~Niiko

Niiko
LuneCerise
Nome: 〔ℒune𝓒erise┇ℒola┇𝓧-23┇ℱiha de 𝓩eus┇𝓣eam𝓒ap𝓐lways ♥〕™
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

◤ ✘ ลร נ๏เลร ∂๏ ∂эร†เи๏ - ƒเ¢ђล ✘◢


Postado

Mostrar Spoiler:







❝α ѵı∂α é sємρяє α мєsмα ραяα тσ∂σs:
яє∂є ∂є ıłυsõєs є ∂єsєηgαησs.
σ qυα∂яσ é úηıcσ,
α мσł∂υяα é qυє é ∂ıƒєяєηтє.❞



】 Living Peace —— 22 Anos —— Inumana —— Lady Zero【








Living Peace

Originário do inglês, Living Peace significa literalmente: paz viva





Live • Significa viver





Vinte e dois anos { 22 }

Ela não sabe ao certo sua data de nascimento, explicação na história, mas escolheu o dia Treze de abril, como o dia de seu aniversário.





Mostrar Spoiler:

Alina Kovalenko / Alina K
















Está no ultimo ano da faculdade de T.I { Tecnologia e Informação } — com as honras de ser a melhor aluna da faculdade.





Apesar do nome, Live não tinha uma vida em paz, no início. Ela nem mesmo se lembra, mas tantas coisas lhe aconteceram. Coisas que a maioria das pessoas nunca sonhariam em passar, coisas que ninguém merecia passar. Talvez o Destino tenha sido bondoso em não faze-la lembra.... completamente.

A menina nunca conheceu os verdadeiros pais. Assim que nasceu, filha de dois inumanos, assim como ela, foi tirada de ambos de maneira busca. Os pais foram mortos e ela fora levada ainda bebê por alienígenas. A raça Kree estava atrás de fazerem testes com humanos que possuíam o sangue deles em suas veias. Talvez fosse um desejo sádico de vê-la sofrer, mas aquela raça queria saber o quão fortes humanos poderia ser, se eles seriam uma ameaça. Foi assim que seu inferno pessoal começou.

Durante anos ela esteve em um planeta completamente diferente, com criaturas que faziam diversos experimentos nela. Ficou presa e isolada de tudo até os cinco anos, quando os Kree acharam que Live já tinha idade suficiente para começarem os testes. Foi quando ela foi exposta a quantidades absurdas de cristais Kree, que seus poderes despertaram. Desde o primeiro instante eles eram mais fortes que o normal, e os Kree ficaram obcecados em saber o quão mais forte ela poderia ser. Os testes começaram, ela fora sujeita a torturas, experimentos, treinamentos de métodos cruéis para qualquer um. Ainda mais para uma criança, que nem ao menos tinha um nome.

Aos seus 11 anos, mais ou menos, Living já não aguentava mais. Em um acesso de raiva, ódio e sede de vingança, seus poderes ficar completamente descontrolados e ela matou todos os Kree que estavam na base em que ela sempre fora mantida. Com a força e descontrole de seus poderes, sua alteração mágica acabou abrindo uma fenda no espaço e ela fora lançada de volta a Terra, inconsciente e completamente ferida. E ela caiu do céu como uma estrela cadente.

Por sorte não fora uma entidade do governo que a encontrara e sim um doutor... Um Doutor Estranho. Stephen Strange sabia que aquela garota era especial, e que poderia ser bem perigosa, mas tudo o que ele fez foi acolhe-la e leva-la a sua casa. Quão grande foi a surpresa de, que exigia explicações para o surgimento inesperado da menina, saber que ela tinha perdido completamente suas memórias. Ele não sabia de nada, seu nome, de onde veio, nem quantos anos tinha. Stephen a propôs que ela ficasse em sua casa e. não tendo para onde ir, não sabendo nem quem era, ela aceitou. Foi ele quem lhe deu seu nome: Living Peace, a paz viva.

Mas, mesmo assim, nunca foi fácil. Mesmo não lembrando de seu passado, sempre que fecha seus olhos flashs do pesadelo que ela viveu, sempre lhe vem a mente. Não era fácil, mesmo acordada as lembranças vinham de forma incoerente, a assustando e por acidente fazendo-a perder o controle de seus poderes. Num desses momentos ela acabou atacando uma pequena cidade dos EUA, quase dizimando-a completamente. Ela estava fora de controle, mas graças a Stephen ela foi contida. Depois disso ela aceitou a ajudar do doutor para controlar seus poderes, mas mesmo assim, ela prometeu a si mesma nunca utiliza-los daquela forma, pessoas se machucariam e morreriam sempre que ela fizesse isso. Sentindo mesmo assim que deveria se proteger de quem pudesse tentar se aproveitar dela, Live aprendeu a lutar com espadas e luta corpo a corpo.

A única vez em que ela tentou bancar a heroína, tentando deter um demônio para Stephen, mais uma vez tudo fugiu do controle. Foi como se, olhando nos olhos daquele demônio, seus pesadelos tomasse forma, e ela reagiu instintivamente. Conseguiu derrotar o demônio, mas com ele, várias pessoas inocentes que estavam próximas. Mesmo quando ela tentava ajudar, tudo dava errado, então ela parou definitivamente. Muito ajuda quem não atrapalha.

Quando ela terminou o colegial viu que não tinha mais sentido treinar seus poderes com Stephen quando ela não tinha a menor intenção de usa-lo. Só queria se afastar disso tudo e ter a chance de ter uma vida normal. Então Living foi cursar T.I em uma universidade em N.Y, partindo daquela vida. Mas N.Y não era o melhor lugar para fugir disso, já que parecia ser o centro do problema. Ela viu muitas coisas que aconteceram ali, mas nunca interferiu, se não nada do que ela tinha planejado ao partir teria sentido. Mas ela não conseguiu fugir por muito tempo. Logo ela teve de se tornar aquilo que mais temia, uma heroína.





Live é uma mulher bem insegura. Não com relação a sua aparência, mas com quem ela é. Com todo o seu complexo de medo dos seus poderes, ela acaba tendo medo de si própria. Ela tenta superar esse medo a cada dia, com pequenas coisas, mas é bem mais difícil do que ela pensava viver consigo mesma depois de tudo. Ela sempre usa roupas claras que atraem calma, tenta ser o mais paciente e clama possível. Ela é bem inocente, de certa forma. Algo dentro dela ainda é puro, e ela consegue transmitir isso as pessoas a sua volta. É sempre calmante e tranquilizante estar perto dela. Suas palavras parecem ter poder, apesar de não terem de forma literal, de acalmar e tranquilizar todos. Apesar de tudo o que passou ela sempre mantém um leve sorriso nos lábios, e nunca se deixar abalar e cair em prantos, não importa que situação seja. Ela pode parecer receptiva, mas é bem fechada com sentimentos e a aproximação exagerada das pessoas. Em geral ela prefere ficar sozinha, por isso tende a afastar todos, o que a torna solitária, algo que ela não gosta. Apesar da aparência ela pode ser letal, odeia ser subestimada por ser uma mulher e, aparentemente, frágil. Live sempre diz a verdade, a sua maneira, de uma maneira bem ingenua. é muito, muito inteligente, tem um incrível conhecimento sobre tecnologia, hackeamento e construções de maquinas, sendo uma das melhores nisso tudo. Não confia muito nas pessoas, conquistar sua confiança é algo muito difícil. Teimosa, muito cabeça oca, e persistente, ela tenta, mesmo do jeito errado, por acreditar que essa é melhor forma. É bem racional, sempre pensa várias vezes antes de tirar qualquer conclusão, e isso não é somente no campo de batalha, mas em sua vida. Ela pensa tanto pode ser um defeito, pois a priva de muitas coisas. Ela sempre insiste em ir atrás de uma explicação lógica sobre as coisas, mesmo que elas pareçam não ter. Stephen dizia que ela tem alma de pássaro, que é livre para voar para onde quiser. Odeia se sentir presa ou oprimida, mas o mais irônico é que ela se prende a si mesma, não deixando-se livre totalmente.





Inumana





poʠεя pя¡๓c¡pąℓ:

Alteração Mágica da Realidade

Mais sobre o que ela é capaz de fazer com esse poder aqui.

ρσ∂єr sєcυท∂áriσ:

Cariocinese

Mais sobre o que ela pode fazer com esse poder aqui

Devido a quantidade de Cristal Kree ao qual foi exposta, seus poderes despertaram em nível Ômega, mas eles podem se tornar muito instáveis algumas vezes, e ela evita usar os níveis mais altos com frequência, a não ser que seja muito necessário.





Lady Zero











Inteligência e raciocínio rápido.
Conhecimento sobre qualquer tipo de tecnologia
Agilidade e força
Domínio sobre uso de espadas
Conhecimento de vários estilos de luta.






Live sempre usa roupas de tons claros, pois acredita que cores claras transmitem paz, e isso é tudo o que ela quer. Ela adora peças de renda, croppeds, assim como saias e vestidos, e não se importa em usar roupas curtas (mas não vulgares).

◤cąรนąℓ:⊿









◤ƒσ૨ɱαℓ:⊿







◤ɓαเℓε:⊿





◤ρเʝαɱα:⊿





◤ƒαɳƭαรเα:⊿



◤"૨σµρα ∂ε ɓαเאσ":⊿





◤૨σµρα ∂ε ɓαɳɦσ:⊿









Uma moto Ducati 1199 Panigale







Desenhar/Pintar • Locais calmos • Chocolate quente com canela • Tocar piano e cantar • Livros • Cores claras • Tecnologia • Treinamento com espadas • Comidas apimentadas • Contar estrelas/Observar o céu • Presentes





Usar seus poderes em demasiada • Ser ignorada • Pessoas irritantes de mais • Segundas-feiras • Mentiras, acusações e ameaças • Ser a mocinha indefesa • Ser subestimada • Chorar • Ser desafiada/Perder • Lugares movimentados e barulhentos de mais •







Seu florete feito de material desconhecido e super resistente, até mais do que vibranium.





O que dizer da relação com um grupo que ela nunca quis ter o menor contato? Bem complicada, talvez.

Steve RogersDe certa forma, Live o admira. Mas não compreende muito bem o jeito heroico dele, de se sacrificar mesmo por aqueles que não conhece. Ele que mais tenta convence-la a ajuda-los, de maneira bastante insistente, quando ela milagrosamente aceita ele meio que fica com a "responsabilidade" de ajuda-la.
Tony Stark Apesar de adorar toda a tecnologia dele, e admirar sua inteligência, a relação dela com Tony não é bem fácil. Ele sempre faz questão de irrita-la, soltando piadas sobre seu nome e suas habilidades com magia; Mas não se pode negar que, quando juntos eles são uma dupla imbatível na criação de qualquer objeto tecnológico.
ThorEla gosta do jeito e Thor, ele é um cavalheiro, além de ser muito bonito. De fato é engraçado vê-lo meio perdido em alguns costumes humanos, el ela faz questão de ajuda-lo um pouco.
Natasha Romanof — Não tem do que se queixar de Natasha .Apesar do jeito durão ela ajudou muito Live quando se "juntou" aos Vingadores. Se dão muito bem.
Clint BartonEle é bem brincalhão, como o Tony, mas de uma maneira bem mais suportável. Ele é bem legal e compreensível com ela, bem simpático também.
Bruce BannerDentre a maioria é de quem ela se sente mais próxima. Tanto por adorar seu trabalho, mas como por ele saber bem o que é ferir pessoas quando seus poderes estão fora de controle. Se tornam bem amigos, e ela se aproxima tanto de Bruce como de Hulk, que sempre parece ouvi-la. São bons amigos.






Quero um par, dos Vingadores de preferência mas acho que vai faltar vingadores para tantas garotas :p, fica a seu critério :D




Mostrar Spoiler:
αѵเรσ! µƭเℓเ∂α∂ε ρµɓℓเ૮α!






Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...