~Niiko

Niiko
LuneCerise
Nome: 〔ℒune𝓒erise┇ℒola┇𝓧-23┇ℱiha de 𝓩eus┇𝓣eam𝓒ap𝓐lways ♥〕™
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

☾ The curse of the Goddesses - Ficha ☽


Postado










💫 🌙 Seeu Yokaze 🌙 💫
❝ Seja leve,
esvazie o que te pesa,
valorize o que te alegra,
fale o que te afeta,
sinta forte o que te move,
silencie o que desgosta,
agradeça o bem que te acontece.❞





☘ 🍎 FICHA 🍎 ☘


🌟🎪 PAR: 🎪🌟


🎻 Subaru Sakamaki ♪♫








🌟🎪 NOME COMPLETO: 🎪🌟


Seeu Yokaze
✞ Seeu, origem cigana, significa: brilhante, prateada, reluzente (lê-se: Siiu)
✞ Yokaze, origem japonesa, significado: ar da noite






🌟🎪 IDADE: 🎪🌟


16 anos || Nascimento: 13 de julho || Signo: Câncer ♋





🌟🎪 APARÊNCIA: 🎪🌟











Personagem: Nozomi Tojo - Love Live

🐦 Descrição: 🐦

Seeu possui longos cabelos arroxeado, que ultrapassam o meio das costas e são bem lisos, mas com algumas ondas. Estão sempre limpos, macios e sedoso, e sempre cheirando a ameixa.
Seu olhos são marcantes, de um verde profundo, um pouco azulado. São lindamente brilhantes, e expressão tudo aquilo o que ela sente, mesmo que ela não queira. Seus cílios são longos e negros, mas suas sobrancelhas bem desenhadas são arroxeadas como seu cabelo.
Sua pele é pálida e macia, mas suas mão não ficam livre dos calos.
Tem um corpo bem formado, graças ao seu trabalho. Seios grandes, mas firmes, cinturinha fina e barriguinha chapada. Suas coxas são grossas e malhadas, seu quadril é largo.
Não é de estatura tão baixa assim já que tem 1,68m, mas perto de alguns garotos ela se sente uma anã.






🌟🎪 PERSONALIDADE: 🎪🌟


Seeu é uma garota de personalidade forte e decidida. Ela não é do tipo que baixa a cabeça e se acovarda com os obstáculos da vida. Sempre segue em frente, enfrenta quem tiver de enfrentar. Não se deixa ser intimidada assim tão facilmente. É corajosa demais pra isso.

Teimosa ao quadrado. Ela nunca desiste, o que poderia ser considerado persistência, é só teimosia mesmo. Marrenta e cabeça dura, nunca admite estar errada, quer sempre ser a dona da razão. É muito madura pra sua idade, tem uma experiência e conhecimento de vida que a maioria das adolescente nem sonha em ter. Sabe distinguir muito bem o certo do errado, quem vale a pena e quem não merece nem sua atenção.

Tem sua própria visão de mundo, é do tipo de menina que batalha duro para conquistar aquilo que deseja. Apesar das dificuldades, ela não deseja adquirir as coisas de maneira fácil. Para ela o que vale é a experiência, o prêmio é só um bônus. Já viajou meio mundo, viu coisas, sentiu coisas, que a maioria das pessoas nem sonha.

Não é de conseguir amigos com tanta facilidade. Tanto seu lado antissocial como sua personalidade, impede que isso aconteça com tanta frequência. Seeu é sarcástica e tem sempre uma resposta na ponta da língua para qualquer provocação. Por sempre pensar rápido tem sempre uma resposta engraçadinha, o que a torna sendo um pouco a palhaça do grupo, mesmo seu "humor" sendo mais sarcástico.

É do tipo aventureira, que gosta de experimentar coisas novas, conhecer coisas novas. Muito curiosa, quando algo entra em sua cabeça, nada tira. Ela está sempre disposta a experimentar coisas novas, e com muita animação e entusiasmo. Seus olhos brilham mais ainda quando ela faz o que gosta, conhecer novas coisas. É esforçada, está sempre buscando se superar cada vez mais, para ela o céu é o limite. Consegue falar fluentemente várias línguas (japonês, italiano, francês, inglês e espanhol)

Seeu é muito sincera, é do tipo de pessoa que diz a verdade na sua cara, não importa o que. Ela é sutileza 0, nenhum pouco delicada. Mas quando a situação é mais delicada, ela fica mais compreensível. Não sabe muito o que dizer para das conselhos, ela não consegue resolver nem seus próprios problemas, para ela ações significam mais que palavras. Muito melhor algo que se demonstra, do que algo que só se fala.

Não consegue ter tanta intimidade com pessoas que não conhece, por isso prefere ficar quieta em um canto. Mas quando cria essa intimidade, ela se solta. É a amiga que quando vê que uma de suas amiga foi magoada com alguém, tem vontade de meter a porrada e fazer a pessoa se arrepender até a morte. É do tipo de garota que bate primeiro e pergunta depois.

Nunca teve muito contato com garotos da sua idade, então Seeu não sabe muito bem como lidar com eles. Já não é muito de confiar em homens, devido ao seu passado, então as coisas só complicam. Ela não tem uma boa visão sobre o amor, ele é tão cego, mas também se faz de surdo e mudo. Ele faz com que percamos nós mesmos, e nos apeguemos a algo que muitas vezes não é real. Ela odeia (ou diz odiar) demonstrações de afeto, como abraços ou beijinhos na bochecha. Quando alguém vem todo meloso pra cima dela, com meu amor pra cá, sua linda pra lá, tudo que ela diz é " Para de viadagem."

É um tanto pavio curto, se irrita com certa facilidade, mas não é do tipo que parte pra agressão. Sua agressão nada mais é do que verbal, o que pode se tornar ainda pior. Algumas pessoas a veem como uma muralha de gelo fria e impenetrável, já que ela não da brechas para as pessoas, dar confiança só para ser magoada depois. Ela, sim, é fria como gelo, mas nas mãos certas, ela se derrete.

Por dentro ela tem um lado meigo e carente, que precisa de atenção. Mas esse seu lado está tão enterrado dentro de si, que acaba se perdendo naquela fachada que ela construiu. A armadura que a protege do que pode a machucar. Mesmo declarando aos quatro ventos que não gosta de abraços, ela necessita deles. Para saber lidar bem com ela, a pessoa tem que ser muito persistente, pois não é algo fácil.

É bem distraída, e um tanto esquecida das coisas. Vive perdendo, ou esquecendo, suas coisas nos cantos, pois ela simplesmente não se lembra onde as colocou. Não é lá muito organizada com suas coisas também, e é muito desastrada, se ela tocar em uma coisa, provavelmente ela caí e quebra.

Seeu é um tanto insegura com relação a si mesma, em alguns momentos. Por exemplo: se um cara super lindo se apaixonar por ela, ela achara que é mentira, porque não se acha boa o suficiente. Não é do tipo que pode ser enganada ou corrompida, ela costuma dizer que não nasceu ontem. Tem um péssimo humor matinal, e não pode ser considerada um ser humano sem seu cafezinho matinal, se não ela ficará agindo como um zumbi, e não será nenhum pouco sociável. Café é seu maior vicio, ela costuma toma-lo várias vezes ao dia, quando não toma, fica muito estressada e vive desdestruindo patadas nas pessoas, sem nenhuma razão específica.

Pode não parecer, mas ela é muito supersticiosa, no funfo no fundo ela acredita nas coisas que as pessoas julgam ser apenas fantasia. Desde fadas e duendes, a deuses e vampiros.






🌟🎪 GOSTA: 🎪🌟


Fotografia — Seeu acha importante registrar os bons momentos da vida, os lugares e as pessoas que conheceu. Tem uma máquina polaroid que ela sempre carrega consigo, e tira lindas fotos. Depois ela as cola em um livro de couro bem grande, que na capa diz "My Adventure Book".
Música — ela adora música, seu gosto musical vai desde punk rock até musicas da Disney ( ela ama Hakuna Matata, é seu lema ♥).
Tecidos acrobáticos — de todas as coisas que ela faz no circo, essa é a atividade que ela mais ama. Seeu sente que realmente está dançando no ar.
Café — como citado antes, é seu maior vicio. Ela ama café! ♥
Conhecer novos lugares — mesmo com sua pouco idade, Seeu já conheceu vários lugares, e tem muito orgulho disso.
Livros — sempre que tem oportunidade Seeu gosta de ler bons livros, na verdade qualquer livro. Ela só gosta de ler, até mesmo panfletinhos.
Noite — para ela a noite é muito acolhedora, ela ama deitar na grama fresca e ficar observando a lua e o brilho das estrelas. Ela sempre brinca de juntar os pontos entre as estrelas, para formar figuras em sua cabeça. Ela conhece todas as constelações, e a grande parte dos nomes das estrelas.
Desenhar — ela é uma ótima artista, e ama desenhar para expressar seus sentimentos ( porque geralmente ela não sabe expressar eles por palavras).
Dançar — ela honra suas origens ciganas por ser uma excelente dançarina, geralmente suas danças são mais sensuais, mesmo ela nem se dando conta disso.
Correr pela manhã — já se tornou um habito, ela sempre corre cedo, antes de fazer qualquer uma de suas outras atividades, serve muito como aquecimento.
Felinos — Seeu simplesmente ama qualquer tipo de felino, desde o gato ao tigre. Mas o seu favorito é o leopardo das neves, o circo até comprou um quando ainda era filhote, e foi ela quem o treinou.
Chocolate — sua fraqueza, ela é facilmente subornada com um pote de Nutella





🌟🎪 NÃO GOSTA: 🎪🌟


Crianças — não é que ela não goste de crianças, é as crianças que não gostam dela (geralmente as que tem mais de 2 anos).
Machismo — Seeu é uma feminista declarada. Não porque considere os homens inferiores, embora eles sejam na maiorias das vezes, mas porque odeia a desigualdade e a forma com que as tratam. Ela com certeza não é do tipo que abaixaria a cabeça pro homem e lhe serviria de empregada. Para ela os direitos são iguais, tudo tem que ser na igualdade.
Ficar sem café — quando isso acontece ela fica bem mais estressada que o normal.
Tédio — seu inimigo mortal, quando está com tédio ela corre atrás de algo pra fazer, nem que seja irritar alguém.
Ser subestimada — por estar sempre procurando se superar, ela sempre prova a todos que é capaz de fazer qualquer coisa.
Rotina — algo que ela detesta. Fazer a mesma coisa todos os dias? Ninguém merece! Mas, graças ao bom deus, vivendo no circo a rotina nem sempre é a mesma.
Que invadam seu espaço pessoal — tipo pegar suas coisas sem permissão.
Verduras — com toda certeza ela não nasceu pra ser vegetariana.





🌟🎪 MANIAS: 🎪🌟


Roer as unhas quando nervosa — mas suas unhas, mesmo roídas, ainda são compridas.
Morder o lábio inferior ou o interior da bochecha, na maior parte dos momentos.
Assoprar a franja do rosto quando entediada ou irritada
Fazer biquinho quando contrariada, o quando vê que esta errada — ela fica bem fofa assim, parece mais jovem.
Tomar café sempre amargo
Quando mente ela sempre desvia o olhar, ou esconde o rosto com algumas mechas de cabelo.
Gagueja quando está muito, muito envergonhada mesmo, e cora também.





🌟🎪 HOBBIES: 🎪🌟


Patinar no gelo — sempre que tem a oportunidade
Praticar suas habilidades circenses — pra manter o corpinho também.
Dançar — Seeu sempre dança para desestressar.
Fotografar — todo os momentos que merecem ser lembrados pro resto de sua vida.
Desenhar — nem que seja para passar o tempo.





🌟🎪 MEDO / TRAUMA / FOBIA: 🎪🌟


Morcegos — Seeu tem pavor de morcegos
Seu maior trauma é de ser estuprada, ela tem até medo de uma relação mais intima com um garoto, pois recorda-se daquela noite. Frequente mente tem pesadelos com essa noite.
Abelhas — medo de abelha, com toda certeza esses animaizinhos a assustam.
Se apaixonar — ela tem medo de acabar se perdendo para o amor, e acabar se apaixonando.





🌟🎪 RELAÇÃO COM O PAR: 🎪🌟


Desde a primeira troca de olhares algo pareceu ter surgido entre os dois, algo além da forte atração, uma espécie de ligação. Ambos ficaram presos, perdidos no olhar um do outro. Quando o contato foi quebrado Seeu ficou muito confusa, e preferiu ignorar aquilo. Subaru também não estava muito disposta a se envolver com ela.

Mas acontece que parecia existir algo que queria que os dois se aproximassem. Ele frequentemente se esbarravam pelos lugares, mas o encontro não era nada amigável. Seeu não tinha paciência para o jeitinho temperamental e Subaru, e sempre o alfinetava com comentários sarcásticos, ela não se deixava intimidar pelos socos nas paredes, mas se surpreende por aquela casa não ter desabado ainda.

Para ela, Subaru era como qualquer outro vampiro, sádico e impiedoso. Mas então ele se mostra gentil a ela, até cora. Isso a faz ter uma nova visão dele, e ela viu o quanto se pareciam. Ele, no fundo, também tinha um lado gentil e amável, mas estava escondido por trás de sua armadura. Seeu sabia como porque criou a sua, e estava muito curiosa para saber o porque de Subaru ter criado a dele. Do que ele queria se proteger? Vampiros não deveriam ser invencíveis?

Ela fuço e fuçou, até que descobriu sobre seu passado. Seu coração se apertou ao ver as coisas que ele teve de suportar desde menino. Ela viu que, por ser um vampiro destruidor de vidas, ele se considerava um ser sujo e indigno de qualquer coisa. Mas isso nem sempre justificava sua bipolaridade, talvez fosse só seu instinto natural de crueldade.

Seeu não sabe ao certo porque resolveu se aproximar, ela devia manter distância de qualquer problema, e aquele era um problema colossal. Mas havia aquela conexão que surgia sempre que ela o fitava nos olhos, ela se perdia naquele vermelho rubi. Não tinha medo dele, confiava nele, mas isso fez com que ela tivesse medo de si mesma e do que começava a sentir.

Começaram a passar mais tempo juntos, criaram uma estranha amizade. Não deixaram de discutir contudo, mas eram brigas mais engraçadas, não levadas tão a sério por nenhum dos dois. Ele se irritava com as fotos que Seeu sempre tirava, alegando ser para guardar os momentos, mas toda a irritação sumia ao ver seu sorriso. A cada dia mais Subaru se via encantado por ela, pela garota incrível e única que era ela. Quando viu pela primeira vez as coisas que ela aprendeu no circo, ele ficou abismado.

Com o passar do tempo Seeu se revelou muito ciumenta, sempre que o via com outra garota, mas não mais que ele, quando a via perto de outro garoto. O jeito de Seeu era tão complicado, Subaru as vezes tinha vontade de desistir e se afastar dela, mas logo percebia que isso era mais difícil do que parecia.

Depois do primeiro beijo dos dois as coisas ficaram tão confusas. Seeu gostava do que os dois tinham, uma amizade estranha, mas mesmo assim uma amizade. Depois disso tudo parecia virado do avesso. Ela nem conseguia olhar na cara dele direito, e voltou a erguer o muro que ele tinha destruindo aos poucos naquele tempo de amizade. Ela não queria se machucar, não queria se apaixonar e acabar se iludindo. Mas ficar distante de Subaru se tornou uma tarefa mais complicada do que parecia. Seeu teve de aprender a enfrentar os seus medos para ficar do lado da pessoa que gostava. Se jogar de cabeça sem se importar com as consequências, mas rezando para não acabar se destruindo.






🌟🎪 RELAÇÃO COM OUTROS PERSONAGENS: 🎪🌟


☬ Shu Sakamaki ☬



Os dois se dão bem, mas da sua forma. Seeu gosta da calmaria de Shu, e ele parece ser o menos pé no saco. Está sempre curiosa para saber o que ele tanto ouve naqueles fones de ouvido. Ele frequentemente a manda passear, mas quando os dois se esbarrão, é fácil de se conversar. A primeira vista ela só ficou curiosa sobre ele, do porque ele está sempre tão parado, ela chegou a pensar que ele estava até morto (mais morto que o normal :p) Foi o amor a música que aproximou um pouco os dois, se tornaram amigos a suas formas, frequentemente trocando comentários sarcástico e brincadeirinhas. Ela até o ajuda a se entender melhor com sua "noiva" pois o loiro é tão divagar com os sentimentos como é com a vida.

☬ Reiji Sakamaki ☬



Os dois são o completo oposto um do outro, e essa diferença faz com que surja conflitos entre eles. Assim que o viu Seeu penso que estava falando com um mordomo ou algo do gênero, por causa de seu jeito arrumadinho. Ela logo notou que ele era tão sem graça quanto sua maneira de se vestir. Aquele olharzinho de superior a irritava profundamente, assim como suas ordens, que ela sempre fazia questão de desobedecer. Para Reiji ela era mais uma garota problemática, a única diferença era que, diferente das outras noivas, Seeu não se deixava se intimidar pelo seu jeito, ou se levar pela conversa dele ( se Reiji viesse lhe oferecer um chazinho ela com certeza não tomaria). Ele é doido para aplicar uma punição nela, para que aprenda a tratar melhor os "superiores", mas Seeu nunca foi besta e sempre fugia de seus castigos. Em geral prefere manter distância dele, quando estão próximos, quando ele fala algo, ela sempre revira os olhos em deboche, sem se preocupar com nada.

☬ Ayato Sakamaki ☬



Até que se dão bem, embora em alguns momentos eles tenham vontade de se matar. É mais uma relação de irmão mesmo, onde um irrita e implica com o outro. Seeu o acha um gatinho, tem de admitir (embora prefira albinos :3), mas nunca cogitaria a possibilidade de ficar com ele. Estão sempre trocando alfinetadas e o sarcasmo rola solta. Ele vive a chamando de "peituda" e coisas do gênero, e Seeu contradiz o chamando de ruivo tomate, esses tipos de coisa. Quando Ayato se aproxima mais de sua noiva, as coisas entre os dois ficam mais calma. Quando ele fica confuso com relação aos seus sentimentos, é a Seeu a quem pede ajuda, pois é a garota que mais tem intimidade, mesmo ela não fazendo a mínima ideia do que fazer para ajudar, procura fazer seu melhor.

☬ Kanato Sakamaki ☬



Ah! Aquela carinha fofa nunca a enganou! De longe já dava pra notar que tinha algo de muito errado naquele garoto. Aquelas olheiras profundas de quem não dorme a trinta anos, o sorriso psicótico e o ursinho macabro. Tudo fazia com que ela se tremesse de medo, mesmo não demonstrando. Quando ele revela seu lado bipolar pela primeira vez, ai que ela se cag* mesmo. Ela jurava que ele ia a estrangular a qualquer segundo. Depois disso prefere manter o máximo de distância possivel dele. Se está no mesmo cômodo que ele, por exemplo, Seeu sempre fica perto da porta, assim quando ele surtar, da tempo de correr.

☬ Laito Sakamaki ☬



Mesmo Laito sendo inconveniente na maior parte do tempo, ele até que não é dos piores. Claro, aquele olhar de estuprador e as cantadas de pedreiro são o ó, mas ainda dá pra suportar. Quando ele está no local o clima fica menos tenso, dá pra encarar as coisas com mais facilidade. Ou seja, na visão de Seeu, Laito é uma espécie de bobo da corte que não merece ser levado a sério. Laito gosta mesmo de a provocar, só que ela nunca leva a sério, sempre o dá uma resposta engraçadinha e revira os olhos. Mas com toda certeza ela não é besta, se fosse obrigada a dormir no mesmo lugar que ele, com certeza dormiria de jeans, só para garantir.

☬ Ruki Mukami ☬



Na visão de Seeu, Ruki é uma versão menos sem graça e pé no saco que Reiji. Ela admira muito o Mukami, de verdade. Ele trata os outros Mukami com verdadeiros irmãos, diferente dos Sakamaki, que mesmo sendo irmãos se tratam como desconhecidos, o que gera uma certa normalidade entre os quatro. Ela fica muito a vontade perto dele, mesmo ele sendo todo caladão, ela não é muito de falar mesmo. Além do mais ele lhe dá boas dicas de livros, e isso é muito importante.

☬ Yuma Mukami ☬



Yuma frequentemente confundi Seeu. A personalidade dela é uma mistura doida de Shu, Ayato e Subaru, que não dá um resultado muito bom. Logo na primeira conversa entre os dois ele é super mal humorado, e Seeu desiste de tentar puxar assunto com ele (tudo que ela não é, é obrigada!) Mas depois as coisas vão se facilitando. Ela vê que ele é assim com todas as pessoas e isso tira um pouco da neura em sua cabeça. Mas não significa que a relação deles é intima ou fácil. Eles pouco conversam, mas quando conversão não é algo muito amistoso. Ela distribui seu pacote de sarcasmo, e ele devolve com um de grosseria. Simplesmente um amor <3

☬ Kou Mukami ☬



Seeu acha a animação de Kou uma coisa muito falsa. Sem contar que ele parecia se achar por algo que ela não fazia ideia, quando ele disse, todo orgulhoso, que era um Idol nacionalmente famoso, ela só ficou tipo: Quem?. Não daria a mínima ideia para isso, e acha que ele devia tomar um boa dose de humildade. Mas, como todos os vampiros, ele tem um passado trágico, e Seeu passa a compreende-lo melhor por isso. Mas mesmo assim tenta encoraja-lo a ser um pouco ele mesmo, invés da pessoa que os outros queriam que ele fosse.

☬ Azusa Mukami ☬



Diferente de Kanato, Seeu achou Azusa muito fofo, desde o momento que o viu (fofo de uma maneira estranha, mas ainda assim fofo). Apesar daquele olhar melancólico e a voz num sussurro, ele era fofo. Seeu tinha um pouco de pena dele, e não conseguia entender o porque dele se cortar. Mas eles se aproximaram, Seeu o tratava como se ele fosse seu ursinho, então Azusa lhe contou sobre seu passado. Sobre como ele viveu nas ruas, e de tanto sentir dor, somente dor, essa se tornou sua única fonte de prazer. Ela fica tocada, e até o ajuda a se corta uma vez, ele fica super feliz por isso, e a abraça forte.

☬ Com as garotas: ☬

Seeu as admira muito por ser as únicas pessoas que, mesmo conhecendo seu jeito, a suportam, Na verdade as garotas a acham bem divertida, sempre riem das piadinhas sem graça e do sarcasmos dela. Seeu acredita que achou as amigas mais verdadeiras e sinceras que poderia ter. Cada uma tem seu jeitinho, sua história, vinda do quatro cantos do mundo, e essa diversidade é o que deixa tudo mais interessante para ela. De inicio ela não confia tanto assim nelas, mas depois se tornam como irmãs. Claro que a relação não é mesma com todas, ela tem outras duas garotas que são suas amigas verdadeiras, em quem ela mais confia (N/A:você pode escolher as personagens). Seeu está sempre disposta a ajuda-las da melhor forma que puder, mas não vai abandonar seu lado sincero, dirá a verdade na cara, não importa o que, está disposta a ir até o fim do mundo com elas.





🌟🎪 HISTÓRIA: 🎪🌟


Seeu vem de uma família de ciganos, de uma longa linhagem. Nasceu em Florença, na Itália, mas levou sempre uma vida de nômade, onde o clã de ciganos sempre viajavam de cidade em cidade e de pais em pais. Sua mãe era filha da família mais importante do clã. Fora criada rigorosamente dentro dos costumes de seu povo, mas isso nunca a satisfez. Quando ainda era jovem e belíssima, estava dançando nas ruas de uma cidade, atrás de alguns trocados, quando ele a viu. O homem era lindo e ficou encantando por ela e sua dança. Sua mãe não hesitou, se deixou levar pelo charme e a beleza dele, onde ele a prometia dar-lhe o mundo. Sua mãe, Léah, não hesitou em deixar sua família para fugir com ele.

Meses depois ela encontra a caravana de seus pais e volta para eles, mas carregando um bebê na barriga. Ninguém da sua família ficou muito feliz com isso, mas ninguém a negaria abrigo, muito menos a uma criança, do mesmo sangue que eles, que ainda nem tinha nascido. Léah nunca deixou claro do porque ter voltado, mas a verdade era que o homem, Ivan, a mandou passear. Jogou-lhe uma conversa mole de que ela tinha de se afastar um pouco, enquanto ele ia para outro país atrás de investir seu dinheiro, ficar rico, e dar uma condição melhor para ela. Léah queria ir com ele, mas Ivan disse que grávida ela não poderia ir a lugar nenhum.

Mesmo não dizendo a ninguém, Léah estava infeliz, e culpava aquela criança por ter afastado o amor de sua vida. Mesmo quando o bebê nasceu o coração de Léah não se amoleceu pela filha, ela estava ocupada demais fantasiando o futuro que ela queria ter, que poderia ter tido com Ivan. Seeu recebeu o amor de seus avós, porque a mãe estava amargurada demais para isso. A pequena nunca teve muito contato com a mãe, sempre buscava lhe chamar a atenção, a deixar orgulhosa de alguma forma, mas nada bastava. Ela nem lhe olhava direito.

Aos seus oito anos de idade, Ivan chegou ao acampamento. Roupas de luxo, sapatos de marca, ele parecia ter conquistado aquilo que queria, e agora queria seu brinquedinho de volta. Léah ficou exultante, nem pensava direito, aquilo era o que ela mais tinha desejado durante todos aqueles anos. Ivan viu que ela não era mais tão jovem e bela como antigamente, mas deveria dar por gasto, e servir como utilidade para seus negócios.

Mas foi só bater os olhos na pequena Seeu que ele quase fica louco. Desde pequena Seeu parecia uma boneca, e encantava qualquer um, Ivan ficou obcecado por ela, e não de um jeito bom. Ele fez a cabeça de Léah, só a levaria embora se ela levasse Seeu junto. Os avós da pequena não queria deixar de maneira alguma, tentaram fazer a filha vê a burrada que iria cometer ao ir embora com aquele homem, mas ela não ouvia. Até que quando a noite chegou, depois de um dia inteiro de bate boca, enquanto todos já dormiam, Léah recolheu suas coisas, pegou Seeu e foi atrás de Ivan.

O homem ficou muito feliz ao ver a pequena ao lado da mãe. Tão jovem, tão inocente, tão linda. Essa sim serviria para seus negócios, mas quem sabe ele ficasse com ela por um tempo. Enfim, Ivan levou Léah para a Inglaterra, onde ficava a "central" de seus negócios. Léah estava tão satisfeita que nem notava nada de errado, enquanto Seeu estava tão assustada, mas não fazia ideia do que estava acontecendo. Assim que chegaram a casa, mansão de Ivan, as coisas se revelaram pior do que se podia imaginar.

Léah ficou fascinada com tudo aquilo, mas mal teve tempo pra fazer nada. Dois homens brutos e enormes agarraram seus braços, enquanto Ivan somente mandou que a levasse para junto das outras mercadorias. Léah ficou sem entender nada, perguntou a ele o que estava acontecendo. Ele se aproximou dela, tocou-lhe o rosto da forma que antes a arrepiava e disse: "Amor, você acha mesmo que eu vou querer alguma coisa com uma mulher decaída como você? Acredite. você já teve dias melhores. Mas deve ter alguém que paguem uma boa quantia por uma prostituta experiente." Léah ficou horrorizada, mas não teve oportunidade de dizer nada, ela já era levada embora.

Seeu observava tudo muito assustada, até que Ivan se virou pra ela. Era tão pequena, não fazia ideia do que aquilo em seu olhar era pura malícia. " Enquanto a você, boneca, tenho planos melhores. Vamos nos divertir muito!" A menina se assustou mais ainda com aquele sorriso estranho, estava com medo. Antes que Ivan pudesse toca-la, Seeu correu para longe, queria achar uma saída daquele lugar. Queria voltar para seus avós, mas aquela casa parecia não ter fim. No final só restou-lhe se esconder da melhor forma possível. Ela se encolhia toda enquanto ouvia os guardas atrás dela e Ivan gritando e dizendo palavrões.

A noite caiu e ela ainda não havia sido descoberta, estava com muita fome, mas não se atreveria a sair dali. Ela estava quase cochilando quando um dos guardas a ergueu abruptamente pelo braço, um sorriso sádico. A arrastou para a sala de seu patrão no mesmo instante. Ivan estava em seu quarto, só de cueca, comendo uvas calmamente. Quando ele viu o homem arrastando Seeu pra dentro sorriu abertamente. Dispensou o homem e trancou a porta, impossibilitando dela fugir novamente. Seeu encolheu-se em um dos cantos do quarto, morrendo de medo do que poderia acontecer.

"Porque está tão assustada, amor? Não precisa ter medo, não vou te fazer mal" falou com voz rouca e o mesmo sorriso estranho. Seeu estava assustada, mas era ingênua e resolveu acreditar nele. Ele a levou pra cama gentilmente, deu-lhe comidas e conversava com ela. Seeu vivia perguntando de sua mamãe, mas Ivan sempre desconversava, dizendo como ela era bonita. Ela estava desconfortável com aquilo, mas a satisfação da barriga cheia a deixava mais calminha.

Foi então que ele começou a se aproximar, lentamente, como um predador. Primeiro ele lhe tocou o rosto, suavemente, enquanto lhe elogiava, depois a mão desceu para o pescoço, e passou para os seus seios ainda não desenvolvidos. Seeu estava desconfortável, mas ele a segurava de forma que não podia sair. A mão desceu-lhe para as pernas, as coxas já grossinhas, até que a tocou no meio das pernas. Nesse momento ela se sobressaltou e começou a se espernear tentando fugir dali. Ele a pegou com rudeza, a jogou na cama, já desistindo de ser genti.

Seeu experimentou o horror enquanto as mãos dele iam e vinham em seu corpo. No começo ela gritava, mas depois que ele a bateu com extrema força, ela não pode fazer mais nada do que chorar, enquanto ele dizia palavras sujas em seu ouvido. Ela se sentia cada vez mais suja, queria sair dali o mais rápido possivel! Então conseguiu se esticar em direção ao abajur ao lado da cama, quando ele estava distraído, Seeu tacou o objeto com força em sua cabeça. Em um golpe de sorte ele caiu desacordado em cima dela, enquanto ela ainda chorava. Por sorte ele não tinha conseguido tirar sua virgindade, mas deixou a menina traumatizada para o resto da vida.

A menina pegou suas roupas, estava pronta para fugir. Viu que tentar sair pela porta seria bem difícil, então foi para a janela. Estavam no segundo andar, mas, por sorte novamente, havia uma arvore grande ali próximo, cujos galhos a ajudariam a desceu. Seeu desceu rapidamente dali e saiu correndo pelas ruas de Londres. Não sabia que lugar era aquele, nem pra onde estava indo, só queria se afastar o máximo daquela casa e daquele homem, seu pai.

Então ela se deparou com uma enorme lona colorida no meio do parque de Londres, era um circo. Seeu conseguiu entrar escondida ali, o espetáculo estava quase acabando, mas o pouco que viu já a fez se encantar. Quando tudo acabou e todos iam embora, ela sentiu uma mão em seu ombro. Pulou assustada, pensando ser um daqueles homens maus, mas o homem a sua frente tinha um bigode engraçado, usava roupas coloridas e uma cartola. Ele perguntou o que ela fazia ali, se tinha se perdido de seus pais. Seeu não entendeu o porque, mas aquele homem era gentil e parecia ser confiável, contou-lhe a ele tudo o que tinha lhe acontecido naquelas ultimas 48h.

O senhor ficou horrorizado pelo o que a menina tinha passado e logo resolveu abriga-la, se apresentando como Maurizzio. Ele lhe deu comida e abrigo, e a ofereceu um trabalho e uma vida naquele lugar. Ele a transformaria na maior estrela que o mundo já vira. Seeu tinha vontade de voltar para seus avós, mas sabia que era quase impossível voltar para lá, eles já deviam ter ido para outro lugar. Ela aceitou, e sua vida mudou.

Maurizzio realmente a transformou em uma estrela. Nos oito anos que se passaram Seeu aprendeu as mais diversas atividades do circo. Aprendeu a fazer mágica, malabarismo e erra uma excelente trapezista, tirava o fôlego de qualquer um, até domadora de feras ela se tornou. Mas seu maior talento era nos tecidos, ela parecia dançar no ar, com uma graciosidade e beleza incrível. Qualquer um que a visse se apaixonaria por sua forma nos céus, e se encantaria por tudo o que ela fazia. Ela era a estrela do Charms Circo ( N/A: circo do encantos, em italiano)

Mas mesmo depois de tantos anos, aquela noite nunca saiu da sua cabeça. Quase todas as noites ela tinha pesadelos com aquele momento, como o seu p-a-i. Em uma noite ela acordou ofegante, depois do pesadelo, saiu de sua tenda particular e foi expirar o ar puro de Paris. Já tinha ido ali antes, assim como já tinha ido a muitos lugares naquele mundo. Mas nem a mais bela paisagem a acalmava.

Deitou-se na grama fresca, desejando que as estrelas pudessem levar sua angustia. Enquanto fitava as estrelas, viu que uma estrela brilhava mais do que o normal. Até que notou que aquele brilho vinha caindo, caindo e caindo, e na sua direção. Até que se chocou contra seu corpo. Estranhamente, ao abrir os olhos, parecia que nada havia acontecido. Sentou-se e olhou em volta, confusa. Então se convenceu de que tinha acabado pegando no sono e tendo outro sonho estranho, então voltou para sua tenda. Mal ela sabia que aquela luz era tudo, menos um sonho.






🌟🎪 COMO VAI REAGIR AO SABER QUE ESTÁ SENDO RECEPTÁCULO DE UMA DEUSA : 🎪🌟

A principio acha que tudo se trata de uma piada muito sem graça, mas quando nota a verdade... Ela fica furiosa. Se sentiria completamente invadida. Como assim, tinha uma deusa antiga dentro da sua cabeça?! Sendo assim ela conhecia todos os seus segredos?! Não, não, não! Vai querer expulsar esse negócio de si o mais rápido possivel, mas as coisas não funcionam assim.
A deusa até tentara falar com ela, no começo Seeu não estará muito disposta a isso, mas depois elas começam a conversar. A deusa a ajuda com aquilo que a aflige, e acabam criando um forte laço de admiração mutua.






☘ 🍎 A OUTRA FACE — A DEUSA 🍎 ☘


🌟🎪 DEUSA : 🎪🌟

Nyx





🌟🎪 PODERES DELA : 🎪🌟

Por ser uma das deusas primordiais, Nyx é mais poderosa que a maioria dos deuses. É considerada a deusa das feiticeiras e bruxas, tendo controle da magia. Rainha dos astros da noite, retirando o brilho das estrelas como energia vital e podendo curar pessoas. Pode fertilizar a terra, e a deusa tem controle entre a vida e a morte. Possui um manto de invisibilidade, que a oculta nas sombras.





🌟🎪 UM OUTRO NOME PARA ELA SER CHAMADA : 🎪🌟


Para não citar seu nome os gregos a chamavam de Eufrone ou Eulalia (significa: mãe o bom conselho).





🌟🎪 MITOLOGIA A QUAL PERTENCE : 🎪🌟


Grega.





🌟🎪 APARÊNCIA E DESCRIÇÃO : 🎪🌟




( Usei a versão de Percy Jackson, porque sim <3)

Possui cabelos curtos e negros como a noite , seus olhos são pálidos e brilhantes como a lua. Atrás de suas costas saem duas as feitas da mais pura escuridão, porem a algumas estrelas nelas também. Ela se veste com um vertido que parece um pedaço do espaço, galáxias e estrelas brilham lá dentro, e parem se mover.





🌟🎪 PERSONALIDADE : 🎪🌟


Do contrario a alguns venham pensar, Nyx é uma deusa benigna. Ela existe desde o inicio da criação, então já viu tantas coisas, mas nada a agrada ou surpreende mais que os humanos. Ela é misteriosa, e e alguns momentos pode ser sombria. Não atice sua ira, você não gostará do que irá acontecer. Por ser relacionada as travas e a morte, Nyx é meio incompreendida. Mas ela é amorosa e protege os seus. Sabe ser justa e severa, e sua personalidade não é nada menos que divina. Se comporta, com certa humildade, olhando por esse modo, mas não esquece de quem é.





🌟🎪 UM ARTEFATO QUE TINHA RELAÇÃO COM A DEUSA: 🎪🌟




Um colar que, há éons atrás, Nyx tinha dado a sua feiticeira favorita. Servia como uma espécie de bênção, dando a feiticeira não só a proteção, mas alguns dos poderes da deusa. Assim ela seria mais poderosa do que qualquer uma que pisará naquelas terras.





🌟🎪 GOSTA: 🎪🌟


Noite - dããã
Magia - ela é uma deusa afina.
Preto - o que seria da deusa das trevas sem o preto?
Cavalos - principalmente os seus cavalos, que puxam sua carruagem,
Musica mortal - para ela é mais divertida
Pedras preciosas





🌟🎪 NÃO GOSTA: 🎪🌟


Dia - mesmo sua filha Hemera sendo deusa do dia, ela não é muito diurna
Café - e ironicamente, Seeu bebe todo dia.
Barulho e confusão
Que traiam sua confiança, a decepcione ou a confrontem.





🌟🎪 RELAÇÃO COM O PAR: 🎪🌟


Nyx não tem muito o que achar de achar de Subaru. Ela e Seeu era seres completamente diferentes, sentimentos diferentes. Mas desde o principio a deus tinha um pé atrás com aquela família. Tinha vivido tempo o bastante para saber que KarlHeiz não era de confiança. Depois de começar a se dar bem com Seeu, e conhecer ela um pouco melhor, ela teme pela garota. Ela já tinha passado por tanta coisa na vida, e aquela ligação que tinha surgido entre o casal poderia ser tornar algo mais, algo muito forte, que se quebrado poderia causar extrema destruição. Então ela meio que age como um mãe protetora e uma irmã conselheira, quando se trata de Subaru e Seeu.





🌟🎪 RELAÇÃO COM OS OUROS PERSONAGENS: 🎪🌟


Não é do tipo de deusa sociável, então não tem uma opnião certa sobre todos. Não gosta da maioria dos vampiros, porque é muito desconfiada com relação a eles. Quanto as meninas, Nyx fica feliz ao ver que Seu se sente bem com elas, e a deusa passa a admira-las também.





🌟🎪 ECHHI E HENTAI: 🎪🌟


Claaro! A todo momento :3 Capriche





🌟🎪 PERGUNTAS: 🎪🌟


Acho que não.





🌟🎪 ALGO A ACRESCENTAR? 🎪🌟


Por enquanto não.





Obrigada por ler até aqui!
Até o dia dos resultados
Kissus de Cerise 💋🍒












Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...