~BarryCadeirante

BarryCadeirante
Nome: Barry.A
Status: Usuário
Sexo: Masculino
Localização: Salvador, Bahia, Brasil
Aniversário: 13 de Fevereiro
Cadastro:

Ingreggor


Postado

Nome e Sobrenome: Luciel Odisseus

Idade: 16

Gênero: Masculino

Raça: Meio-Demon

Classe: Espadachim

Orientação Sexual: Hétero

Personalidade: O comportamento de Luciel poderia ser descrito como "muito legal", com sua atitude e jeito despreocupado e desapegado. Ele é uma pessoa que vive de forma alegre com a vida, alguns até diriam que ele é um pouco tolo.

Seu código de honra, o torna incapaz de matar desnecessariamente e ele não é uma pessoa do tipo "Olhe antes, depois pule", sendo assim geralmente suas ações levam a acumulação de dívidas e confusões, incluindo danos à propriedade.

Ele mostra uma grande falta de conhecimento, até mesmo sendo inconsciente do que o termo "noiva" significa. Entretanto, não é porque ele tem baixa inteligência, e sim porque ele é ignorante quanto as coisas.

Sua ignorância é tamanha, que ele não percebe a aversão que outras pessoas têm por ele, onde, apesar da evidente tensão entre os dois, ele considera uma boa amizade. Essas atitudes o colocam em apuros ocasionalmente.

Um dos traços mais comuns de Luciel, é que ele tende a fazer piadas ou trocadilhos, mesmo em algumas situações em que não é apropriado. A maioria das piadas que ele faz são relacionadas a situação, mas em algumas ocasiões ele faz piadas à custas de alguém.

Gostos: Luciel gosta de batalhar, mas não lutas de vida ou morte, ele adora fazer lutas amigáveis e duelar com seus amigos e pessoas. Ele também tem um gosto por coisas desconhecidas, o que chamam constantemente sua atenção.

Desgostos: Luciel não gosta de estudar ou qualquer coisa relacionada, ele considera isso chato e sempre acaba dormindo. Apesar disso, Luciel não é idiota, na verdade, ele é bem inteligente, só que bem ignorante quanto as coisas.

Qualidades: A qualidade de Luciel, é sua forma alegre de viver. Mesmo que ele sofra o maior desespero, ele não se esquece de sorrir.

Defeitos: Seus defeitos, seria seu jeito causador de problemas. Ele ocasionalmente se mete em confusão e isso leva a vários problemas.

Aparência:



Medos/Fobias: ----

Vícios: ----

Reino/Vilarejo: Hoemir/Tame

História: Luciel nunca conheceu os seus pais, porque foi abandonado quando ainda era um bebê. Vindo de uma origem desconhecida, ele foi acolhido e colocado em um lar adotivo.

Sendo filho de um Demônio e uma Humana, Luciel foi visto como uma aberração e assim abandonado por sua mãe e família. Ele nunca se ressentiu dela, afinal, ele nunca a conheceu e entendeu que ela tinha seus motivos para ter feito isso.

Ao passar dos anos, várias pessoas o adotaram, só que ninguém permanecia com ele por mais de 1 mês, esse continuo de abandonos, acabou marcando muito o caráter de Luciel, que foi se tornando uma pessoa bem rude. As pessoas que o adotavam, alguns eram pessoas boas, mas a maioria só o adotava para usa-lo, quando sabiam sobre seu poder, ainda assim Luciel nunca se ressentiu e os obedecia, porque queria muito uma família na época.

Foi então que Willa apareceu, uma Monge que percebeu a linhagem de Luciel e queria extermina-lo. Ela se aproximou dizendo que estava o observando por algum tempo e reconhecia o talento que Luciel possuía, e achava que era um desperdício deixa-lo murchar. Então ela resolveu adota-lo.

Luciel achou que nada mudaria, ela com certeza o abandonaria também, igual as outras pessoas fizeram, só que ele estava errado, incapaz de completar sua missão, Willa realmente cuidou e o criou como um filho, mesmo ele sempre causando confusão e trazendo problemas para ela.

Com o passar do tempo, a relação deles foi melhorando, Luciel foi se abrindo mais com ela e antes que percebessem, eles se amavam realmente como um filho e uma mãe. Crescendo como uma criança problemática, Willa resolveu treina-lo para que ele não se torna-se um ser que causa-se destruição.

Assim, eles viajaram por quase todo o mundo. Willa lhe mostrou a beleza do mundo e o que ele poderia oferece-lo, inclusive o ensinou sobre sua raça e o poder que ele tinha. Luciel entendeu o perigo que representava e compreendeu também os temores de Willa.

Willa entendia o poder de Luciel, sabia o que ele podia se tornar, e queria que ele escolhe-se por si mesmo o caminho que queria seguir. Mas antes de faze-lo tomar essa decisão, ela o levou para viajar pelo mundo. E o seu objetivo, era mostrar a Luciel o quão grande, interessante e bonito o mundo podia ser.

Ensinando-o, Luciel ainda em sua juventude, ficou maravilhado com o mundo em que vivia. Essa viagem, fez com que Luciel amadurecesse ao seu modo conforme crescia. Embora ainda sendo uma criança problemática que sempre arrumava confusão de algum modo, ele nunca esqueceu os motivos de Willa te-lo mostrado o mundo.

Traumas ?: ----

Família: Tendo Willa como sua única família. Luciel tem uma forte ligação com ela, demonstrando emoções e jeitos que normalmente nunca demonstraria para os outros, como insegurança, tristeza, raiva, preocupação óbvia e etc.

Se existe alguém no mundo, que pode realmente mandar nele, essa pessoa seria Willa.

Amigos: Luciel adora provoca-los e se divertir com eles, ele também demonstra ser cuidadoso, ao ponto que ele se jogaria contra o inimigo mais perigoso, apenas para eles evitarem o perigo.

Animais de estimação: ---

Se arriscaria para salvar quem ama ?: Sim

Se arriscaria para salvar desconhecidos ?: Sim

Se da bem com alguma raça especifica ?: Não, ele se da bem com qualquer raça, não tem um pensamento negativo(Como ódio e etc.) para eles.

Tem algum desentendimento ou preconceito com alguma Raça ?: Não. Luciel viajou quase o mundo todo com Willa, nessa viagem, ele conheceu e viu o mundo de várias raças, isso levou ele a admirar o mundo em que eles e inclusive ele, vivia.

Armas:

Principal:

Secundaria: Aquela verde da aparência.

Para defesa: ---

Sonhos/Objetivos: Luciel não tem um sonho ou objetivo grandioso. Ele apenas quer ver e descobrir mais do Mundo que Willa lhe mostrou, e por isso, decidiu se aventurar pelo mundo.

Está ciente que a partir de agora seu personagem é meu e posso fazer com ele oque bem entender ?: Sim

Algo Mais?: Luciel esconde o fato de ser um Demônio, aconselhado por Willa. Por isso ele geralmente se passa por humano. A propósito, o motivo de Luciel estar em Hoemir, é porque ele estava com interesse nos Lobisomens.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...