~streep

streep
Evil Queen
Nome: Jas
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Salvador, Bahia, Brasil
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Um de mais cinco que virão


Postado

Você disse estar refletindo desde ontem e eu estou fazendo o mesmo desde tipo, antes de te dizer a data. Antes mesmo de tocar no assunto porque, é importante. Ponto.
E, assim, é... já se passou um ano. Lembrar é tão engraçado. Lembro que quando mandei o pedido, e você foi a primeira, lá estava o site perguntando se eu queria mandar recado, e eu meio: "Ela provavelmente não vai aceitar. Então não vou mandar nada não." hahaha. E então você aceitou. Sendo a primeira também. Já até te disse que achei que você não ia aceitar, mas vamos relembrar.


Aí eu entrei, vi que você tinha aceitado. Lembro que até pensei um "mas olha". Então eu te vi online e fiquei entre mandar ou não mandar um "Oi", essa foi a questão.
Porque eu pensei que poderia estar com uma pessoa não de bem com o mundo, sei lá. Nunca se sabe.
E às 19 horas e alguma coisa, eu mandei e olha, recebi um, se recordo bem, "hey!". Sim, acho que foi um "hey", quase certeza. Mas se não, foi um super "Oi". O que me deu mais segurança e tal. Aí "opa! Parece que é legal".
E, gente, já estávamos rindo minutos depois. E falando sobre o EV. Eu enchendo seu ego. Falamos das fics. E eu ainda enchendo seu ego. A conversa não demorou muito porque naquela época eu saía mais cedo. Tinha vida, ué.
Só lembro da amizade ter evoluído rápido. Mas poderia ter sido impressão minha, e provavelmente foi. Afinal, você era dada, é dada. Rindo...


Só lembro de quando começaram-se os "minhas" e os apelidinhos, que são muitos até hoje, mais da minha parte. Mas quem os começou foi você, disso eu lembro perfeitamente. Também vieram as conversas sobre ciúmes. Estou rindo escrevendo isso. Não dá, não dá. Enfim, aí teve bastante o ciúme Laerte. Lembro muito do ciúme Laerte, pois é. E, pelos Deuses!, nós brigamos tanto por isso. Lembro de uns vrás seus. Tem um até em especial que, nossa, esse eu não esqueço. Quando estivermos velhinhas, eu muito provavelmente irei lembrar dele ainda.
E, ah, eu tenho que lembrar isso, não que eu tenha esquecido. Mas tenho que te lembrar. A primeira vez que você me viu conversando com outros aqui. Estou até sorrindo só de lembrar. Lembro que estávamos conversando e você me disse algo como: "Daqui a pouco eu te perco". Gente, lembrar isso é tão fofinho. Não sei o que eu te disse, mas deve ter sido um: "não; "nada disso"; "não ia acontecer", provavelmente mais algumas coisas, por aí. E olhe só pra nós, não aconteceu.


E então veio nossa primeira briga séria e, nossa, essa foi terrível. Eu posso chamar de briga? Porque não tínhamos brigado, você foi quem brigou comigo. Na verdade, ficou chateada comigo. Eu estava tão no escuro, porque eu não sabia o que tinha feito, e eu não tinha feito nada. Como já disse, não brigamos. Mas quando falamos disso, sempre chamamos de "briga", então fica "briga" mesmo.
Aí eu fiquei te perguntando, você não respondia. Não retornava as menções, nem no BP. Nada. Lembro de te ver saindo quando eu estava online. Você não ficava na TL. Nem sei se foi por isso, mas ok. Até um belo dia em que ficou mas me ignorou. Quando eu tentei falar com você e nada, esse foi o fim. Aí nós brigamos. Eu te disse que não iria mais falar com você ou correr atrás de você, que quando você quisesse falar comigo e me dizer o que estava acontecendo, você viria até mim. E foi por aí. Quando você me disse eu era porque estava com ciúmes, eu nem acreditei que foi por isso que você se afastou. Mas enfim, eu já te disse que isso não se faz então...


Tenho até que te dizer que, meu irmão e eu estávamos falando sobre brigas com amigos, sobre correr atrás desses amigos, e até onde. Eu falei que se não fui eu quem se afastou, não vou ficar atrás e tal. E se não fui eu que fiz seja lá o que for, eu vou atrás, dependendo muito de quem seja, mas cansa e que se exploda. E quando se explode não vou mais.
Mencionei essa briga em particular com você e disse pra ele que fui atrás porque você valia que eu fosse atrás. E vale que eu vá uma outra vez.


Eu estou olhando isso e, só consigo pensar em como está grande. E tem muito mais coisas, então vamos parar. E essas coisas eu vou dizer pra você, "pessoalmente". Você entendeu. Eu espero.




(Pausa pro gif de Orkut)






Você me propôs "para sempre", e eu aceitei. Vamos fazer chegar lá.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...