~BruOliveira

BruOliveira
Blue Fox :3 Alopex Lagopus
Nome: Bruna Ferreira de Oliveira
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: 10 de Julho
Idade: 14
Cadastro:

Ficha: Terminal Hills


Postado

Ficha: Terminal Hills

✡Nome✡
Jimmy Owen Sullivan

✡Apelido✡
Jim (apelido o qual ele odeia que digam)

✡Idade✡
17 anos.: nasceu dia 10/07 sendo canceriano ♋

✡Raça✡
Anjo

✡Aparência✡




Gifs *^*





Possui seus cabelos em uma coloração castanho claro, porém que possui uma leve variação de loiro escuro. Os mesmos são médios, sendo eles lisos ondulados. Na maioria das vezes costuma deixa-los de qualquer jeito, bagunçado mesmo... Talvez seja uma das únicas coisas que o mesmo consegue deixar "como é". Indo para seus olhos, os mesmo são medianos, possuindo suas íris em um tom azul claro, que pode variar para um azul mais cristalino ou até um azul esverdeado dependendo da iluminação. Pele clarinha, mas não exageradamente. Seu corpo não é lá muito musculoso, mas também não é muito magricelo. É até que alto, possuindo 1,78 de altura e pesando 70 quilos.

✡Personalidade✡
A princípio Jimmy pode aparentar aquele garoto certinho e tímido, que segue a risca todas as ordens e evita de todas as maneiras fazer algo "errado" (e por muitas vezes é assim), mas como ninguém é perfeito, isso pode mudar constantemente. Teimoso e um pouco arteiro, a verdade é que ele se diverte pregando peças nos outros e fazendo piadas ruins, mas isso, claro, quando não está ocupado arrumando simetricamente suas coisas. Extremamente perfeccionista, não irá parar enquanto não deixar tudo em ordem e em seu devido lugar; talvez a única coisa que o mesmo deixe do jeito que realmente é, é seu cabelo: —"Deus faz tudo com exatidão, então porque tentar alterar algo que já está certo?" — essa seria uma de suas respostas para esses e outros "fenômenos" do gênero. Adora arrumar e desarrumar suas coisas, apenas para ter o prazer de arruma-las de novo. Infelizmente (ou felizmente para algumas pessoas) ele não se contenta em arrumar somente as suas coisas, tudo que para ele estiver fora de ordem o mesmo inventa de arrumar. Ele também adora xeretar as coisas (por mais que odeie que mexam nas suas). Um outro ponto positivo seu seria sua criatividade; Jimmy adora criar coisas novas, ou até transformar algo velho em outra coisa completamente diferente. Sua imaginação também vai longe, gosta de sonhar alto e pensar em coisas que poderia fazer em sua vida (por mais absurdas e impossíveis que sejam suas idéias). Também é um garoto bastante alegre e agitado, raramente fica parado sem nada para fazer (mesmo que realmente não tenha nada para fazer, arranjará algo). Para ele, ficar parado é perder tempo, e perder tempo está fora que cogitação! — "Não viveremos para sempre; nem sequer sabemos se amanhã estaremos vivos... Então, por que deixar para depois, se posso fazer nesse exato momento?" —. Seu humor é algo bem complicado, já que pode mudar rapidamente, mas não de um jeito absurdo. É capaz de se magoar facilmente apenas com uma palavra, porém consegue abrir um sorriso com um simples gesto. As vezes prefere apenas vigiar de longe antes de tirar qualquer conclusão precipitada, ou antes de fazer qualquer coisa, apenas se metendo no assunto se realmente for preciso. Por mais que as vezes haja como uma criança, sabe ser sério e maduro quando precisa, fazendo seu lado "menininho" sumir por completo, demostrando uma postura mais confiável. Contudo, apesar de todos os seus defeitos, continua sendo um garoto alegre e carismático, sempre colocando os problemas dos outros acima dos seus (mesmo que isso faça ele se foder dar mal no final) e fazendo de tudo para poder ajuda-los. Trata todos que acaba de conhecer como "seu melhor amigo"; Por quê? Bem, Jimmy simplesmente não consegue enxergar a maldade por trás de algumas pessoas, mas isso para ele seria uma qualidade, e não um defeito. Uma ótima companhia e ombro amigo em qualquer hora, para qualquer situação está disposto a ajudar.

✡Gostos✡
➳Aurora Boreal Jimmy adora os fenômenos naturais, principalmente a aurora boreal. Ele acha simplesmente lindo aquele feixe de cores cintilantes no céu. Apesar de nunca ter visto uma de perto, adoraria poder ver, e imagina que a mesma pode ser ainda mais bela olhada de perto.

➳Rosas Pode parecer meio estranho, mas o mesmo gosta bastante de rosas, principalmente as azuis. Como seria um gosto meio estranho para um homem, o mesmo raramente diz isso aos outros.

➳Doces Qualquer tipo de doce, desde bolos até balas, o mesmo adora. Pudim seria o seu preferido, apesar de também gostar muito de torta de limão.

➳Café Isso é, definitivamente, algo que ele ama. Qualquer tipo, desde cappuccino, expresso, americano, duplo, mocha (ou Mocaccino (seria feito com uma calda de chocolate, leite vaporizado, espuma de leite e uma dose de expresso)) até um submarino (que seria apenas leite com uma barra de chocolate (se bem que nem deveria ser considerado como café u.u)), mas seu favorito mesmo é o expresso.

➳Raposas Esse sim seria seu animal favorito! A sua favorita entre elas seria a Raposa-Polar, pois o mesmo as acha simplesmente lindas! Seu pelo branquinho e felpudo é o que mais lhe chama a atenção nessa criaturinha, juntamente com suas pequenas orelhas que são bem revestidas para suportar o frio rigoroso. Além de belas, as mesmas são muito astutas e inteligentes! Criaturas espertas e argilosas, mas também trapaceiras, que se aproveitam de toda e qualquer situação possível, e seria exatamente isso que lhe desperta tanta admiração nas mesmas: a inteligência!

➳Taxidermia Pode parecer um pouco estranho ou bizarro, mas acha fascinante animais empalhados. Admira as pessoas que são capazes de executar esse difícil trabalho.

✡História✡
Desde pequeno sonhava alto. Nunca se contentara em apenas vagar pelas nuvens, olhando para o mundo lá em baixo e criando expectativas, queria mesmo era explorar e descobrir sobre aquelas terras... Mas, como? Não podia simplesmente descer e aventurar-se por aquele mundo tão desconhecido e intrigante para o mesmo, ainda era muito novo para tal ato, e por mais que sua curiosidade fosse grande, não sabia quais tipos de "descobertas" faria por lá. Para ele "Se Deus separou o céu da Terra, é porque certamente algo de errado há por lá", mas esse seu pensamento não o deixara para baixo, só o motivava mais ainda a querer descobrir os mistérios sobre aquela terra. Quando completou 16 anos eis que uma oportunidade perfeita estava em suas mãos: Fora escolhido para salvar uma certa alma que estava a se perder. Claro que não iria desperdiçar essa chance, e logo tratou de saber de quem se tratava; uma garota, com por volta de seus 15 anos, e que infelizmente não levava a vida no modo easy. Por causa de alguns motivos pessoais, deixou de se importar com a vida, se afundando cada vez mais na escuridão. Jimmy agora havia um propósito a mais, uma missão que o mesmo considerava difícil, mas que, com certeza, iria cumprir.

Assim que finalmente pós os pés naquele solo, não precisou procurar muito, e rapidamente a achou, em um dos piores estados possíveis. Se seria difícil para o garoto? Claro que seria... Mas não achava que seria tanto. Começou a trocar algumas frases com a mesma, que apenas o ignorava fingindo não ouvir. Tentava inutilmente começar algum diálogo, até que finalmente pareceu ceder e começou a ouvi-lo.

Com o tempo, aquelas curtas frases trocadas se transformaram em uma grande amizade. Andavam sempre juntos, conversam toda hora sobre assuntos aleatórios apenas para que ela pudesse se sentir melhor, quando tinha uma chance o garoto lhe dava alguns pequenos toques não pense em malícia u.u ou até mesmo sermões, os quais eram comumente ignorados, mas que eram seguidos. Ela já não era mais aquela garota triste e solitária, havia alguém com que pudesse conversar e desabafar; alguém com que podia contar; alguém para comemorar suas vitórias e refletir sobre suas derrotas. Parecia que Jimmy havia conseguido cumprir com sua promessa, o que significava que ela já não precisava mais de sua ajuda... E que ele teria que retornar para o lugar de onde pertencia.

—"Hey Jim, você irá me deixar?"— era uma pergunta frequente que a mesma fazia após perceber que o mesmo estava se distanciando de si.

Só ele sabia como essa pergunta o machucava cada vez que a ouvia. Não sabia o que responder. Não poderia dizer apenas um "Preciso voltar para casa, já fiz o que tinha que fazer. Você ficará bem sem mim". Por mais que precisasse dizer, ele não queria a deixar, havia criado um forte laço com a mesma, o qual não poderia jamais ser quebrado.

—"Nunca irei te deixar Lauren, eu apenas não posso continuar aqui por mais tempo"— repetia sempre com um sorriso forçado em seu rosto. Essa também não era sua vontade, mas era obrigado a retornar.

E quando finalmente a hora chegou, teria que se despedir de um jeito ou de outro.

— Jim... — dizia ela com os olhos marejados, e antes que continuasse logo foi envolvida por um abraço do mesmo.

— Isso não é um adeus, e sim um até logo... — tentou reconforta-la — Iremos nos reencontrar, então trate de guardar essas lágrimas para esse dia — disse brincando, arrancando um pequeno sorriso da mesma, que assentiu silenciosamente enquanto limpava algumas lágrimas.

Por último, beijou carinhosamente sua testa e seguiu seu rumo atravessando aquela vaga rua. Seus pensamentos agora estavam centrados em outras coisas, até ouvir alguém o chamando, ao mesmo tempo em que uma forte buzina era tocada. Jimmy mal teve tempo de olhar para trás, mas ainda sim foi capaz de ver um enorme caminhão se chocar contra a garota que estava a atravessar a rua. O impacto fora grande, e a mesma havia voado alguns metros.

O garoto estava pasmo com aquilo, não acreditara em que os seus olhos viam. Até tentou se mover, mas suas pernas estavam bambas, o impossibilitando de tal ato. Para ele naquele momento, acreditava que era sua culpa Lauren ter sofrido tal acidente.

Alguns minutos depois a ambulância chegou, mas a garota já estava morta. Jimmy literalmente havia ficado sem chão. Tudo que queria era poder ajuda-la, e no final apenas acabou a matando. Todos os seus momentos juntos não passariam de uma vaga lembrança a partir de agora.

Sem rumo, não sabia mais o que fazer. Não poderia voltar ao céu, e mesmo que pudesse, não voltaria. Para ele tudo havia acabado. Andara agora distraído, até que ao olhar melhor para frente acabou por ver um enorme portão de ferro, onde era possível se ler em uma placa ao lado "Bem-vindo à Terminal Hills"


✡Quem Te Mandou/Trouxe até Terminal Hills✡
Bem, como costumam dizer "A pequena cidade só se mostra a aqueles que precisam dela" e foi exatamente isso que aconteceu.

✡Transformação✡
Possui suas asas brancas que são mescladas com um leve tom de azul claro, mas nada muito chamativo. A cor de seus olhos se intensificam, ficando por volta de um azul celeste, que rapidamente podem perder o brilho para um azul acinzentado.

✡Poderes✡
Pode controlar e mudar a direção do vento, criando pequenos tufões ou rajadas; Pode persuadir as pessoas através de seu olhar e conseguir qualquer resposta que queira.

~~♥~~ Terminal ~~♥~~

Escutando: You're Beautiful - James Blunt

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...