~HiroNeko-Chan

HiroNeko-Chan
Chapeleiro Maluco
Nome: Hiro Dashi-Neko Hamada
Status: Usuário
Sexo: Masculino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: 4 de Março
Idade: 17
Cadastro:

A Minha Vontade de Desistir das Fanfics


Postado

Hoje, em um único dia, num sábado qualquer, eu recebi apenas um comentário. Só isso o dia todo. Um único comentário perdido em um mar infinito de favoritos constantes, repetitivos, irritantes e até maníacos! Essa eu nunca vi.
Estão sempre dizendo que eu sou um escritor maravilhoso, que eu não sou desse mundo e que são os meus fãs nº1 - só que no final, me deixam sem nada. São todos iguais. Eu acordo de manhã e me sinto vazio. Nos dias atuais, as minhas fanfics tem mais favoritos do que comentários. Hoje mesmo, as minhas notificações só deram favoritos do começo ao fim, sem parar. Eu já tive leitores vorazes e simplesmente apaixonados, mas, infelizmente, eles acabaram ficando no passado porque agora os meus "leitores" aparecem uma vez a cada 2 milênios como se fosse Anunnaki. Quando eu dou início à uma nova fanfic que eu estou cheio de loucura para postar, a primeira coisa que vem é um favorito e eu nem sei se a pessoa leu mesmo. Quando eu faço continuações só porque todos dizem que querem mais, nem a metade dá as caras. um bom exemplo disso é uma fanfic minha chamada Amor de Irmão: Quero Você. Tudo bem que não tem nem uma semana que eu comecei ela, mas já tem 15 favoritos e só 4 pessoas comentaram. A fanfic só tem dois capítulos, não é algo de uns 200 capítulos para dar tanto medo assim.
Ninguém mais parece interessado, eu não sei o que é. Eu não sei se esses leitores são assim com todos os escritores desse site, ou só comigo porque é um mistério maior do que aquelas pirâmides e esfinges que acharam nos mares da América Central.
Isso é decepcionante e desanimador para um escritor. Agora, eu só estou escrevendo porque é uma paixão minha e eu nem sei porque ainda insisto em postar os capítulos, se ninguém dá a mínima. É como se todo o meu trabalho árduo fosse jogado fora. Eu escrevo tanto que tenho que recarregar o notebook umas duas, ou três vezes ao dia e até deixo de sair para algum lugar por causa disso. O que me dá felicidade é as pessoas dizerem o que acharam das minhas histórias, mesmo que seja uma crítica negativa, ou elogios divertidos. Uma fanfic minha que teve um sucesso grandioso foi Amor de Irmão com 200 de comentários e 300 de favoritos. Como sempre, os favoritos se elevam. Mas a sua continuação, Amor de Irmão: Conte Comigo não passou dos 100 de comentários e favoritos.
Eu sei que muita gente tem a vida de escola e de faculdade que lhes esgotam de tantos estudos e trabalhos, eu também estou nessa lama de papelada e pesquisa. Eu entendo isso. Só que deve haver algum tempo livre, nem que seja menos de 20 minutos. Eu nunca deixo de comentar nas fanfics que eu leio.
Eu só peço à quem se der ao trabalho de ler esse jornal de me fazer sentir um escritor de verdade, pois eu já estou considerando abandonar tudo e apagar a minha conta. Serão 42 fanfics jogadas no lixo da inexistência. Isso parte o meu coração, já sofri muitas decepções na minha vida como divórcio dos meus pais, depressão, familiares que viraram a cara, amigos que sumiram, sonhos nunca alcançados por causa da inércia da minha vida e do meu mundo mais patético e rastejante do que esse em que vivemos.
Talvez, eu tenha escrito esse jornal todo para nada - mas a única verdade de que realmente sei é que leitores vem e vão, e só os escritores esperam por eles até morrerem.
Pensem nisso, por favor.
~Rockeiro Sem-Noção.

Escutando: A balada dos vizinhos
Lendo: Diana - O Último Amor de Uma Princesa
Assistindo: Chowder
Jogando: Pedras na cruz, só pode!
Comendo: Nutella e pão sovado
Bebendo: Água - bem simples

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...