~Brathy

Brathy
Tia do melzinho
Nome: Kristhy
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Grajau, Maranhão, Brasil
Aniversário: 9 de Julho
Idade: 13
Cadastro:

Exemplo de ficha


Postado

Exemplo de ficha





Nome: Ayumi (Beleza caminhante) Satoshi(Claro pensar, pensar rápido)



Idade: 18 anos



Aparência:

Cabelos em um tom de vermelho vivo, muito parecidos com a cor de uma rosa vermelha ou com uma flor de hibisco. Ela sempre gosta de prender seu cabelo em um rabo de cavalo alto, com todos os fios para trás, deixando apenas sua franja solta e só o deixa solto quando vai tomar banho ou dormir. Seus olhos são azuis, mas não o azul que predomina no céu e sim um azul celestial, como águas claras e limpas de um lago. Sua pele é clara, macia, totalmente limpa e sem nenhuma marca. Sua cintura é fina e sua barriga é lisa. Seus seios são fartos, mas nada exagerado (mentira pura). Suas cochas são grossas e firmes. Suas unhas são grandes, nada exagerado e costumam sempre estar pintadas de vermelho e preto. Seu bumbum é mediano e empinado. Pesa 48, 6. Tem 1, 72 de altura e calça 38.

É a personagem Rias Gremory de High School DxD (A ruivinha na capa).



Forma Lupina:

É um lobo grande de pelagem avermelhada em algumas partes, em outras partes é preto e em outras branco. Durante a transformação, seus olhos passam do azul para o amarelo, e brilham quando a luz prateada da lua é refletida nos mesmos. Possui garras afiadas, que ficam escondidas e só são liberadas na hora de atacar ou para se defender. (O lobo que também está na capa)



Personalidade: Ayumi é uma garota muito rebelde e independente, pode estar morrendo mais não irá pedir ajuda. Possui um temperamento forte, quando ela estiver de mal humor, é só não mexer com ela e ela ficará normal, caso contrário, é bom já ter cavado sua cova, vai precisar. Por ter aprendido desde cedo a se virar sozinha, ela tem um jeito maduro e sem frescura de ver as coisas, e, não venha com frescuras pro rumo dela, ou vai ouvir o que não quer. Odeia quando mexem ou no mínimo olham pro que é seu, é extremamente possessiva e ciumenta, por mais que tente não demonstrar isso. Parece ser uma garota de personalidade forte, mas assim como todos, ela precisa descarregar seus sentimentos e, quando isso acontece, ela chora pra valer! Dona de frases hilárias e irônicas, é o tipo de pessoa que não leva as coisas a sério, se você fecha cara pra ela, a mesma cai na gargalhada e não se controla. ADORA quebrar regras e é muito criativa para se livrar de encrencas. Tem muita coragem e ousadia, sem contar que a garota é EXTREMAMENTE pervertida, ela não tem vergonha de falar de assuntos sexuais ou imorais em público. Vergonha é algo que ela nunca teve a chance de perder, por que não dá pra se perder o que nunca teve. Não sabe perdoar ninguém e nunca pede desculpas, mesmo sabendo que está errada, vai contra os seus valores. É muito sedutora e cínica, por isso, não adianta tentar manipulá-la, até porque, ela desconfia até mesmo de uma ponta de lápis da pessoa, assim se senti mais segura. Não vai com a cara de ninguém e já fala logo o que pensa da pessoa, não deixa nada para depois. NUNCA fique de mimimi perto dela, sim, ela é feminina coisa e tal, mas pelo amor de Deus, ela consegue encontrar defeito em tudo!



Par: Shu Sakamaki



Relação com o par: No quesito do amor, Ayumi tem o coração bloqueado. Não acredita que uma pessoa possa gostar tanto de outra a ponto de se doar por ela, é, praticamente, algo desnecessário. A primeira vez que vê Shu, a garota logo começa a fazer seus joguinhos e para tudo que ele fala, ela arruma um jeito de responder e se diverte ao surpreender o garoto com seu comportamento. Shu realmente se interessou pela ruiva, cheia de jogos tentadores, e, diferente das outras noivas, não é nem um pouco inocente, uma “garotinha suja”, como ele prefere dizer. O que Ayumi senti por Shu, é um desejo enorme de tê-lo para si, por isso sempre tenta seduzi-lo e, por mais que algumas vezes, não consiga, é divertido brincar com ele. Odeia quando outras garotas olham para o mesmo com um olhar de interesse, sempre que isso acontece ela agarra o braço dele e não solta (só não é pior que o Ayato, por que ele é ele e depois dele é ele de novo mais umas cem vezes!). O tempo passa, o interesse aumenta e ambos já começam a desconfiar se o que sentem um pelo outro é apenas atração ou então, até mesmo, amor. Com isso em mente, Ayumi começa a evitar encontrar ou falar com o loiro (O que é bem difícil, já que os dois dividem o mesmo quarto, mas Shu não facilita, quase de meia em meia hora, ele aparece pedindo (mandando para ela dar) o sangue dela.



Relação com as outras garotas: A primeira vez que as viu, Ayumi já pensou: “Pelo visto terei de aturar estas "coisinhas” até me cansar e mandar tudo e todos pro inferno”. Só não imaginou que fosse se identificar tanto com as mesmas e nem que fosse tão inteligentes. A primeira vista, Ayumi implicou bastante, falou tudo o que queria dizer e o que as meninas não gostaram nem um pouco de ouvir. Foi difícil, ter que aturar as implicâncias, as ironias, as piadas de mal gosto, a ignorância, a perversidade e a forma cínica de falar da ruiva, realmente, não era fácil! Até que, ao aceitar que estão todas no mesmo barco, a ruiva começa a interagir e se dar melhor com as outras, sendo, um pouquinho, mais legal.



Relação com os vampiros: Não ta nem aí pra nenhum deles, só pro Shu por que ela gosta de provocá-lo. Não obedece e também não da ouvidos ao que Reiji fala, o que entra por um ouvido, sai pelo outro. Ela simplesmente odeia o cesto dele de reparar e criticar seus “modos”, mas pra qualquer uma das circunstâncias, ela esta pouco se fudendo. Acha que Ayato é pior que menino ruim, caracteriza o mesmo como uma criancinha birrenta, mimada e muito, mas muito mesmo, chata e sempre chega a dizer: Ayato, eu sou muito chata, mas cara, você é pior, não sei como, mas você é pior! Não atura os ataques infantis de gritos histéricos de Kanato, não suporta nem mesmo olhar para a cara de criança do garoto, e, morre de medo do urso, senti como se, ele estivesse a encarando e dizendo: eu vou castrar você! Com Laito, bom, são dois pervertidos, mas nem por isso se dão bem, a forma como ele se refere a todas as mulheres do mundo, lhe da nojo! E Subaru, bem, vê-lo perder a calma, para Ayumi, é um ótimo passatempo, por isso, sempre que pode, procura um meio de irritar o albino e fazê-lo explodir, o que é muito fácil.



História: Sem idéia ainda...



Gostos:
Rock e Pop
Comida apimentada
Seduzir as pessoas
Caçar durante a noite
Dormir e nunca, mas nunca mesmo, a acorde. A menos que queira conhecer o demônio.
Pessoas ingênuas
Sadomasoquismo



Desgostos:
Estudar, só lê livros de terror
Patricinhas
Gatos
Vampiros. Apenas, gosta de brincar com eles
Água fria
Ficar entediada
Ser subestimada



Objeto especial: Um colar

Pingente:

Corrente:



Vestidos de Gala:






Hobbies:
Implicar com os outros
Invadir a sala de música e tocar piano e violino
Visitar o jardim, para observar as rosas
Assaltar a geladeira
Ouvir música
Andar pela floresta em sua forma loba
Caçar a noite



Segredo:
Nenhum ^^ (Se aparecer criatividade eu boto um)





Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...