~best_seller

best_seller
Ai monão
Nome: .barbrinha.
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 11 de Junho
Idade: 15
Cadastro:

Feel the love, babe.


Postado

Feel the love, babe.

Eu tenho estado nessa zona de dependência. Dependendo de todas essas sensações que fazem meu coração bater mais forte, que fazem meu corpo arrepiar e sorrisos florescerem de repente. Pela primeira vez eu estou experimentando o sabor de um amor recíproco e descobrindo o quanto esse mesmo amor pode balançar as pessoas, de dentro pra fora. E ainda dizem por aí que o amor não existe...
Não diga isso. Não acredite.
Eu sei que sou suspeita pra falar. Eu já duvidei alguma vez do poder do amor entre duas pessoas. Mas sempre soube que ele pode ser real se as coisas forem acontecendo naturalmente. Tudo. O primeiro beijo, aquele abraço que te conforta por inteira depois que você chora ou aquela mão que se entrelaça com a sua como se estivesse te protegendo, embora ele também tenha medo, e te guiando, embora você conheça melhor o caminho.
Não é fantasia. Acontece. A vida não é uma completa merda. Eu posso dizer que, nesse momento, eu sinto o amor. Eu sinto, eu estou dependente. E talvez eu me machuque outra vez. Só que eu quero continuar preservando esse sentimento. Eu quero ter essas reflexões meio clichês e esse lado romântico sempre comigo. Não quero deixar de acreditar nisso por causa de uma decepção. Não quero me tornar uma dessas pessoas vazias que não sabem o que é se apaixonar e fazer nascer amor em meio a isso.
Sei bem que não existe apenas amor entre casais. Mas esse é meu foco aqui. Quero dizer que não é só porque não tem ninguém aí do seu lado agora, te abraçando, ou te roubando beijos profundos, ou te mandando mensagens fofas, que significa que vai ser assim sempre. Você só precisa manter viva a crença no amor. Porque ele vai chegar. Ele vai.
E sabe o que eu acho mais bonito nessa coisa toda de amor?
É a forma que ele domina a gente. Que, em alguns momentos da vida, ele nos invade como uma onda e nos faz ficar tão bobos e loucos por aquela pessoa. Eu estou meio que assim agora. Então, não ligue se algum dia eu esculachar o amor por estar triste. Faz parte do nosso contrato.

Escutando: Breathe me

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...