Kai & Faith Louise.


Postado

Fichas para Teenagers - Irmãos Louise




Faith Louise

Nome completo: Faith Louise Goldwyng.
Idade (16 até 18 anos): 17 anos
Sexualidade: Heterossexual.
Aparência:

Artista:Emma Watson

O seu rosto é em formato harmônico, mas não muito exagerado por este ser levemente magro.O rosto começa por uma testa curta e larga, e ao depois
começa pela mesma largura, porém, redondo, chegando a um queixo amplo e de formato levemente mais aberto. O seu nariz é caucasiano, sendo pequeno e tendo um corpo curto, estreito e bastante fino, ao chegar ao final encontrando uma ponta fina, porém, oval, arrebitada e com as narinas finas escondidas por trás da porta, em si, sendo quase fechadas. A sua boca é em formato de coração ou seja, o lábio inferior e superior são ambos carnudos, porém, o superior é menos carnudo que o inferior, lábios úmidos, mesmo em tempos frios estes não ficam rochosos, sendo eles naturalmente avermelhados. Seus olhos são redondos, com a íris de castanho em um mel brilhante, com a pupila amendoada quase nunca dilatada, com o limbo esclerocorneal fino e preto e quase não percebe-se por ser exageradamente fino. A esclerótica não possui nenhuma mancha e é totalmente branca, sem apresentar as raízes. Seus cílios são do tipo volumosos, sendo eles naturais, começando baixos na raiz dos cílios, mas ao ir para trás começa a ficar mais alto. As sobrancelhas são ligeiramente angulosas, castanhas. Os seus cabelos passam dos bustos, sendo dessa altura, sendo lisos, mas possuindo leves partes onduladas naturalmente, e sua cor é um loiro escuro.Fisicamente possui estatura baixa, e pesando pouco, sendo magra. Os seus seios são medianos, a pele fina e pálida. Os pés e as mãos pequenas, com os dedos finos e as unhas grandes e que ela geralmente permanecem sem cor alguma artificial. 





Personalidade:
Mimada, otimista, falante, honesta e divertida são os principais adjetivos de Faith. A garota tem um grande e esquisito senso de humor. Consegue fazer uma piada no momento mais impróprio possível, como num enterro de alguém, apenas para descontrair, mas no máximo consegue ficar numa enorme saia justa. Apesar disso, tem uma alma inocente e não entende os perigos que pode enfrentar em sua vida.
A honestidade excessiva é o seu pior defeito, sua opinião é as vezes tão cheia de sinceridade que acaba por perder muitas amizades por causa disso. Quando está com raiva, pode ser como uma bomba explodindo verdades e pegando pesado em suas frases, porém, assim que o sangue desce da cabeça, Faith se torna a pessoa mais arrependida do mundo e irá despejar desculpas, esquecendo até mesmo da sua própria dignidade para conseguir o perdão de quem quer que seja esse.
Faith tem espírito aventureiro e não consegue ficar em um lugar só por muito tempo, por isso vive constantemente mudando de rotina e de cidade, pode chegar a ser confundida com uma pessoa hiperativa. Ela tem a necessidade de conhecer outros lugares e outras culturas, e não brinca o quando diz que um dia irá dar a volta pelo mundo.
Autoconfiante e acredita que há sempre uma saída para tudo na vida. Isso pode ser um defeito também, pois Faith tem tendências a confiar muito na sorte, e não confiando em sua própria capacidade de fazer as coisas. Com mente aberta, gosta de ver os dois lados da história, antes de tomar uma opinião à respeito.
Praticar esportes radicais como escalar montanhas ou qualquer outra coisa que arrisque sua vida é , as vezes é como se Faith não temesse a morte, pelo contrário desafiasse a mesma.
Faz amigos com extrema facilidade, mas enjoa facilmente das pessoas, por ser amante de mudanças, não é alguém de ter um melhor amigo em especial.
Não importa se for um jogo de futebol, um trabalho escolar ou apenas uma saída em família, ela tem a necessidade de liderar o grupo e pode ficar um tanto irritada ao receber ordens.
É exagerada, e quando é para chorar, chora até as lágrimas secarem, quando é para ficar brava, quebra tudo até as sair sangue de suas mãos , se é para ficar feliz, ri de tudo. No entanto, algo raro é ver-la chorando ou com raiva,  tem uma luz em volta de si e algo tem que devasta-la de verdade para apagar sua "luz".

História:
Faith é exatamente dez minutos mais nova que Kai, já que no nascimento a mesma sofreu dificuldades pelo fato do cordão umbilical ter enrolado em seu pescoço. Tal fato sujeitou na falta de oxigenação em seu cérebro e por pouco escapou de um óbito, sua mãe e seu irmão receberam alta em poucos dias, restando somente aos cuidados da UTI do hospital, ainda banhados em uma fé de que tudo acabasse bem, batizaram a pequena garota de Faith (Fé).
Pouco antes da mesma completar um mês de vida, conheceu pela primeira vez seu lar, e assim o casal com seus dois recém nascidos filhos, tiveram a sensação de que pela primeira vez o lar estava completo.
Com o passar dos anos todo aquele olhar e cuidado excessivo devido ao seu nascimento não diminuíram, o medo de que algo ocorresse a ela fez que seus país a  privassem de várias coisas, a deixando em casa rodeada de seus brinquedos e na companhia de seu irmão.
Como uma garota prodígio e sem nada mais a fazer, Faith se mostrou bem adiantada a sua idade e com seus recém completados cinco anos já lia tudo o que encontrava pela frente, sendo os pequenos livros de princesas seus favoritos.
Contrariando as profissões empresariais da família, adorava nas tardes chuvosas brincar de um teatro já ensaiado com seu irmão, sempre a colocando como a Princesa e Kai como seu destemido príncipe que enfrentará inúmeros perigos para salva lá, e enchendo a casa pelos risos de seus avós admirados.
O tempo passou, e seus país cada vez mais afundados nas ações e preocupados com os cifrões bancários, restando apenas ela e seu irmão.
Marley era a melhor babá que ambos poderiam ter, e que o dinheiro modestamente poderia pagar, ela era um máximo, fazia piqueniques ao jardim com Faith e Kai, sendo a mesma a mulher a apresentar o futuro de ambos.
Em uma tarde chuvosa, os olhos caramelos de Faith brilhavam a tela da televisão da sala as Olimpíadas, pequenas garotas, mas ainda sim maiores que ela davam longos salvos e acrobacias de encher os olhos e preencher seu peito em uma animação inesquecível. Naquele momento Marley havia a apresentado ao amor da sua vida, a Ginástica Olímpica.
Com muito contragosto seus país aceitaram que a mesma entrasse em uma academia, pensando que seria apenas um desejo da garota mimada, mas para a surpresa de todos Faith tinha talento.
Kai e ela eram inseparáveis e em sua adolescência ainda guarda em sua memória seu primeiro beijo, eles estavam no jardim sentados enquanto o Sol os aqueciam de uma maneira reconfortante, ele estava tão lindo ao seu lado, com lábios tão atrativos que em outro segundo só se lembra de toca los com os seus. Por mais estranho que fosse ele não a rejeitou, e ambos os lábios permaneceram conectados até que passos fossem ouvidos próximo dali.
Nada ocorreu após isso, duas semanas depois ele se declarou a Pandora.
O que ele (a) era da Panda?
Faith acabava se socializando com a mesma e entrando em seu círculo social, devido a seu irmão Isaac que na época era namorado da mesma, porém nunca passaram de uma amizade vazia, algo como a garota com quem ela comprava sapatos e alugava os vestidos para os bailes.
Mas no fundo Faith sempre sentiu um grande desconforto, afinal Pandora era a garota que estava coberta de carinhos e beijos, aos braços de seu irmão...local que ela em segredo sempre desejou estar.
Gostos e desgostos:Ama observar as estrelas ao anoitecer, sentir a brisa em sua pele e as cócegas que a grama recém aparada podem fazer em sua pele, tem orgulho dos momentos que dedica em frente a variados tipos de livros e ao conhecimento que eles o trazem. Porém, de um jeito mais esquecido, ama a sensação que o proibido lhe fornece, o clímax do suspense inebriante como o sabor de álcool que se prende ao paladar. Desgosta das noites quentes, pois lhe causam insônia, e de pessoas extravagantes e com enorme ego.

Manias:Faith possui um toc herdado de suas brincadeiras infantis na casa de seus avós, nos dias de chuva a mesma não pode pisar nas riscas de rejuntes ao chão, tal fato era incentivado por seus avós para que a mesma prestasse mais atenção ao chão possivelmente molhado e evitasse uma queda. 

Medos:Automatonofobia - Um medo grotesco de Bonecas de Cera. 

Habilidades: Faith assim como seu irmão, herdou uma excelente genética esportiva, porém nesses pontos se destaca como uma ginasta de movimentos formidáveis, sendo que a parede primária de seu quarto é dedicada a suas medalhas.

Par: Sim!

Como será sua relação com ele (a):
Faith faz o tipo de amarguarda passiva, desenhou o retrato de um namorado perfeito e ele recaiu a figura de seu próprio irmão, esse fato a fez meio descrente ao aspecto do amor, pois não é possível amar sua própria carne como ela considera.
Quando o amor bater a sua porta ela vai negar a todo instante, porém começará aos poucos se deixar levar pelo sentimento acreditando que ela também merece a felicidade, mesmo que nos braços de outro alguém.

Família (Nome, aparência, relação):

Alarick Goldyng, pai
Possuem uma relação forte, ambos já passaram muita coisa juntos e desde seu nascimento, Faith se sentirá mais conectada a ele do que a mãe.


Megan Louise Goldwyng, mãe
Costumam trocar poucas palavras, a mesma trabalha como diretora do setor de moda de uma revista de conceito, ambas não costumam ter assuntos, mas possuem uma relação estável.



Kai Louise Goldwyng, irmão mais velho
Seu primeiro e até então Único Amor ela odeia dizer em voz alta ou até mesmo se lembrar, então prefere ignorar o fato que sonha todas as noites com os lábios macios do mesmo.
Sendo o tipo de sentimento errado, ignora ao máximo e vaga em busca de seu amor, sempre tendo o apoio do irmão mais velho.

Estilo de roupa: Casual com referências ao romântico.







Possui algum objeto importante?: Nop.
Música (s) Tema (s):
Same Old Love - Selena Gomez
Cool for the Summer - Demi Lovato.
Come And get it - Selena Gomez
I'm So Sorry - Imagine Dragons.

Palavra - chave: Damon Salvatore.

**NOVA PERGUNTA: Por que ele (a) decidiu procurar a Panda?
Faith sempre teve a certeza de que apesar de Kai e a Pandora não estarem mais juntos, ele ainda nutria algo em especial pela garota, agora um sentimento de amizade e proteção, o garoto não pensou duas vezes antes de correr na procura da mesma, e Faith como uma boa irmã apoiou o mesmo, partindo também nas buscas.




Kai Louise


Nome completo: Kai Louise Goldwyng
Idade (16 até 18 anos): 17
Sexualidade: Heterossexual.
Aparência: Daniel Sharman.

Possui olhos deliciosamente azuis em um tom elétrico hipnotizante, lábios avermelhados cujos a maioria das garotas deseja provar. 
Dono de uma pele macia e cheirosa em uma tonalidade um tanto quanto pálida, a melhor parte de seu corpo sem dúvida se encaixa no pescoço, local onde sem dúvida alguma garotas sonham em depositar seus lábios em longos beijos e carícias mais ousadas. 
Seu corpo é o paraíso, se destacando por seu porte ser classificado como perfeito, com músculos trabalhados a medida certa e pernas estrategicamente grossas pelas horas a fora que dedica ao futebol. 
Alto, dos fios loiros impecavelmente bagunçados com seus meio cachos e um sorriso atrativo e cafajeste, Isaac é uma obra prima. 






Personalidade:
Kai costuma ser autoconfiante, e nada que possa pensar a seu respeito o fará mudar, ele não é exibido ou metido, apenas sabe do que é capaz e conhece suas virtudes, por isso, não estranhe quando ouvi-lo responder a um elogio com um “Eu já sabia”. 
Comece a tratá-lo como um garoto bonzinho, inofensivo e acabará entrando numa fria,ele não tem nada de ingênuo e meigo,e muitas vezes esconde um certo comportamento perverso que contribui para a má fama,sua fama de cruel se deve ao prazer que sente ao enfrentar e destruir seu inimigo sem sentir um pingo de remorso. 
E da mesma maneira que não esquece uma mágoa, Kai jamais esquece um presente ou um benefício recebido,normalmente, sua forma de agradecer será através de uma boa recompensa. 
Kai é muito leal aos amigos e pode fazer sacrifícios por eles que não faria nem para seus parentes mais íntimos, quando se trata de ciúmes Kai e pior que você possa imaginar, mas ele não vai lhe demostrar isso com facilidade, você vai perceber pelas expressões irritadas no seu rosto, mas odeia mulher ciumenta e não costuma aceitar que ela tenham o mesmo comportamento raivoso ou possessivo que ele. 
Kai detesta que digam o que ele deve ou não fazer, por isso que ele costuma ficar insuportável quando resolve desafiar uma autoridade com provocações e desprezo, sentir ciúmes e querer controlá-lo pode surtir o efeito contrário, fazendo com que ele apareça com uma nova namorada só para deixar a garota arrasada na frente de todo mundo. 
Kai é muito possessivo em tudo que acredita ser seu, sua aparência calma e tranquila esconde uma mente que não para de pensar na melhor maneira de conseguir chegar na frente dos outros,Kai odeia perder e acha que o segundo lugar é tão ruim quanto o ultimo, se é para entrar em um jogo que seja para ganhar e mesmo que perca, não será por falta de esforço. 
Quando Kai se apaixona, seu amor pode ser tão intenso que a garota pode achar que acabou de descobrir o homem da sua vida, apesar de sua forma pouco delicada de expressar seu amor, seja através de seu ciúme ou de demonstrações de  passividade, na maioria das vezes será um homem dedicado, calmo, compreensível e muito companheiro. 
Kai costuma fica tranquilo e meio anestesiado quando está amando uma mulher que lhe passa confiança,o romance ao seu lado dificilmente será monótono. Quando ele ama, faz com toda sua força e não espera menos da ama, ele não quer que o amor dela seja tão grande quanto o dele, apenas quer que ela ame o mais do que qualquer coisa. Outra particularidade do  é que ele adora ser invejado e sente-se feliz em saber que alguém pode perder o sono por causa disso. 

História:
Desde quando Megan descobriu sua gravidez, ela e Alarick fizeram um trato que somente dariam o nome a seus filhos após o nascimento, dos mesmos, os avós corujas sempre desdenhavam se tal idéia mas quando o menino de olhos azuis elétricos como os de sua mãe veio ao mundo, passaram horas em claro Pensando em um nome a altura daquele anjo. Megan por sua vez, escolheu ainda embargada pelos acontecimentos a Faith irmã gêmea do menino, o nome Kai, Kai vem de origem havaiana e significa oceano, representando toda a imensidão azul dos olhos menino.
O pequeno cresceu forte e saudável, sempre com um espírito aventureiro e debochado, sedia as vezes em que sua irmã o implorava para que brincarem somente para ver seu sorriso. Desde sempre, algo sempre queimou em seu peito como um forte instinto de proteção a Faith.
Atraía garotas desde sempre colando seus lábios a os de uma menina ainda cedo, algo sempre queimava em seu interior ao desejo.
Como uma tentativa de conter o mesmo na infância graças a sua hiperatividade, lhe foi sugerido alguma atividade física ou esporte, seus pais protetores demais demoraram a aprovar a ideia, especialmente Megan que desde o nascimento pendia mais ao lado do garoto.
Enquanto sua irmã se sobressaía na Ginástica, a vida o levava ao lado do futebol onde em incontáveis horas de treino sempre melhorou até alcançar o patamar de onde se encontra. Seus dias eram agora regados a garotas e treinos, até que uma garota em especial tirou seu fôlego. Pandora era o tipo de garota que chamava a atenção de qualquer um  com seus lábios rosados e maneira de ser, o garoto teve a sorte de ficar ao seu lado por um tempo..
E tudo foi perfeito até aquele problema ocorrer...

O que ele (a) era da Panda? (Namorado, ex namorado, melhor amiga, inimiga, etc.) Ex namorado.

Gostos e desgostos: Nada como uma diversão de uma noite em sua vida, algo como ter a garota que quer em sua cama e fazer ser desejado e invejado em largas escalas, seu gosto secundariamente mais fervoroso é o futebol, esporte que o mesmo tem certeza que o renderá uma bolsa no futuro. Desgostos são,acordar cedo e a típica ressaca apos uma noite de bebedeira. 

Manias: Kai sempre tem duas gomas de mascar sabor Hortelã no bolso, quando está tímido meche nos curtos fios antes de responder o solicitado.

Medos: Possui um grave medo de se lecionar no futebol.

Habilidades: É um excelente jogador de futebol americano, atuando no ataque, rápido, ágil e forte.

Par: Sim
Como será sua relação com ele (a):
Kai costuma fica tranquilo e meio anestesiado quando está amando uma mulher que lhe passa confiança,o romance ao seu lado dificilmente será monótono. Quando ele ama, faz com toda sua força e não espera menos da ama, ele não quer que o amor dela seja tão grande quanto o dele, apenas quer que ela ame o mais do que qualquer coisa. Outra particularidade do  é que ele adora ser invejado e sente-se feliz em saber que alguém pode perder o sono por causa disso. 

Família (Nome, aparência, relação):


Alarick Goldyng, pai
Um modelo a ser seguido, ambos tem uma ligação sútil a base do respeito, o mesmo chega a sentir inveja da atenção que seu pai da a sua irmã.


Megan Louise Goldwyng, mãe
Megan simplesmente é a melhor mãe do mundo aos olhos do mesmo, ela o entende e não pressiona, oferece preservativos quando necessário e sempre brinca e conversa com o mesmo.


Faith Louise Goldwyng, irmã caçula
Ele possui uma relação um tanto quanto sugestiva, ele tem total certeza que beijar seus labios e ser o primeiro a toca los era loucura, porém sua lógica pendia para que ao menos ela lembraria daquele beijo, como verdadeiro, e de um rapaz que nunca a deixaria de amar.

Estilo de roupa:






Possui algum objeto importante?: Nop.
Música (s) Tema (s):
Piloto automático
Novos tempos - Cover Jota Quest
Radioactive - Imagine Dragons
Warrior - Imagine Dragons.
Palavra - chave: Nicklaus Mikaelson
**NOVA PERGUNTA: Por que ele (a) decidiu procurar a Panda?
Kai e Pandora passaram por muitas coisas juntos, momentos bons e ruins, ela estava lá quando o mesmo sentiu medo pela primeira vez em um campeonato, e o sorriso dela reconfortou seu peito e o deu mais uma vez confiança.
Pensar que tudo continuava extremamente igual após o término era simplesmente tapar o Sol com a peneira, porém, todas as boas lembranças devem prevalecer mais do que as ruins e esse fato fez o mesmo desenvolver um amor fraternal por Panda, assim a procurando da mesma forma que faria se fosse a Faith.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...