~brianamc

brianamc
Life's a bitch!
Nome: Thay | taurina teimosa | shippadora compulsiva | viciada em interativas
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Apucarana, Paraná, Brasil
Aniversário: 6 de Maio
Idade: 24
Cadastro:

Quarto Crescente [FICHAS]


Postado




Nome completo
Dakota Greenwell

Nacionalidade
Canadense

Idade
24 anos

Sexo
Feminino

Sexualidade
Pansexual

Personalidade
É uma garota cheia de enigmas, sempre com um olhar fixo quase desconcertante, ela sempre deixa no ar suas reais intenções. Não costuma costuma falar tudo sobre sua vida, afinal omitir não é mentir.
É movida por extremos, tudo é profundo e avassalador em sua vida, ama e odeia com intensidade. Como dizem por ai com ela é 8 ou 80, sem meio termo ou negociação, quando insiste em algo não há quem a faça sair de sua teimosia.
Passional, vingativa e desconfiada, nunca deixa barato o que lhe fazem de mal, porém nunca esquece de retribuir o bem.
Dotada de uma impiedosa força de vontade e disciplina, faz tudo com perfeição e não desiste do que quer, nem que pra isso tenha que ultrapassar alguns limites morais.
Mesmo sendo sociável e agradável nunca se aprofunda demais em suas relações até que a pessoa prove de alguma maneira que merece sua confiança, é desconfiada e um pouco pessimista, infelizmente sempre espera o pior das pessoas.
Mesmo sendo ciumenta com companheiros e amigos, não costuma dar ataques e chiliques, porém não sabe disfarçar sua insatisfação.

História
Nasceu em uma família aparentemente normal, nunca pensou que por trás de uma harmoniosa família escondia-se um segredo: Sua família descendia de uma linhagem de lobos, vinda de tempos remotos. Apenas os homens tinham manifestações licantropas, e em determinados períodos do anos todos eles se reuniam e viajavam por alguns dias, sempre com a desculpa de que iriam caçar - de forma humana é claro. Ninguém imaginava que ela, a primogênita quebraria o padrão, aos 15 anos teve os primeiros sinais e não demorou a ter sua primeira transformação. A garota ficou apavorada com aquilo, pois sabia que daquele momento em diante tudo mudaria em sua vida.
Como se isso não bastasse era a mais parecida com o pai, em aparência, personalidade e força.
Após a transformação a convivência com os irmãos tornou-se conflituosa, já que seu lado "selvagem" sempre falou mais alto e ela não conseguia parar de arrumar brigas e causar conflitos na família. Sua única vontade era conseguir sair de casa e viver como quisesse. Aos 18 anos, decidiu seguir seus instintos e foi para os EUA, passou a viajar de cidade em cidade e dificilmente fica mais de seis meses em algum lugar, com certeza precisaria de algum motivo forte para isso.

Aparência

Possui um tipo de beleza exótica e atraente, seus cabelos são longos e negros, sempre trançado em mechas finíssimas. Seus olhos são escuros e amendoados, emoldurados por cílios grossos, sua boca é pequena, mas os lábios são carnudos e delineados.
O rosto miudo e fino chama atenção pelo maxilar marcado, lhe conferindo uma expressão forte.



A garota é baixa possuindo um metro e cinquenta e sete da altura, pesando por volta dos cinquenta quilos.
O corpo é magro sem muitas curvas, mas nem por isso menos feminino. A pele é morena e sem imperfeições.



Quando transformada fica com quase dois metros de altura, o pelo é cinza claro, quase branco.



Possui um bando ou é solitário?
É solitária.

Se possui um bando, qual é a sua posição?
xxxx

Como age com os membros de seu bando?
Ela é sozinha, mas caso estivesse em um bando seria mais na dela e não daria muitas opiniões, pois se alguém discordar com certeza irá arrumar briga.

Caso exista um eventual romance, você deseja um par?
Sim

Foi mordido ou nasceu com o vírus?
Nasceu com o vírus.

Gosta
Caminhar a noite, música eletrônica, olhar as estrelas, praia, café forte, comida apimentada, cores fortes, fotografar, cachorros.

Não gosta
Receber ordens, não ter nada interessante pra fazer, rotina, pessoas certinhas demais, insetos, lugares muito cheios.

Onde estuda/trabalha?
Dakota sempre faz trabalhos como fotógrafa.

Medos/Fobias:
Tem medo de insetos - em especial baratas.
Fobia de lugares cheios e lugares fechados.

Mataria ou morreria para salvar alguém?
Só se fosse por alguém de sua família.

Qual é o seu pensamento a respeito dos caçadores?
Não se sente realmente ameaçada por eles, mas acha o "trabalho" deles cruel, pois muitos lobisomens são pacíficos assim como ela.
Mas obviamente não hesitaria em acabar com a raça de algum deles caso tentassem mata-lá.

Algo a acrescentar: Nop.

Favoritou para receber o capítulo com avisos? Yep.

Palavra-chave

Sua mãe catando feijão







Nome completo
Jason Farley

Nacionalidade
Americano

Idade
29 anos

Sexo
Masculino

Sexualidade
Bissexual

Personalidade
Quase sempre está de bom humor, mostrando seu sorriso estonteante, mas o homem pode virar uma fera a qualquer segundo.
Não é de seguir ordens de primeira, é mais um líder do que um seguidor. Não é otimista nem pessimista, e sim realista, não faz questão de tentar amenizar a situação se sabe que tudo vai ir por água a baixo.
É engraçado e piadista quando quer, geralmente em momentos inapropriados.O sarcasmo está sempre presente em suas palavras. As vezes promete algo e não o faz, mas não por querer, mas porque sua cabeça é como um turbilhão ou um computador de memória cheia, como ele mesmo diz.
É sem duvidas muito boca suja, falar palavrões é como falar bom dia.
Sempre está preparado para uma boa briga e jamais foge em situações assim.

História
Jason vem de uma família de tradição e emprego peculiar, todos são caçadores. Claro que todos tem um emprego normal, mas a grande atividade de todos é a caça.
A "ideia" veio após um ataque de lobisomens na cidade onde fulano nasceu, Lawrence no Kansas. Após verem muitas famílias serem devastadas, e ver sua esposa ser morta, o avô do garoto passou a dedicar-se a isso e assim todos também seguiram seus passos.
Desde pequeno foi sendo treinado para ser o melhor caçador. Diferente do esperado para uma criança, ele gostava da rotina de treinos e aulas sobre os lobisomens. Na adolescência foi diferente, queria uma vida normal, mas era sempre cobrado e tinha a vida toda regrada, pois seu pai exigia perfeição, mesmo o garoto sendo disperso e tendo dificuldades para seguir o que lhe era dito. As mudanças constantes de cidade e até estado também o incomodavam muito e o deixavam revoltado com tudo aquilo.
Já quase na fase adulta se viu em uma situação extrema, mas mesmo sozinho conseguiu sair com vida e livrar-se do grande lobisomem que o atacou, após isso percebeu a importância de tudo que aprendeu e de ser quem é.

Aparência



O corpo do rapaz é o de um atleta, com músculos bem delineados e definidos, tem 1,88m de altura. Sua pele é negra e sem imperfeições e aparenta ser mais jovem.



Tem o sorriso largo, composto por dentes perfeitamente alinhados e brancos, os lábios são cheios. O rosto é anguloso lhe conferindo um ar másculo.
Seus olhos são escuros como a noite, assim como os cabelos que ele mantem em um corte curto, quase raspando sua cabeça. Tem um cavanhaque, o que adiciona um ar meio malandro.



Gosta
Filmes de ação, torta de maça, fast food, cerveja, pessoas divertidas, dias ensolarados.

Não gosta

Comidas saudáveis, que falem mal de sua família, ser contrariado, Ser desafiado, altura, comidas azedas, doces.

Medos/Fobias
Animais peçonhentos
Altura

Qual é sua arma favorita?



Um revolver antigo que pertenceu ao seu avô. Pode parecer antiquado para os outros, mas cumpre bem sua função.

Por que decidiu virar um caçador da Mão de Prata?
Cresceu sendo treinado pra ser caçador, então apenas seguiu a tradição.

Qual a principal motivação para continuar caçando?
Cresceu sendo treinado pra ser caçador, então apenas seguiu a tradição. (sim, mesma resposta da anterior rs)

Relação com os companheiros
Vai tratar todos como iguais, se o respeitarem, os respeitará também. Sempre tentará tomar frente das situações pois odeia receber ordens.

Matar ou morrer para salvar alguém?
Matar, mas se não houver jeito "se entrega" pra morte.

Tem alguma limitação?
Ele tem TDAH (Transtorno do déficit de atenção com hiperatividade)

Trabalha em algum outro ramo fora da caça de lobisomens? Se sim, onde e com quê?
Sua família tem uma loja de artigos de caça, pesca e camping, então ele trabalha na loja.

Caso exista um eventual romance, você deseja um par?
Sim.

Algo a mais
Nop.

Favoritou para receber o capítulo de avisos?

Yep.

Palavra-chave
Sua mãe catando feijão


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...