~Puritanaa

Puritanaa
Bi+che's
Nome: Вαвs ღ ̶ (ex;@;imprestavel]
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: 31 de Outubro
Idade: 10
Cadastro:

[ Ƒ Ɨ ƈ h - Λ ] Doolhouse. || {{ ƒ ł с ħ Δ }} DIWK? || [ Ƒ Ɨ ƈ h - Λ;;}} AZ


Postado




» Nome
MinHo Park (최소 호 지 공원) – Sinceramente? Não se preocupa nem com o significado de seu nome, e muito menos com apelidos. MinHo, apenas isso.

» Sobrenome
Park

» Apelido(s)
Apenas MinHo.

» Idade
19 anos apesar de aparentar ter vinte e três por conta de sua altura e expressões faciais. Muitas pessoas se impressionam com a idade de MinHo, já que sempre acha o que o garoto já tem vinte anos. Nasceu no dia 13 de outubro de 1994, fazendo com que o mesmo se torne um Libriano.

» Aparência
Consideravelmente alto, tendo de altura 1,85 – com sua altura, muitas pessoas também se enganam com sua idade – tem um corpo definido mas não tanto, possivelmente se usar alguma camiseta branca colocada ao corpo irá perceber os “gominhos” ali. Tem cochas consideravelmente fartas, por sempre ir na academia.Não é magro e nem gordo, talvez pese em certa de 66 kg.Sua pele é de um tom escuro, considerado a maioria da cor dos coreanos, tanto que na infância teve alguns apelidos como “o gato negro” o que achava idiota. Sua pele tem em um tom moreno belo, a qual se destaca mais ainda quando está no sol. Possui cabelos negros naturais, geralmente o esconde com um boné já que tem preguiça de ajeitar o mesmo. Porém, já pintou o cabelo de tantas cores que não fique surpreso caso do dia para a noite o ver de cabelo azul. Seus lábios são o que mais se destaca por ser grossos e avermelhados, em um formato engraçado de um coração e um simples sorriso de canto será possível observar suas presas. Seus dentes são bem alinhados e brancos, por ter total cuidado com o mesmo. Quando sorri seus olhos automaticamente ficam quase que fechados por serem pequenos, no fim deles tem um “puxadinho” além de ter o puff eye – bolsinhas debaixo dos olhos – seu nariz é como os do coreano e um pouco arrebitado. Seu maxilar tem uma forma máscula e seu rosto ao mesmo tempo parece ser juvenil. Usa sua aparência ou “beleza” – assim como os outros chamam – para conseguir qualquer coisa, e nem sempre funciona. Isso é claro irá depender da pessoa. Não tem um estilo de cabelo típico, porém gosta de o deixar mais bagunçado as vezes – fazendo um torpete, ou “onda” – também costuma deixar seu cabelo com a franja caindo em seus olhos – apesar de não usar muito – Possuí três tatuagens apenas

» Opção Sexual
Demisexual ― É uma orientação sexual, como os outros, não é uma opção, mas um modo de ser. Uma pessoa demisexual define-se como uma pessoa que não desenvolver o interesse sexual com uma pessoa a menos que no caso de uma pessoa com quem ele tem um forte vínculo emocional.

» Personalidade
Você pode interpretar ele do seu ponto de vista, mas diremos que o rapaz não tem uma das melhores personalidades de todo o mundo, para muitos é considerado um ousado cheio de problemas que gosta de se aparecer só para chamar atenção dos outros – e talvez seja isso – porém devo dizer que todo “rebelde” – assim em minha teoria – tem sempre um motivo para querer se aparecer mesmo. Já parou para pensar por que dessas criaturas serem tão petulantes e chatas? Talvez sim, então vejamos como poderemos nos aprofundar nisto. Considere o moreno um rapaz bipolar, ou milpolar, ele pode ter várias personalidades em um minuto apenas. Isso irá depender de seu humor – o que sempre está ruim – ou de sua calma – que também é algo difícil de encontrar no garoto – quero começar a dizer que, tem que quebrar um pouco a cabeça se quer ser algo do rapaz. Sempre teve um temperamento difícil para alguém de sua idade, sempre aparece com uma expressão séria e é raro o ver sorrindo – só se estiver tramando algo, ou simplesmente estiver rindo da desgraça alheia dos outros – será difícil o ver puxar a conversa – só se for uma apresentação – e olhe lá, por que caso for abrir a boca será capaz de sair algum xingamento. Tem uma boca muito suja, vive reclamando da vida e xingando tudo o que ver pela sua frente, parece ser um vulcão em erupção. Por isso tome cuidado quando ele explodir, por que muitas vezes pode machucar os outros. O moreno é um rapaz petulante, fala as coisas sem pensar e nem se importa se irar de fato ou não machucar os outros, até por que , todavia passou por momentos ruins e nunca teve nenhum amigo sequer para passar a mão pela sua cabeça. Ele simplesmente dá um “F*da-se “ para os sentimentos e para a expressão de choros de algumas pessoas, quando ele realmente cutuca na ferida. Muitos o denominam de sádico por sempre estar rindo das desgraças dos outros, mas ele não é assim acalme-se. Bem... É isso que eu realmente gosto de pensar nele.
Irônico e sarcástico são duas personalidades que combinam perfeitamente com ele. Não vai ter nenhum sequer momento que ele ira soltar uma piadinha sem graça para alguém. Não é nenhuma novidade que ele não se importa em receber xingamentos, sermões e entre outras coisas. O rapaz não se importa com a opinião dos outros – ditos por si, ele apenas ignora o mundo – e não ache que qualquer coisa ofensiva vá machucar o moreno. Já fez tantas coisas que até Deus desacredita. E não falo isso com total exagero, quando digo que ele é alguém difícil de lidar é realmente sério. Principalmente quando ele está com ciúmes de algo, apesar de tudo o rapaz pode sentir ciúmes por algum amigo ou até mesmo um conhecido – a qual sente algo – ele ira se tornar obsessivo, ele passa dos limites e costuma machucar as pessoas quando está neste estado. Fala as coisas sem pensar, não se importando com o que isso irá causar no futuro, apenas tem a língua afiada e não tem o controle dela. Quando explode, ele realmente não consegue parar. O mesmo se acha parecido com uma bomba relógio que qualquer momento pode explodir – em outras palavras, ele se torna imprevisível em seu comportamento obsessivo – por isso tome bastante cuidado com esse seu limite. A sua sinceridade pode matar alguém, tanto que ele sempre diz emburrado que “A sinceridade dói” e realmente devo concordar com o mesmo. Caso queira uma opinião do rapaz, pense bem se quer saber mesmo! Por que dependendo ou não, se a coisa tiver feia – sem permissão – ele ira ser do jeito “sincero dele”. É necessário afirmar que o moreno é um grande cafajeste perverso, digo isso em todas as formas. Ele poderá tramar qualquer coisa só por você encarar ele, irá fazer coisas que Deus desacredita e sinceramente? A maioria das pessoas se assusta com essa forma do mesmo.
Agora você deve estar dizendo a si mesmo que o rapaz é um dos piores caras da fase da terra. Mas relaxe um pouco, como dito pelo menos todos nós temos um lado bom e ruim. Achei melhor começar pelo ruim para não enganar-se muito, e agora iremos para o lado bom. Até por que, apesar de todos esses males, ainda é uma criatura como qualquer outra. Ele sente assim como você sente, e chora assim como todos nós choramos.
A aparência do rapaz pode até mudar toda esta personalidade ruim dele, o que de fato é verdade. Se na boca dos outros, alguém dizer o verdadeiro “MinHo” as pessoas irão desacreditar, por que como um rapaz tão belo e com um rosto angelical poderia ser tão mal e depravado? E é nessa parte que MinHo ri de como as pessoas são tão idiotas, “As aparências enganam” isso é o que ele sempre diz. Apesar de todos esses males, ele tem um momento mais calmo. Você o verá sendo ele, quando estiver fotografando algo ou simplesmente pintando – por isso é melhor deixar ele quieto – é o remédio do dia-a-dia e para ele não tem coisa melhor do que sempre praticar suas habilidades. Geralmente quando está pensativo, costuma ir para um local escuro para assim ficar apenas ele e seu pensamento. Às vezes precisa desabafar consigo mesmo, então não estranhe ao o ver perambulando cantarolando algo ou até mesmo sussurrando algumas frases que lhe toca. Costuma ser educado com aqueles que merecem sua educação, e talvez é assim que você verá que ele não é uma má pessoa. Não coloca a mão no fogo para ninguém, mas protegerá aqueles que pra si pode confiar. Quando está envergonhado costumado coçar sua nuca e mexer em seu cabelo em uma simples disfarçada de sua frustração. Em alguns momentos pode se parecer sensível e vulnerável, talvez tenha se lembrado de seu sombrio passado e caso tenha sorte, só assim irá ver o mesmo chorar. Para acordar cedo vera um MinHo manhoso e preguiçoso, ele não consegue levantar de sua cama e caso abrir as cortinas para deixar a iluminação entrar no quarto, irá ver um grande bico formado em seus lábios. Sim, o grosseiro também é infantil, tanto que já assistiu tantos desenhos e costuma brincar com cachorros como se fosse uma criança de nove anos. O que não sabe, é que isso é apenas para lembrar-se de alguma lembrança boa de sua vida.
Você pode ver ele triste no dia 16 de abril, foi uma data bastante sombria para ele e sempre costuma ficar calado e magoado por ai. Talvez esteja se perguntando por que desse confuso comportamento do rapaz, como disse a maioria dos rebeldes sempre tem um motivo para ser um rebelde, e isso é o caso de MinHo. Seus pais adotivos sempre foram 100% atencioso ao trabalho. E, todavia MinHo vivia brincando sozinho com seus bilhões de brinquedos que cada dia ganhava, a riqueza não trazia felicidades ao rapaz. Sempre pensou como seria sua vida sem a fortuna de seus pais, sempre foi rodeado de amigos falsos e inconvenientes por causa de seu dinheiro. Sem se falar das tantas meninas que viviam agarradas a ele por causa do cheiro abusivo da grana boa. Não recebia atenção de seus pais e pra ele – em seu pensamento idiota – a única forma de chamar a atenção deles era os deixando irritados. Por isso, sempre respondia com petulância e ignorância com seus pais, ignorava todos os tipos de reclamações e vivia manchando a imagem da família – como em um dia que em um baile de mascaras acabou dançando hip-hop com a bandeira da coreia do sul em seu traseiro – e não, ele não se arrepende de todas as idiotices e burrices que fizera em sua vida. Por que isso sempre estava estampado em seu peito o orgulho. O orgulho sempre caminhou de lado do MinHo, caso ele cair ele iria se levantar sozinho, caso estive-se magoado iria resolver sozinho, por que para ele tudo, depende de si mesmo. Você não irá conseguir ser rico se não depender de seu esforço e de sua total sabedoria, por isso para ele, sempre esteve sozinho no mundo e é assim que irá morrer. É bastante insistente e convencido. Qualquer coisa que entrar em sua cabeça não vai ter ninguém que irá mudar está situação. Nenhuma opinião, nem que o papa negue irá continuar na mente do rapaz. O convencimento é seu inimigo, já que as vezes ele pode se ferrar muito por causa dele.
Então para finalizarmos, MinHo é um vulcão imprevisível que a qualquer momento pode entrar em erupção. Mas como todo vulcão, tem momentos que “dorme” e nesse momento apenas irá ver um lado que nunca pensou que iria ver vindo do rapaz. É rebelde por querer apenas um pouco de atenção, quer atenção para poder se refugiar de seus medos e de seus sentimentos, quer um pouquinho de atenção para pelos menos quem sabe, ser alguém feliz na vida. Ele apenas foi ele mesmo, e quer saber? Irá continuar sendo ele mesmo, por que o que ele vê em seus olhos de si mesmo é um menino bobo magoado querendo um pouco da atenção que não recebeu daqueles que deveriam cuidar dele sempre.


» Gostos
Korean Pop
Japan Pop
Brigas, fatos acontecimentos de psicopatia.


» Desgostos
Não gosta muito das pessoas.

» História¹ [Vida antes de ser sequestrado(a)]
A vida de MinHo sempre foi perfeita. Desde pequeno teve sua vida numa cidade pequena, encontrada em Daegu em Seul. O lugar onde vivia era classe média alta, onde haviam pessoas para fazer o que quisesse. Os comandos dentro da casa de MinHo Park eram obrigatórios a ser feitos, já que tudo isso iria de uma forma de bem a melhor. MinHo sempre foi um garoto muito egoísta em sua infância, por isso nunca havia conseguido amigos nenhum. Durante a pré adolescência encontrou uma pessoa, onde ela o contava histórias tenebrosas, e que realmente aconteciam.

» História
MinHo foi sequestrado durante a sua formatura escolar de 3° ano. Era uma sexta-feira, onde todos estariam prontos para saída de formatura, e depois, a tão esperada viagem. Foi durante a tal que o menino foi sequestrado e quase morto pela inocente Sally. Foi uma das piores torturas, que foram dias, mas pareciam séculos.

» Sequestrador
Sally - Tem uma ligação grande com a pequena garota, porém, não se deixa abalar com isso. Continua com sua personalidade, porém, com um forte convívio. Não é apegado de mais, e nem deseja ser no futuro. Sabe diferenciar a hora certa de parar com as coisas.

» Amigos
Normalmente é um pouco quieto, mas tem suas brincadeiras e zoações. Sabe diferenciar o bem do mal, e não é de dar concelhos. É quieto e na sua, apenas conversa com seus amigos se tiver um bom motivo que agradará a ele.

[color=#FF6103]» Inimigos

Normalmente, Park ele tem vontade de escutar os gritos agoniantes, pedidos de socorro e os grunhidos dos inimigos. Não gosta de assassinar diretamente, apenas gosta de torturar, e a que ele mais gosta é deixando a pessoa e cabeça para baixo num tanque com água, cobrindo uma parte do nariz, e deixando a boca para fora, isso deixa a pessoa mais agoniada. E a outra é arrancando fio-por-fio e colocando vários palitos de dentes em baixo das unhas.

» Elizabeth
A trata como todos, porém, se for um inimigo, irá ignora-lá até a mesma vier tirar satisfações, se o fizer, tentará ganhar a guerra. Agora se forem amigos, fará como são amigos.




Frase:
““Ninguém nota sua dor, ninguém nota suas lagrimas, mais todos notam seus erros.”
— Harry Styles”.

Nome:
Kim Sooyoung ─ Bem, ele não tem o que comentar sobre o nome.

Apelido:
Normalmente, seu famoso ''apelido'' sempre foi '' O cara dos olhos puxados'', mas acha horrível. Prefere ser chamado apenas de Young ou Kim Young. Se o nome for difícil para as pessoas, podem o chama-lo de jovem, que é derivado de Young - Jovem.

Idade:
Vinte anos odiáveis. Sabe quando achamos que vamos ser finalmente livres quando completarmos dezoito? Quando você acha que irá ver todos os filmes com restrição de idade, quando irá beber até desmaiar na rua e ser carregado por um amigo, que irá dirigir para onde quiser, fazer filhos, atropelar pessoas. Pois é, pensava em todas essas possibilidades com sua mente infantil. Agora todas elas foram por água a baixo e nada disso aconteceu porque não é idiota o bastante para acabar com a vida logo quando ela está tentando começar. Deseja voltar para o útero da mãe e ser um feto preso, lá ele não precisava nem ao menos mastigar.

Sexo:
Sexo Masculino,

Orientação sexual:
Pansexual.
Não há uma opção que possa o definir completamente, encurtando o falatório ele não dá a mínima para quem ele ame. Seu coração dolorido apenas serve para pulsar o sangue pelo corpo e o iludir com sentimentos, mas caso algo venha dar certo em sua vida pode o considerar o Beta do relacionamento; irá brigar com qualquer Alpha que se meter em seu caminho para tira-lo de onde já marcou território.


Posição
Passivo. Mas não é aqueles clichês, que na maioria das vezes o passivo é o mais delicado. Young é um garoto que não é nada delicado em relação a isso, e sim, o contrário, é bruto.

Aparência:
Da cabeça aos pés é uma pura ''divosidade'' de pessoa, quem pode negar? Com os cabelos negros acompanhado de uma bela franja penteada com a paciência de uma garça bebendo uns uísque, pensa um dia em pintar de loiro e sair gritando quem é a bicha loirona poderosa da parada, mas é claro, precisa primeiro ter dinheiro para comprar a tinta e contratar uma cabeleireira profissional pois se deixar para ele fazer isto sozinho provável de amanhecer careca. Os orbes negros em forma de pequenas amêndoas piscam a cada meio segundo quando sua mente tenta processar muitas informações ─ ou quando acaba de acordar. Sua altura é ótima para sua idade ─ bem, ele acha que é ─, na última vez que visitou o posto de saúde estava com seus 1,73cm e quem liga para o peso? Ele não liga, tudo o que importa é manter o abdomen definido por mais longos anos de sua vida jovem adulta.

Pensou em fazer tatuagens em uma certa idade, porém nunca teve coragem para tal, mas escolheria tatuar a imagem de sua bias no braço se um dia pudesse encontrar um tatuador de confiança. A pele alva vampiresca é marcada com uns dois ou três tapas deixando na região uma poça vermelha, até parece que menstrua pelo corpo.

Os pontos odiáveis de sua aparência são as orelhas ─ que ainda não colocou um alargador ─ por serem grandes demais para si além do seu nariz ser a mesma merda, deveriam dar as mãos e comer juntos na hora do lanchinho concluindo que acabou puxando essas partes de sua mãe, lembra-se de colocar essa parte na cartinha. Também há uma certa mania chata onde acaba piscando o olho esquerdo, apesar de aparecer extremamente sexy não deixa de ser algo irritante e odiável.


Famoso (a) que o (a) representa:
JB [ GOT7]

Personalidade:
Um garoto que passa distante da responsabilidade. Não gosta de forma alguma ser o encarregado em pensar, fazer, procurar e afins, mesmo funcionamento com favores não adianta o quanto o pedir e de primeira pode notar o quanto é inútil. A maior parte do tempo vai vê-lo da mesma forma; jogado nos cantos dormindo ou apenas cochilando quase caindo no chão de tanto sono ─ que é questionável de onde surge tanto ─ Imagine uma pessoa que não deixa de dormir a noite e também dorme a tarde ─ se deixar o dia inteiro ─ vinte e quatro horas por dia, apenas se levanta pra comer e procurar algo divertido para se fazer. Isso resume todos os seus dias, quando não está perturbando alguém, quando não está sendo perturbado e quando não está comendo, acredite, ele está dormindo em alguma sombra ou cadeira que encontrar pela frente.

Há sempre uma vontade insaciável de estar certo das coisas que faz, digamos que tenta de tudo para ter mais conhecimento e quando o tem até se gaba mentalmente, mas não que chegue aos ouvidos alheios. Todavia lados negativos são de longe a metade do quebra-cabeça; desrespeito ao próximo é uma delas, porém não é a cereja do bolo. Quando digo isso quero dizer que não importa qual doença ou dificuldade física você tiver, ao colidir com este está pedindo automaticamente para ser xingado ou maltratado. Um exemplo real; na fase de sua adolescência dividia a mesma sala de aula com um cadeirante e num belo dia os dois fizeram duplas por causa de um estúpido sorteio, fora o pior dia de Sooyoung e para o menino cadeirante também pois ele foi pregado na cruz pelo mesmo ( chegou a empurra-lo e colocar obstáculos em seu caminho para a cadeira cair no chão, algumas vezes jogar piadinhas como; "qr q eu fassa uma descida para vx ir pro inferno", "amigo anda com isso ai, aé se n pode", "dsclp perrguntar mais como sua mae fez uma rampa no utero dela pra vc nascr", mas apesar de tudo ganharam a nota mais alta em física ).

Estressadinho, paciência curta, mal-humorado tudo que possa conter estresse seria o principal para descreve-lo por completo até o ponto de sua alma. Acorda reclamando, passa o dia xingando tudo ao seu redor e a noite termina cochichando seu ódio. Se pega-lo nesses dias irá encontrar tendo sua crise estranha de gritos, chutes e socos no ar para se acalmar de uma maneira ruim e estúpida que só ele faria. Felizmente não é de guardar rancor, porém ileso não vai sair; aguente a chinela de pau querido colega sem sorte.

Quando se trata de bagunça está de frente ao rei; desleixado a ponto de jogar a toalha suja ─ ou coisas piores ─ na cara do coleguinha, deixar resto de comida jogado pelo quarto e depois correr quando vê a barata andar no último pedaço de pizza, não organizar suas revistas p0rn pela preguiça extrema que habita dentro do seu coração cheio de trágicos acidentes de carros. Bom, no resumo pode ver que vive em um chiqueiro, mas lá no fundo não da importância já que passa mais tempo no lado de fora sendo uma criança hiperativa sem a coleira dos pais.

Todavia ultrapassando sua crise de pelanca em horas mais necessárias estará ali ao seu lado, mesmo sendo inconveniente se achando o sabichão e dizendo o típico “eu te avisei” ou “qual é seu retardo??ww”, estará disponível para ser um ombro amigo, porém não será bom ouvinte. Não há uma mudança de quem é próximo ou distante, continua sendo ele mesmo sem tratar melhor ou pior, não importa quem seja, nunca irá ficar de boca fechada sem falar várias merdas e palavrões em alto e bom som. O seu lado mais animado encontra-se andando juntamente a este, sempre estará rindo exageradamente acabando com qualquer paz, insinuando por gestos coisas obscenas e atormentando a vida das pessoas com sua presença. É um pseudo-fofoqueiro querendo saber o que passa nas vidas das pessoas mesmo não sendo de sua conta; vamos ser francos todo mundo adora saber o que acontece nas vidas alheias e Sooyoung não fica para trás.

Para finalmente por um ponto final em toda essa chuva absurda de um demônio que brotou na terra, termino dizendo sobre sua duvidosa sensibilidade e uma mente virada para as segundas intenções. O caso de ser sensível é mais para coisas que realmente conseguem o abalar ─ o que de certa forma é fácil de se encontrar ─ e por ser um pervertido, é uma acusação um tanto direta. Ele é completamente cheio de ideias eróticas e muitas delas chegam a se tornar sonhos de uma fase simples até a mais estranhas que o ser humano possa imaginar, latinha de refrigerante até bastões de beisebol pode se tornar um utencilho de uso fácil em relações na sua mente, mas nada disso passa de sua imaginação fértil.

História:
Sua vida sempre se passou desde pequeno em sua cidade na Coréia, mas mudada quando grande. Young sempre foi um garoto muito ligado a tecnologia, por isso quis mudar-se para America durante sua juventude, e assim foi feito. Não é de se esperar que esteja frequentando lugares do tipo, já que sempre foi quieto em seu canto. Sooyoung também começou a explorar as drogas, bebidas e etc...

Posição:
É Bar Tender do lugar. Normalmente escolheu a profissão para conseguir a entrada no lugar, além de conseguir novas amizades.

Gosta:
01. Gosta de ambos os sexos. Por isso se encaixa em qualquer grupo rapidamente.
0.2 Bebidas que contem álcool.

Desgosta:
0.1 Drogas
0.2 Pessoas que se acham ''rei da parada''


Medos/fobias:
• Neofobia – Medo de coisas novas
É o medo de coisas ou experimentos novos. Também é conhecida como cainotofobia ou cainofobia. Na psicologia é definida como o meno persistente e anormal de qualquer coisa nova. Em sua forma mais leve pode manifestar-se como resistência de tentar coisas novas ou quebrar a rotina. O termo também é utilizado para descrever raiva, frustração ou tremores diante coisas novas e mudanças em geral. Alguns grupos conservadores e reacionários são comumente descritos como neofóbicos em suas tentativas de preservar as tradições ou reverter a sociedade para uma forma como era percebida no passado. A tecnofobia pode ser vista como uma forma especializada de neofobia por causa do temor de novas tecnologias.
• Tem Hidrofobia ;; também designada como aquafobia, é um transtorno psicológico caracterizado pelo medo excessivo ou irracional de água. Este tipo de fobia específica leva os indivíduos hidrofóbicos a evitarem qualquer passeio em via navegável (mar, rio, lago) como também evitam banharem-se em piscinas, represas, cachoeiras, lagos, rios e mares, com medo de se afogarem. Mesmo quando a água não representa uma ameaça (como visualizar uma piscina), sensações de pânico, terror, ansiedade, taquicardia, sudorese, náuseas, hiperventilação (respiração rápida e profunda), tremores, ocorrem nos indivíduos hidrofóbicos, que podem inclusive desmaiar. Algumas vítimas de hidrofobia podem ainda evitar entrar em uma simples banheira de hidromassagem ou até mesmo evitar as duchas (chuveiros), em casos mais extremos. As causas da hidrofobia podem estar relacionadas com algum um evento traumático que o indivíduo sofreu em sua vida, como presenciar alguém se afogando, e conseqüentemente desenvolveu um medo de água. Esse medo pode ainda ser piorado quando a pessoa assiste a filmes, lê livros ou notícias de casos de afogamento. Além disto, pode ser ocasionada devido a fatores genéticos, onde o indivíduo possui uma predisposição maior para desenvolver este tipo de transtorno. Quando ela estava no exército, sofreu um pequeno ‘’acidente’’ no mar. Acabou se afogando por ter ficado presa numa pequena rocha. Por isso tem hidrofobia, faz natação, porém, morre de medo. Fica apenas na piscina se alguma pessoa estiver em volta.
• Faz tratamento psicológico para conseguir parar de ter esses ‘’traumas’’


Vícios:
•Tem dois únicos vícios, o primeiro é em bebidas e o outro é morder seus lábios até os cortarem. É como se fosse algo prazeroso, por isso, sua boca sempre está com peles mortas, o que ele acha ''irado''.

Segredos:
Não chega a ser um segredo imenso, mas Young sempre teve vontade de presenciar uma ação masoquista, sadomasoquista e sociopata.

Família:


Venus Park - Irmã mais velha
Personalidade - Venus está sempre exibindo um doce sorriso e tentando ajudar as pessoas ao seu redor, e talvez isso a atrapalhe mais do que ajude. Embora boa amiga e muito esforçada, é sempre excluída. E o fato de sempre fazer as coisas pelos outros, nunca por si mesma, de alguma forma a tornou mais frágil. Quem a vê de longe, provavelmente acha que a vida de Venus é perfeita, mas bem longe disso, a garota foi diagnosticada aos quatorze anos com depressão profunda. As drásticas mudanças de comportamento e os instintos e intenções suicidas da garota a tornaram praticamente uma bomba, só que sem relógio para que as pessoas pudessem prever quando iria explodir.

Ela é leal as pessoas que ama, perdoando essas por coisas horríveis muitas vezes. Porém ao mesmo tempo é um poço de ansiedade, remexendo no passado e pensando em seu futuro, que graças a ser tão negativa parece ser terrível, algo perto de ficar presa em um hospital psiquiátrico, e toda segurança de si mesma, que ela aparenta ter, é apenas uma máscara que esconde sua real fragilidade. Venus não passa de uma garotinha assustada por seus demônios se escondendo por trás de toda gentileza. Longe de ser corajosa a ruiva assusta-se com facilidade, e todo instinto aventureiro que antigamente ela tinha hoje em dia fora completamente instinto de seu ser, ou trancado tão bem que dificilmente alguém poderia liberta-lo novamente.

Ela tem um senso quanto a homens que é muito pobre, facilmente confiando nas pessoas a seu redor e sendo iludida e machucada como fora com seu falecido primeiro namorado Alexandre, qual causara cicatrizes irreversíveis na garota, ao ponto dela ter feito os últimos dois anos da escola em casa, mal saindo de seu quarto. Um período de piora de sua saúde física e mental também. Alias, não espere que ela se abra com você, ela prefere esconder e mentir que está bem até o ponto em que pode estourar. Sozinha. Afinal, não está acostumada a ser amada e protegida, nem que se preocupem com ela.

Para seus pais é considerada um peso morto. Basicamente uma garota inútil que deseja apenas chamar atenção. E foi essa visão negative que ela passou a ter de si mesma. Uma garota completamente inútil. Uma vez que suas relações em casa são degradantes e cheias de rachaduras as for a dela também passam a ser. Suas “amizades” sempre a deixam para trás quando querem e pior o fato de ser tão leal e doce a prende a estes. Sua irmã por sua vez, a trata como se ela fosse um ser inferior e é mimada e amada pelos pais, enaltecida como o grande sucesso da família. Enquanto a tímida e doce Venus é dita como “Aquela que anda por caminhos sombrios” ou taxada com palavras mais agressivas.

Não é raro a ver com um livro ou lápis e caderno em mãos, quando deseja se isolar ela lê ou desenha pelos campus da faculdade ouvindo música considerada “pesada”. O fato de Venus ler e escrever tanto a tornou uma garota de extrema inteligência, embora muitas vezes acabe indo mal em provas já que muitas vezes passa dias e noites estudando sem dormir ou comer, o que prejudica sua integridade física.

Venus possui um caso extremo de agrofobia ou fobia de ser estuprada, podendo facilmente assustar-se quando alguém avança rápido demais e a toca de forma sexual. Além disso possui medo de ser amarrada ou confinada e hesita quando tratam de escolas e festas. Contudo esses dois últimos ela ainda “suporta” escondendo o medo.

Ela possui diversos hobbys, e por ser tão imergida neles sabe muito sobre tais assuntos, embora após um incidente alguns ela considere problemáticos e tente fazer com que deixem de ser parte de sua alma, algo que até então falhou miseravelmente, já que ainda se anima ao extremo quando vê outras pessoas patinando por exemplo. Alias, Vênus é envolta pela arte, tanto que a produz com prazer assim como aprecia a maior parte de suas áreas.

Por outro lado, caso consiga-a fazer se soltar verá um lado mais louco, brincalhão e animado da pequena, mas isso apenas se conseguir quebrar seus muros e fazer com que ela abra seu coração para você, caso contrário é apenas perca de tempo.




Jung Hwa Park _ Mãe _ 37 anos.
Hoje em dia Yongjoon -pai- descreve Hwa Min como uma menina animada, faladora e extremamente divertida, que está sempre tentando ajudar as pessoas a sua volta, e zanga-se consigo mesma quando esta não consegue ajudar, achando-se uma pessoa completamente inútil. Uma garota que pode ser sempre vista com um sorriso encantador transparecendo em seu rosto, até mesmo quando as coisas estão completamente difíceis em sua vida, ela sorri, fingindo estar tudo bem consigo. Diz também que sua filha não é como os jovens de hoje em dia que só pensam em festas, bebidas e namoricos. Para ele, Hwa Min é uma jovem que gosta de estar em casa, e se sair de casa vai ser apenas para ajudar sua mãe nas compras ou então passear pelo parque, para que possa respirar ar puro. Já que ela sempre mostrou ser amiga da natureza, pois desde pequena que ela cuidava do jardim de casa e das flores, e nem era preciso a mãe sair aos berros para que ela faça as tarefas de casa. Yongjoon afirma também que Min possui uma beleza que não não passa por despercebida, mas a jovem acha que o pai diz apenas isso para melhorar o seu auto estima, ou então para que ela não pense que é uma menina que não tem nem um pouco de beleza em si. Afirma também que Hwa Min tem um ótimo senso de humor, mas é péssima para contar ou inventar alguma piada, mas ainda assim consegue ser divertida. Ele sabe que sua filha não é muito ligada a bebidas alcoólicas, Hwa só dá-se bem com sumos e água, refrigerantes só de vez em quando. Tem conhecimento da dieta de sua filha e pergunta-se o porquê de ela estar fazendo isso, já que ela acha que a menina tem um corpo que é invejado por outras garotas, e já está na medida certa. Mas se calhar devem ser coisas do instinto de pai. Yongjoon não se cansa de dizer que sua filha é bastante inteligente e sabe de coisas que ele e sua mulher nunca pensaram numa coisa daquelas. Ela tem uma paixão por livros também, mas quase sempre irão vê-la lendo qualquer livro, revistas ou até jornais. Para além da arte e a leitura, sua outra paixão é a música, e ela até já frequentou aulas de música, sendo assim que Hwa Min sabe tocar alguns instrumentos, temos o exemplo do piano, que ela é ótima tocando. Já no caso de Hyuna -mãe-, a maior primeiro senta-se na poltrona de sua sala mas sem antes servir o seu chá delicioso e provar um pouco do líquido, para voltar a pousar a xícara sobre a mesa. E então ela começa a descrever sua filha como uma menina que só sabe deixar bagunça por onde anda, é sempre desastrada fazendo que sua mãe confie poucas vezes nela para guardar algo ou então segurar uma coisa de vidro por mais de cinco minutos. Diz também que na maioria das vezes Hwa Min tem um humor bastante chato, por exemplo quando ela fica insistindo para que sua mãe a leve a comer fora em uma lanchonete qualquer, ou então quando ela quer alguma coisa e não se cansa de pedir até que ela finalmente tenha o objeto em suas mãos. Mas quando ela realmente quer, pode ser uma menina atenciosa e bastante carinhosa, dois adjetivos seus que sua mãe só se apercebe poucas vezes, já que Minie apenas fica perto da mãe quando quer chatear-lhe ou então pedir alguma coisa que ela está com receio de pedir ao seu pai. Diz que sua filha possui uma ótima voz também, e foi Hyuna que a encorajou a cursar música e dança, já que a mais velha também afirma algumas vezes que sua filha tem o dom da dança. E mesmo com os altos e baixos que a vida tem, ela continua lutando, afinal não é por uma ou duas coisas que você irá deixar para trás tudo aquilo que estava conseguindo. Porém, não pense que Hwa Min sempre fora esta menina querida, animada e bastante divertida. O seu alto astral apenas subiu para este nível quando sua mãe a inscreveu na natação aos seus quinze anos de idade. A personalidade de Hwa Min era tão indiferente, a garota não era tão fã assim de comida como é agora e passava mal quando seus pais a obrigavam a comer alguma coisa, resumindo, ela tinha constantemente falta de apetite. Era antisocial e não conversava com ninguém, preferia ficar trancada em seu quarto ouvindo suas músicas ou então escrevendo coisas aleatórias em seu pequeno diário que está mais para uma agenda, sempre esquecia-se de comprar um bom diário quando ia as compras com a mãe. Era uma menina de poucas palavras, e nunca conversava com os pais, apenas os observava, por mais que sua mãe insistisse em conversar com ela, Hwa Min sempre arranjava uma maneira de fugir do assunto, isto tudo desde que o seu irmão saiu de casa, uma coisa que a deixou totalmente abalada, fazendo com que a mesma entrasse em depressão. Seus pais não aguentavam mais ver a sua filha naquele estado e resolveram inscrever Minie em uma escola de ballet, mas depois de três dias ela pediu que a tirassem dali, e então foi inscrita nas aulas de natação, o que ajudou a melhorar bastante, já que ela conseguiu fazer algumas amizades por lá. Não é difícil tornar-se amiga de Min, com o seu 'novo' humor, podemos dizer que ela apegasse a uma pessoa bastante fácil assim. E uma das coisas que seus pais não se cansam de dizer é que têm orgulho por ela ser uma menina de personalidade calma, que não se estressa facilmente e é bastante paciente. Sempre tentando resolver os problemas com calma e nunca julga a pessoa pela aparência, espera sempre conhecê-la melhor e quando suas conclusões são as suficientes, ela diz o que pensa da pessoa. Mas nunca com a intenção de ofender ou então magoar, e sim para que ela mude estes seus maus hábitos caso tenha algum. Não obriga ninguém a mudar, afinal todo mundo tem os seus defeitos, e ninguém é perfeito.


Largaria tudo para viver um romance:
Não chegaria a largar a sua ''vida'', mas retirando isso, deixaria sim. Ah, claro, se tiver apropriado para o seu futuro. Além do mais, quem gostaria de deixar um luxoso lugar para virar um mendigo?

Se sim, qual seria seu par e sua relação com o mesmo:
Seria uma relação honesta, e se a pessoa que ele gosta mentir para ela mais de três vezes, iria se acabar tudo. Honestidade é tudo que ele mais gosta. Nada pegajoso, é óbvio.

Fetiches:
Tem uma grande ''tara'' por dedos grandes e finos em relação aos homens. Acha realmente bonito as curvas nos dedos, como se formasse um corpo violão.
Já em relação as mulheres, acha que os lábios carnudos superam quaisquer coisa que existe no mundo.

Zona erógena:
Lóbulo da Orelha. Onde ali paira seu verdadeiro prazer, um toque frágil, deixa o mesmo soltar algum grunhido.

Uma pergunta idiota:
Sim, sobre essa pergunta ''idiota'', eu aceito.

A partir do momento em que seu/sua personagem for aceito ele pertencerá a mim. Está ciente disso?
Estou sim, aliás, cuide bem do meu Young ;-;

Caso precise, eu farei algumas mudanças em seu personagem. De acordo?
Nada radical, né? Eu fiz essa ficha com muito amor e carinho. Mas, tudo bem! Kk :v

Seu personagem não possuirá vida eterna, o que significa que, a qualquer capítulo, ele poderá morrer. Tudo bem com isso?
[color=#8EE5EE]Meu filho, nem eu me quero mais viva, imagina meus personagens.




Nome :
Goo Eun Hye.
Goo é o nome da sua família, que soa como 'Koo', seu nome, Eun Hye, significa graça. Em particular, ama o seu nome e gosta da maneira como ele soa, principalmente a última parte deste. Dizem que seu nome foi escolhido pela sua irmã mais velha, NaHae, porém esta chegou a falecer quando Eun Hye tinha apenas quatro anos de idade, não se lembra dela e a única coisa que tem dela são as fotos dela. Não deixou os pais jogarem as coisas dela fora, mesmo que isso só machucasse a si própria, não queria esquecê-la mesmo não tendo a conhecido o suficiente.
Apelido :
Eun Hye é o máximo que pode ser chamada.

Idade :
21 anos completos.
Nascida no dia vinte e sete de junho do ano de mil novecentos e noventa e cinco. Há relatos de que nasceu em uma noite chuvosa, em um dos hospitais mais luxuosos de Seoul, seu signo é de câncer, porém Eun Hye não acredita que este tenha influência sobre si, embora se identifique com algumas características dos regentes de câncer, sendo a mais marcante a de que pessoas com esse signo são emotivas ao extremo, o que é verdade. Eun Hye guarda as coisas apenas para si e em uma oura ou outra basicamente explode.

Data de nascimento :
Nascida no dia vinte e sete de junho do ano de mil novecentos e noventa e cinco

Personalidade :
Quem a vê de longe ou não faz parte do seu círculo de amizades pode muito bem achar que Eun Hye é uma pessoa séria e na maioria das vezes calada, e de primeira impressão é; embora não aparente ser tímida, quando conhece uma pessoa inicialmente está apenas a julgando, não é necessário falar muito enquanto está classificando alguém. E, involuntariamente acaba rotulando as pessoas, não de uma forma maligna, claro. Porque mesmo que tenha a língua maior que o mundo e sua sinceridade se sobressaia sobre os sentimentos dos outros, não é uma Regina George e também não tem um livro do arraso. (Muito menos trai o Aaron Samuels toda quinta na sala de projeção em cima do auditório.)

É necessário um tempo para que Eun Hye se adapte a presença do seu futuro amigo, ou inimigo. Nunca se sabe e ela não é dona do futuro, de qualquer forma. Tende a ser um pouco grossa com quem não conhece e por isso acaba tendo uma péssima imagem, ou até acaba devolvendo os tratamentos que recebe e isso desencadeia uma longa briga, podendo terminar em desculpas ou em uma ameaça. É fácil de irrita-la, se ela não for com a cara da pessoa — o que é muito difícil de se acontecer —, até a voz dessa vai acabar fazendo com que deseje a morte desta da pior forma existente.

Não gosta de brincadeiras, antes não deixava claro suas preferências, mas acabou revelando da pior forma possível que não gosta destas. Não importa se forem de mal gosto ou apenas forem uma mera brincadeira. Acaba levando tudo a sério e isso desencadeia uma briga. É um pouco difícil de se conviver com Eun Hye sem que as brigas sejam frequentes e é uma raridade manter um relacionamento consigo sem que haja brigas. Quase que impossível, se é que se pode dizer. Eun Hye e uma x pessoa podem ser amigos de longa data, mas sempre vai acontecer uma briga nesse meio, podendo ser esta séria ou não, mas quando se trata de um amigo que a conhece e ela igualmente tem conhecimento do seu gênio, tudo acaba em um pedido de desculpas. Voltando as brincadeiras; séria demais. Sempre tem uma resposta na ponta da língua que justifique tal coisa, a pior das brincadeiras foi quando alguém que não faz mais parte do seu grupo de amigos abordou a transsexualidade como o errado. Simplesmente não achou aquilo certo e botou o seu nariz a torcer. Não sabe descrever o que sentiu naquele momento, quando uma pessoa que achava ser sua amiga simplesmente considerava o hetero como o bom. Nojo? Repugna? Tudo isso e mais alguma coisa.

Dito isso, pode-se dizer que é uma ativista. Ou uma ciberativista, é bom duvidar do seu rostinho de santa, porque as aparências enganam. E as vezes os desenhos estranhos que passam em um canal estranho da TV a cabo estão certos. As aparências realmente enganam. Pode até se duvidar, mas não passa na cabeça de nenhum que Eun Hye é uma defensora das causas quando está na internet, criticando algum político corrupto no twitter, criando um tópico sobre proteger a natureza no reddit ou reblogando textos conta o racismo ou homofobia no tumblr. E não é apenas ela quem está sozinha brigando por causa disso na rede, maior parte dos que fazem parte do seu círculo de amizades estão consigo nessa, não sabe-se quem começou isso, mas não vai ter um fim tão cedo. E é por causa disso que julga as pessoas demais; a internet se torna a sua casa e o mundo lá fora parece diferente para si, as pessoas aparentam ser ignorantes demais. Até mesmo ela aparenta ser ignorante, mas não é, se finge de burra para se enquadrar na sociedade, mesmo que ela seja horrível.

Entretanto, tem um lado “bom”, ou pelo menos é o que parece. Sendo este o que apenas os mais próximos chegaram a conhecer, aparenta não se importar com as críticas que as pessoas lhe fazem, mas lá no fundo agarra-se àquela crítica como se fosse a coisa mais importante do mundo, quando na verdade não é e isso é um defeito seu. Se importar demais e ser julgada por causa disso, às vezes, para Eun Hye. Um abraço valhe mais que um milhão de palavras vagas como “se acalme, tudo vai ficar bem”, quando os dois lados sabem que nada vai ficar bem, o mundo vai continuar sendo ignorante e as pessoas vão continuar se importando apenas com o seu umbigo. Uma pena, se é que se pode dizer. Uma vez lhe foi feita a seguinte pergunta; “você tem fetiche em ser enganada?” pelo fato de querer apenas que mintam para si nos piores momentos, quando o mundo está prestes a cair sobre sua cabeça e não há ninguém em quem possa confiar. Só quer que alguém lhe diga que está do seu lado, não importa o que ela diga ou faça, mesmo que as vezes tenha escolhas horríveis ou seja mais rude do que quer ser.

Vamos ser francos, Eun Hye não é fofa mesmo que queira, odeia que digam coisas para ela utilizando o aegyo que para si é ridículo, ou apenas comuniquem-se com ela com a voz alterada. Digamos que não tem paciência para quem está começando e quando isso acontece, acaba explodindo, gritando ou pedindo de uma forma educada para que a pessoa pare. Se é que xingar alguém de mil palavrões diferentes que ainda não foram criados pelo homem é ser educado. Na maioria dos dias acorda sem paciência e coisas como esta acabam acontecendo, nos outros dias pode acordar tão doce quanto um coice de mula e as indiretas, xingamentos e o uso de palavras difíceis para definir coisas fáceis são frequentes. Acéfalo é uma das suas palavras favoritas, tanto como mentecapto.
Aparência :
Eun Hye é uma pessoa normal, dependendo do que você considera o normal. Se fôssemos contar apenas com a sua face, ela seria a deusa da normalidade dentre os seus súditos normais. Ou seja, ela é muito bonita. Seus cabelos são naturalmente negros, mas atualmente estão de uma cor castanho-escura, nunca fez qualquer química nestes, já que são lisos, apenas os clareou um pouco. Maioria das vezes só visita o salão de beleza para cortar as pontas ou arrumar as unhas, que talvez sejam a parte mais bem cuidada do seu corpo. Mas isso é um fato irrelevante, voltando a discrição de seu rosto, atualmente seus cabelos estão um pouco abaixo de seus ombros, tendo o tamanho médio. Não se sabe o que é mais marcante em seu rosto, ou o que mais a atrai nele, se são os lábios levemente cheios, se é o olhar “inocente” ou o seu nariz não tão arrebitado assim. Na verdade não há uma palavra que descreva seu nariz, não se sente irritada com ele, talvez até um pouquinho feliz por não ter um rosto tão estranho assim.

Seu corpo não é um dos mais sensuais na Coreia do Sul, mas não é tão ruim assim, é magra, pesando em volta dos seus quarenta e seis quilos, mas não chega a ser uma das mais magras, já que é significativamente baixa em relação às moças de sua idade. Tem um e cinquenta e seis de altura, e isso a incomoda muito, ainda mais quando as pessoas caçoam a sua altura. Costuma dizer que está em fase de crescimento mas não engana ninguém, porque não é muito boa contando mentiras. Por incrível que pareça, sua altura é bastante invejada pelas meninas do seu grupo de amizades, tanto em corpo como altura, já que tem a conhecida como s-line se tratando de ter os seios e o traseiro um pouco mais avantajados. Como é magra, seus seios não são tão grandes e nem tão pequenos, tendo um tamanho mediano e satisfatório, se é que se pode dizer.

Diferente de maioria dos asiáticos, que possuem uma pele morena ou amarela, a sua é bastante branca. Não que seja pálida, porque Eun Hye não gosta de permanecer dentro de casa, sempre está saindo para um lugar ou outro e andando na rua, com isso seu rosto adquire uma coloração levemente corada, como os ombros também É difícil, porém não é impossível ficar com marcas de sol só de andar por aí. Então a mãe cuida para que Eun Hye saia por aí protegida, obrigando-a a passar protetor solar ou usar outros tipos de roupas, como blusas com mangas ou de frio. Em relação ao seu jeito de se vestir, não tem muita preferência. Veste a primeira coisa que vê no armário e que a agrade, então não é muito seletiva quanto a isso. O mesmo para acessórios.
Foto Dela :


Vícios-Manias :
❄ Tem mania de customizar tudo, capas de caderno, capas para o celular, as paredes de seu quarto e qualquer coisa por menor que seja para que além de deixar a sua cara, pratique aquilo em que julga ser boa.
Gosto :
X Comidas || Armas brancas || Livros || Grupos X
Desgosto :
X Zumbis || Drogas || Fumos || Bebidas X
Roupa :

E BV ? :
Não. Perdeu seu BV com um garoto, e achou desconfortável. Desde então, declarou-se homossexual.
E virgem ? :
Sim.

Par : ( )Sim. ( )Não. (x)Sim, Você Escolhe.

Se ele morrer ? :
Se morrer, morreu. Não irei insistir de deixar a garota viva, além do mais, a história é sua. Se puder escolher o tipo de morte, afogada.
Gosta De Zumbis ? : ( )Sim. (x)Não.
Curiosidades ~
O1. Às vezes, devido a sua euforia, Eun Hye quando assustada ou empolgada com alguma coisa, começa a tagarelar sobre n coisas e em seguida mudar o idioma no qual está falando para um que somente ela entende e que a própria inventou, alguns dizem ser árabe, outros dizem ser a língua alienígena, mas ela ainda não inventou um nome para esta e devido ao seu curto período de tempo para pensar em coisas alheias, vai demorar um pouquinho para que tenha um nome, e alguém que a entenda também. Na maioria das vezes quando leva um susto, começa a cantarolar uma canção em um tom de voz um tanto quanto alto e em seguida trocar a língua na qual está falando. Muitas das vezes esta também é acompanhada por uma dancinha no mínimo um pouco estranha, como o refrão de I Got A Boy, do girl group Girls’ Generation. Eun Hye é uma criatura fascinante, misteriosa e de fato, estranha.
O2. Embora não pareça, Eun Hye simplesmente ama rappers, principalmente se forem mulheres. Por uma incrível coincidência acabou conhecendo o Unpretty Rapstar e foi ali que as coisas começaram a declinar-se. Não queria mais saber de nada e ninguém, só queria conhecer todas aquelas mulheres e até acabou virando uma rapper de quinta categoria. A única que assistia aos seus shows particulares imitando a Bora era sua mãe, e a única coisa que ela fazia era rir da voz extremamente afinada que fazia. Afinal, o seu timbre e o da cantora são totalmente diferentes, e até saía engraçado, admite. Mas o ponto não é ser engraçada, é o seu amor por rappers. Sua música favorita é Don't Make Money, da Heize, acabou até aprendendo a falar palavrões com o rap do Chanyeol. Claro que a sua mãe não gostou nada disso, tanto que prometeu processar a Mnet por fazer sua filha aprender a falar essas coisas nada bonitinhas. Mas a moral da história é: garotas são um máximo e podem fazer até mais do que homens.

O3. Ama séries e basicamente é um lixo de Scream Queens. A abertura da série é maravilhosa e a música, You Belong To Me, é uma das mais bonitas que já ouviu, isso se você considerar os gritos da Emma Roberts no meio da música bonitos, é claro. Além de que a voz de Heather Heywood é maravilhosa. Enfim, voltando a série, seu personagem favorito é de longe (JONATHAN) Pete Martinez, interpretado pelo (JONATHAN) ator Diego Boneta. Mas não é só Scream Queens que entra para a sua lista de séries favoritas; Eun Hye ama American Horror Story mais do que ama a mãe. Sua temporada favorita provavelmente é Asylum e não sabe dizer o porquê. Se é porque a série é estranha ou por causa dos glúteos do Evan Peters. Provavelmente é a segunda opção, porque não tentaria nem ver, já que tomou conhecimento desta quando um amigo tagarelava sobre a série e dizia ter extraterrestres. Digamos que Eun Hye é uma anti-fã de E.T.s.

O4. Sua banda favorita é Panic! At The Disco, mesmo que esta já fora melhor antigamente. Só Deus sabe o quanto chorou ao descobrir que Ryan Ross não fazia mais parte da banda, nutrindo certo ódio pelo vocalista desta, Brendon Urie. Ele agia e age até hoje como se nada tivesse acontecido e isso faz com que o odeie mais ainda. Se um dia acabar encontrando-o na rua (o que é impossível) vai agredi-lo verbalmente, mas em seguida vai pedir desculpas porque mesmo Brendon sendo o vocalista de banda mais nojento que existe na face da Terra, o ama lá no fundo. Contraditório? Sim ou claro?

O5. Tem uma biblioteca em casa, possuindo uma grande variedade de livros e um amor pela leitura. Não se lembra de como começou a colecionar livros, mas deve ter sido lá pelos onze anos de idade, comprando os mais diversos livros em vendas de garagem ou em livrarias. Não possui apenas um livro favorito por causa da diversidade destes, mas está meio que dividida entre Jogos Vorazes e Os Heróis do Olimpo. Já leu e releu todos os três livros de Jogos Vorazes e jamais se cansou destes, o modo como Suzanne Collins escreve é simplesmente maravilhoso e faz com que os leitores se sintam dentro da história, a mesma coisa para Rick Riordan. Apesar disso, não é a maior fã de romances, prefere aventura e terror a qualquer outro gênero.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...