~Niiko

Niiko
LuneCerise
Nome: 〔ℒune𝓒erise┇ℒola┇𝓧-23┇ℱiha de 𝓩eus┇𝓣eam𝓒ap𝓐lways ♥〕™
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

🍃 Nossas Adoráveis Ex-Namoradas - Ficha 🍃


Postado





🐞🌹 Mikado Hathaway 🌹🐞

❝ O homem de lata não sabia
o quanto era sortudo
por não ter um coração ❤ ❞





❀🌺 FICHA 🌺❀


🌷 NOME COMPLETO: 🌷

Mikado Hathaway
♡ Mikado — nome dado em homenagem a rosa mikado, esta significa: coragem, encanto e pureza.
♡ Hathaway — origem inglesa, significado não identificado.






🌷 APELIDO: 🌷

♡ Mikki — mesmo adorando o seu nome, Mikado sempre prefere que a chamem de Mikki
♡ Hana — o par a chama assim, significa flor.






🌷 IDADE: 🌷

16 anos || Nascimento: 13 de dezembro || Signo: Sagitário





🌷 NACIONALIDADE: 🌷

Norte americana





🌷 APARÊNCIA: 🌷







Mikki possui cabelos longos que chegam na sua cintura. Sua coloração é mista: em cima é preto, escuro como a noite, e em baixo é rosa coral, sendo estranhamente naturais. São lisos na raiz, mas vão se ondulando e formando cachos. Estão sempre limpos e esvoaçantes, exalando um cheiro delicioso de rosas do campo. Além dela sempre usar um lacinho para prender algumas mechas na parte de trás da cabeça, o que já se tornou sua marca registrada. Seu olhos são coloridos: uma mistura de lilás e amarelo. Possuem um brilho próprio, e sempre expressão o que ela sente, sendo uma verdadeira janela para sua alma. Seus cílios negros e espessos, e suas sobrancelhas são finas e perfeitamente desenhadas. Seu rosto é pequeno e oval, com bochechas rechonchudas (mesmo ela não estando acima do peso) que coram com facilidade, nariz pequenino e uma boca também pequena, de lábios finos, macios e naturalmente avermelhados. Ela é uma garota de estatura baixa, com 1,56m de altura. Mesmo assim tem um ótimo corpo para sua idade: seios médios e firmes, cinturinha fina, e quadril também médio, além do par de pernas grossinhas. Suas mãos são pequenas, mas não são tão delicadas como foram um dia, possuem alguns calos e algumas cicatrizes de cortes que ela mesma acabava fazendo em si mesma, mas por pura falta de atenção.





🌷 PERSONALIDADE: 🌷

Mikki é o tipo de garota de coração grande e puro. Ela sempre é gentil com as pessoas, mesmo com aquelas que não conhece, e está sempre com um lindo sorriso no rosto. Gosta de ajudar os outros em tudo o que precisem. Ela sempre prefere ver o melhor das pessoas, de qualquer pessoa. Seus sonhos são muito maiores até que ela, mas ela não se importa. Sonhar vale a pena. É sarcástica e gosta de fazer piadas bobas sobre as coisas, até mesmo as mais terríveis.

Adora atenção e contato físico, na verdade necessita dele. Gosta de abraços, até mesmo de desconhecidos, ou até mesmo um simples toque das mãos, isso a acalma. Conversa com todos, até mesmo com aqueles de quem não gosta, mas por educação, não por falsidade. Ela tem uma espécie de "detector de gente falsa" se esse detector apitar, com certeza a pessoa não vale a pena. Se apega muito fácil as coisas e pessoas, o que pode vir a se tornar um problema para ela. Está sempre com um sorriso suave no rosto, se ela não sorrir, com certeza algo de errado aconteceu com ela, algo que a machucou muito.

Ela não gosta de ver pessoas tristes, gosta de ver o sorriso no rosto de cada um, e as vezes se torna meio palhaça para conseguir um. Consegue alegrar qualquer um com seu jeitinho, mesmo que possa parecer complicado, ela não desistirá até conseguir arrancar um sorriso sincero da pessoa. Por ter um grande coração, até no dia de São Valentim, ela distribui chocolates a todos na praça, juntamente com uma rosa, para que ninguém se sinta solitário.

Mikki é muito agitada, beirando a hiperatividade. Ela simplesmente não consegue ficar muuito tempo sem fazer nada, isso a incomoda demais, ela acha que ira enlouquecer. É aventureira, gosta de conhecer novos lugares, experimentar novas sensação. Sua mente é uma caixinha de surpresas, ela vive tendo ideias malucas que você nunca imaginaria, mas um maluco bom, que o faz se encantar ainda mais por ela. Mikado também é desbocada, muito. Não mede as consequências do que fala, simplesmente solta o que lhe vem a cabeça. Na maioria das vezes ela arranca risadas das pessoas por isso, por isso não se importa, mas também consegue se meter em diversas confusões.

Desastrada, Mikki é do tipo que vivi batendo o dedo mindinho nos móveis, que sempre acaba se cortando acidentalmente com tesouras de poda, ou tropeçar e cair de cara no chão. Mas a dor não parece lhe incomodar, ela é muito mais forte do que aparenta. Não gosta de chorar, prefere disfarçar dando um sorriso sem graça, até mesmo triste, mas nunca recorreria as lágrimas. Ela se sente muito mais frágil quando deixa as gotas rolarem por se rosto, como se qualquer coisa possa quebra-la em questão de segundos.

Tão sonhadora. Ela sonha que seus personagens de livro se tornem reais, que ela possa viajar para um mundo completamente diferente. E ela pode. Sempre que abre um livro, Mikki faz uma verdadeira viagem para o universo daquelas linhas. Ela se desliga de tudo a sua volta, uma bomba poderia cair ao seu lado e ela não notaria. Tem um lado preguiçoso e manhoso, odeia acordar cedo, mesmo já estando acostumada a isso. Quando alguém a irrita ela infla as bochechas e faz biquinho.

Não é do tipo que julga os outros pela aparência, não liga para essas frescuras. Trata todos da mesma fora, com carinho e gentileza. Não liga para padrões de beleza, nem com relação ao outros, tão pouco com ela. Não anda por ai com roupas da moda, e sim com aquilo que acha melhor, mais confortável. Para ela as roupas que você usa não mudara quem é por dentro, e é isso o que importa. Maquiagem com certeza não é com ela, o máximo que ela consegue fazer em si é passar rímel e batom. Também não gosta de penteados elaborados nos cabelos, mas sempre esta com um lacinho diferente prendendo as madeixas.

Mesmo sendo inteligente, não possui notas tão boas assim. Por que? Simples, a escola é um tédio, e seu lado hiperativo não consegue simplesmente se focar naquilo, e sua mente acaba viajando em universos alternativos. Assim como não tem muita paciência para provas, ela faz o mais rápido possível para a sair dali. No entanto, quando a interessa, ela aprende as coisas com uma incrível facilidade e precisão. Com certeza ela não passou na fila da paciência, nem de longe.

Não é do tipo barraqueira, ela não busca confusões ou brigas,mas se alguém a provocar, ela responderá com a mesma intensidade. Não abaixa a cabeça para ninguém, não importa o quanto a pessoa se ache superior. Não é tão inocente assim, ela sabe o que é certo e errado, não se deixa enganar ou persuadir com facilidade. Ela até pode parecer bobinha, mas com certeza não é. Nunca faria nada par magoar ninguém, muito menos alguém com quem ela se importa.

Não se importa quando as pessoas a chama de criança ou coisa do tipo. Ela sempre diz que prefere ser uma criança alegre e sonhadora, do que uma adulta superficial e robótica. Ela não dá a mínima para o que as pessoas pensam dela, o que vale é ela ser ela mesma, nunca mudaria seu jeito de ser para agradar os outros.

É muito receosa com relação aos sentimentos, ela não gosta de dar confiança e entrada as pessoas para o seu coração. Acha que no fim vai acabar decepcionada e machucada. Sempre que ela acha que "algo mais" possa rolar entre ela e outra pessoa, Mikki ergue suas defesas, para impedir que ela se magoe. A única vez que ela ignorou o sinais de alerta em sua mente, e decidiu confiar plenamente em uma pessoa, e se machucou.






🌷 HISTÓRIA: 🌷

A mãe de Mikki, Helen, era uma florista em Portland — a cidade das rosas. Ela amava as rosas, eram sua vida. Trabalhava em um floricultura, a melhor do país e amava sua vida. Então conheceu o pai de Miki, Enzo, um italiano filho de uma família rica. Ele se encantou por sua mãe, começaram a se conhecer, a namorar, mas a família dele nunca aceitou isso. O herdeiro de um império, como ele, não poderia estar namorando uma florista como Helen.

Mesmo assim ele foi contra os seus pais, se casou com Helen e está ficou grávida. Durante todo esse tempo ele não tinha contato com sua família, e tudo era perfeito. Helen deu a luz a uma linda garotinha com cabelos estranhamente fascinantes, e a batizou com o nome de sua rosa favorita: Mikado. E durante seis anos tudo parecia sonho, eles eram uma família feliz, se amava. Até que seu pai decidiu abandona-las.

Em um dia ele simplesmente acordou e decidiu parar de brincar de casinha. Resolveu voltar para a vida que ele tinha, de luxo e poder, e desistir de viver em um pequeno apartamento rodeado de flores, vivendo uma vida medíocre. Claro que havia o dedo de seus pais por trás disso, mas ele fora fraco, e decidira abandonar as duas. Quando Mikki chegou da escolinha e viu que sua mãe com os olhos vermelhos, secando o rosto, ela notou que havia algo errado. Ao perguntar de seu pai, Helen disse que ele tinha ido embora, para a verdadeira casa dele, e que não voltaria mais. Mikki ficou arrasada, não podia acreditar que seu pai a tinha abandonado, a largado assim do nada.

Algumas semanas se passaram sem nenhuma noticia dele. Sua mãe tentava ser forte por ela, mas Mikki a ouvia chorar a noite, quando ela achava que ela estava dormindo. Até que um homem apareceu em sua porta um dia, ele trazia um documento. Enzo queria a guarda de sua única herdeira, ele queria ficar com Mikki (mas uma vez suas vontades sendo sufocadas pelas ordens de seus pais). Helen ficou apavorada, mas acima de tudo, furiosa. O homem que lhe jurou amor eterno poderia até ir embora, a trocar por uma vida boa, mas ele não levaria a única coisa que ela tinha, que amava.

Expulsou o homem de sua porta aos mil palavrões e antes que ele pudesse relatar algo para os seus a família de Enzo, ela decidiu agir rápido. Mandou Mikki fazer suas malas o mais rápido possível, pegou todo dinheiro e coisas de valor que tinha na vida, e no dia seguinte elas estavam em um avião, indo para bem longe dali. Foi para o local mais distante possivel, onde ele nunca imaginaria procura-la. Japão.

E ali elas aprenderam a se virar. Sua mãe conseguiu um bom emprego, mas não abandonou sua paixão pelas flores, colocou Mikki em uma boa escola, e nenhuma delas nunca mais ouviu falar de Enzo. Mikado acabou crescendo com raiva e mágoa do pai, mesmo ela não tendo tais sentimentos normalmente, ela nunca aceitou, nunca entendeu seu abandono. Mas sua vida não parou por causa disso, era só ela e sua mãe agora, mas era feliz. Mesmo assim isso não a impedia de invejar as outras crianças que tinham um pai para leva-los para passear ou até mesmo ficar com raiva.
Sua mãe trabalhava muito para dar uma boa vida as duas, sem precisar de nenhuma ajudada daquele homem, mas não deixou de amar sua filha, sua pequena rosa.

Mesmo assim ela cresceu e se tornou uma linda garota, tanto por fora quanto por dentro. Uma menina alegre e generosa, que encantava qualquer um. Ela herdou o amor as flores de sua mãe, e desde os doze trabalhava como voluntária no Roseiral Municipal de Tóquio. Mesmo estando cercada de pessoas graças a sua personalidade, eram as rosas que ela considerava suas verdadeiras amigas.






🌷 GOSTA: 🌷

Flores/Jardinagem 💐 — além de amas flores e rosas, Mikki ama cultiva-las, cuidar delas.
Tocar flauta (transversal) ♪ — infelizmente foi o único instrumento que ela teve a oportunidade de aprender
Caminhadas a noite 🌙
Ler 📖 — Mikki verdadeiramente viaja quando está lendo.
Brownie com mental — melhor sobremesa ever 💕, ela é facilmente subornada com brownie com menta.
Carinho — desde abraços, dar mordida carinhosa e cafuné.
Sair/Passear — ela não gosta de se sentir presa, gosta de conhecer novos lugares, se divertir.
Desenhar — ela é incrivelmente talentosa com os desenhos.
Doces 🍭🍬
Origamis — ela sempre faz quando está entediada
Primavera ❀❀





🌷 NÃO GOSTA: 🌷

Maltrato ao meio ambiente
Acordar cedo
Chorar
Pessoas falsas, mandonas, metidas, egocêntrica e arrogante
De falar de seu pai





🌷 ODEIA: 🌷

Ser magoada, ferida
Abacaxi





🌷 MEDO / TRAUMA / FOBIA: 🌷

Tem medo de animais venenosos
Trauma de confiar nas pessoas e se magoar
Fobia de escuro.





🌷 ALERGIA / DOENÇA: 🌷

Alérgica a poeira
Asmática — por isso sempre leva uma bombinha pra asma consigo.
Rinite





🌷 DEFEITO: 🌷

Curiosidade
Sinceridade - em excesso
Orgulho





🌷 VIRTUDES: 🌷

Lealdade
Generosidade
Amorosidade





🌷 MANIAS: 🌷

Bater o pé no chão quando irritada
Morder o lábio inferior na maior parte do tempo
Fazer barulhinho fofos enquanto dorme - e só para quando abraça alguma coisa (ou alguém)
Mexer no cabelo das pessoas - como cafuné.





🌷 VÍCIOS: 🌷

Café
Doces
Brownie com menta





🌷 HOBBIES: 🌷

Jardinagem
Desenhar
Tocar flauta
Nadar
Fazer origamis





🌷 PAR: 🌷

💐 Subaru Sakamaki 💐








🌷 RELAÇÃO COM O PAR: 🌷

Antes de conhecer Mikado, Subaru era uma pessoa solitária, que vivia e remoendo de culpa pelo o que aconteceu com sua mãe. Ele não aguentava ter de fica naquela mansão, conviver com seus irmãos, fingindo serem uma família "normal". Ele encontrou em Mikado uma maneira de esquecer quem ele era, o seu passado. Perto dela ele encontrava paz, mesmo nunca tendo paz. Mikki sempre o surpreendia, o encantava. Foi ela que o fez amar as rosas novamente, já que essa só lhe lembravam a dor de sua mãe. Ela lhe ensinou a linguagem das flores, como cada uma tinha seu próprio significado, sua mensagem oculta.

Mikado realmente gostava muito dele, de sua presença. Mesmo ele sendo irritadinho as vezes. Ela e sentia a vontade para dizer qualquer bobagem. Sentia por ele algo que nunca tinha sentido, e que em alguns momentos a assustava. Eles sempre se encontravam no roseiral de Tóquio, o mesmo lugar onde se conhecera, aquele tinha se tornado o lugar deles.

Quando Subaru terminou tudo com ela, tudo mudou. Mikki acabou se mudando de volta para os EUA, e tanta coisa acontecera. Seu coração ainda doía pela separação, e tudo o que ele disse para ela de forma grosseira, e provavelmente nunca pararia de doer, mas ela continuava seguindo em frente. Sua mãe, a única pessoa que ela tinha morreu, e ela ficou sozinha, completamente. Quando eles se reencontram anos depois, nada é o mesmo. Mikki não mai confia nele, tem medo de se machucar novamente. O que torna a tarefa de reconquista-la ainda mais difícil.






🌷 RELAÇÃO COM OS SAKAMAKI: 🌷

🎻 Shu Sakamaki 🎻



De inicio Mikki achou que não se daria bem com ele. O loiro sempre estava jogado em um canto dormindo, ele era todo calado, o completo oposto dela, que era animada e divertida. Ela irritava Shu por esse seu jeito agitado, e ele irritava Mikki por sempre a ignorar na maior cara de pau. Mas então descobriram que tinham um gosto musical muito parecido, e isso ajudou a aproxima-los. Ela sempre se encontrava com ele nos corredores da escola, enquanto matava aula, ou na sala de música nos intervalos. Com o passar do tempo ficar com ele não era mas um sacrifício. Se tornaram amigos, uma amizade estranha, em que um provocava o outro, mas verdadeira também. Se tornaram bem íntimos, e algumas vezes ela ajuda ele a se entender com sua "noiva". Mas tal proximidade pode despertar o ciúmes de outro vampiro.


📘 Reiji Sakamaki 📘



De cara esses dois não se deram bem. Reiji era certinho demais, chatinho de mais, irritante demais Desde o primeiro momento tudo o que ele sabia fazer era lhe dar ordens e lhe olhar como se ela fosse nada. Mikki não o suportava! Passou a desobedece-lo de propósito, e sempre lhe lançava comentários sarcásticos. Quando ele a perguntava o que ela queria dizer com isso, a expressão assassina, Miki fazia sua carinha mais inocente e dizia que não era nada. No fundo ela sabe que Reij é louco para lhe aplicar uma punição que ela nunca esqueceria, mas ela sempre se safa e vai continuar sendo assim.


🍡 Ayato Sakamaki 🍡



Ayato era o único dos irmãos de de Subaru que ela chegou a conhecer antes de se mudar. Ela tinha esbarrado com eles pela rua de Tóquio, sem saber quem ele era. Ambos conversaram muito, gostam de trocar alfinetadas e comentários sarcásticos. Eles facilmente se irritam um com o outro, mas no fundo gostam um do outro. Ele faz de tudo para provoca-la, falando de sua altura ou de sua falta de peito. Ela sempre rebate falando de seu cabelo ou de sua maneira ridícula de se vestir. Eles se tratam mais como irmãs, do que qualquer um Sakamaki.


🐻 Kanato Sakamaki 🐻



A princípio Mikado achou que se daria bem com Kanato. Ele parecia ser tão fofo e inocente, mesmo com as olheiras estranhas e o urso macabro. Queria muito ser amiga dele, até o primeiro surto. Quando Kanato deu a loca perto dela pela primeira vez, ela ficou apavorada. Que diabos era aquilo?! Uma hora ele tava todo fofo e na outra parecia o capiroto. Isso a assustou tanto que ela passou a evitar ficar perto dele, pelo menos quando estavam sozinhos. Nunca se sabe, melhor prevenir e conservar seu pescoço intacto.


🎯 Laito Sakamaki 🎯



A princípio Mikki não notou o jeito pervertido de Laito, embora para todos já fosse meio óbvio. Ele era estranho, disso ela sabia, mas que Sakamaki não era? Com o passar do tempo ela foi se sentindo mais desconfortável perto dele. Laito sempre lhe lançava comentários maliciosos, e mesmo não entendendo o real significado ela se sentia desconfortável com isso. Ela passou a perceber o olhar estranho dele, e ficou ainda mais receosa. Prefere manter distância dele, e não falar com ele enquanto puder.





🌷 RELAÇÃO COM AS MENINAS: 🌷

A maioria delas Mikado ainda não conhecia, era melhor amiga de duas delas (que você pode escolher) e elas a ajudaram a conhecer as outras. São ótimas amigas, confidentes, conselheiras e parceiras de zueras. Ama muito elas, e no final foram as únicas pessoas que lhe restaram. Mikki é a "mascote" do grupo, sempre a mais alegre, que faz todos sorrirem. Mesmo assim está sempre disposta a lhes oferecer um ombro amigo e uns bons conselhos.





🌷 COMO CONHECEU O PAR: 🌷

Mikki estava trabalhando como voluntária no Roseiral Municipal de Tóquio, que ficava no parque. Ela estava cuidando das rosas, regando e podando, enquanto cantarolava uma musica qualquer, como se tivesse fazendo a coisa mais especial do mundo ao mexer na terra e no adubo. Subaru estava andando por ai, tinha fugido por um tempo do inferno que era aquela casa, quando adentrou no parque e a viu.

Ela parecia uma ninfa, bela e etérea, ali cercada de rosas, mesmo estando toda manchada de terra. Ela murmurava coisas, ela conversava com as rosas, como se elas fossem amigas querida, e Subaru podia jurar ter visto a flores e inclinarem na direção do som de sua voz, como se realmente pudesse ouvi-la. Mesmo não sabendo o porque, ele ficou escondido atrás de uma árvore, a observando.

De inicio Mikki não percebeu nada, até ver o lampejo esbranquiçado pelo canto de olhou. Virou-se e viu o menino que tentava inutilmente se esconder atrás de uma árvore, e que a observava. Ela não ficou com medo, tão pouco constrangida. O chamou para mais perto e começou a conversar com ele, com a maior normalidade. Ela estava sempre sorrindo docemente para ele, e aquela foi a primeira vez que Subaru se apaixonou por seu sorriso.






🌷 CONHECEU AS MENINAS NA VIAGEM, OU JÁ AS CONHECIA? 🌷

Conhecia duas dela, que acabaram a apresentando para as outras ( já que ela foi pro EUA, e não para a França.





🌷 COMO O PAR TERMINOU COM SUA PERSONAGEM? 🌷

A única coisa que irritava profundamente Subaru no relacionamento deles, era a atenção exagerada que Mikki dava a todos, inclusive para outros caras. Eles davam em cima dela descaradamente e ela nem percebia, agia com naturalidade, cheia de sorriso e abraços. Eles já tinham brigado algumas vezes por causa disso (brigas essa que sempre acabavam com beijos, porque acima de tudo ele confiava nela) e ele se aproveitou disso para inventar uma desculpa.
Uma noite ele a chamou para uma conversa, a expressão sombria. Começou a dizer coisas, insinuar coisas, como que ela era muito "oferecida" para os homens, que provavelmente ela já teria ficado. Tais palavras a machucaram profundamente, uma ferida incurável. Até que ele finalizou com chave de ouro, dizendo que foi bom enquanto durou, ma que ele nunca a amou, só passou de um passatempo. Ele queria terminar.
Lágrima involuntárias escapavam sem que ela notasse. Ela estava muito ferida, achava que aquilo era um pesadelo. Ainda perguntou a ele se era aquilo mesmo que ele queria, acabar com tudo. Se fosse, não haveria mais chances para os dois, nunca mais. Por um momento ela achou que ele diria que tudo não passava de uma brincadeira, até que ele concordou. Deu as costas, e levou uma parte de seu coração consigo.






🌷 COMO IRÁ REAGIR AO VÊ-LO NOVAMENTE? 🌷

Por um momento ela ó ficaria ali, parada sem saber o que fazer. Vê-lo abrirá novamente a ferida em seu coração, que ela jurou já ter cicatrizado. No começo ela entraria em pânico, não iria querer viver assim, tão perto dele. Só olhar pra ele doía. Mas depois ela se conformará e tentará seguir com sua vida, tentar esquece-lo, assim como ele fez.





🌷 AINDA TEM RAIVA DO MESMO 🌷

Não, só uma magoa profunda por tudo o que aconteceu (o que pode ser pior que a raiva).





🌷 IRÁ FAZER CIÚMES PARA ELE 🌷

Não intencionalmente, como ela sempre tem intimidade com todos, até mesmo com rapazes, é fácil causar ciúmes no albino.





🌷 NAMOROU MAIS ALGUÉM DEPOIS DO TERMINO DO NAMORO? 🌷

Não, ela não queria se machucar novamente.





🌷 JÁ FIZERAM AQUILO JUNTOS? 🌷

Mikki não conseguiria ser ousada a esse nível, então não.





🌷 PORQUE VIAJOU PRO EUA? 🌷

Antes mesmo de Subaru terminar com Mikki, sua mãe já se encontrava muito doente (ela pretendia contar isso pra ele na noite em que ele terminou com ela, mas as coisas não aconteceram como ela previa) e a viagem pros Estados Unidos foi a maneira de tentar cura-la com um tratamento adequado. Elas voltaram para Portland, meses depois sua mãe morreu, e ela passou a ser criado pelos avós maternos.





🌷 ESTILO: 🌷

► Casual:





► Formal:





► Social:





► Baile:





► Festa:





► Escola:





► Noiva:











► Pijama:





► Intima:





► Passeio:





► Inverno:









🌷 O QUE SUA PERSONAGEM FARIA SI... 🌷

❥ ... descobrisse que ainda esta apaixonada?

Ela não iria aceitar, não queria se machucar de novo. Sabia que seu coração não aguentaria mais nenhuma perda. Por isso, o evitaria o máximo que pudesse, para ver se assim as coisas voltariam ao normal e ela não mais seria refém desse amor.

❥ ... se descobrisse que seu par ainda a ama?

A princípio ficaria muito feliz. Ele ainda a amava! Mas depois, todas as noites que ela passou sozinha, chorando por ele, lhe vieram a cabeça. Ela lembrou-se do que disse a ele naquela noite, que se ele fosse embora, não teria mai volta. Ela não voltaria com sua palavra, tentaria seguir em frente, mas seu coração não se esqueceria disso nunca.

❥ ... se descobrisse que o motivo de seu par ter terminado com você foi por causa do plano de Karlh?Ira perdoa-lo?

Ela ficaria com mais raiva ainda. Era ainda pior do que achar que ele terminou com ela por ciúmes ou falta de amor. Ele a amava, mas terminou com ela por causa de um plano do pai. Terminou com ela porque não era corajoso o suficiente para lutar por ela, e enfrentar Karl. Ele preferiu afasta-la.
Mesmo que ele justifica-se de todas as formas possíveis, ela não conseguiria perdoa-lo.






🌷 CENA DE SEXO EXPLICITA OU IMPLÍCITA? 🌷

Explicita! Gosto de detalhes ( ͡° ͜ʖ ͡°)





🌷 CIENTE DE QUE SUA PERSONAGEM ESTARÁ EM MINHAS MÃOS? 🌷

Sim, sim. Se a aceitar, Mikado será toda sua!





🌷 MAIS ALGUMA COISA? 🌷

Um colar que Subaru deu a ela enquanto ainda namoravam — que Mikki muitas fezes teve vontade de jogar fora e nunca conseguiu. Sempre o usa, mesmo que escondido sob a roupa.







🌷 ALGUMA PERGUNTA PRA MIM? 🌷

Sim. Como você consegue escrever fics interativas tão divosas? Já é a segunda ficha pra fics suas que eu escrevo, e provavelmente você nem me aceitará. Mas quando eu vi esse prólogo mara, eu tive que mandar minha ficha (acho que nunca demorei tanto para escrever uma, mas valeu apena). Continue sendo assim tão talentosa \(^.^)/




Obrigada por ler até aqui.
Kissus de cerise 💋🍒














Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...