~beeyorklund

beeyorklund
.i exist
Nome: .agnes (((you can call me mariazinha)))
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brasil
Aniversário: 26 de Julho
Idade: 15
Cadastro:

.happy birthday, juliana maria


Postado

.happy birthday, juliana maria

05 de setembro de 2001: o dia que a piranha desgraçada número três do trio das víboras (que faz one somente pra destruir totalmente nossas estruturas, MAS perdoo e continuo amando porque nois ama sofrer com fanfic) veio ao mundo.

Começando com o óbvio: escrever um texto pra tu é um tanto quanto difícil. Apesar de ser um ato pequeno perto de tudo o que tu é e de tudo o que tu merece, é um pouquinho desesperador tentar expressar assim o quanto tu significa pra mim e agradecer pelo simples fato de você existir — porque no final, é sobre isso que quero falar sobre: como o simples fato de você existir é um fato de sorte na vida daqueles em sua volta, eles sabendo disso ou não —; desesperador porque realmente é complicado tentar expressar sentimentos tão bonitos e tão verdadeiros em palavras.
Então, o que eu fiz pra tentar arrumar coisas relevantes pra dizer foi me concentrar em você, sofredora por coreano. E concentrar o pensamento em você resultou em meu interior me se encher de ternura; porque é isso que você transmite, afinal. Ternura e bondade são o que exalam da sua essência.
Eu não sei. Você é tão única. Tem uma presença tão boa e tão sua. Eu posso senti-la, mesmo que fisicamente estejamos tão longe. Acabou que esse detalhe nunca teve uma real importância sobre a nossa amizade, que é importante pra mim de uma maneira que eu provavelmente nunca conseguiria te dizer. Você é importante na minha da vida, e eu nem tenho noção de como te dizer o quanto.
Você é tão você... E isso é o suficiente. E isso é tudo e é singular e é indescritível.
E... tem uma coisa que nunca te disseram muito, e você provavelmente não concorde (eu tô sempre certa, num discorde comigo), mas... Eu quero que você saiba que tu é perfeita, do jeito que tu é, sem tirar nem pôr, e forte. Nunca duvide ou se esqueça disso. Nunca acredite em qualquer um que te dizer o contrário, mesmo se esse qualquer um for você mesma.
Agora vem os clichês: feliz aniversário. Te desejo uma infinidade de coisas boas, um futuro cheio de conquistas. Que o seu caminho se encha de alegria e o céu dos seus dias se torne azul, expulsando todo o cinza. Um dia eu sei que esse azul esperançoso e vivo irá permanecer, assim como sei que você vai fazer muito bom uso de toda a singularidade existente no seu ser e realizar tudo aquilo que você anseia; ser um dos agentes da mudança que tu anseia por ver.

E, para finalizar: eu te amo. Simples, porque é a forma mais sincera que eu poderia usar. Eu falo de verdade e com todo o meu coração. Eu simplesmente amo você. Amo tudo que você é, sem exceção alguma. Amo o bem que tu proporciona. Eu amo você.
Mas, afinal, não importa quantos "eu te amo" eu diga, porque nunca será o suficiente. As minhas palavras nunca seriam o suficiente para demonstrar o quanto amo essa garota doce, inteligente, compreensiva, louca, talentosa e viril (viril só pra tu não me bater, abafa).
Parabéns pelo seu dia, enfim. Que esteja sendo colorido, assim como o meu está sendo por poder participar da sua vida. Obrigada por ser tão especial.

Escutando: capope, a culpa é sua e da @caroline

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...