~scarletwitchx

scarletwitchx
Nome: Giovanna
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
Aniversário: 14 de Março
Cadastro:

Scream Queens


Postado



Got a secret, can you keep it?


Nome Completo
Astrid Blue Hostyn.

Apelido
Blue: Por todos.
Blue Redhead: Inimigos.
Baby blue: Pai.

Idade
14 de março de 1997, 19 anos.

Aparência
Astrid possui uma pele clara e limpa, praticamente sem imperfeições. Seus olhos são claramente verdes escuro. Seus fios são naturalmente lisos com algumas ondulações e num tom de ruivo, caindo mais ou menos na altura de seus seios. Seus lábios são bem desenhados e volumosos, suas sobrancelhas perfeitamente feitas e arqueadas. Seu nariz é levemente empinado. Apesar de magrela, tem um corpo bastante atraente, digamos que ela está na medida certa com seus seios, curvas e bumbum, nada muito exagerado, tudo muito bem moldado. Ela mede 1,68 de altura, medida considerada alta, e 45 quilogramas.
















Photoplayer
Ebba Zingmark.

Personalidade
Determinada. O adjetivo que melhor a define. Astrid possui um enorme voto de confiança em si mesma, não descansa até conseguir algo de seu agrado. Desistir não existe em seu vocabulário. Faz o tipo de pessoa em que se importa somente consigo mesma e na hora da verdade é cada um por si, mas diferente de muitas pessoas Blue é justa e honesta, não seria capaz de trapacear e machucar seu adversário para ter algo em suas mãos, mas abre exceções para seus grandes inimigos. Astrid é conhecida por seu humor negro, seu jeito irônico e sagaz de ser a deixa com um ar de superioridade e um tanta hipócrita, mesmo não sendo propositalmente. A garota de cabelos ruivos é uma ótima estrategista e bastante focada no que faz, Astrid pode ser uma ótima aliada. Odeia mentiras, mas mente como ninguém. Pode ser uma cobra venenosa e sem pudor para mentir, não expressa indiferença e assim faz seus inimigos de tolos fazendo parecer verdade. Observadora e objetiva. Não gasta seu tempo á toa, acha desnecessário correr em círculos sendo que pode pegar um atalho e resolver isso de um modo simples, prático e objetivo. É uma pessoa de pavio curto, mas ao mesmo tempo é calma para certas coisas de seu agrado. Tem uma memória incrível, a mesma nunca a desaponta e não a deixa na mão. Ela consegue ser uma pessoa divertida e fácil de conviver. Uma pena isso não acontecer diariamente. Costuma ser um pouco grossa, mas com uma incrível capacidade de fazer amigos, ou como ela gosta de chamar: Os aliados. Ela se torna uma pessoa interessante para muitos, gosta de pessoas com o seu mesmo pensamento e de diversos níveis intelectuais. Uma ótima forma de conseguir sua amizade. Reservada. Não gosta de transparecer seus sentimentos e falar sobre os mesmos, preza por sua privacidade e não gosta de ser forçada a fala-los, caso ela lhe conte significa que ela confia bastante em você o suficiente, mas se você á desapontar pode dizer adeus. A confiança é como um papel, uma vez amassado nunca retorna ao original. Raramente você verá Blue chorar, ela não gosta de se sentir frágil e fraca, diz ser uma atitude de perdedor e fracassado. Não é muito boa em dar conselhos, mas conta seu silêncio como o maior conselho já dado á alguém.

História
Solitária. Abandonada. Desnecessária. 
Eram as primeiras coisas que Astrid pensava sobre si desde que descobrira o significado dessas palavras. Morava apenas com seu pai, e os vários empregados dele, e nunca conheceu sua mãe. Seu pai tinha uma fotografia velha e estragada de uma mulher que ele dizia ser a mãe dela. Mas aos catorze, quando a menina aprendeu a reparar em características, ela percebeu que não tinha nada haver com a mulher da foto, mas se recusava a comentar com seu pai sobre isso. 
Viver naquela casa enorme sem companhia era extremamente solitário. É claro que havia Meredith que cuidava de Astrid como se fosse sua própria filha, uma vez que seu pai não se dava o trabalho de fazer isso. A menina a chamava de Mère, um apelido para Meredith mas que em francês significava “mãe”, e a mulher era a única figura materna que ela sempre tivera. 
Seu pai, Robert, tentava a todo custo balancear seu tempo entre seu trabalho e a filha, e Astrid entendia que ele era ocupado, então aproveitava muito quando seu pai estava de folga para fazer programas alternativos, ou até mesmo ficar em casa curtindo um filme e tudo mais.
Quando a menina completou quinze anos, seu pai achou que já podia começar a namorar de novo. No inicio nada era sério, ficava com uma mulher por umas duas semanas até ir para outra. Astrid não gostava muito disso, mas a atenção de seu pai não diminuiu nem um pouco, então ela tentava ficar feliz por seu pai.
Quando Robert conheceu Melissa, ele estava a levando a sério. No começo a mulher se dava muito bem com Astrid, mas a medida que as coisas ficavam sérias entre ela e seu pai, Melissa tentava afasta-lo da filha. Inventava mentiras bem contadas que realmente pareciam verdades. Robert ficava cada vez mais desapontado e tentava entender o porque da filha fazer essas coisas, mesmo que não fizesse realmente.
Melissa parecia estar disposta a fazer a vida de Astrid um inferno pelo simples fato de achar que a menina poderia roubar a atenção de Robert, seu pai. Certo dia as brincadeirinhas de Melissa passaram de provocações para “infelizes acidentes”, o que deixava a pequena Astrid muito revoltada.
Melissa ameaçava enviar Astrid para um colégio interno “para ver se a menina criava modos”. Acabou que as ameaças se tornaram realidade e na próxima voltas as aulas lá estava a menina: Em um lugar desconhecido com pessoas estranhas. Astrid nunca se sentiu tão infeliz quanto naquele momento, por estar sendo retirada do único lugar que se sentia bem.
Os meses foram passando e Astrid foi amadurecendo suas ideias. Foi ficando cada vez mais esperta sobre as pessoas que frequentavam aquele lugar. Alguns meses depois chegou até Astrid, que agora ela teria uma irmãzinha chamada Pietra e embora seu pai tentasse ao máximo reconquistar a filha, a mesma não quer nem saber da existência dele e de sua nova família perfeita.

--------------------------------------------------------------------------------------------------

Chances de se vingar: 98%
Chances de trair alguém: 45%
Chances de arrumar briga: 99%
Chances de fazer algo "errado": 50%
Chances de se aliar aos assassinos: 50%
Chances de ser um dos assassinos: 2%

-------------------------------------------------------------------------------------------------------

Situação financeira
Milionária

Sexualidade
Heterossexual.

Par?
Sim.

Relação com o par
Astrid vai negar até o fim que está apaixonada, vai trata-lo como qualquer pessoa, mas não mexa com ele pois Astrid vai fazer da sua vida um inferno.

Relação com os amigos
Astrid, ou Blue como conhecida entre os amigos, vai os tratar bem, com umas brincadeiras ali e aqui, e sempre vai contar tudo o que tem em mente para eles.

Relação com os inimigos?
Astrid tem um profundo desgosto por seus inimigos, então vai fazer a vida de cada, um verdadeiro inferno, tentando ao máximo sempre humilha-los.

Relação com minha personagem
Astrid a acha mesquinha e tosca, nunca bateu de frente, mas se precisar ela vai bater. Não aprova muito o que ela faz com as Ashley's, acha muita idiotice.

Como se sente em relação aos assassinos?
Ela os odeia pelo fato de estarem matando pessoas inocentes, mas também admira por terem tanta coragem de sairem por aí matando qualquer um e também admira a inteligência.

Qual é a sua opinião em relação aos assassinos?
Astrid acha que são pessoas que não tiveram amor e carinho na infância, que tiveram uma vida pior do que a dela, ou que perderam alguém assassinado, e agora querem fazer os outros se sentirem igualmente.

Família

Nome: Robert Eliot Hostyn.
Idade: 43 anos
Aparência:

Parentesco: Pai.
Profissão: Diretor engenheiro do petróleo.
Relação: Quando Astrid era pequena, a relação dos dois era maravilhosa, mas agora depois de todos os transtornos, a filha não fala com o pai e tem uma pontada de ódio por ele.

Nome: Melissa Romanova Hostyn.
Idade: 36 anos.
Aparência:

Parentesco: Madrasta.
Profissão: Diretora de recursos humanos.
Relação: No começo era tudo um mar de rosas, mas depois Melissa começou a mostrar seus espinhos para Astrid. As duas não se suportam ao ponto de precisarem dividir o mesmo ar.

Nome: Pietra Romanova Hostyn.
Idade: 4 anos.
Aparência:

Parentesco: Meia irmã.
Profissão: -
Relação: Astrid nunca conheceu a irmã pessoalmente, apenas por fotos que seu pai insistia em mandar por cartas. Sempre achou Pietra uma menininha linda, mas simplesmente não consegue ter nenhum sentimento por ela, nem mesmo afeto ou raiva.

Hobbies
• Pintar.
• Desenhar.
• Tocar piano (em segredo).
• Ouvir música.
• Fotografar a natureza e momentos espontâneos.

Vícios
• Bebidas alcoólicas, entre elas as mais famosas são: Blue Lagon e Sex On The Beach.
• Morder o canudo da latinha de refrigerante.
• Mexer no cabelo.
• Entrar em toda loja de artesanato que ver para comprar tintas novas para seus quadros.

Gostos/Desgostos
+ Gostos
• Picolé.
• Cheiro de grama molhada.
• Praia.
• Calor.
• Donuts.
• Música eletrônica.

+ Desgostos
• Choro de bebê.
• Machismo.
• Frio.
• Dias chuvosos.
• Pessoas fofas, meigas, ingênuas demais.
• Que se metam em seus assuntos pessoais e familiares.

Medos/Fobias/Traumas/Alergias
+ Medos
• Agulhas.
• Insetos, e isso inclui, principalmente, borboletas.
• Escuro.
• Morrer afogada.

+ Traumas
• Quando eram bem pequena, seu pai a levou em um borboletário, e então várias borboletas ficaram voando, e algumas pousadas, em Astrid, por isso o medo até hoje.

+ Alergias
• Poeira.
• Morango.
• Corante amarelo.

Roupas

• Casual






• Escola




• Festas


(sem a touca)

• Pijama




• Banho




• Acessórios






Fraternidade a qual pertence

• Kappa Kappa Tau (x)
• Dickie Dollar Scholars ( )

Grupo social que mais se identifica

• Queens (Ashley's) ( )
• Dickies ( )
• Populares (x)
• Nerds ( )
• Góticos ( )
• Rebeldes ( )

Que faculdade está cursando? E em que ano está?
Artes plásticas, segundo ano.

Músicas que definam seu personagem
• Live My Life - Far East Movement.
• Can You Feel My Heart - Bring Me The Horizon.
• You Don't Own Me - Grace.
• Red Lights - Tiësto.

Frases que definam seu personagem
• "Vamos fazer algo divertido."
• "Eu prefiro ficar com raiva do que sentar e esperar o dia todo."
• "Estou tentando ser legal, mas vou acabar fazendo merda."
• "Você nunca sabe se há um psicopata sentado ao seu lado."

---------------------------------------------------------------------------------------------

Poderia ser um dos assasinos? Não, por mais que tenha pessoas que ela odeia com todas as suas forças, incluindo a madrasta, Astrid não tem coragem de matar uma mosca.

Mentiria para proteger alguém? Sim, porque se estiver mentindo ela realmente se importa com a pessoa, mas se for um qualquer, ela não vai nem se arriscar a mentir.

Mataria para proteger alguém? Não, por mais que Astrid elabore todo um plano para matar alguém e siga tudo fielmente, no final ela sempre vai dar para trás e mandar alguém fazer o trabalho sujo em seu lugar.

Contaria os segredos de outras pessoas? Sim, mas só se a pessoa a desapontar, isso seria um modo de se vingar.

-----------------------------------------------------------------------------------------

Sabe que seu personagem pode não ser escolhido?
Sim.

Sabe que o seu personagem me pertence agora?
Sim.

Sabe que seu personagem agora segue o rumo da minha história e está nas minhas mãos?
Sim.

Sabe que se não comentar em três capítulos seu personagem some dando vaga a outro?
Sim.

Sabe que seu personagem pode morrer ao longo da história?
Sim, infelizmente.

Favoritou a fanfic?
Já.

Algo mais?
Não.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...