~Athletic

Athletic
•[{Lonely}]•
Nome: ୭̥*ೃ [{¢inderela d̶a̶s †revas}] ୭̥*ೃ
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 26 de Fevereiro
Idade: 16
Cadastro:

Ficha para 94 edição


Postado

୭̥*ೃ Ficha para 94 edição ୭̥*ೃ


➹ Nome: Alecsandro “Alec” Tucker Houston.

➹ Idade: 19 anos. – 15 de Agosto – Signo de Leão.

➹ Aparência e descrição: Alec é um homem muito bonito e atraente. Possuí um belo par de olhos verdes azulados, cristalinos. Seu maxilar é bem acentuado, e deixa-lhe com um aspecto sexy. Seu cabelo é baixo, com um leve topete, estilo soldado, da cor castanho claro. Seu sorriso possuí lindos e bem cuidados dentes brancos. Seu olhar é desafiador e apreciativo. Alec tem um físico maravilhoso e muito bem cuidado, por conta de sua capacidade física. Seu corpo é todo malhado e definido, seus braços possuem veias salientes. Seu abdômen é definido.




➹ Distrito: Alec é do Distrito 3.

➹ Personalidade: Alec tem tudo muito bem calculado, é inflexível, e se enaltece por isso. Para ele todos são seus súditos, mesmo os seres mais queridos; tudo deve sair do modo que mandou e exige respeito, adaptação e obediência, onde quer que seja. Nada do que recebe é suficiente para ele. O triunfo é seu desejo mais intenso, e quer desfrutar dos próprios êxitos, mas até mesmo aqueles que não são seus. É um homem bastante generoso; não é traiçoeiro, e se surpreende com tais atos. Pode e sabe perdoar com facilidade, mesmo que a fúria em seu passo pareça aniquilar tudo. Alec é extrovertido, apaixonado, mas também grosseiro muitas outras vezes. Ele é muito desafiador e corajoso, não se amedronta com quase nada, não possuí medo de se arriscar ao desconhecido. Alec é forte e determinado. Pode ser autoritário e tirano muitas vezes, por sempre querer dominar e mandar em tudo e em todos. Está impondo sua vontade, a todo momento. Para ele ser honrado é algo muito importante, uma de suas maiores qualidades é a honra. Ele sabe muito bem a importância da luta pela vida. Alec adora ser alvo de admiração e desejo. É também o educador, aquele que dá o exemplo de si como lição de vida a outros. Está sempre almejando o poder para conseguir ter mais destaque na comunidade.

Não é nada raro que Alec revele seu lado orgulhoso, fazendo uso de seu estilo brincalhão e bem humorado. Se existe algo que ele realmente adora é chamar a atenção, seja através de suas qualidades intelectuais ou de seu jeito quase sempre bem humorado de resolver os problemas ou ensinar como resolve-los. Sim, ele adora mostrar o que está errado e dar a solução para os problemas dos outros! Alec não é do tipo que fica sem jeito diante de um elogio (mesmo que finja), pois sua vida gira em torno de sua necessidade de reconhecimento. De que adiantaria ser o rei da selva se ninguém notar que ele é simplesmente o melhor? Mas Alec não é do tipo que fica falando pelos cantos que é o melhor, ele simplesmente faz o melhor e espera que todos reconheçam todo seu esforço. Alec é ótimo em resolver problemas, mesmo os mais difíceis, e não é raro que passe dias e dias trabalhando até que consigam solucionar o problema. Sempre notará um ar de domínio e superioridade nele quando estiver diante de uma dificuldade, pois ele nunca abaixa a cabeça. Se Alec resolver que algo será dele, pode ter certeza de que realmente será, ele não desiste fácil.

Seu lado bem humorado e brincalhão é do tipo que tira todo mundo do sério e faz com que você se pergunte se está diante de um palhaço ou de um gênio na arte de fazer graça. Mesmo que pareça um boboca com suas brincadeiras e seu jeito exagerado, Alec nunca fará o papel de bobo da corte. Na verdade ele está apenas se fazendo notar com suas piadas e brincadeiras. Uma coisa que deve saber a respeito de Alec, é que adora bajulação, isso já deve ter ficado evidente. Mas não tente engana-lo, ele é muito inteligente para diferenciar um elogio de uma mentira! Alec não é muito de mostrar seus sentimentos por alguém, porém quando o faz significa que a pessoa é realmente importante para ele.

Alec é extremamente possessivo e ciumento, para ele tudo que é seu é realmente seu, e não divide com ninguém, seu sentimento de posse é algo irritante ás vezes. Mas ele também sabe ser um companheiro amável e muito prestativo com as mulheres, do tipo que procura fazer de tudo para agrada-las. Você não precisa de nenhum esforço para fazê-lo tomar a iniciativa de ser romântico. Ele adora mimar as mulheres.
Porém e altamente desconfiado, não confia em ninguém, apenas naqueles que ele consegui sentir vulnerabilidade.

➹ História: Alec não teve uma infância difícil ou passou por dificuldades, cresceu em uma família amorosa e super protetora. Seus pais são um casal apaixonado, mesmo tendo vários anos de casado. Seu pai, Jeff Houston, é um sapateiro muito procurado e aclamado pelas pessoas de seu Distrito, mas também da Capital, já sua mãe Rosely Margot Houston, é uma pintora incrível e muito sensível, é conhecida por seus quadros retratando a beleza da natureza.

Alec foi criado em um bairro de classe média até os 10 anos, lá ele teve muitos amigos, e com esses mesmos amigos, ele aprendeu a lutar, mas também mostrou ter certa resistência e velocidade. Desde pequeno já mostrava uma inteligência impressionante, mas também como era um ótimo estrategista. Alec sempre foi muito generoso com os menos afortunados.

Quando completou 11 anos, seus pais se mudaram para um local em um ponto melhor, onde se via pessoas com condições melhores do que as do seu bairro antigo.
Mas mesmo se mudando, Alec continuou muito amigo de Josef Alberthany, um garoto que vivia cheio de problemas familiares, pois era o único “homem” de sua casa, já que seu irmão mais velho havia morrido em um dos Jogos Vorazes. Isso levou a família a miséria, e seu pai havia morrido de câncer quando a irmã mais nova de Josef nasceu.

Alec completou 19 anos, e uma semana depois foi o grande sorteio para participar da próxima temporada dos “Jogos vorazes”, o qual seu amigo Josef foi o escolhido, Alec sabia que quem sustentava a família era seu amigo, mas Alec também ajudava eles como podia, sempre ajudou. Então como não tinha nada a perder, diferente de seu amigo, se voluntariou para ir no lugar de Josef. Ele sabia que aquilo poderia ser o início de seu final, mas não estava com medo.

➹ Voluntário (a) ou sorteado (a): Voluntário no lugar de seu melhor amigo.

➹ Habilidades: Alec tem uma força superior a de muitos. É rápido como um leão, um ótimo estrategista. Sabe confeccionar muitos objetos que ajudam em sua sobrevivência. Tem um ótimo reflexo, se esquivando facilmente. Consegue escalar com facilidade coisas altas. Também pode permanecer por 6/7 minutos dentro do mar. Não precisa exatamente de armas para lutar, pois como seus amigos haviam o ensinado a lutar, podia usar seu corpo a seu favor.

➹ Armas: Zarabatana, Machados/ facas de arremesso, Espada.
- Zarabatana:

- Machados/ facas de arremesso:

- Espada:


➹ Vai querer par? Quer que eu escolha? Sim, pode escolher. Alec é heterossexual.

➹ Vai fazer aliados ou jogar sozinho? Alec terá aliados, mas quando for preciso irá jogar sozinho.

➹ Tem noção que a partir de agora sua personagem é minha e eu poderei fazer o que quiser com ela? Claro, use e abuse dele!

➹ Mais alguma coisa? Alec não irá arriscar sua vida para salvar ninguém, apenas se for sua namorada/ parceira, mas só se ela realmente amar ele, pois acredite ele sabe quando está sendo enganado.


.¸¸.*♡*.¸ ¸.*☆*¸.*♡*.¸ ¸.*☆*.¸ ¸.*♡*.¸¸.*☆*.¸¸


୭̥*ೃ Ficha para Death Hills ୭̥*ೃ



The Death Hills are waiting for me

♠ Nome completo: Nancy Grace Cortez.

♠ Idade: 21 anos. – 28 de Fevereiro – Signo de Peixes.

♠ Aparência: Nancy tem uma beleza natural, sem precisar fazer uso de muitos acessórios ou truques femininos, mas também uma beleza profunda e misteriosa. Seus olhos azuis cristalinos são muito penetrantes, podem enfeitiçar a qualquer um. Seu cabelo é loiro cor de ouro, é belo, brilhante e volumoso. Seus lábios são cheios, hidratados e brilhantes. O corpo é esbelto e definido, muito bem cuidado, portando uma pele bem hidratada, além de ser levemente bronzeada. Seu rosto tem belas feições, e lindos traços. Sua bochecha é um tanto saliente e avermelhada, dando a ela um jeito de boneca, porém seu olhar desafiador lhe dá um ar sexy. A aparência de Scarlet (pele, cabelo, corpo) é extremamente saudável. Pesa 58 kg e tem 1,78 de altura.
Candice Swanepoel





♠ Personalidade: Nancy é delicada como uma rosa, possui muita sensibilidade, se comove facilmente com a dor alheia, graciosa como uma bailarina, sonhadora e profunda em suas reflexões, parece viver fora da realidade, e que não lhe importa o mundo ao seu redor. Ela é extrovertida, está sempre rindo e contagiando os outros com seu bom humor e riso frouxo, exuberante com seu alto astral e animação, mas também por sua beleza. Justa, odeia ver maldades sendo feitas aos outros. É extremamente alegre. Seu lar é sua máxima satisfação, a família é algo que ela preza muitíssimo. Nancy é apaixonada por arte, acredita que sua alma é artística, está sempre ligada a tudo que gira em torno desse mundo colorido. Quando quer fugir da realidade, permite começa a pintar quadros, ou simplesmente desenhar. Muito idealista com tudo, na maioria das vezes está criando algo melhor em sua mente, está sempre na busca daquilo que idealizou, não á fronteiras quando se trata de sua vontade e desejo, ela faz de tudo por aquilo que quer. Pode ser dura, mas não injusta; precisa ser aceita para não se sentir abandonada. Nancy permanece, sentindo e pressentindo o que ainda virá, e o que já foi, tentando ensinar a todos que conhece, a lição de que somos partes de um mesmo organismo, que não há separação, pois não há nada que ela mais abomine que o preconceito! Com a enorme empatia que sente pelos desfavorecidos, Nancy quer a justiça, não gosta de ver pessoas cometendo atos injustos. Está sempre seguindo com fé sua intuição e sua sensibilidade artística, principalmente musical e arte da pintura. É sentimental ao extremo, capaz das maiores loucuras e das maiores provas de compaixão humana.

Se existe uma mulher 100% feminina, esta mulher é Nancy. Ela gosta de ser mulher, de se sentir protegida e acalentada pelo homem que ama como nenhuma outra mulher. E esta feminilidade pode ser vista no modo de se vestir, falar ou de se sentar à mesa. Ela sempre nos dá a impressão de que estamos diante de uma mulher forte e muitíssimo elegante. Nancy é extremamente carinhosa e sempre está pronta para ajudar as pessoas que ama com suas palavras ternas. Ela é muito sensível às coisas que escuta, se chateia facilmente, e odeia que a critiquem. Nancy é normalmente muito mais gentil e solidária do que brigona. É preciso que seja bastante atormentada para transformar-se numa víbora. Mas dificilmente alguém consegue ter raiva dela. São poucas as pessoas que conseguem sentir inimizades duradouras. Normalmente as pessoas sentem-se muito à vontade e relaxadas ao seu lado para verem algum defeito que ela possa ter. Como ela se adapta muito bem e com toda calma às situações conflitantes, que deixariam outras pessoas com os nervos à flor da pele, é preciso muito para tira-la da sua calma. Nancy está mais interessada nos prazeres da vida do que no valor das coisas. Um lugar luxuoso, mas sem calor humano, que não seja acolhedor não conseguirá impressiona-la por muito tempo. Ela não é do tipo que fica acordada pensando no amanhã, preocupada com o que vai fazer quando estiver aposentada, ou coisas do tipo. Nancy vive o presente e não se deixa levar pelas incertezas do que ainda está por vir. Mas, este desprendimento não quer dizer que ela não seja sonhadora. Na maior parte do tempo ela se deleita com seus sonhos e fantasias. E é nestes sonhos que ela se refugia quando está magoada. Ela conhece muito bem o lado mau da humanidade, mas prefere viver no seu mundo onde tudo é belo e perfeito. Não se preocupe se ela resolver ficar algum tempo neste seu mundo, escondida da sociedade e dos seus males. Na verdade isto não passa de uma espécie de terapia que ela usa para limpar de sua mente as inseguranças e os medos. Quando ela resolver sair, vai estar renovada e pronta para enfrentar o que vier pela frente.

De vez em quando ela vai tentar ocultar sua timidez e vulnerabilidade com gracejos, tentando parecer fria e independente, porém tudo não passará de um manto protetor, usado para esconder sua insegurança de pessoas rudes que poderiam machuca-la. Nancy costuma falar devagar, pensa com suavidade e procura tratar de sua própria vida, embora muitas vezes esteja sujeita aos problemas dos amigos e parentes, que correm para ela para contar seus dramas. Ela escuta com toda atenção, e você pode sentir-se tentado à contar-lhe seus segredos, mas procure ir com calma. Ela é muito sentimental, e pode absorver facilmente os problemas alheios. Por ser tão sensível, significa que ela pode viver as emoções dos que procuram seus ouvidos e atingem seu coração.

♠ História: Nancy nunca teve uma vida fácil, mesmo assim nunca desistiu de seus sonhos. Quando tinha sete anos foi abandonada por sua mãe em um orfanato em Florença, na Itália. Por ser tão sentimental, ingênua e insegura, sofreu muito nas mãos das outras crianças, mas também de alguns empregados do orfanato. Todas as noites chorava baixinho, rezando que um dia sua mãe volta-se e a tira-se daquele lugar cruel, mas isso nunca aconteceu. No curto período que Nancy viveu com sua mãe não foi maravilhoso, bem longe disso, mas pelo menos ela tinha alguém que a amava, e isso já lhe bastava. Sua mãe era garçonete em um bar, com isso viveu sendo perseguida por assédios vindo de homens doentios, mas ela aguentava tudo por sua filha, tinha que sustentá-la. O pai de Nancy, era um advogado rico, que após engravidar sua mãe, sumiu do mapa, para um ano depois ressurgir casado com uma mulher rica igual a ele, ou até mais. Enquanto mantinha um romance com sua mãe, era noivo dessa mesma mulher com quem se casou. Porém, Nancy nunca foi atrás dele, não se humilharia para ele, criou sua filha sozinha, até onde conseguiu pelo menos. Nancy foi criada até o sete anos em uma pensão, não era o melhor lugar, mas pelo menos tinha um teto sobre sua cabeça. Sua mãe ganhava uma merreca, não dava para comprar quase nada, e não sobrava muito para elas. Nancy sabia dos problemas que sua mãe enfrentava para dar o básico a ela, sendo assim nunca pediu nada, mesmo quando seus sapatos estavam gastos demais para andar, ela nunca pedia nada, sabia que sua mãe choraria por não ter como dar um par novo, e odiava vê-la naquele estado. Sua mãe cansada de ver a filha sofrer por não ter nem um par de sapatos novos, resolveu começar a trabalhar como diarista nos fins de semana. Isso a esgotava, porém era a única maneira que havia encontrado. Com o passar dos meses, Nancy teve uma melhora em sua vida, mesmo sendo minúscula, mas sua mãe estava muito cansada sempre. A mesma começou a trabalhar em vários locais, e isso a deixava morta, porém necessitava fazer aquilo por sua menina. Mas ela começou a sofrer novamente com o assédio, e ainda por cima de um homem casado, o qual ela limpava a casa. Quando esse mesmo homem tentou estuprá-la, foi obrigada a se demitir, porém, ele acabou com seu trabalho como diarista. Isso deixou ela sem condições, e foi obrigada a colocar a filha em um orfanato.

Quatro anos depois, Nancy foi adotada por um casal de fotógrafos. Mas como nada na vida dela é fácil, seus pais adotivos começaram a explora-la com trabalhos publicitários, pela beleza que a garota possuía. Nancy fugiu da casa deles, e foi parar mais uma vez em outro orfanato. Seus pais adotivos não pararam até encontrar seu pote de ouro, no caso Nancy. Eles tentaram adotá-la mas não conseguiram, a diretora do novo orfanato, ajudou Nancy a se livrar daqueles abrutes.

Com 14 anos, ela finalmente foi adotada, dessa vez por um casal decente, que a amaram pela primeira vez que quando colocaram os olhos nela, que naquele ponto já estava muito ferida psicologicamente. Eles pagaram psicólogos e terapeutas para Nancy, pois eram ricos. Ambos são médicos. Nancy finalmente conseguiu um lar bem estruturado, onde é amada e bem cuidada. Ela nunca deixou de sorrir e sonhar, mesmo com tantos traumas em sua vida, continuava doce e gentil.

Terminou a escola paga por seus pais, e começou a cursar um a faculdade de contabilidade, porém fazia cursos de pintura, já que essa era sua paixão. Mas continuava em busca do emprego perfeito, até receber uma proposta. Mesmo sua vida mudando para melhor, Nancy ás vezes vai para um mundo perfeito que criou em sua mente, para se esquivar do mundo real, das inseguranças e medos que a cerca.

♠ Dupla: Disponível.

♠ Relação com a dupla: Nancy é muito companheira e amiga. Faz de tudo para ajudar e confortar sua dupla. Estará sempre disponível para ele/ela. Está sempre disposta para escutar seus problemas, e dar sugestões para resolvê-los. Tentará ao máximo animar e diverti-lo. Mostrará como se importa e gosta a todo momento. Além de tentar sempre protege-lo, e se livrar daquilo que possa causar-lhe mal. Mantém sempre palavras amigas.

♠ Por que teria sido escolhido? Por ser muito responsável, confiável e inteligente, além de ser enérgica, nunca se cansa facilmente. Mas também o fato de conseguir arrancar os segredos dos outros sem querer, por ser muito confiável.

♠ Habilidades: Escalar lugares altos. Criar abrigos e armas com qualquer coisa. Sabe um pouco de Muay Thai. É estrategista. Memoriza as coisas com facilidade. E seu sexto sentido nunca falha, por ser muito apurado. É muitíssima criativa, por isso tem ótimas ideias. Corajosa de certo modo e rápida. Ela possuí uma ótima mira.

♠ Arma:
Sua arma é uma Zarabatana, já que ela possuí uma mira incrível. A Zarabatana solta dardos com veneno, que mata na hora.


♠ Gostos: Nancy gosta de conversar para passar o tempo, mas ás vezes prefere apenas o silêncio. Gosta de lugares calmos e bonitos, de tirar fotos de outras pessoas. De comer comidas diferentes, que a façam rir facilmente. De cheiros doces. Ama perfumes, como também ama animais. Pessoas boas e gentis. De gestos cavalheiros. De ler romances. De escutar músicas, mas o que ela mais ama mesmo é pintar em tela, ou desenhar. É apaixonada por filmes. Também gosta de dançar, mesmo não havendo música, e curte apelidos carinhosos.

♠ Desgostos: Pessoas inconvenientes e infantis. Lugares apertados, animais pegajosos. Pessoas covardes, que não se arriscam. Que maltratem algum animal ou pessoa. De ver gente chorando. Que escondam algo importante dela. Desconfiança, e pessoas traiçoeiras e infiéis. Gente mesquinha e ignorante. Que pergunte sobre seu passado, isso a machuca muito. Mau odores.

♠ Medos: Palhaços, de ficar perdida e sozinha. De esquecerem dela. Cobras. Ficar presa em um lugar sujo e apertado. Que decepcionar aqueles que precisam dela. De não ser boa o suficiente.

♠ Manias: Passar as mãos pelos cabelos quando está tensa. De se perder em seu mundinho que ela criou quando está magoada ou se sente frágil. De pintar dias e dias sem se preocupar com nada, até deixar de comer. De se desligar do mundo quando está entediada. De bater palmas quando fica alegre. De coçar a nuca quando está preocupada. Ou ficar dando pulinhos quando fica com medo.

♠ Hesitaria em matar alguém? Sim, ela não acha que tem direito em tirar a vida de alguém, porém se fosse preciso matar para salvar a vida de pessoas que gosta ou ama, ela mataria sem pensar duas vezes.

♠ Algo mais? Nancy fala várias línguas, como inglês, alemão, francês, espanhol, italiano, grego, árabe, português, holandês e um pouco de catalão.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...