~Kaleidoscopius - Clan Fantasy

Kaleidoscopius
Sing of unicorns *^*
Nome: Catarina 💛 Herdeira de Athena 🎶 Caleidoscópio 🍀 O ser mais estranho que você vai ver nessa vida
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Fortaleza, Ceará, Brasil
Aniversário: 16 de Janeiro
Idade: 12
Cadastro:

Vampire Coffee (ficha em andamento)


Postado

You is my vampire, Shuu!


✿ฺNome

Sakai Amane

Citação:
Sakai é formado por Saka "Saquê" e I Poço, sendo assim, significa literalmente "Poço do Saquê"


Seu amigos mais próximos chamam-na de Saki ou Sakaki, no mais extremos dos casos, Sakakin.

✿ฺIdade

15 anos, e se lhe interessar, ela é Sagitariana.

✿ฺAparência



Sakai possui uma face bem masculina, com feições suaves e joviais. olhos estreitos e afiados, um rosto fino e lábios do mesmo tipo de espessura, um nariz pequeno, ainda assim. seus cílios longos e sobrancelhas bem desenhadas naturalmente, carregam a responsabilidade de proteger seus olhos coloridos num vermelho sangue - mas que, obviamente, não se iguala ao de Subaru, e nem são aparentes, pois ela usa lentes de conato azuis, por algumas pessoas se assustarem com a coloração exótica. Sua pele alva, que parece praticamente nunca ter sido tocada pelo sol - além do matutino - é realmente saudável e bem cuidada, sendo macia e flexível com a de uma criancinha, além de ser livre de imperfeições. Não que Sakai se importe com sua aparência ou com a beleza de sua pele, pelo contrário, ela nunca sequer se interessou por estética, mas ela não pode dizer que nunca ficou curiosa sobre a textura e o efeito dos cremes que sua amiga de infância tinha no banheiro. Antes que percebesse, ambas as duas já estavam acostumadas a compartilhar os produtos para pele. Enfim, saindo do assunto "pele", os cabelos de Sakai são - como se pode perceber na imagem - extremamente longos e lisos. Chegando até pouco abaixo da bunda, os fios loiros, grossos e sedosos apresentam um brilho esplendoroso e certa facilidade para pentear, além de um agradável cheiro de lavanda, o "sabor", por assim dizer, de seu shampoo.
Nossa querida loira de feições másculas é dona de um pescoço fino e ombros sutilmente largos, que levam até um corpo esguio e flexível. Ostentando seus 1,75 m (com potencial para crescer mais ainda) e um corpo magro - com direito à uma barriga lisa e pernas finas - Sakai, dependendo de que roupas utilizar, consegue fazer com que seja praticamente impossível chamá-la de "garota", mesmo com um cabelo tão longo, seios medianos e um quadril levemente largo. Coxas grossas e bumbum mediano e empinando fazem parte do conjunto pouco feminino que compõe sua fisionomia, isso porque eu ainda nem mencionei sua mãos grandes, com dedos longos e finos, mas acima de tudo, calorosas e acolhedoras para quem as segura.

Por fim, alguns detalhes inaparentes na imagem:
Suas orelhas são pequenas, com três furos em cada;
Sakai quase não tem pelos no corpo;
Seu pé é número 41;
Possui pernas longas, que contribuem bastante para sua altura;
Possui grande coordenação motora e, consequentemente, uma postura impecável (mas não intimidadora, apenas parece realçar a altura)
Talvez você possa gostar do sorriso dela na imagem, mas só pra reforçar, Sakai tem sorrisos lindos e brilhantes, quase infantis.

Sakai, sendo um "tomboy" de sangue-quente, tem muito mais a surpreender do que sua aparência, mas deixemos tais surpresas para a descrição de sua personalidade e história de vida.

✿ฺPersonalidade

Se eu pudesse escolher uma única palavra para descrever Sakai, eu ficaria em dúvida pelas tantas e tantas opções:

Barulhenta;
Cara-de-pau;
Hiperativa;
Idiota;
Anormal também se encaixa muito bem!

Mas eu provavelmente optaria por "chamativa", pois é o que ela é.
Coma espontaneidade de uma criança, a auto-confiança de um narcisista, a alegria e os entusiasmo excessivos de uma idiota, além da fé cega que ela bota nas pessoas, desde as mais suspeitas até as mais incapazes! é incrível como ela consegue sempre acreditar no potencial de cada um, mesmo que nem a própria pessoa não o veja, o que nos leva a apontar mais uma característica sua: o otimismo desenfreado. Sem dúvida Sakai leva à expressão "há um arco-íris em cada canto" bem à sério, mas ela ao menos consegue realmente encontrar um lado bom nas coisas, o que serve de consolo tanto pros outros quanto para ela mesma - afinal, por mais que ela não admita, tem momentos em que ela fala coisas otimistas mais para si mesma do que para os outros.
Mas além de sua personalidade brilhante, o que chama mais atenção em Sakai é seu sorriso inabalável! Essa garota está sempre sorrindo, independente da situação: Quando está constrangida dá um sorriso torto, quando está feliz dá um sorriso infantil, quando está de bom-humor até seus olhos acompanham o sorriso e mesmo quando dorme, um sorriso fraco, porém visível, dança em seus lábios. Se um dia você pegar Sakai sem sorrir, e olhando diretamente para você, cale-se imediatamente, ou melhor ainda, recue ou saia correndo, pois se o motivo da ausência do sorriso for você... Bem, isso eu explicarei mais tarde! Por agora, prossigamos com a personalidade...

Nossa querida "Poço do Saquê" é dona de uma sinceridade que chega a ser cruel. Sem papas na língua, sem vergonha na cara e pior ainda, sem o mínimo senso comum, se você questioná-la sobre o que ela pensa de você, não espere apenas elogios,ninguém é perfeito e você saber disso! Ela dirá seus defeitos de maneira quase fria de tão inocente, e o fará sem hesitar ou pensar duas vezes. Existem momentos em que essa sinceridade a condena, pois ela acaba simplesmente por deixar seus pensamentos escaparem por sua boca, sejam eles grandes revelações ou viagens nada relevantes que ela tem em sua mente, quase como se realmente tivesse visitado e tomado de um poço de saquê. Mas de um coisa você pode ter certeza: Sakai nunca se arrependeu, e nem se arrependerá, de sua sinceridade sem freios. Afinal, de acordo com ela, pessoas que não sabem lidar com a verdade, são aquelas que vivem de mentiras.
A loira é inabalável, e sua elevada auto-confiança, beira ao narcisismo. Até hoje, sua amada amiga de infância, Nana, lembra de um episódio em seu tempo de estudante fundamental:

"A dupla estava se dirigindo até a sala de aula, por terem esquecido suas mochilas. Sakai, como sempre, perturbava Nana com seu bom-humor excessivas e cantadas ruins que ela fazia pelo prazer de encher o saco da amiga. chegando na porta da sala, elas escutam vozes e ouvem seus nomes serem mencionados.

-Quer dizer, você viu como ela fala e age? Ela está sempre se mostrando e agindo como superior! Todos acham que é piada, mas ela fala sério! Aquele Poço de Saquê nunca cala a boca, e não leva nada a sério! Além disso , ela está sempre grudada com a Nana, ela com certeza é fraca e não consegue se virar sozinha! Ela está sempre agindo como um garoto, até se parece com um! Até fica cantando as garotas! Um dia, eu passei por ela na aula de natação e levei um assobio! Um assobio! Ela é realmente irritante!

- E-Ei, acalme-

Nesse momento, de acordo com Nana, Sakai entrou na sala sem fazer cerimônio, tanto que cantarolava uma música que ouviu durante o intervalo. Ela lembra que, antes de Sakai sair da sala com as duas mochilas, a garota que a condenava se pronunciou:

- Você vai agir como se não tivesse ouvido nada? Você é mais fraca que eu imaginava! Já sei! Está agindo assim porque é verdade, certo? Senhorita alcoólatra precoce! - dizia rindo de escárnio

Sakai apenas deu um sorriso convencido e disse, antes de sair cantarolando:

- Na verdade, eu simplesmente não me importo, Afinal, para encontrar tantos defeitos assim em mim, você deve ter gastado muito tempo me observando e pensando em mim! Você não conseguiu me tirar da cabeça, não é mesmo? Aliás, o assobio era pra Nana, não pra você.

E a garota ficou lá, vermelha de raiva e constrangimento."
Basicamente, não importa quantos defeitos liste sobre ela, ou quantos insultos dirija à ela, Sakai já reconheceu todos os seus Pontos fracos e fortes, já aprendeu a lidar copm ele e já aceitou que várias pessoas não iriam gostar dela por isso, muito antes de você sequer falar com ela. Sakai não odeia ninguém, por mais que você brigue com ela, ofenda-a ou até mesmo agrida-a, ela não irá se zangar ou te tratar mal por isso. Mas ir contra ela numa batalha de argumentos, ou mesmo "tretar" com ela, é apenas uma batalha perdida e uma humilhação a mais na sua vida.

Sakai é impulsiva, faz o que quer, quando quer, e se não quiser fazer, simplesmente não faz. Pra ela, o chato é o errado, e o divertido é o certo, independentemente das consequências que isso vá trazer e, sabe-se lá como, mesmo com esse jeito de pensar tão simples e inconsequente, essa garota continua tendo inúmeros amigos, uma vida alegre e se safando ilesa das tantas e tantas confusões em que se mete por causa disso. Por sinal, você já deve ter deduzido isso, mas Sakai é extremamente sociável: sendo extrovertida e bem-humorada, é uma companhia agradável, além de um alívio cômico ambulante, que basicamente consegue transformar tudo em uma piada. Mesmo se você for afetado negativamente de sua personalidade expansiva, que atrai tanto ódios quanto amores, se ela quiser que você seja amigo ou goste dela, é só uma questão de tempo até você se pegar dando-a um presente de aniversário, rindo de suas piadas ruins e retribuindo um abraço que ela lhe dá.
Esse é o engraçado de Sakai, por mais estranha e despreocupada que ela seja, ela sempre consegue tudo o que quer, sem nenhum esforço, e é por isso que tantas pessoas a odeiam; Bem, ao menos é isso que idiotas pensam. Sakai, por mais que não deixe transparecer, sempre se esforça e dá o máximo de sí em tudo que faz. Mesmo que esteja sofrendo, mesmo que esteja sentindo uma dor comparável à morte e mesmo que esteja quase desmaiando de tanto se esforçar, ela colocará um sorriso alegre no rosto e fingirá ser idiota e despreocupada como sempre. Sakai é o pior tipo de mentirosa, pois ela é tão boa em mentir, que é capaz de fingir transparência, quando na verdade esconde milhares de verdades que você jamais sequer imaginaria. Não pense que é para não preocupar você! por favor, não se ache tanto assim. Sakai esconde essas dolorosas verdades, pelo mesmo motivo que todas as pessoas mentem sobre o peso, a pessoa que gostam ou qualquer outro assunto do dia-a-dia:

Medo de ser excluída.
Medo de ser chata, de ser dramática, de ser irritante ao ponto de quererem e conseguirem esquecer dela.

Se você, em algum momento se perguntou qual é o maior medo de Sakai, bem, é esse:
Ser esquecida.

Ela adquiriu uma personalidade tão expansiva e tão memorável com o desenrolar de eventos em seu passado, que ser esquecida, acabou por se tornar assustador para ela. Ela quer ser lembrada, quer ouvir seu nome sendo dito; quer ler palavras suas em papéis; quer ter a mais absoluta certeza, de que ao seu redor, as pessoas se lembrarão dela, seja lá por que motivo.
Sakai quer ser memorizada, decorada, quer se tornar importante, insubstituível, quer fazer a diferença em alguma coisa, quer pensar que a sua presença ali, faz sentido. Então, se você algum dia lhe perguntar qual é seu objetivo ou sonho, prepare-se para uma resposta do tipo:

"Ser importante" ou "Mudar o mundo"

Bem, aproveitando o clima pesado, vamos a um assunto Tabu para quem conhece Sakai: O que acontece se Sakai pára de sorrir? E o que o causa?
A resposta é simples, para Sakai parar de sorrir não é necessário rejeitá-la, insultá-la ou fazer algo contra ela. Como você já deve ter percebido: Sakai é inabalável!
Mas as pessoas ao redor dela não
Então para abalar Sakai, basta prejudicar, quebrar e machucar sem dó seus entes queridos! Se quiser um resultado mais extremo, você também pode fazer com gosto, carregando um sorriso e demonstrando sentir prazer ao ver a infelicidade e agonia das pessoas que ela ama. Mas eu vou logo avisando, saiba ponde está se metendo meu amigo, pois diferente do que as pessoas esperam, uma Sakai abalada não é depressiva, inconsolável e muito menos frágil ou irracional! Uma Sakai abalada, é o pior pesadelo até de um verdadeiro pesadelo! E eu ainda reforço: ela é apenas uma humana qualquer.
Uma Sakai abalada é dona de um olhar tão afiado e gélido, que dá calafrios até no mais poderoso e capaz dos monstros. Uma Sakai abalada, exala uma energia tão intimidadora, que uma matilha de lobos correria para longe só de serem encarados por ela. Uma Sakai abalada, ao invés de tristeza, carrega um ódio tão inigualável que não há dúvidas de que ela está planejando a morte- digo, a vingança mais dolorosa e aterrorizante que alguém pode sofrer. Uma Sakai abalada, é mil vezes mais prudente que uma Sakai abalada, e um milhão de vezes mais aterrorizante também. Uma Sakai abalada, é capaz de fazer o seu coração disparar com apenas uma sílaba vinda da voz estranhamente calma que ela sonoriza, e definitivamente, não é no bom sentido.
Uma Sakai abalada, é o tipo de criatura sinistra que você conhece em seus piores pesadelos e, até que você pague ou compense de alguma forma o ente querido dela que você prejudicou, prepare-se para uma vingança, ou melhor, uma "recompensa" à altura do medo que ela te dá.

Bem, voltando aos assuntos mais levez sobre a personalidade de Sakai:

Sakai é uma amiga leal e companheira, sempre disposta a te ouvir e consolar e, por mais que seja visivelmente uma pessoa de ações e não de palavras, com esforço, ela é capaz de produzir os mais incentivadores discursos, os mais animadores consolos e muito mais. Em geral, você pode contar com ela, pois Sakai é o tipo de amiga que jamais te abandonará, que estará ao seu lado não importa o que aconteça e que até mesmo poderá te hospedar em sua casa caso você se torne um sem-teto. Mas ainda assim, o forte dessa garota ativa e exagerada, é melhorar o humor dos amigos e quebrar o gelo em situações tensas.
Para Sakai, corar é algo extremamente raro - mas não tão raro quanto chorar, afinal até hoje, Sakai só confiou o suficiente em Nana para chorar na presença dela, afinal, chorando é como ela descarrega todas as emoções ruins e pesos que ela carrega, e olhe que Sakai não é nada dramática! - pois, para alguém como essa loira viril, que ama rir da cara alheia (sem remorsos ou más intenções), fala a verdade na cara das pessoas e parece ter a mentalidade de um garotinho de 5 anos, corar é algo que não acontece. Ela não cora nem se a beijarem, a carregarem como uma princesa ou virem seu corpo completamente nú - na realidade, a reação dela provavelmente seria fazer alguma piadinha ou dizer alguma coisa imprevisível com total naturalidade, como "Eaê? Como vai a vida?" ou "Nossa, senti minha autoridade fugir para as colinas junto com a sua vergonha na cara". Todavia, da mesma forma que Sakai toma atitudes imprevisíveis, constrange os outros e dá cantadas à toda esquina que vira, sem corar, ela também nunca se apaixonou ou sequer viu alguém como um interesse amoroso em toda a sua vida, então pode-se esperar coradas sutis ou bochechinhas vermelhas caso ela se apaixone e essa pessoa tome inciativa ou diga coisas constrangedoras para ela; Só não espere que Sakai vire um tomate a cada "oi" que a pessoa dá, ou comece a gaguejar e ficar nervosa quando fala com a mesma, ela é mais o tipo que cora, desvia o olhar e começa a tagarelar em casos de extremo nervosismo, ou então encara a pessoa diretamente nos olhos e diz alguma coisa no estilo "Sakai" de ser, para retomar o controle da situação.

✿ฺAlergias/traumas/fobias/medos:

Tem um trauma, que inclusive é seu maior medo:
Ser esquecida.

Além disso, Sakai tem Aicmofobia, medo incondicional de agulhas. Não é como se ela se orgulhasse disso, mas também não é como se fosse chegar à algum ponto provocá-la sobre isso.

✿ฺGosta

Doces e partos apimentados (ela também cozinha muito bem!)
Dias ensolarados
Nana
Animais
Coisas emocionantes
Esportes (ela é do tipo atlético e ativo)
Kiwi (sua fruta predileta)
Música, principalmente batidas animadas ou músicas com letras significativas (como letras motivacionais, que contam uma história ou ao menos expressam uma emoção)
Escrever (pode não parecer, mas sua ambição é ser escritora de romances fantasiosos, e ela é uma exímia escritora)

✿ฺNão gosta

Dias chuvosos ou muito frios
Café ou chá sem açúcar
Quando se atrevem a mexer com seus entes queridos
Quando você vai abrir a porta e a maçaneta cai (ela acha absurdamente irritante)

✿ฺQualidades

Bom-humor
Autoconfiança
Companherismo
Generosidade (ela se preocupa mais com os outros do que consigo mesma, afinal)
Determinação
Otimismo

✿ฺdefeitos

Ingenuidade
Autoconfiança (já que beira ao narcisismo)
Estusiasmo excessivo
Cara-de-pau
Masculinidade
Impulsividade
Insconsequência

✿ฺHistória

Sakai cresceu sendo uma criança sorridente, ativa e saudável. Social desde criança, tinha inúmeros amigos tanto na escola quanto em toda a extensão da cidade rural em que morava. "Esse é o bom de uma cidade pequena, todos se conhecem!" Diz ela.
No entanto, por mais que a garota aparentasse ser tão alegre e fosse tão adorada pelos moradores locais, ela não era tão feliz quanto parecia.
Sakai havia sido um "acidente", acidente que fez sua mãe levar um fora do pai que a menina nunca conheceu, e ainda por cima ser expulsa de casa pelos pais conservadores. A mãe de Sakai, guardando remorsos mesmo sabendo não ser o certo a se fazer, tentava conter possíveis explosões de sentimentos ruins, ignorando e tentando dar o mínimo de atenção possível para a criança. A loira, todavia, amava sua mãe e sempre foi muito compreensiva com os sentimentos da mesma; Nunca a desobedeceu ou contrariou, sempre se esforçou ao máximo nos estudos, para que, quando crescesse e conseguisse um emprego, pudesse compensar a mãe e quem sabe conquistar o amor da mesma. Era com esse tipo de pensamento otimista e esperançoso que Sakai sorria e ia para escola, encontrar e brincar com seus diversos amigos.
Um dia, Sakai estava no recreio, conversando animadamente e mendigando pedaços dos sanduíches e lanches alheios, até que encontrou Nana: Uma linda colega de classe sua, mas com quem milagrosamente nunca havia falado. A parte interessante disso tudo, é que era impossível não perceber que a rosada estava sendo intimidada por algumas garotas, que nem se importavam em encurralá-la ou serem discretas.
Sakai, descaradamente, interrompeu o evento, convidando Nana para brincar e perguntando para as meninas "Vocês querem brincar também?" Com uma expressão definitivamente nada convidativa. Na época, para algumas garotinhas desenformadas, Sakai era "o menino mais bonito e popular da escola" e, mesmo para quem sabia de seu real gênero, Sakai ainda assim não era uma boa oponente para se ter, até porque, o tanto de "aliados" que ela possuía, formariam um exército que assustaria qualquer criança.
Todavia, o objetivo de Sakai não era parar o bulling, pois ao brincar com Nana, as duas garotinhas desenvolveram grande afeto uma pela outra e, antes que percebessem, já eram melhores e inseparáveis amigas.
Aos 12 anos, Sakai já era realmente próxima de Nana e sua família rica e renomada, mas não se podia dizer o mesmo de sua própria mãe, que se distanciava cada vez mais, ao ponto de emancipar-se da filha usando a desculpa de estar muito ocupada com o trabalho. Um dia, mais especificamente, na véspera do aniversário de Sakai, sua mãe bruscamente explodiu em emoções, descarregando-as na menininha. Disse coisas como "Eu te odeio! Eu queria nunca ter recusado fazer o aborto enquanto eu podia! Eu queria simplesmente Esquecer você!" Tal desabafo, fez com que Sakai chorasse como um bebê pela primeira vez na vida, saísse correndo de casa e sentasse no meio da noite, embaixo de uma grande árvore, chorando como nunca. Nesse dia ela foi encontrada e acolhida por Nana, que a deixou dormir em sua casa após ouvir a história. No dia seguinte, quando retornaram à casa de Sakai, tudo que havia de sua mãe, era um almoço pronto no microondas e uma carta declarando a fuga da mulher, dizendo para Sakai não procurá-la, não buscar saber de seu paradeiro e esquecê-la, como ela esqueceria da filha em sua nova vida.
Desde essa época até hoje, Nana foi sua melhor amiga e mais brilhante luz, pois ela a acolheu em sua casa, a deixou morar com sua família, ou melhor dizendo, "Nossa família", de acordo com Sakai.

✿ฺÉ algum sobrenatural?

Não, é apenas uma humana que de ordinária ou normal não tem nada.

✿ฺPor que quis ir trabalhar em Vampire Coffee?

"Hã? Por que eu quis vir trabalhar nesse lugar? Ah, é porque Nana viria trabalhar aqui e eu queria ser capaz de ajudar o Tio e Tia com as despesas, além disso, esse lugar parece ser imã de garotas fofas! Então eu espero poder me divertir bastante aqui ~"

✿ฺPar

Shuu Samaki

✿ฺRelação com-
-Par

Sakai, à princípio, vê Shuu apenas como uma pessoa interessante e engraçada de se observar. Quando encontra o loiro dormindo, Sakai fica descaradamente observando-o dormir com um sorriso travesso no rosto e, quando tem a chance, ousa rabiscar sua cara esperando que ele não acorde. Quando interage com ele, um grande contraste entre as duas personalidades é aparente: A animação e espontaneidade excessivos da garota, e a preguiça e indiferença do vampiro, então para as pessoas, os dois juntos parecem mais uma criança hiperativa saindo com seu avô rabugento. Todavia, os dois não se dão mal - mesmo antes de Sakai se apaixonar - pois Sakai tem bons sentimentos por Shuu, o considera um amigo e acha a companhia dele agradável, se preocupando com o bem-estar do maior e sempre estando disposta a ajudá-lo com o que quer que for, carregando sempre um sorriso no rosto - mesmo que ela admita que provavelmente suas boas intenções e ações não sejam correspondida. O desenvolvimento do relacionamento será lento, devido à lerdeza e indiferença da garota quanto ao amor e, mesmo depois de já se assumir apaixonada pelo preguiçoso sanguessuga, Sakai continuará sem dar muitas investidas, ficando apenas dirigindo-o suas brincadeiras e cantadas ruins que carregam mais verdade do que as pessoas imaginam; essa falta de atitude, reflete na pouca esperança que Sakai tem no relacionamento dos dois, pois em toda o planeta, a última pessoa que ela espera que ame-a, é exatamente Shuu. Mandar indiretas, fazer joguinhos ou coisas do tipo, não é do feitio de Sakai, ela é direta e, caso for falar algo, o dirá sem rodeios. Todavia, ela ao menos se orgulha de seus sentimentos por Shuu, pois não a impediram de continuar agindo como a mesma garota cara de pau e alegre de sempre, que sempre perturba a paz do loiro e pergunta com curiosidade sobre o que ele ouve em seus fones de ouvido.

-Sakamaki Reiji

A relação entre Sakai e o segundo filho Sakamaki é sem dúvidas, cômica. Conversando com outras pessoas, Sakai refere-se à ele como "Capirotinho de Óculos", "Seguidor de Satanás" e "Cria do Capeta", mas a partir do momento em que os dois se encontram na mesma sala, a postura de Sakai instantaneamente se converte para a melhor possível, seu vocabulário refina-se e ela começa a rir de nervoso e à censurar si mesma quando ao invés de "Reiji-sama" um de seus "apelidos carinhosos" para o arroxeado teimam em serem sonorizados. No entanto, apesar de todo esse nervosismo e medo cômico que a loira nutre por Reiji, no caso dos dois conseguissem mais tempo de convivência ou ficassem sozinhos em alguma situação, Sakai acabaria por facilmente apegar-se à ele, conquistando algo que ele jamais admitiria ter dado para uma garota tão indelicada e mal educada: Sua amizade.

-Sakamaki Ayato

Se Sakai tivesse que procurar em sua mente uma única palavra para descrever Ayato, seria "Engraçado". Ela acha a personalidade de Ayato cômica, diferentemente de Nana, que o acha irritante. Ela vê estranhamente, muitas semelhanças entres as duas naturezas: Ambas beiram ao narcisismo, ambas amam provocar as demais pessoas e ambas tem certo gosto por Takoyaki (mesmo que para Sakai, Kiwis sejam melhores). Bem, ao menos essa foi a explicação para a relação curiosamente boa que os dois têm. Sakai devolve as provocações de Ayato com outras à altura, até que acabe virando uma grande brincadeira ou discussão engraçada e sem fundamento. Em resumo, os dois são bons amigos, não tão próximos quanto a loira consegue ser com Laito, mas ainda assim, eles se dão realmente bem. Sakai, por vezes, ousa utilizar-se de seus vários artifícios para secretamente bancar a cupida entre Ayato e a noiva do mesmo.

-Sakamaki Laito

Agora, chegamos na mais cômica e alegre das relações: Sakai e Laito. Imagine dois pervertidos, depravados, provocadores, alegres e confiantes seres que, ainda assim, não ousam se pegar, apenas brincar e contar piadas um para o outro. Não é segredo que a noiva de Laito sofre nas mãos dos dois, pois ambos conspiram para que a mesma caia na lábia do ruivo, além disso, Sakai é uma das principais pertubadoras de paz alheia deste mundo, e isso não será diferente com a noiva de Laito. Enfim, o que eu quero dizer é: Os dois se dão muito bem e, se quiser uma descrição maus grosseira de seu relacionamento: São parças.

-Sakamaki Kanato

Não tem muito o que se dizer do relacionamento de Sakai com Kanato: Ela simplesmente o acha absurdamente fofo com todas as suas forças. Tem vontade de pegar aquele pequeno psicopata roxo e sair correndo com ele nos braços, junto com Teddy. Felizmente, nossa querida Sakai tem que se contentar apenas dando-lhe doces, dando-se curiosamente bem com Teddy e respondendo as ameaças de Kanato com piadinhas e sorrisos infantis. Dessa forma, não se pode dizer que Kanato a odeia, apenas que a acha idiota o suficiente para responder suas ameaças e que, caso ela desaparecesse, faria alguma falta na vida do menor.

-Sakamaki Subaru

A relação de Subaru com Sakai, consiste basicamente na nossa querida Poço de Saquê provocando, atazanando e enchendo o saco do albino. Ela não mede esforços para despertar a irritação do mais novo dos Sakamakis, por achar suas reações exageradas extremamente engraçadas. Todavia, Sakai considera Subaru um amigo, e não espera que ele compartilhe do mesmo sentimento, mas ainda assim se preocupa com ele, quer o bem para o garoto e sempre se dispõe à ajudá-lo quando ele precisa. Sakai deu ao vampiro mais novo o adorável apelido de "Albino da TPM".

-Souma Ai

Sakai é a principal sócia de Ai, pois sempre a apoia com suas ideias mirabolantes e divertidas, trata-a como uma amiga de longa data e recebe o mesmo tratamento e intimidade da chefe.

-Outras garotas

Não importando como elas se sentem em relação à Sakai, a loura as considera grandes amigas! Sempre se preocupa com elas, procura ajudá-las, mesmo que seja prejudicial para ela e sempre está ao lado delas, animando-as, constrangendo-as e consolando-as, pois de acordo com a lira, é o que amigo fazem.

✿ฺComo reagiria se fosse posta em uma situação bem constrangedora por parte da gerente , no caso fazendo você fazer fanserve e vesti fantasias?

"Hein? Fanservice?! Fantasias?! De que maneira isso seria constrangedor?! N a verdade parece extremamente divertido! Ai-san! Por favor tenha uma ideia dessas algum dia! Eu apoio!" ... Como se pode perceber, Sakai é mais do tipo que se diverte com esse tipo de coisa e ainda aproveita pra constranger os outros com todo o seu talento em sacanear as pessoas.

✿ฺComo reagiria se descobrisse ter sentimentos por seu par?


Ela provavelmente bateria a cabeça na parede até sangrar, como auto-punição por se apaixonar logo pela última pessoa que a iria ver com segundas intenções, em meio a tantos peixes no mar. Ah, iludida.

✿ฺVocê prefere se declarar ou ele declarar para você.

Ela se declararia, mais especificamente ela acabaria dizendo "eu te amo" ou algo do tipo em um momento bem inesperado, sem nada planejado, apenas não conseguiria segurar após algum evento. Após isso, provavelmente diria coisas como "Nossa! Eu até sintpo um peso a menos nas minhas costas depois dessa!" e deixaria bem claro que ele não precisaria responder e que ela sabe que será rejeitada de qualquer forma.
Eu repito: Ah, iludida.

✿ฺAlgo adiciona?

Nada demais, mas acho que vale mencionar sua habilidade em jogos de tabuleiro, dança e principalmente em canto! Pois Sakai tem uma voz linda, tanto que chega a ser angelical.



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...