~dramaz

dramaz
Nome: Med
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 24 de Dezembro
Idade: 16
Cadastro:

A i m é e Seydoux


Postado


"i'ℓℓ вє τнє qυєєท [...]"



Nome:
[Aimée Seydoux]
Tem origem no francês aimée, particípio passado do verbo aimer, que quer dizer “amar”, portanto aimée significa “a amada”.


Idade:
[23 anos, nascida em 24-12]
Capricorniana. Seu ascendente é em câncer e sua lua em leão.
Seu lado capricorniano a faz ambiciosa e disciplinada. Prática, prudente, paciente e é até cautelosa quando preciso. Tem um bom senso de humor e é reservada. Tende a ser pessimista e, ante a situações difíceis, é um pouco fatalista. Câncer é o signo da maternidade, porém esse Ascendente além de ter essa doçura e a maternidade, da à impressão que você pode contar com ele, vai ser a pessoa que você vai poder ligar a qualquer hora (sendo isso ilusão ou não). Lua em leão? Bem, tem a lua posicionada neste signo se expressa emocionalmente de forma confiante, honrada, soberba e muito vaidosa.


Aparência:


É evidente que Aimée é dona de uma grande beleza, sendo esta mais agressiva. Seus cabelos são macios e sedosos, de um brilho ímpar, loiros e levemente ondulado (mas às vezes ela os deixa lisos), porém, não são muito grandes, passando um pouco dos ombros. Seus olhos são uma das coisas mais lindas em todo o conjunto, possuem a cor azul, mas um azul cristalino, que se assemelha a mares do Caribe, além disso, são puxados e naturalmente semicerrados, dando um ar sexy. As sobrancelhas grossas ajudam a dar destaque. Seus lábios são grandes, rosados e carnudos. Extremamente atraentes, que contrasta com sua pele branca e límpida. Por baixo dos mesmos estão belos dentes perfeitamente alinhados. Um rosto magro e um tanto quadrado, somado com um corpo esguio (apresentando 1,67 de altura e 49 quilos) e, também, magro, no entanto, isso não a impede de possuir curvas e um bumbum acentuado, além de seios medianos. Chama atenção em qualquer situação.


[Rosie Huntington-Whiteley]


Nacionalidade:
[França - Nice.]

Casta:
[Originalmente da casta 2, graças ao seu pai, porém, por motivos mais adiante revelados, é uma stripper do Cabaret Le Boa (onde é uma das estrelas).]

"[...]Em Nice, na Riviera Francesa, localizada a poucos passos da Promenade des Anglais, no centro do triângulo de ouro, o Cabaret Le Boa abre suas portas todas as noites.
A baía mais bonita do mundo pode se orgulhar de ver neste Clube de Cavalheiros, um ambiente acolhedor e discreto, dando-lhe um vislumbre de um mundo de prazer e devaneio, sem revelar qualquer coisa ...
O cabaret em Nice "Boa" ganhou uma reputação no círculo muito fechado da noite Riviera, ele se tornou um dos pontos de visita da Riviera Francesa para todos os amantes de meninas bonitas ...
Muito seleto clube, é conhecido por sua atmosfera acolhedora em harmonia com boa música. Com uma decoração refinada e iluminação suave, os clientes do cabaré passam a sua noite em um ambiente descontraído, longe da vida cotidiana.
Localizado no departamento de Alpes-Maritimes, recebe todas as noites a partir das 22h."



Personalidade:

Aimée transpassa logo em primeira instancia quem é. Intensamente felina em seu rosto, nas suas ações, no seu andar, denota por toda parte graça, discrição, altivez e majestade de uma leoa. Apreciadora de tudo o que realce seu porte de rainha, agrada-a rodear-se de pessoas, e andar em lugares onde possa ser admirada. Qualquer um que chegar perto da mulher inala seu ar poderoso e, ao mesmo tempo, misterioso e hostil, intrigante é a palavra perfeita para defini-la. Exala perspicácia, cheia de comentários irônicos e despretensiosos, os quais pigam acidez, independentemente de quem se queimará com os mesmos. Consegue ser sincera de um modo cruel sempre que acha adequado. Ela sabe do que é capaz e por esse motivo não se preocupa em esconder ou ser humilde (quando elogiada, por exemplo). Comporta-se como uma verdadeira dama, dificilmente perdendo a classe.
Possui um sexto sentido invejável, se não gostar de alguém, será a pior pessoa possível por ter a certeza de que há algo errado. Se gostar, é suportável. Amável e adorável? Demora muito. Não vive do agora e nem demonstra muitas emoções ou sentimentos, nunca aprendeu a fazer isso. Pensa antes de agir e calcula todas as possibilidades existentes, por esse motivo consegue tudo o que almeja.
Não admite que passem por cima dela para conseguir algo. Nunca a traia, ou ela aguardará o momento certo para fazê-lo pagar, como uma cobra a espreita, esperando para atacar. Consegue ser manipuladora e pode ser maldosa ao extremo, tornando-se ainda mais indiferente a determinada situação, por pior que seja. Adequá-se ao ambiente em que estiver, mudando o modo que normalmente age, sem problema algum. É como um servo, mas pode ser um lobo também. Tem caráter, porém não mede esforços se tiver que mentir. É independente, diz que não pode depender de ninguém. Crê que se sentir medo é porque é fraca, que se deixar levar por afeto é cavar a própria cova, porque ninguém precisa de amor.
O orgulho é uma das coisas mais fortes em sua personalidade, não se permite perder ou ser feita de boba, não volta atrás em suas decisões. Mas tal sentimento é uma camuflagem cautelosa de seu medo. Controladora, tudo tem que ser como quer, porque acredita que o que decide é o melhor, seu jeito caprichoso e perfeccionista a torna arrogante muitas vezes, é verdadeiramente inflexível em suas coisas, chega ao ponto de ir contra tudo, mesmo sabendo que não está certa; quando a afirmação que sustenta é correta, irá levá-la ao êxito, ao contrário irá teimosamente tropeçar contra todo o tipo de sérios obstáculos; porém persistirá apesar de tudo. Sua frieza externa se conjuga com um atrativo especial: desperta no sexo oposto o mistério do desconhecido e o gosto por descobri-lo, o amor repentino e tempestuoso não são suas características. É madura.
Muitas pessoas confundem quem ela realmente é, levando-a ao clichê: uma pessoa ruim. Mas, não! Aimée não mede esforços para ajudar quem precisa e defendê-los. Luta até o fim por seus ideais, compra briga, se essa for a última alternativa. Vive com um sorriso no rosto e não se deixa levar por tristezas. Se assim quiser, pode ser a pessoa mais compreensível do mundo, dando conselhos verdadeiros e singelos. Tem a capacidade de se pôr no lugar de outra pessoa, por esse motivo, comove-se.
É uma pessoa deslumbrante, quem a conhece não pode deixar de admirá-la. A loira consegue ter todas as características de uma mulher fatal, ao mesmo tempo em que é uma pessoa de bom coração e cativante. Alegra-se com coisas simples.
[Excêntrica. Ela é ela e ponto.]

História:
Aimée foi fruto de uma relação breve e intensa entre Léa Chermig e Aldrick Seydoux. A garota, em seus 18 anos, era apenas uma sonhadora da casta 5, aspirante a bailarina, enquanto Aldrick já era um militar ganhando espaço, seguindo o legado de sua família. Conheceram-se em uma operação e o rapaz afeiçoou-se a ela, por sua beleza angelical e seu jeito doce. Mas, obviamente, a família Seydoux não aceitou isso muito bem e Léa não era bem-vinda. Só havia que um problema que impedia qualquer medida de impedimento: ela estava grávida (tendo o caso de ambos durado 7 meses antes de ser revelado). Contragosto fora morar na mansão daqueles que tanto a desprezavam. A vida da jovem bailarina virou um inferno.
Seis meses depois, ao chegar a hora do parto, a mãe acabou falecendo por uma hemorragia.
Anos se passaram e Aldrick cuidava da filha, tendo ele já conquistado sua independência e um nome. A relação pai-filha era a pior possível, não se entendiam, sempre brigavam e coisas ruins acabavam saindo. Aos 14 anos, Aimée tomou uma decisão: ir embora enquanto seu pai trabalhava. No momento em que pôs os pés para fora quis voltar, mas seu orgulho a impediu. Mal sabia ela que o mundo era cruel com uma adolescente sozinha. Só encontrou abrigo no Cabaret, onde a senhora Maddleux a acolheu como uma mãe para, mais tarde, torná-la uma de suas estrelas.
Aldrick a deserdou no momento em que descobriu, se sentiu saudades? Sim, porém o homem é ainda mais orgulhoso.


Por que se inscreveu na Seleção?:
Por que não?
Aimée sempre fora uma romântica e sonhadora, como sua mãe, e, apesar dos caminhos tortos que tomou, no fundo ainda quer algo do gênero. O que mais contribuiu foi o fato de a mulher ter conhecido o príncipe Richard e este tê-la tratado majestosamente, com um respeito que nenhum homem havia tido com ela. O segundo motivo, está na esperança de uma vida melhor e mais digna, porque, mesmo que não admita, se envergonha de si mesma.

Família:


[Aldrick Seydoux;] 47 anos; casta 2; militar. Um homem grosso e educado, de poucos amigos e não muito simpático. Sério e centrado, não soube demonstrar sentimentos para com sua filha, desprezando-a atualmente graças à sua condição. Finge que a mulher nunca existiu.
Daniel Craig


Manias:
[Mexer no lóbulo da orelha quando nervosa ou com vergonha.]

Traumas:
[Seu maior trauma é decorrente de uma tentativa de abuso sexual, por esse motivo torna-se acanhada caso algum homem consiga a encurralar.]

Qualidades e Defeitos:
É forte, corajosa, inteligente, perceptiva, segura de si, sincera (de algum modo), independente. Tem a capacidade de fazer as pessoas se sentirem bem ao seu lado (quando quer).


Não confia em ninguém, pode ser traiçoeira, sob extrema pressão se torna frágil, não sabe expressar sentimentos e nem lidar com o sentir.


Gostos e Desgostos:
Gosta de festas, bebidas, compras, ter a sensação de poder. No entanto, também gosta do cheiro de chuva e sentir as gotas caírem em cima de seu corpo, de viajar para diversos lugares, se sentir livre. Coisas simples, da natureza, lhe agradam. Dançar é a coisa que mais ama no mundo; a dança de algum modo lhe acolhe e lhe faz sentir amada.

Porém, odeia saber que não acreditam em seu potencial, se sentir presa, sentir medo, não ter o que quer na hora que quer, ser jogada pro escanteio, sentir-se ameaçada, não ser considerada a mais importante. Não ter a atenção que almeja, não ter a reciprocidade que deseja. Não suporta ver gente destratando pessoas humildes, realmente, por sua condição financeira. De mais simples, odeia barulhos finos, que lhe doem os ouvidos.


Hobbies:
[Dançar, sentar na grama e ficar horas e horas observando a paisagem e compras, claro.]

Talento:

[Poli dance.]
Aprendeu a fazê-lo (em conjunto com a dança em si) por necessidade, mas, atualmente, tornou-se algo prazeroso de fazer.




[Escrever]
Aimée costuma escrever poemas e histórias em seu tempo livre, quase sempre de cunho melancólico. Busca inspiração em ambientes abertos onde fique invisível (em algum banco no meio da rua) ou sozinha (embaixo de uma árvore, por exemplo).




Príncipe, coroa ou outro?
[Ela visa provar a todos que é tão boa e digna quanto qualquer outra mulher que seja recatada ou afins. Está buscando acabar com o esteriótipo que existe com relação à Strippers e outras do ramo. Quer abalar o sistema mesmo.].
Porém, também há o príncipe, que ganhou sua admiração.


Príncipe escolhido:
Richard Andersen.


Relação com:

REIS:
[Os trata com respeito e admiração, tentando sempre mostrar-se digna. Acaba se sentindo um pouco embaraçada na presença de tais (não deixando demonstrar, claro), porque a postura autoritária a lembra seu pai. A educação está em primeiro lugar.]


RAINHAS:
[Do mesmo modo que trata os reis, busca ser tão fina e elegante quanto elas, apesar de algumas demonstrarem não a aprovarem. Em suma, tenta a todo custo manter-se agradável, mas não força a barra ou é "babona". Bem, se alguma resolver atacá-la, Aimée não aceitará calada.]


RICHARD:
[A mulher o admira por sua postura incontestável, é neutra até o momento que ele lhe procura e dá permissão para aproximação. A relação é, em sua grande parte, boa e agradável. Há conversas das mais bobas às mais produtivas. Aimée consegue ser uma pessoa divertida por seu jeito sincero. Quando estão juntos, há gargalhadas e sorrisos (principalmente por parte do príncipe). Algumas vezes podem se desentender, e, Richard jogar em sua cara tudo o que ela é, mas como já disse, a loira não leva desaforo para casa. Acha decepcionante o fato de ele não ser realmente como é com ela, quero dizer: não conseguir se desprender do fato de ela ser uma stripper famosa; Aimée sente como se ele se envergonhasse de ter algo com ela e acha isso frustrante.]

Em meio a briga ela chega a dizer coisas mais pesadas sem nenhuma dó. Na realidade, são as horas que mais saem verdades de sua boca. Por exemplo: "eu quero um homem, não um covarde. É por isso que você não é um rei!"


OUTROS:
Noah:
[De início o trata cordialmente e o acha um bobo por não aproveitar a juventude, diz que ele é um velho de oitenta anos. Todavia, com o tempo, acabam se aproximando, ela o procura e ambos criam uma amizade. Ela o ouve e ele a escuta, entendem-se.]


Bernard:
[Acreditava que ele era gay. Depois percebeu que era um menino-homem de ouro, o admira por seu jeito retraído e sincero. Porém, ambos se tratam cordialmente.]


Markus:
[O rostinho de inocente nunca a enganou. Diga-se de passagem que conhece cada tipo de homem. De longe é o que mais se identifica, tanto que já foram até em festas juntos (se conheceram antes mesmo da Seleção), Aimée vez ou outra encobre besteiras do príncipe. O adora e, apesar de tudo, nunca dormiram juntos. Ele foi o primeiro a apoiá-la a participar da Seleção (no fundo queria ver como Richard reagiria e como ela balançaria tudo)]


Tomás:
[Por algum motivo Aimée não consegue suportá-lo e ele igualmente. O santo deles não batem. Porém, podem acontecer coisas que mudem esse quadro.]

GUARDAS:
[Os trata com educação, porém, de forma indiferente. Quero dizer, caso não falem com ela, ela dificilmente o fará. Não é questão de se achar superior, apenas não costuma ir atrás.]

P.S: Acha Erik e Chase uns gatos.

CANDIDATAS:
[As trata baseando-se na reciprocidade. Obviamente, caso não vá com a cara de uma, não será a pessoa mais agradável, porém, evitará brigas. Caso a provoquem, aí é outra história. Só se aproximará daquelas que procurarem, porque não vê muita graça em criar uma amizade com as garotas, que para ela geralmente são bobas e inexperientes. Aimée já é uma mulher e essa é a principal diferença. Pode dar conselhos as mais novas.]


JORNALISTAS:
[Verdadeiramente não se importa muito. Já está acostumada, de certo modo, com holofotes, porém, odeia que sejam indelicados com relação à vida pessoal e sabe muito bem lidar com as palavras para que não haja manipulação.Comporta-se como uma diva. Os caracteriza como urubus.]


Criadas:

[Valentine Hebder; 25 anos; cuida de toda a arrumação da garota. É uma mulher sincera e amiga, além de engraçada. Aimée a adora por seu jeito mais desbocado.]
Mila Kunis



[Natasha Vinicsk; 22 anos; cuida de seus horários e afazeres em geral. É mais delicada e quieta, beirando a inocência. Fiel e responsável. A candidata tira sarro disso, porém, de forma inofensiva. Até hoje se pergunta o motivo de não ter se escrito para a Seleção.]
Lily James


O que acha da Seleção?
[Acha que é algo um pouco sem cabimento (como amar alguém que está ali só para isso e correndo o risco de ser apenas por interesse?), mas necessário.]

Como reagiria a um ataque rebelde?
[Primeiramente se esconderia, visando proteger-se, entretanto, caso atacada, revidaria até onde não pudesse mais, ou se a vida de alguém estivesse em jogo bem em sua frente.]

Prejudicaria alguma outra selecionada para seu benefício?
[Não; Aimée simplesmente vê o prazer em saber que ganhou por méritos unicamente próprios. É muito mais vantajoso.[

Sua personagem já namorou antes? É virgem?
[Nunca namorou oficialmente, porém já teve um affair com um jovem político. E, bem, pelas circunstâncias, não é mais virgem.]
Deixando claro que: ela não é garota de programa.



Bebe coisas alcoólicas? Se sim, apenas socialmente? Ao ponto de ficar bêbada?

[Sim; socialmente, porque acha deselegante ficar bêbada e não gosta da sensação.]

Músicas que definem a relação com o par:

All of Me
❝Cause all of me
Loves all of you
Love your curves and all your edges
All your perfect imperfections [...]


Roupas:
[Costuma vestir-se de forma elegante e que a dê um ar sedutor. Nada muito exagerado e sempre com acessórios.]



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...