~LiePabo

LiePabo
BabyGirl
Nome: Mulher Torta
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Curitiba, Paraná, Brasil
Aniversário: 12 de Janeiro
Idade: 18
Cadastro:

Ficha = Secret


Postado

❀Nome Completo
Audrey Wright ♦ Origem inglesa ♦ Audrey significa "força nobre" enquanto Wright significa "aquele que cria"

❀Nacionalidade
Inglaterra ♦ Oxford

❀Apelidos
❤ Drey [é um apelido amoroso dado por sua família e amigos, em seguida, todos começaram a chama-lá desta forma]
❤ Bebê [é como sua mãe a chama invés de "Drey", ela acha algo fofo, sua mãe a acha assim por sua mentalidade inocente e por ela ser sua única filha e ser "nova"]
✖ Gatinha [é como a maioria dos homens a chama, por Audrey ser uma garota bonita aos olhares de um público]
✖ Tábua [é como alguns homens a chamam, por seu corpo ser pouco desenvolvido]

❀Codinome
Mrs. Drey

❀Antigo nome de criminosa
Daisy Audry

❀Nome falso
Ânika Smith

❀Idade/Data de nascimento/Signo
Dezoito anos ♦ 11.11.1997 ♦ Escorpião

❀Aparência
Audrey possuí pele esbranquiçada, em um tom quase pálido, e rosto em um formato "modelar". Seus cabelos são acastanhados, em um tom médio, são curtos e lisos, nem ao menos alcançando seus ombros, além de sua franja ser repartida, o que faz com que Audrey tenha de prender uma mecha com uma presilha e deixar a outra solta. Audrey possuí um sorriso contagiante e uma boca pequena, além de um nariz da mesma forma. Seus olhos são grandes e em um tom castanho esverdeado, com sobrancelhas extremamente finas. O corpo de Audrey é pequeno, delicado, frágil e pouco desenvolvido, por isso um de seus apelidos, pelo fato de Audrey se assemelhar á uma criança ou algo do tipo.













❀História
Audrey sempre conviveu com uma infância levemente perturbada. Ela sempre afastava as pessoas com sua frieza que nem ao menos Audrey percebia que tinha. Ela apenas queria se isolar de todos e se afogar em um mar de desenhos e pinturas, era apenas isso que Audrey queria, mas era praticamente impossível conviver com a paz em sua infância. Ela passou-a vendo as crianças fazendo suas brincadeiras infantis e a deixando de lado, por Audrey sempre as espantar com uma palavra que havia soado grossa demais, e tarde demais Audrey se deu conta disso, mas era tarde demais para se arrepender, ela já estava sozinha novamente. Sua infância passou desta forma, ela nem ao menos desabafou com sua família, ela apenas deixou com que eles pensassem que ela tinha amigos e pessoas que se importavam com ela. Quando Audrey regressou na adolescência, ela adquiriu problemas maiores. Era como se ela estivesse enlouquecendo aos poucos, ela simplesmente odiava ficar sozinha e ela não queria ter que terminar a jornada denominada "Vida" sem nem ao menos um amigo ao seu lado. Então, Audrey iniciou ameaças. Tudo o que ela queria eram amigos, podiam ser falsos e podiam estar apenas amedrontados pelo seu rosto cruel, a expressão maldosa que Audrey sabia muito bem realizar. As pessoas iniciaram uma aproximação receosa da mesma, então, Audrey pôde se sentir "mais feliz" de certa forma. Era como se Audrey tivesse amigos novamente e não estivesse sozinha em um mar de infelicidades e tristeza, ela tinha amigos com quem podia contar seus segredos e dividir sua felicidade. Isso não durou tanto. Uma das garotas estudantes de lá, havia percebido o comportamento estranho dos outros alunos com Audrey, então, ela fez um questionamento á um dos garotos, indagando o que havia acontecido e até mesmo o chantageando para receber respostas, afinal, a garota sempre havia conseguido o que queria. Após a descoberta, a mesma garota iniciou as "zoações" contra Audrey. Ela simplesmente inventava adjetivos que talvez definissem Audrey e os jogava contra ela, pouco se importando com a expressão cruel de Audrey, pois ela sempre havia sido uma garota destemida e corajosa. Então, foi como se tudo voltasse ao que era novamente. As pessoas se desaproximavam de Audrey para simplesmente caçoar da mesma novamente, então, Audrey cansou. Depois de alguns meses aturando aquilo, Audrey simplesmente não queria mais. Ela cansou de brincar. Audrey sempre teve pouco controle sobre sua raiva, ela sempre agiu sem nem ao menos pensar nas consequências, então, após tudo, ela se arrependia e dizia para si mesma o quanto foi idiota enquanto desferia tapas em si mesma. E foi isso que Audrey fez. Agiu por impulso. Audrey fez o possível para que pudesse encontrar a garota em um local vazio, aonde não havia sinais de pessoas. Era o Clube de Jardinagem da escola, a mesma estava lá, fazendo anotações sobre as flores. Então, Audrey se aproximou dela, e recebeu um insulto em sua direção. Foi aí que Audrey explodiu. Ela empurrou a garota do banco, se debruçando sobre ela e levando suas mãos á seu pescoço, de modo que o ar faltasse á mesma. Recebeu diversos chutes e tentativas de se soltar da garota, desferindo tapas sobre ela, mas aquilo era apenas uma dor amena á ela. Ela continuou, esperando que o ar faltasse e que a garota nunca mais o recuperasse. Foi quando uma das colegas de Audrey passou por ali, e ao contemplar a cena, rapidamente chamou a direção, para que resolvesse o alarde e acalmasse Audrey. Puxaram Audrey de cima da garota, enquanto a mesma se debatia, em uma tentativa de voltar a realizar sua ação, mas, como sempre, "era tarde demais" e o corpo da mesma estava falecido entre o verde. Audrey foi levada para um reformatório, e, logo em seguida, para a prisão, ao completar a idade mínima para que pudesse ser presa. Audrey passou todo esse tempo se remoendo, se culpando, dizendo a si mesma o quanto havia sido idiota e o quanto aquela garota não merecia aquilo, porque ninguém merecia ter a sua vida tirada. Isso rendeu choro de muitas noites, até que Audrey foi solta. Era óbvio que ela não permaneceria tanto tempo em uma prisão quando sua mãe era uma mulher protetora e que sempre protegeria Audrey, mesmo que ela tivesse feito algo tão errado como matar uma pessoa. Ela voltou a morar com os pais, eles estando sempre observando seus atos, esperando que sua filha não fosse realmente uma assassina. Então, em uma saída de Audrey para comprar um remédio para sua mãe, ela esbarrou na mesma garota que havia presenciado seu assassinato. Ela ouviu de cabeça baixa a mesma dizendo o quanto era Audrey quem merecia morrer e que ela era uma assassina nojenta e que não deveria estar solta, pois aquilo poderia acontecer novamente. Então, novamente a raiva subiu á Audrey, como sempre acontece, e ela simplesmente surtou, novamente empurrando a garota ao chão e pronta para repetir sua ação, mas a rua movimentada a impediu. Ela simplesmente saiu correndo, pronta para voltar para casa e desistir novamente de tudo. Então, Audrey resolveu "esquecer" seu passado, como se estivesse o queimando. Ela simplesmente quis o esquecer e nunca lembrar dele. Seus passos a designaram para que se tornasse uma agente, para que pudesse ao menos "ajudar" em algo, e deixar de ser uma assassina.

❀Personalidade
Audrey soa fria e grossa na maior parte do tempo, mesmo não sendo sua intenção, ela simplesmente deixa as palavras correrem sem nem ao menos pensar no sentimento dos outros. Audrey é ávida, ela sempre tem uma resposta na ponta da língua e um argumento para defender sua opinião e seus direitos. Apesar disso, Audrey é levemente infantil, com uma parte inocente em assuntos travessos, o que a torna fofa, e é essa a impressão que Audrey gosta de passar. A impressão de uma garota fofa. Audrey não têm medo de expor sua opinião, pois ela acredita que cada opinião seja importante, mesmo uma sem-graça como a sua. Audrey, apesar disso, é levemente "ousada", em um sentido de chantagear de forma a "seduzir" para conseguir o que quer. Audrey é levemente mimada e odeia receber um "não" quando espera um "sim". A morena é corajosa, embora seus medos façam com que ela fraqueje ás vezes. Ela se isola na maior parte do tempo, pois acredita que as outras pessoas não "mereçam" sua presença, ela prefere a solidão e realizar as coisas sozinha do que depender dos outros. Audrey é como uma líder, ela sempre quer mandar em tudo e em todos e odeia ser submissa de alguém ou agir como, afinal, ela têm os seus direitos de mandar. Audrey não consegue ser sarcástica pois nunca conseguem decifrar se é sarcasmo ou se Audrey é realmente inocente, isso faz com que ela evite utilizar o sarcasmo á seu favor. Audrey é divertida, ela está sempre tentando encarar riscos e viver a vida da forma mais plena possível, mas, Audrey também é sensível e sentimental, como uma boneca frágil, ela pode quebrar a qualquer segundo se você a derrubar. Audrey pode desmoronar com simples palavras mas que contém um grande significado para ela, além de sempre misturar seus sentimentos em sua mente e estar sempre sorrindo e chorando ao mesmo tempo. Audrey evita demonstrar seus sentimentos ao público, ou seja, ela estará séria na maior parte do tempo, ou com a sombra de um sorriso, mas nunca estará chorando ou sorrindo, ou carregando qualquer outra expressão. Ela guarda os sentimentos para si com medo de ser julgada ao expo-los, então ela prefere os esconder com um certo grau de timidez que possuí, e logo os demonstrar quando realmente "explodir". A raiva é um dos sentimentos que Audrey mais guarda para si, esse é o motivo de Audrey "explodir", por ela guardar tanta raiva para si mesma quando deveria simplesmente opinar e dizer o quanto aquilo a machucou, mas Audrey têm certo medo e vergonha de simplesmente se "expor" ao mundo dessa forma. Ela é extremamente séria, e dificilmente rirá muito, o máximo que fará é dar uma risada leve, pois ela leva seus trabalhos muito á sério. Audrey é sonhadora, e está sempre imaginando um futuro para si que não envolva morte e prisão, ou coisas do tipo.

❀Qualidades
● Sempre ter uma resposta ou argumento para se defender
● Soar tímida aos olhares da sociedade
● Ser levemente engraçada
● Sempre imaginar um futuro para si
● Conseguir esquecer facilmente

❀Defeitos
○ Agir por impulso
○ Soar grossa e fria sem ter a intenção de
○ Ser inocente em demasiados assuntos
○ Ser chantagista
○ Conseguir esquecer facilmente

❀Gosta
■ Imaginar um futuro para si {é algo que Audrey poderia passar horas refletindo sobre e sorrindo}
■ Chorar {diferentemente de algumas pessoas, Audrey gosta de chorar para colocar todos os sentimentos para fora sem precisar de muito esforço}
■ Desenhar {Audrey sempre pretendeu se tornar artista, ela sempre amou seus esboços e suas pinturas}
■ Atuar {é outra coisa que Audrey sempre quis se tornar, atriz, ela ama atuar e sempre tem expressões faciais perfeitas para, mas ela normalmente esquece os textos}
■ Assistir seriados dramáticos {eles são como uma inspiração para que Audrey se torne uma agente, ela adora se imaginar no papel de protagonista}

❀Desgosta
□ Seu impulso {isso fez com que Audrey cometesse coisas que nunca gostaria de cometer}
□ Suas chantagens {Audrey ás vezes denigre-as, dizendo o quanto ela foi suja e baixa, e que nunca deveria ter feito aquilo}
□ Falar sobre sua história {Audrey não gosta de mexer no passado e odeia falar sobre ele pois a traz más lembranças}
□ Pensar em si mesma como uma assassina {isso chega a dar enjoôs em Audrey, ela odeia imaginar que ela matou alguém}
□ Multidões {Audrey odeia estar na presença de muitas pessoas, ela se sente sufocada}

❀Manias
Agromania ⇨ tendência á solidão
Eritromania ⇨ enrubescimento intenso e incontrolável
Lipemania ⇨ extrema tristeza e melancolia
Mitomania ⇨ mania de mentir
Quilofagia ⇨ mania de morder de forma constante os lábios

❀Vícios
★ Licor
★ Andar

❀Doenças
☆ Diabetes

❀Hobbies e Passatempos
♦ Desenhar
♦ Atuar
♦ Refletir em um futuro para si
♦ Observar o céu
♦ Tocar alguma música clássica {violino}
♢ Dançar mesmo não sabendo
♢ Ouvir música
♢ Andar\correr
♢ Brincar de brincadeiras infantis quando está sozinha
♢ Assistir seriados dramáticos

❀Talentos
❦ Correr com agilidade
❦ Se passar facilmente por outra pessoa por sua expressão
❦ Atuar
❦ Desenhar
❦ Se esconder

❀Segredos
△ O fato de já ter matado alguém
△ Possuir duas mães
△ Já ter feito cirurgia para a diminuição de seus seios
△ Possuir uma grande quantidade de dinheiro
△ Uma parte de sua inocência é fingida {atuação}

❀Medos
▢ Voltar á prisão
▢ Suas próprias ações
▢ Viver sozinha
▢ Falhar em alguma missão
▢ Escuro

❀Traumas
∞ Prisões ou locais pequenos demais
∞ Morte
∞ Ficar determinado tempo sozinha
∞ Permanecer no escuro
∞ Suas ações injustas

★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★

❀Par
Está á escolha livre do autor.

❀Relacionamento com o par
Graças á ser uma boa atriz, Audrey sempre tentará ser o mais gentil e dócil possível. Ela sempre estará sorrindo e demonstrando como está feliz, mesmo não estando realmente. Ela será como uma garota conselheira e que estará sempre pronta para ajudar, além de ser levemente tímida, apenas para completar a personalidade de "garota fofa e tímida" dos livros que tanto lê e que complementam com sua aparência. Após a descoberta, Audrey poderá se mostrar realmente, talvez se tornando um pouco mais fria com intenção desta vez, mas sem esconder sua verdadeira personalidade e suas preferências e gostos. Ela continuará sendo a garota de sua adolescência sem nem ao menos mudar, talvez se sentir levemente intimidada. O início do relacionamento fica a critério do autor, afinal, dependendo do par escolhido, eles podem desenvolver uma relação de igualdade, amor e ódio e tudo depende de quem ele for. De qualquer forma, ao iniciar o relacionamento, Audrey sempre se demonstrará fofa e carinhosa, sempre se preocupando ao máximo com seu par, e o tratando como uma criança que precisa de cuidados. Apesar disso, Audrey sempre o deixará ter seu espaço, e se demonstrará nem um pouco ciumenta, egoísta ou possessiva, características que não obedecem á si.

❀Relacionamento com

❀Nathaniel
Audrey reconhece a inteligência de Nathaniel, e o trata de uma forma carinhosa. Ela acredita que ele não demonstre todos os sentimentos escondidos em si, e isso faz com que Audrey se identifique, e o trate de forma boa, não mostrando completamente sua personalidade, mas o deixando ver apenas a parte "boa" de si.

❀Castiel
Audrey se relaciona normalmente com ele, de forma ao que ela apenas cumprimenta e se despede. Ela acha que o mesmo têm uma personalidade forte para si, mas que talvez ela se encontre nele, por isso, ela talvez sempre tente se aproximar cuidadosamente e de forma receosa, mas tentando encontrar um ponto seu nele.

❀Lysandre
Audrey reconhece Lysandre como algum poeta de livros antigos ao qual admira. Ela mantém uma relação amigável com o mesmo, sem nenhuma atuação com o mesmo, apenas demonstrando ela mesma, pois ela não têm medo de que Lysandre a julgue, pois acredita que isso seja algo quase impossível de alguém "vitoriano" com Lysandre.

❀Kentin
Audrey admira algumas características de Kentin, por isso ela se relaciona como se fossem irmãos com ele. Ela acredita que ele tenha uma parte infantil em si, e isso faz com que ela novamente se encontre nele, e isso atraí sorrisos de sua parte, por isso, ela o trata como um irmão mais velho.

❀Armin
Audrey admira a companhia de Armin. Ela acredita que o mesmo seja como um melhor amigo para si, mas ela ainda têm um leve tom de atuação quando se trata dele, mostrando mais o seu lado dócil e gentil invés de sua frieza constante, pois acredita que ele não mereça.

❀Dakota
Audrey tenta o evitar e seus comentários desagradáveis. Ela evitar cruzar seu caminho com o dele e sempre tenta se manter o mais longe possível, com medo de suas ações, mas age de forma gentil e forçada quando confrontada por ela, com medo de demonstrar seus sentimentos.


❀Leigh
Audrey o reconhece como Lysandre. Ela acredita que ele também seja uma ótima pessoa, e o mantém em uma relação como um "pai" ou algo do tipo, afinal, ela não precisa de atuações quando se trata de Lysandre e Leigh, eles fluem rapidamente em uma conversa.

❀Relacionamento com outras agentes
Audrey demonstra seu lado mais carinhoso e infantil quando se trata de outras agentes. Ela as trata como uma família, sempre as abraçando e dando conselhos para as mesmas, além de sempre sorrir na presença delas. Ela sempre está tentando divertir-las, e está sempre rindo até mesmo do silêncio presente entre elas.

❀Alguma melhor amiga?
Audrey não gosta de se separar de seus amigos, pois são poucos, então ela não os classifica em categorias como "melhor" ou etc.

★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★

❀Músicas
❀Dela
Stressed Out - Twenty One Pilots [https://www.youtube.com/watch?v=pXRviuL6vMY]
Human - Christina Perry [https://www.youtube.com/watch?v=r5yaoMjaAmE]
Mad Hatter - Melanie Martinez [https://www.youtube.com/watch?v=6GtPW4nB3Ro]
The Ballad Of Mona Lisa - Panic! At The Disco [https://www.youtube.com/watch?v=gOgpdp3lP8M]
Reflection - Kim Namjoon\Rap Monster {BTS} [https://www.youtube.com/watch?v=ZDwL2BFjDyU]

❀Com o Par
I Wouldn't Mind - He Is We [https://www.youtube.com/watch?v=55QoKSd78Xs]
Ginberbread Man - Melanie Martinez [https://www.youtube.com/watch?v=tbYHzoBL8ec]
Make You Feel My Love - Adele [https://www.youtube.com/watch?v=ry1DcOHvu5w]
BLACKPINK - BOOMBAYAH [https://www.youtube.com/watch?v=bwmSjveL3Lc]
Hey Mama - David Guetta feat. Nicki Minaj, Bebê Rexha & Afrojack [https://www.youtube.com/watch?v=uO59tfQ2TbA]

★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★

❀Comportamento disfarçada
Audrey prefere agir como as garotas tímidas e fofas nos livros que lê, se aproveitando de sua aparência que completa essa atuação. Ela age de forma dócil e gentil, sempre se preocupando com a pessoa e carregando um sorriso no rosto, que pode ver como forçado ou sincero, depende do seu ponto de vista. Ela dá conselhos como qualquer pessoa, e exibe um pouco de sua opinião sobre o determinado assunto.

❀Um objeto especial para ela
Sua câmera que ganhou de suas mães quando completou quinze anos. É algo que ela considera importante, embora ela diga que não sabe tirar fotos.

Outro é uma jóia, que ela havia comprado. Ela considera como algo que a dará sorte e se sente vazia sem o utilizar.


❀É virgem? Por que? O que pensa sobre perder a virgindade?
Sim. Audrey nunca encontrou a pessoa certa, além de que nunca se apaixonou ou ficou com alguém, nem nada do tipo. Ela acredita que tenha que ser em seu tempo certo e com a pessoa certa, quando se sentir preparada. Ela mesma diz que seu pensamento são bobagens e que todo mundo diz isso, mas que ela não consegue pensar de outra forma.

★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★★

❀Roupas
❀Casual





❀Disfarce





❀Trabalho





❀Disfarce Trabalho





❀Para encontros





❀Para bailes e ocasiões formais





❀Banho





❀Dormir





❀Lingerie que usa






Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...