Tales Of Another Broken Home


Postado

Tales Of Another Broken Home

Já estive no topo do mundo
Você viu minha sombra refletida na lua
Sobrevoei o maior dos desertos
Deixei amor onde só havia trevas

Encantada, apaixonada, iludida
Diferentes palavras, mesmo destino

Uma vez eu sequer poderia ser notada
Eu era o aquecer de um raio de sol
Também o sibilar do vento invernal
Minha existência não dependia da matéria
Eu era, mas não estava

Mas egoísta me tornei, cobicei, consegui?
Fé cega lhe cedi, sem hexitar, me joguei
Em chamas, esfacelada, destruída

Asas arrancadas, mas em meu peito um coração bate
Ele não mais me enxerga
Sentir, tocar, cortar, sangrar, morrer?


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...