Ficha: Half-Blood / Mestiça


Postado

♦Ficha mestiço.♦

♦Nome Completo: Alyssa Elise Pendragon

♦Apelido: Ally

♦Idade: 17 anos.

♦Nacionalidade: Rússia.

♦Sexo: Feminino.

♦Orientação Sexual: Heterossexual.

♦Aparência: Ashley Benson.

http://data.whicdn.com/images/24408962/39758409180244605_VAY3uMpI_f_large.jpg

http://iv1.lisimg.com/image/1672640/396full-ashley-benson.jpg

http://image.hotdog.hu/user/LOL1995/magazin/Ashley_Benson_photoshoot.png

https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/236x/5c/c9/66/5cc9665da535f133d0b5d976846b1c9d.jpg

♦Descrição: Cabelos loiros (Praticamente dourados) e levemente ondulados até o ponto exato dos ombros e com uma franja lateral. A pele é branca, talvez até demais, sempre com uma aparência macia, hidratada e aveludada. Belos olhos azuis-claros, como o céu, que, mesmo se ela estiver sendo cruel e agressiva, os olhos continuam com um brilho e aparência doce. Cílios longos e sobrancelhas um pouco mais escuras que o cabelo, mas muito bem desenhadas. Lábios num ponto em perfeito equilíbrio entre carnudos e finos (mais puxados para o carnudo) e sempre rosados de modo natural. Não passa de 1.62m de altura; tem um peso adequado para tal, pés pequenos e mãos delicadas que sempre estão com as unhas curtas para facilitar o manejo de armas. Tem um corpo bonito e curvilíneo, mas não tanto quanto algumas garotas; tendo a cintura fina e seios/quadris medianos.

♦Progenitor Divino: Psique.

♦Seguidor de (Aqui você coloca o nome de qual deus egípcio o personagem segue o caminho): Hórus.

♦Descendente (Aqui você coloca o nome do faraó que é descendente.): Tutancâmon. O faraó teve um filho bastardo um ano antes de morrer e precisava mantê-lo em segredo; então o deixou com a mãe verdadeira, sem se dar ao trabalho de realmente auxiliar de algum modo o filho ou a mãe dele.

♦A quanto tempo está na casa ou no acampamento: Duas semanas.

♦Família:

•Marilyne Pendragon. Mãe adotiva. Ruiva dos olhos verdes; alta e bela, mas mal-cuidada.

•Dean Pendragon. Pai adotivo. Careca e gordo, com olhos cor de mel. Inegavelmente feio. Morto.

Nenhum dos dois possuía família próxima para apresentar à Alyssa.

♦Personalidade: Fechada e anti-social, mas também é extremamente tímida e cora por qualquer coisa, principalmente por proximidade e elogios. Não é de falar muito. Costuma ser grossa com algumas pessoas, mas é forçado; tudo uma farsa para afastá-las. Se anima fácil quando vai fazer algo que parece ser divertido e que ela nunca fez (Como, por exemplo, ir à um parque de diversões). Treina muito; está sempre testando técnicas de batalha e armas novas. Não tem muito tempo livre e é uma pessoa rotineira, mas se encanta por pessoas que a fazem fugir da rotina. Narcisista e orgulhosa. Quando alguém conquista sua amizade, ela revela seu verdadeiro eu: engraçada, divertida, extrovertida; mas muda completamente com desconhecidos, ficando instantaneamente mais séria. Esperta. Respeita regras e autoridades, mesmo que às vezes sinta vontade de desrespeitá-los, então é bem certinha. Usa roupas confortáveis, como moletons, calças jeans e tênis, mas isso não a deixa menos bonita. Quase sempre está sozinha. Tem a mania de enrolar a ponta do cabelo nos dedos quando está entediada e morder o lábio inferior quando fica nervosa. Gosta de todo tipo de música, apesar de ter uma paixão especial por bandas como Arctic Monkeys, Fall Out Boy, Imagine Dragons, U2, The Rolling Stones e Melanie Martinez.

♦História (Lembre-se de colocar se ele vive no acampamento ou na mansão do brooklyn): Foi adotada aos 3 anos (Até então, era órfã e vivia num orfanato em algum lugar da Rússia) pelo casal Pendragon. A garota sempre estudou em escolas públicas e nunca foi de ter amigos; simplesmente porque não queria tê-los. Sentia medo de ser "apunhalada pelas costas", então criou o hábito de se afastar de qualquer um que se aproximasse. A família nunca teve muito dinheiro; a mãe trabalhava de balconista numa biblioteca qualquer e o pai nunca foi de trabalhar, o que sempre fez a filha ter certo nojo dele. Sempre tinham dívidas e contas para pagar. Ela sempre foi muito bem na escola, e, apesar das dificuldades, se esforçava ao máximo para nunca decepcionar os pais; afinal, era muito grata à eles.
Quando ela completou 13 anos, o pai começou a beber. Era um perfeito alcóolatra e por isso Alyssa o evitava sempre que podia. Sentia nojo do cheiro de álcool que emanava dele e do jeito que ele parecia sempre tonto, lerdo, desregulado e com dor de cabeça.
Com 15 anos, já começou a trabalhar. Era uma garçonete num Starbucks, e amava o trabalho: De manhã, ficava na escola, e assim que saía, passava a tarde toda no Starbucks. Isso, pelo menos, ajudou nas despesas.
Foi mais ou menos com 16 anos que ela começou a ver coisas. Seres mitológicos, sempre a observando, à espreita, esperando o momento certo para atacar. O ataque nunca aconteceu, e isso fez Alyssa ficar um pouco paranóica. Para onde olhava, tinha alguma fúria, ciclope ou animais menores como basiliscos.
De repente, não dava mais pra fingir ou esconder. Ela falou sobre todos esses seres estranhos para os pais, pensando que eles a compreenderiam; mas ambos a taxaram como louca e, no dia seguinte, teve de ser internada num hospício, à pedido dos pais.
Lá, ela nunca saía do quarto. Não falava com ninguém, simplesmente porque todos ali eram psicopatas ou pessoas com sérios distúrbios mentais. Alyssa foi classificada como "esquizofrênica". Tomava os remédios, sem reclamar, e sinceramente; se ela não era louca antes, sentia em seus ossos que estava começando a ficar. Parou de acreditar nos próprios olhos e realmente pensou ser esquizofrênica. Recebeu uma carta dizendo que seu pai havia morrido; mas, a esse ponto, ela já não se importava mais.
Há poucas semanas atrás, o hospício foi atacado por monstros mitológicos que Alyssa não conseguia identificar. Mas esses monstros estavam atrás da mestiça, especificamente. E, quando estavam prestes à matá-la, uma maga egípcia matou o monstro, explicou rapidamente sobre ela ser uma mestiça e sobre mitologia existir. Alyssa queria negar sobre seguir aquela estranha, mas, se aquilo fosse uma ilusão da sua mente, sua mente era bem mais legal que a vida real. "E o que eu tenho a perder?", Alyssa se perguntou. Seguiu a garota sem hesitar e desde então vive na mansão do Brooklyn.

♦Par: Sim. Escolha-o.

♦Relação com o Par: Tem algumas desavenças; vezes por ela ser fechada demais, vezes por ela ser orgulhosa demais, mas ele é a única pessoa em que ela confia realmente. Está sempre à vontade perto dele. Tem ciúmes, sim, e não esconde isso, principalmente das amigas dele, mas do que ela pode reclamar? Afinal, também tem muitos amigos. Apesar disso, confia nele e, mesmo sabendo que pode ser magoada por isso, não liga. Tem seus momentos fofos e românticos, mas não gosta de muito melo. Apesar disso; aprecia os pequenos gestos que seu par faz para demonstrar que gosta dela tanto quanto ela gosta dele. Também é compreensiva para com ele.

♦Relação com os Amigos: Eles são as únicas pessoas com quem ela é divertida e extrovertida. É leal à eles, não importa o que aconteça, mas também é super-protetora e, apesar de não gostar de receber conselhos, está sempre pronta para dá-los. Odeia vê-los mal, e faz tudo o que está em seu alcance para melhorar o humor dos mesmos.

♦Relação com os Irmãos: Típica relação de irmãos. Gritam, brigam, discutem, se provocam, implicam sempre que têm a chance; mas, no fundo, ela os ama, e, assim como com os amigos, ela odeia ver os irmãos mal e faz tudo para vê-los felizes novamente.

♦Gostos: Comida (Saudável ou não), treinar, ler (Precisa usar óculos para ler), experimentar coisas novas, fugir da rotina, pessoas engraçadas, cores metálicas, estrelas, montar estratégias, dormir, animais, roupas confortáveis, fazer vários nadas, jogos, HQs (Principalmente da Marvel ou da DC), livros, sotaques estrangeiros.

♦Desgostos: Bebidas alcóolicas, tédio, monstros, drama, pessoas revoltadas sem motivo, pessoas que a acusam de algo que ela não fez, monstros, ser ignorada, tecnologia, pessoas fúteis, pessoas metidas, frescura, falsidade, manipulação, falar sobre família e sobre o passado.

♦Qualidades/Defeitos: Como qualidades, ela é educada, sincera (O que nem sempre é uma qualidade), leal, preocupada, gosta de ajudar os outros, inteligente, intelectual, esforçada, respeitosa, tem senso de humor. Como defeitos, ela é orgulhosa, narcisista, às vezes é arrogante, desatualizada (Ou seja, não conhece nenhuma tendência do momento, nem nenhum famoso.), fechada, força grosseria para afastar algumas pessoas.

♦Habilidades Físicas/Mentais: Além dos poderes, ela é bem fisicamente rápida, ágil e flexível. Também é forte, mas não se concentra na força. Raciocina e faz contas rápido demais, também trabalha bem sob pressão e é uma ótima estrategista, apesar de ser um pouco lerda fora das lutas.

♦Poderes:

http://templodosdeuses.forumeiros.com/t83-poderes-e-habilidades-dos-mentalistas-de-psique -> Como filha de Psique.

Criar um Avatar (O do guerreiro com cabeça de falcão, como o Carter) -> Como seguidora de Hórus.

♦Medos: Estar sendo seguida, perder quem ama, ficar em lugares muito apertados (costuma abraçar à si mesma ou qualquer coisa que estiver por perto, em pânico), se afogar (Nunca aprendeu a nadar), acordar e descobrir que tudo o que aconteceu na mansão do Brooklyn foi uma ilusão e ela ainda está no hospício e reencontrar a mãe.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...