrismo, e está sempre se elogiando ou tirando fotografias de si mesma. Um defeito, é que ela é extremamente dependente. Ela precisa de pessoas perto de si, ou ela não sabe como se guiar sozinha na vida. Ela é impulsiva, ela não pensa muito antes de fazer as coisas, e logo após se arrepende delas. Ela está sempre rindo de algo, e sua alegria chega a ser contagiante para as outras pessoas. Ela não suporta falar palavras de baixo calão, e quando as fala, ela logo tapa a boca como se tivesse falado algo extremamente errado, e que, em sua mente, é. Ela odeia brigas e etc, ela está sempre tentando fazer com que o mundo seja melhor, defendendo causas e etc, sempre tentando convencer seus avós de que a homossexualidade não é algo anormal. Ela é perfeccionista, e está sempre tentando deixar tudo perfeito, até si mesma, trabalhando nos mínimos detalhes. Ela é animada em diversos aspectos ainda, mas ela é um pouco fria quando é incomodada e etc, logo se arrependendo e pedindo mil desculpas.


— Orientação Sexual
Ela descobriu sua bissexualidade após se apaixonar por sua melhor amiga. Ela desenvolveu sentimentos amorosos por uma garota que já namorava. Então, ela se afastou um pouco dela, e tentou voltar a ter relações com meninos.


— Gostos e Desgostos
★ Abraços [ela acredita que eles fazem sua tristeza passar rapidamente]
★ Sua família [é meio óbvia a razão]
★ Amber [ela adquiriu um grande gosto por seu próprio nome, e ainda prefere ele]
★ Cantar [ela adquiriu o gosto de cantar após observar sua tia e prima cantarem, ela resolveu tentar e adquiriu sucesso]
★ Atuar [ela ama atuar, ela nem ao menos sabe o porque, mas sempre é elogiada por sua atuação]
☆ Comer [ela odeia comer, ela têm uma certa obssessão em ficar com um bom corpo]
☆ Seus problemas respiratórios [ela odeia eles, pelo fato de que ela não consegue praticar esportes, além de que ela corre extremamente rápido, mas logo se arrepende disso]
☆ Receber respostas negativas quando deseja positivas [ela adquiriu esse desgosto por ser criada com tudo o que queria e não ter de dividir com ninguém]
☆ Suas próprias roupas [ela sempre encontra um defeito nelas, então ela sempre pede emprestado de suas amigas]
☆ Jamie [ela odeia seu nome por achar que é um nome para meninos]


— Manias e medos
✮ Quilofagia [mania de morder consecutivamente os lábios]
✮ Acribomania [mania por precisão, organização e exatidão]
✮ Arnomania [obsessão por manter o corpo saudável]
✮ Eritromania [enrubescimento intenso e incontrolável]
✮ Piromania [mania de ficar brincando com fogo]
✯ Acluofobia [fobia exagerada á escuridão]{ela é infantil nesse aspecto, ela acredita que no escuro há assombrações}
✯ Astrofobia [fobia de trovões e relâmpagos]{por serem coisas assustadoras}
✯ Autofobia [fobia de ficar sozinha]{por ser dependente}
✯ Cleitrofobia [fobia de ficar trancada em locais fechados]{medo de permanecer lá para sempre}
✯ Necrofobia [fobia da morte]{medo irracional}


— Deseja par? Se desejar, relação com o mesmo
Sim, se possível. Acredito que possa ficar á escolha da autora todo o desenvolver de um possível relacionamento com alguém que ela possa escolher também.


— Qual é a sua relação com os fãs?
É absolutamente perfeita. Jamie está sempre disposta á ler suas declarações ou a ouvir suas palavras. Ela está sempre sorrindo na presença delas e agradecendo por cada presente ou elogio, ela se sente extremamente honrada na presença destas pessoas. Ela acena em shows o máximo possível e diz o quanto os ama, além de sempre os receber muito bem para tirar fotografias ou dar autógrafos, até mesmo retribuir abraços. Ela dificilmente se demonstra triste na presença deles em uma tentativa de não os chatear ou de se preocuparem com ela.


— Habilidades
♕ Atuar [ela fez Teatro durante apenas poucas semanas, isso não influenciou muito em seu dom de atuação]
♕ Atingir tons agudos e notas altas enquanto canta {isso incluí cantar} [ela descobriu o dom de cantar e fez algumas aulas básicas durante pouco tempo também]
♕ Dançar [ela sempre amou dançar, ela descobriu como um talento]
♕ Correr com agilidade [ela também não sabe o porque, mas ela corre com uma velocidade surpreendente, mas logo se arrepende por seus problemas respiratórios]
♕ Compor [ela sempre deposita seus sentimentos, ou estórias vividas por si ou pessoas próximas á si, sempre dão ótimas letras]


— Fluente em quais línguas?
✿ Coreano
✿ Irlandês
✿ Inglês britânico


— Como encara a mídia?
De uma forma boa e respeitosa. Ela acredita que sejam pessoas realmente focadas em seu trabalho e que não merecem o desgaste que têm. Ela geralmente não liga muito para os boatos ou faz questão de os resolver ou qualquer outro. Ela está sempre sorrindo para eles e sempre respondendo de forma educada e talvez risonha. Ela se comporta bastante na presença dessas pessoas.


— O que acha sobre estar em grupo misto e com pessoas tão diferentes?
Ela acha imensamente incrível. É algo diferente e que Jamie realmente ama participar. Ela se dá bem tanto com meninos e meninas, inclusive com pessoas diferentes da mesma, então ela acredita que seja como um desafio fácil, e, com certeza, mais uma conquista para si. Ela dificilmente irá abominar o diferente, ela sempre gosta dele.


— Sua relação com os integrantes?
Extremamente boa. Ela têm um senso amigável imenso, e ela logo estará socializando com todos os integrantes, sempre os ajudando de alguma forma e rompendo alguma rivalidade, por ser algo que ela não gosta muito. Ela estará sempre brincando com eles e apertando suas bochechas ou os abraçando com uma força imensa, dizendo que os ama e que eles são sua família. Assim que se entrosar no grupo, ela logo começará a formar "casais" em sua própria mente e estará os chamando de "mãe" e "pai" caso sejam mais velhos que ela. Ela têm uma relação boa com todas as garotas, desde as mais tímidas ás mais "rebeldes", em uma tentativa de que a apreciem. Com os garotos idem, ela não têm problemas em se relacionar com eles e brincar junto, é como uma relação de irmãos com todos. Ela trata os integrantes mais velhos que ela de uma forma brincalhona e educada ao mesmo tempo, ela supre a falta de seus pais com essas pessoas. Quanto á os mais novos que ela, se houver algum, ela está sempre abraçando e tratando como um irmão ou uma irmã.


— Curiosidades sobre a mesma
❦ Ela é vegetariana
❦ Ela pertence á religião do Catolicismo
❦ Seu sangue é O+
❦ Ela nunca conheceu pessoas mais baixas que ela
❦ Sua cor favorita é roxo
❦ Ela já recebeu propostas para se tornar modelo, mas recusou-as
❦ Ela consegue enxergar melhor com o olho direito
❦ Ela ama músicas e livros infantis
❦ Ela têm uma coleção de bonecas
❦ Ela se considera com "uma mentalidade adulta, embora o espírito seja infantil", pois ela crê que teve de amadurecer rápido demais


— Tem consciência que agora seu personagem me pertence e eu poderei fazer o que quiser com ele?
Tenho sim


— Favoritou a fanfic?
Claro


— Algo a mais?
♡ Ela era popular na época da escola
♡ Ela prefere não contar sobre sua história para as garotas, e sim desabafar com os garotos
♡ Ela ama tirar fotografias com eles
♡ Ela ama maquiar as garotas e pedir suas roupas emprestadas
♡ Se possível, gostaria que ela cortasse seu cabelo em uma parte da fanfic:



Who needs Jamie when you have Amber?


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...