Youth (INTERATIVA)


Postado

Lisa Walker

— Nome Completo: Lisa Walker
- Apelido: Lisa, Lis, Walker

— Idade: 17

— Orientação Sexual: Bissexual
- Quer par? Sim

— Aparência:




- Nome: Lauren Jauregui

— Personalidade: Ela escolhe a dedo quem vai fazer parte de seu ciclo social, preferindo pessoas que são estranhas, igual a ela, e não aquelas pessoas superficiais que parece que vieram de comercias na televisão. Ela não é um bad girl mas também não é aquela nerd tímida que não consegue falar com ninguém, ele é a Lisa, tem pose de durona, é rebelde, mas só por acreditar que deve viver a vida do melhor jeito, sem se importar com o que pode acontecer amanhã.
Lisa é uma pessoa bem tranquila e não é de falar muito, ela acredita que sua opinião quando não requisitada não é importante, pois ninguém se importa, por isso só fala o que pensa quando alguém lhe pergunta, senão, guarda para si mesma. Ela pode demorar um tempo para realmente confiar em alguém, observando a pessoa e decidindo se vale a pena ou não ela se aproximar mais, se não, ela somente sorri e conversa superficialmente.
Para pessoas desconhecidas não deixa transparecer que ela tem qualquer problema na vida dela, sempre sorrindo e tentando ajudar.
Ela gosta de sustentar seu sorriso para qualquer situação em que se encontra, mesmo que algo ruim aconteça, é como um deboche de sua parte do tipo “não me importo” ela consegue ver graça nas coisas por muitas vezes ruins tentando mostrar que não está abalada, mesmo que seu coração esteja quebrado em mil e seus sentimentos uma confusão. Não quer se sentir derrotada, ou pelo menos, não quer que os outros saibam que ela foi derrotada.
Lisa é uma garota que sabe o que quer e consegue. Porém não pensa antes, o que pode acarretar muitos problemas, ele pode simplesmente decidir algo em questão de segundos e quando feito se arrepender de não ter pensado melhor. Ela sente tudo intensamente, gosta de viver como se fosse o ultimo dia.

- Gostos e desgostos:
Gostos:
Ouvir música, principalmente rock
Filmes, em especial os de terror e os noir, sendo seus diretores/cineastas favoritos Hitchcock, Polanski e Tarantino.
Ler
Correr
Boxe
Escrever letras de música
Pintar/ grafitar
Cantar
Tocar piano
Cigarros
Café (tem insonia então café para ela é bem útil)
Super-heróis (I’m Batman)

Desgostos:
Que a contradigam
Que a mandem fazer algo (basicamente de regras e pessoas mandonas)
Mudanças
Chantagem emocional
O sistema escolar tradicional que ela caracteriza como nada útil para a vida fora da escola

— História: Lucy deu à luz à Lisa dia 19 de setembro de 1999, às 13h36. A mulher já tinha um filho e uma filha do casamento anterior com Robert que morreu de overdose e então Lucy se casou com Steve, pai de Lisa e irmão de Rob.
Tiveram Lisa e Nick no intervalo de quatro anos. A família mora em um bairro perigoso de São Francisco [eu li que um dos mais perigosos é o Tenderloin] Lucy é garçonete e Steve com os anos ascendeu no cargo de traficante, deixando o trabalho de sustentar e cuidar da casa com Lucy e os filhos, enquanto o homem estava em casas noturnas ou comandando o tráfico em partes da cidade.
Depois de anos envolvido nesse mundo o pai de Lisa foi preso, graças a “parceiros” que o entregaram em flagrante. Nessa altura, Lucy começou a desacreditar que o homem realmente a amava, Christina (irmã mais velha) foi para o outro lado do país tentando fugir da vida que o padrasto impunha a todos, Adam (irmão mais velho) já estava morto, assassinado por inimigos do padrasto, Lisa e Nick foram os únicos que ainda punham fé no pai, o visitam sempre que podem na prisão e querem que os que fizeram isso com o pai acabem do mesmo jeito que Steve.

— Relações:
Mãe: Lucy Walker – Elas brigam muito, Lucy está sempre trabalhando e dando mole para caras desconhecidos o que acarreta muitas brigas entre as duas. Lisa prefere ficar fora quando a mãe está em casa.
Pai: Steve Walker – Lisa o ama muito, acredita que ele seja o único que a entenda. Eles conversam sobre quase tudo quando ela visita ele, porém tem medo se ele descobrir que ela tem preferência amorosa por mulheres.
Irmãos:
Christina Walker – Depois de Chris se mudar as duas quase não se falam, Christina odeia a situação que o padrasto colocou a família e ela e Lisa discutem sempre que esse assunto é tocado.
Adam Walker – Morreu há seis anos, ele sempre foi muito carinhoso e protetor com os irmãos, era como um verdadeiro pai, mesmo tendo somente 16 anos.
Nicholas Walker – Os dois são muito companheiros, Lisa se sente no dever de protege-lo, os dois conversam sobre tudo.

— Observações:
Tem três tatuagens, todas inspiradas em musicas:


(Love will tear us apart by Fall Out Boy)


(Asleep by The Smiths)


(Good Man by Third Eye Blind)


Tyler Collins

— Nome Completo: Tyler James Collins
- Apelido: TJ, Ty

— Idade: 22

— Orientação Sexual: Heterossexual
- Quer par? Sim

— Aparência:



- Nome: Jack O’Connel

— Personalidade: Ty é um garoto bem peculiar. Ele nunca tirou boas notas no colégio, por isso largou a escola aos 16 anos. Porém você consegue conversar com ele sobre variadas coisas e sempre descobrira algo novo. Gosta de desafiar os outros e pode se tornar muito agressivo em questão de segundos.
Ele não é um mal garoto, apesar de não ser a pessoa mais calma do mundo, ele só machuca quem ele julga merecer, isto é, quem desrespeitou ele ou alguém que ele goste, gosta de usar sua pose de durão e bad boy para afastar as pessoas superficiais, ele gosta de ser temido e respeitado.

- Gostos e desgostos:
Gostos:
Ouvir música
Ler
Beber
Andar por aí sozinho observando as pessoas
Filmes de terror/suspense (ou assistir “Investigação Discovery”)
Escrever
Desgostos:
Dias com muito sol
Pessoas superficiais
Que duvidem dele

— História:
É fruto de uma relação extraconjugal entre um advogado e uma secretária [Ok, isso é clichê], e logo após ficar gravida sua mãe se demitiu e mudou-se para São Francisco onde a família morava. Tudo estava normal até ele completar 16 anos e decidir largar os estudos, sua mãe o expulsou de casa e ele virou barmen de um bar muito conhecido. Aos 20 sua mãe se suicidou, muitos dizem que é por causa de inúmeras desilusões amorosas e o desapontamento com a vida somado com a depressão, porém Tyler sabe que o motivo é sua extensa dívida por drogas, que depois da sua morte Ty teve que arcar até o último centavo, o que o ajudou a virar um cliente assíduo.

— Relações:
Pai: Desmond Johnson – Os dois nunca se falaram.

Mãe: Dakota Collins – Antes de sua morte deixou bem claro seu desapontamento com o filho, não falava mais com o garoto.

— Observações:
Tem três tatuagens




P.S.: De preferencia que eles não sejam um par :)
Espero que goste deles!!


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...