~betolimah

betolimah
Nome: Roberto Lima
Status: Usuário
Sexo: Masculino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 31 de Maio
Idade: 28
Cadastro:

Apenas um palhaço.


Postado

Apenas um palhaço.

Como gostaria de mostrar as pessoas o que é ser o que eu sou e ensiná-los afazer o que eu faço.
Ser um palhaço não apenas distinguir alegria da tristeza. É simplesmente lembrar que as lágrimas venham sempre precedidas de gargalhadas que brotam no rosto de um uma platéia.
Palhaço é o artista do picadeiro da vida, o mundo é o circo, sua família é a platéia.
Muita gente usa o termo “PALHAÇO” como forma de agressão verbal, transmitindo escárnio e desdém. Existe pessoas que sentem ate pavor quando ouçam este nome. Nestas horas sinto-me como se fosse um ser inferior. Fraco... Imaturo... Inútil...
Roupas coloridas. Cara pintada. Sapatos gigantes. Muitas vezes, escondido a tristeza que devia sempre sorrir a todo o momento. Muitas vezes sou obrigado a ocultar um lado sofrido estampado no meu rosto camuflado com tintas nas cores do arco-íris. Sou uma tela de tecido forte, correndo o mundo em toda direção. Nas ruas sou um simples homem retraído com vários sonhos, sonhos carregados em malas que ao longo de sua jornada são deixados para trás com medo de não conseguir carregá-las por muito tempo. No picadeiro, o orgulho de usar uma bolinha vermelha no nariz e uma peruca engraçada. Adereços do qual são essenciais para fazer adultos rirem feito crianças, e crianças sonharem como gente grande.
Quantas vezes fui trabalhar com a alma em pedaços, lembrando de momentos inusitados e do amargo sabor da vida, me sentindo a mais pobre, das criaturas do mundo. Isso, logo me faz lembrar de que, ser palhaço é saber esconder sua própria dor, é saber esconder sempre o seu lado dolorido, e que lágrimas só combinam com gargalhadas ou quando são simplesmente pintadas no lado direito do rosto, no entanto para sua “família” palhaço não tem o direito de sofrer. Passo horas pintando o rosto pra viver, enquanto muita gente simplesmente usa uma mascara para sobreviver na vida.
A diferença entre o palhaço e o simplório, é que o palhaço alem de brotar gargalhadas ele se torna um simplório diante da platéia.
E o simplório oculta suas gargalhadas ocasionando empatia diante da platéia devido a suas palhaças sem graça.
A vida não é uma mera palhaçada. Pode ate parecer com um palhaço sem graça, à procura de uma criança traquina. Agora queira me desculpar por ser o que você gostaria de ter sido um dia.
Apenas um palhaço...


Roberto Limah


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...