~BarryCadeirante

BarryCadeirante
Nome: Barry.A
Status: Usuário
Sexo: Masculino
Localização: Salvador, Bahia, Brasil
Aniversário: 13 de Fevereiro
Cadastro:

Ingreggor


Postado

Nome e Sobrenome: Azi Croix

Idade: 19

Gênero: Masculino

Raça: Meio-Demon

Classe: Monge

Orientação Sexual: Hétero

Personalidade: Azi é um jovem muito imprevisível(citado por si mesmo) que gosta de usar a força bruta para resolver tudo e aprecia uma boa luta. Ele se descreve como uma pessoa vulgar, selvagem e hedonista. Ele gosta de provocar as garotas fazendo comentários pervertidos, como piadas sobre o corpo delas e etc.

Seja um jogo ou um concurso de culinária simples, ele só participa de coisas que ele considerada interessantes para si. Ele gosta de desafios e vai participar de qualquer tipo de jogo, desde que seja agradável.

Apesar de sua aparência exterior e personalidade frívola, Azi é muito inteligente, tendo facilidade em resolver enigmas e um conhecimento aprofundado sobre uma miríade de temas, que vão desde mitologias e conceitos, a arquiteturas.

Ele principalmente gasta seu tempo em uma biblioteca, lendo livros quando não há nada de interessante acontecendo. Ele também é uma pessoa que facilmente perdoa, desde que o culpado é consciente do que ele têm feito e mostra culpa, sendo verdadeiro sobre isso.

Azi não gosta de perder e deixar por isso, enquanto reconhece seu oponente como sendo melhor, ele vai praticar até o fim, planejando desafia-lo novamente e vencer.

Mesmo tendo arrogância, Azi sabe quando deve voltar atrás em uma luta/desafio, mostrando que sua confiança não é apenas arrogância. Um de seus traços mais surpreendentes é sua lealdade e cuidado com seus companheiros. A princípio juntando-se apenas por diversão, mas ele demonstra uma natureza cuidadosa com as pessoas.

No final, Azi é o tipo de seguir suas próprias regras e morais, que vai de "Esmagar o forte, esmagar o fraco" a "Um forte poder só deve ser usado contra um forte oponente."

Ele é implacável seja quem for seu oponente, seja um deus ou companheiro. Sua busca constante por diversão é vista como causadora de problemas, mas o carisma que ele exerce é suficiente para atrair as pessoas.

Sua única regra e objetivo principal é "se divertir".

Gostos: Ele gosta de desafios e lutas, quanto mais difícil for e mais forte for o oponente, mais ele se diverte. Ele gosta também de ler, inclusive Enciclopédias.

Desgostos: Ele não gosta de nada que seja chato e monótono. Como um adversário que é obviamente fraco e não vai dar diversão ou uma missão/desafio que seja muito fácil.

Ele também não gosta que maltratem ou machuquem crianças.

Qualidades: As qualidades de Azi poderiam ser sua lealdade e jeito cuidadoso com as pessoas. Mas, sua maior marca, com certeza seria sua coragem, onde ele está preparado para enfrentar o pior dos oponente se for necessário.

Defeitos: Seus defeitos, seria seu jeito causador de problemas. Raramente Azi não exagera em algo, principalmente em suas lutas que sempre acabam em destruição generalizada. Até hoje, Willa o repreende, dizendo que ele devia aprender a se conter.

Aparência:

Descrição: Azi tem cabelos loiros claro com pontas para baixo em todas as direções, junto de olhos roxos. Ele usa uma camisa marrom com calças e botas pretas.(Não sou muito bom com descrição.)

Medos/Fobias: ----

Vícios: ----

Reino/Vilarejo: Hoemir/Tame

História: Azi nunca conheceu os seus pais, porque foi abandonado quando ainda era um bebê. Vindo de uma origem desconhecida, ele foi acolhido e colocado em um lar adotivo.

Mas, havia motivos para isso. Sendo filho de um Demônio e uma Humana, Azi foi visto como uma aberração e assim abandonado por sua mãe. Ele nunca se ressentiu dela, afinal, ele nunca a conheceu e entendeu que ela tinha seus motivos para isso.

Ao passar dos anos, várias pessoas o adotaram, só que ninguém permanecia com ele por mais de 1 mês, esse continuo de abandonos, acabou marcando muito o caráter de Azi, que foi se tornando uma criança bem rude.

As pessoas que o adotavam, alguns eram pessoas boas, mas a maioria só o adotavam para usa-lo, quando sabiam sobre seu poder, ainda assim Azi nunca reclamou e os obedecia, porque queria muito uma família na época.

Foi então que Willa apareceu, uma Monge que percebeu a linhagem de Azi e queria extermina-lo. Ela se aproximou dizendo que estava o observando por algum tempo e reconhecia o talento que Azi possuía, e achava que era um desperdício deixa-lo murchar. Então ela resolveu adota-lo.

Azi achou que nada mudaria, ela com certeza o abandonaria também, igual as outras pessoas fizeram, só que ele estava errado. Incapaz de completar sua missão, Willa realmente cuidou e o criou como um filho, mesmo ele sempre causando confusão e trazendo problemas para ela.

Com o passar do tempo, a relação deles foi melhorando, Azi foi se abrindo mais com ela e antes que percebessem, eles se amavam realmente como um filho e uma mãe. Crescendo como uma criança problemática, Willa resolveu treina-lo no caminho dos monges para que ele não se torna-se um ser que causa-se destruição.

Assim, eles viajaram por quase todo o mundo. Willa o ensinou e lhe entregou todo tipo de conhecimento que o mundo poderia oferece-lo, inclusive sobre sua raça e o poder que ele tinha. Azi entendeu o perigo que representava e compreendeu também os temores de Willa.

Willa entendia o poder de Azi, sabia o que ele podia se tornar, e queria que ele escolhe-se por si mesmo o caminho que queria seguir. Mas antes de faze-lo tomar essa decisão, ela o levou para viajar pelo mundo. E o seu objetivo, era mostrar a Azi o quão grande, interessante e bonito o mundo podia ser.

Ensinando-o, Azi em sua juventude, ficou maravilhado com o mundo em que vivia. Essa viagem, fez com que Azi amadurecesse ao seu modo conforme crescia. Embora ainda sendo uma criança problemática que sempre arrumava confusão de algum modo, ele nunca esqueceu os motivos de Willa te-lo levado a viajar pelo mundo.

Traumas ?: ----

Família: Tendo Willa como sua única família. Azi tem uma forte ligação com ela, demonstrando emoções e jeitos que normalmente nunca demonstraria para os outros, como insegurança, tristeza, raiva, preocupação óbvia e etc.

Se existe alguém no mundo, que pode realmente mandar nele, essa pessoa seria Willa.

Amigos: Azi tem um jeito diferente para com seus amigos. Adorando provoca-los e se divertir com eles, ele também demonstra ser cuidadoso, ao ponto que ele se jogaria contra o inimigo mais perigoso, apenas para eles evitarem o perigo.

Alguns diriam que isso é preocupação, sinal de que ele se importa com seus amigos, mas outros também poderiam dizer que é porque ele não confia na capacidade de seus companheiros.

Animais de estimação: ---

Se arriscaria para salvar quem ama ?: Sim

Se arriscaria para salvar desconhecidos ?: Sim

Se da bem com alguma raça especifica ?: Não, ele se da bem com qualquer raça, não tem um pensamento negativo(Como ódio e etc.) para eles.

Tem algum desentendimento ou preconceito com alguma Raça ?: Não. Azi viajou quase o mundo todo com Willa, nessa viagem, ele conheceu e viu o mundo de várias raças, isso levou ele a admirar o mundo em que eles e inclusive ele, vivia.

Armas: ----

Principal: ---

Secundaria: ---

Para defesa: ---

Sonhos/Objetivos: Azi não tem um sonho ou objetivo grandioso. Ele apenas quer ver e descobrir mais do Mundo que Willa lhe mostrou, e por isso, decidiu se aventurar pelo mundo.

Está ciente que a partir de agora seu personagem é meu e posso fazer com ele oque bem entender ?: Sim

Algo Mais?: Azi embora seja um Monge e Meio-Demon, ele é bem diferenciado, por vários motivos.

Começando por, Magia, embora Azi tenha um poder mágico poderoso. Ele por si mesmo, não gosta de usar magia e nem nada, isso porque ele acha isso "covardia" e prefere enfrentar seus oponentes com seus punhos, sendo assim, raramente ele recorre a magia em uma luta.

Ainda sim, ele não tem problema com outras pessoas, seja inimigo ou aliados a usarem. O problema é só com ele mesmo.(O mesmo vale para armas.)

Como Monge, Azi é proficiente em artes marciais, só que ele não é de usar a todo momento essas habilidades. Ele normalmente luta de forma bem "livre" contra seus oponentes, ele só recorre as suas artes marciais quando enfrenta um inimigo realmente forte.

Azi tenta esconder o fato de ser um Demônio, aconselhado por Willa. Por isso ele geralmente se passa por humano.

A propósito, o motivo de Azi estar em Hoemir, é porque ele estava com interesse nos Lobisomens.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...