~cinderelIa

cinderelIa
De dorgas carameladas
Nome: ☡ベアトリズ☡🌸;;🌸¸.*☆*.¸ ɓεα ¸.*☆*.¸
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: 19 de Dezembro
Idade: 12
Cadastro:

Here we go!


Postado

Here we go!

「 F I C H A 」

⌦ Nome completo:

Annie Marie Nott

⌦ Apelido:

Anne ou Mary

⌦ Data de nascimento:

13/12 (Incrível que todos os seus aniversários caiem na "Tenebrosa sexta-feira 13")

⌦ Sexualidade:

Heterossexual

⌦ Sangue:

Puro, mas não liga para isso

⌦ Aparência:







Madeixas negra, olhos verdes puxado para o mel, pele palida, lábios medianos, corpo definido, cintura fina, pesa 34 Kg, tem 1,46 de atltura

⌦ Personalidade:

Para todos os efeitos, a personalidade Annie é divida em duas: a garota superficial e popular de Hogwarts, que manipula todos em busca de status, tem tudo o que quer, brinca com todos os garotos e banca a inocente e a Annie carinhosa, protetora, inteligente e prestativa que faz o que pode para ajudar os amigos. Apesar de ser irônica e um tanto amarga, também tem um lado amigável e fofo.


⌦ História:

Nasceu no berço de uma família rica e sangue-puro, onde a maioria de seus ancestrais eram tradicionais e Sonserinos, sua mãe e seu pai eram, negligentes, praticantes das artes das trevas e queriam sempre que ela desse o seu melhor, mesmo que fossem coisas impossíveis ou ilegais, sua mãe, principalmente, era muito rígida e não se importava em ferir a filha tanto física quanto psicologicamente desde que este trouxesse os resultados esperados por ela. Ela cresceu cheio de traumas das barbaridades feitas pelo sua mãe, como crucios e abusos a ela por coisas fúteis, e seu pai era sempre alienado e submisso a tudo aquilo que sua mãe lhe fez. Nas férias do ano em que completou 9 anos seus pais foram assassinados por ex-comensais da morte a procura vingança por conta de seus pais terem supostamente "traído" o Lord das Trevas. Ela foi torturada e, muito provavelmente iria morrer se não fosse um grupos de aurores que invadiram a casa segundos depois da partida dos mesmos, ela foi levada á um hospital onde ficou em coma por alguns meses até a avó descobrir sobre ela e ir buscá-la, mesmo depois de ter saído do hospital bruxo, ele teve de fazer exames frequentes para saber como ia sua saúde em médicos trouxas, assim por mais um mês até ter se estabilizado, depois nunca mais pisou em um hospital. Quando foi morar com a avó no mundo trouxa, uma vez que a mesma é um aborto, ela descobriu o passado horrível do nome de sua família da qual seus pais tinha tanto orgulho em falar, assim como a pureza de seu sangue, que agora ela á não considerava mais tão puro, mas sujo, sua avó passou a ser pessoa que ela mais amava e confiava no mundo, foi ela quem sempre a ajudou e orientou em tudo que precisava, até lhe orientou quando seus poderes de banshee começarem a fazer efeito.

⌦ Família:

Kathellen O'Neills Nott - Sua mãe, estava por volta de sus trinta anos quando veio a falecer. Era muito rígida, e maltratava a mesmo, e, até hoje ela ainda possui muita mágoa da mulher, uma vez que, ao contrário de o defender, sempre o maltratou. Ela se envolvia com as artes das trevas. ela era de uma familia de banshee's só que ela nuca teve o dom de ser uma, E no fundo, ela suspeita que ela traía seu pai, e ama outra pessoa, uma vez que o casamento dos dois foi algo completamente planejado com a vinda da guerra e ela não parecia amá-lo minimamente, além do mais, ela nunca voltava para casa nas noites de sábado.

Theodore Nott - Sua relação com seu pai não poderia ser definida nem como boa, nem como má, ela gostava do pai, mas por conta do mesmo sempre ter sido tão submisso e indiferente ao que acontecia com ele e com sua mãe, ele passou a cultivar um certo rancor do homem. Ele era uma boa pessoa com ele, mas apenas parecia ser muito distante e não parecia querer se impor perante a mulher, ou, tampouco se importar um pouco mais com o filho.

Diane Nott - É a sua avó paterna e por muitos anos foi considerada sua melhor amiga, ela sempre o deu apoio e compreensão, e, talvez, por conta da mesma ter se tornado um aborto por conta de uma maldição muito forte quando era jovem, alguns anos depois de Theodore nascer - maldição essa que ela nunca revelou para Lydia, tampouco como aconteceu. - Por conta disso, ela parece entender perfeitamente os anseios e medos do garoto, ele vive atualmente com ela no mundo trouxa, uma vez que desde que a mesma perdeu seus poderes fugiu para o mundo trouxa, se separando do marido. E, assim que Theodore, seu pai, completou 11 anos, ele passou a viver no mundo da magia junto ao pai por escolha própria, o que causou certo arrependimento em Diane, por não poder ter vido o filho crescer, vendo a cada um ano nas datas comemorativas.

Phillip Nott - É seu avô, faleceu quando ela ainda era muito pequena e não sabe muito sobre ele, apenas que se envolvia com magia das trevas e era um comensal, além do fato de que foi ele quem criou o seu pai.

⌦ Par? Sim

⌦ Gosta de:

Gosta de olhar o céu
Quadribol
Xadrez Bruxo
Gosta de tudo que é doce
Dedos de Mel
Livros Trouxas

⌦ Não gosta de:

Que façam lembrar de seus pais
Pessoas ignorantes
Hospitais
Médicos ou Medibruxos
Gente mesquinha
Que a chamem de apelidinhos bestas e
Tem medo de perder as pessoas que ama e
Hipogrifos

⌦ Duas casas para as quais gostaria de ir:


Sonserina ou Lufa-Lufa

⌦ Qual a sua varinha?

Varinha Sua varinha é feita de cerejeira, 30 cm, farfalhante, flexível, e boa para feitiços.



⌦ Qual seu patrono?

Leão

⌦ Gostaria de jogar Quadribol? Se sim, em que posição?

Sim, apanhadora ou batedora

⌦ Entraria para o Torneio Tribruxo?

Claro, não perderia essa chance por nada

⌦ Algo mais?

Sim, ela é uma Banshee

⌦ Está ciente de que, se aceito, seu personagem me pertence e posso fazer o que quiser com ele?

To sim moça

⌦ Frase-chave:
I'm wizard bitch!




O que é uma banshee?

Lenda

As banshee provêm da família das fadas, e é a forma mais obscura delas. As banshees eram como seres que previam a morte, seu grito poderia ser ouvido a km de distância, e poderia estourar até mesmo um crânio. As banshees resumidamente eram consideradas mensageiras da morte, algo sobrenatural.

Tradicionalmente, quando uma pessoa de uma aldeia irlandesa morria, uma mulher era designada para chorar no funeral. Nós usamos a palavra carpideira. Mas, as banshees só podiam lamentar para as cinco maiores famílias irlandesas: os O'Neills, os O'Briens, os O'Connors, os O'Gradys e os Ferraz no caso, uma fada era responsável por cada família. Seria o choro da mulher-fada. Essas mulheres-fadas apareceriam sempre após a morte para chorar no funeral. Conta a lenda que quando um membro de uma dessas famílias morria longe de sua terra, o som da banshee gemendo seria o primeiro aviso da morte.

Também se diz que essas mulheres, chamadas de fadas, seriam fantasmas, talvez o espírito de uma mulher assassinada ou uma mulher que morreu ao nascer. Na Irlanda acredita-se que aqueles que possuem o dom da música e do canto, são protegidos pelos espíritos; um, o Espírito da Vida, que é profecia, cujas pessoas são chamadas "fey" e têm o dom da Visão; o outro, o Espírito da Maldição que revela os segredos da má sorte e da morte, e para essa trágica mensageira o nome é Banshee.



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...