~sambei

sambei
Sai hétero
Nome: Andy (~˘▽˘)~
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 13 de Fevereiro
Idade: 66
Cadastro:

Ficha - Out Of The Way


Postado

Ficha - Out Of The Way



>> Nome: Killa (se lê "kiula, moça) Impetrovski (sobrenome russo porque eu so loka. Mentirinha, é a descendência dela).

>> Apelido: Não possui.

>> Idade: 18.

>> Aparência:



















Não muito alta, estatura média com 1,60. Possui 52 quilos e sangue 0 fator Rh negativo.
Cabelos compridos que quando soltos chegam até abaixo da bunda, pretos e cheio de madeixas em formato de onda. Sua pele é pálida, regiões da bochecha e ponta do nariz levemente avermelhadas. A boca naturalmente avermelhada e carnuda. Seus olhos são uma mistura em tom profundo de amarelo e azul, dependendo da luz ficam extremamente claros. Suas sobrancelhas são bem marcadas.
Por Killa sempre estar se arriscando, tem um corpo bem modelado (porém sempre com algumas manchas e cortes).

Nacionalidade: Brzão mesmo. Surpreendi, né non?

>> Personalidade:
Regras, limitações e tradições são contrárias ao tipo de personalidade de Killa, tudo deve estar aberto a questionamentos e reavaliações e, se encontrara uma forma, Killa irá agir unilateralmente para representar seus métodos e ideias tecnicamente superiores e, algumas vezes, insensíveis e não convencionais. Pessoas com o tipo de personalidade de Killa são imaginativas e decididas, ambiciosas, mas reservadas, incrivelmente curiosas, e não desperdiçam sua energia.

Killa possui grande capacidade estratégica, com uma sede natural por conhecimento que apareceu cedo na sua vida, era rotulada como “rato de biblioteca” quando criança, se identificava com o título e sentia orgulho dele. Killa gosta de compartilhar o que sabe, confiante no domínio do assunto escolhido, mas, devido aos seus traços intuitivos e julgador, ela prefere desenvolver e executar um plano que brilhe dentro do seu campo de conhecimento do que compartilhar opiniões em distrações desinteressantes, como fofoca.

“Você não tem direito de expressar sua opinião. Você tem direito de expressar a sua opinião fundamentada. Ninguém tem o direito de ser ignorante.” -Harlan Ellison.

Killa é capaz de viver sob contradições gritantes. É, simultaneamente, a mais idealista e a crítica mais cruel, um conflito aparentemente impossível. Mas isso acontece porque Killa tende a acreditar que, com esforço, inteligência e consideração, nada é impossível, enquanto ao mesmo tempo acredita que as pessoas são muito preguiçosas, pouco sagazes e interesseiras para realmente atingir esses resultados fantásticos. Ainda assim, essa visão cínica da realidade é improvável de impedir uma Killa interessada de atingir o resultado que ela acredita ser relevante.
Killa irradia autoconfiança e uma aura de mistério, e suas observações perspicazes, ideias originais e lógica formidável permitem que ela impulsione uma mudança com pura força de vontade e personalidade. Ás vezes, pode parecer que Killa está inclinada a desconstruir e reconstruir cada ideia e sistema que ela conhece, empregando um senso de perfeccionismo e até mesmo moralidade a este trabalho. Qualquer um que não tenha o talento de acompanhar os processos de Killa, ou pior ainda, não consegue entender o sentido deles, irá imediatamente e permanentemente perder o respeito dela.
Isso não deve ser confundido com impulsividade, Killa lutará para manter sua racionalidade, não importando o quão atraente o objetivo final seja e, toda ideia, seja gerada internamente ou puxada do mundo exterior, deve passar pelo filtro cruel e sempre presente do “isso vai funcionar?”. Esse mecanismo é aplicado sempre, tanto para coisas e pessoas.
Killa é brilhante e confiante quando se trata do conhecimento que ela dedicou tempo para entender, mas infelizmente o contato social normalmente não é um desses assuntos. Mentirinhas e conversa fiada são difíceis para qualquer tipo que deseja verdade e profundidade, mas Killa pode chegar a ver conversas sociais como simplesmente idiotas. Ironicamente, normalmente é melhor para ela ficar onde está confortável, longe do centro das atenções, onde a sua confiança natural prevalece enquanto o seu trabalho pode ser sua própria baliza, atraindo pessoas, romanticamente ou não, de interesses e temperamentos similares.
Killa é definida pela sua tendência de andar pela vida como se fosse um grande tabuleiro xadrez, com peças constantemente mudando com consideração e inteligência, sempre acessando novas táticas, estratégias e planos de contingência, constantemente manobrando seus colegas para que possa manter o controle da situação enquanto maximiza sua liberdade. Isso não significa que Killa age sem consciência, mas para muitos tipos de sentimento, a distância de Killa para agir com emoção pode fazer parecer isso, e explica porque muitos vilões fictícios (e heróis não compreendidos) são modelados neste tipo de personalidade.

>> História:
Killa é uma bela moça que possuía uma vida sofrida e trágica. Teve que se mudar para a Inglaterra e ser criada por sua severa tia, após eventos dramáticos envolvendo seus pais, a jovem Killa fugiu de casa e acabou adotada por uma acadêmia de sobrevivência, a garota aceitou se tornar parte da acadêmia, pois deixar a sua vida de "ermitão" era a única saída para ela continuar tendo uma vida. A acadêmia era marcada por jovens (orfãos) treinados para serem mandados dali, para uma guerra.
Mas, em um evento devastador, o seu mestre de treinamento à trancou dentro da sala de equipamentos, enquanto Killa não sessava em perguntar o que estava acontecendo, seu mestre apenas dizia "não saia daí até segunda ordem". Pela fresta a garota podia ver alunos correndo para trancar a acadêmia até que se ouviu disparos no campo lá fora. Parte dos alunos correram lá para fora, Killa não viu mais nenhum voltando.

>> Orientação Sexual: Bi

>> Par:
(x) Sim, eu escolho.
( ) Sim, a autora escolhe
( ) Não

>> Cenas de Sexo:
( ) Sim
(x) Não

>> Qualidades:
- Tem grande capacidade estratégica;
- Possui sede natural por conhecimento;
- Capaz de viver sob contradições gritantes;
- Observações perspicazes;
- Lógica formidável;
- Senso de perfeccionismo e até mesmo moralidade;
- É brilhante e confiante quando se trata do conhecimento que ela dedicou tempo para entender;
- Sempre está acessando novas táticas, estratégias e planos de contingência;
- Está aberta a questionamentos e reavaliações;
- Impulsiona uma mudança com pura força de vontade e personalidade;
- Luta para manter sua racionalidade.

>> Defeitos:
- Tem ideias tecnicamente superiores e, algumas vezes, insensíveis e não convencionais;
- Possui traços intuitivos e julgador;
- Ela prefere desenvolver e executar um plano que brilhe dentro do seu campo de conhecimento do que compartilhar opiniões em distrações desinteressantes, como fofoca;
- A crítica mais cruel;
- Acredita que as pessoas são muito preguiçosas, pouco sagazes e interesseiras para realmente atingir esses resultados fantásticos;
- Qualquer um que não tenha o talento de acompanhar os processos de Killa, ou pior ainda, não consegue entender o sentido deles, irá imediatamente e permanentemente perder o respeito dela;
- “isso vai funcionar?”. Esse mecanismo é aplicado sempre, tanto para coisas e pessoas;
- Contato social;
- Killa pode chegar a ver conversas sociais como simplesmente idiotas.

>> Palavra Chave: Survive, bitch!

>> Gostos:
- Livros;
- Fazer parkur;
- Lugares vazios e silenciosos, longe da atenção de todos;
- Encontrar indivíduos com as mesmas características, que conseguem acompanhar seu intelectualismo incansável e manobras estratégicas;
- Compartilhar o que sabe;
- Atingir seu objetivo;
- Conhecimento;
- Elaborar e executar planos;
- Métodos e ideias;
- Perfeccionismo aplicado;
- Questionamentos e reavaliações;
- Racionalidade ao saber se algo vai funcionar;
- Táticas, estratégias e planos.

>> Desgostos:
- Lugares cheios;
- Lugares muito claros, pois isso irrita os seus olhos;
- Melosidade;
- Que fiquem à tocando, principalmente dando abraços;
- Não ter solução para alguma coisa;
- Respostas incompletas;
- Demonstração de sentimentos;
- Distrações desinteressantes;
- Fofocas;
- Ignorância;
- Preguiça;
- Pessoas que não entendem o sentido de seus processos;
- Regras e limitações;
- Impulsividade, não pensar ou reavaliar suas ações;
- Contato social;
- Mentirinhas e conversa fiada.

>> Medos: Amnesifobia - medo de perder a memória.

>> Segredos?: Ela é bem fechada quando o assunto é a sua vida, porém segredos ela não possui.

>> Armas: Bem, já está visível que Killa mora em um campo de sobrevivência, devido à isso, existem armas e alimento ali, mas ela ainda não saiu da sala de equipamentos e, creio eu, teria alunos transformados lá fora. (Desculpa por eu ter essa mania de transformar tudo! :d).

Pode escolher as armas, se preferir.

>> Concorda que seu personagem estará em minhas mãozinhas?: Não teria mãoszinhas melhores ( ͡° ͜ʖ ͡°) parei.

>> Algo mais: Acho que non. Espero que goste sz


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...