~Sweet_Sin

Sweet_Sin
Capitã Gancho
Nome: Letícia Macedo
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Guarulhos, São Paulo, Brasil
Aniversário: 26 de Maio
Idade: 14
Cadastro:

5 de Novembro


Postado



“Lembrai, lembrai o 5 de novembro
A pólvora, a traição e o ardio
Por isso não vejo porque esquecer
Uma traição de pólvora tão vil
Guy Fawkes, Guy Fawkes, esta era sua intenção
Explodir o rei e o parlamento
Três montes de barris de pólvora abaixo
Para derrubar a pobre Inglaterra
Pela província divina foi capturado
Com uma lanterna escura e um fósforo”


Vocês já ouviram esse poema em algum lugar?

A conspiração da pólvora foi um fato histórico de 1605, quando um grupo provinciano de católicos ingleses tentaram explodir o Palácio de Westminster em Londres. Cujo os alvos principais eram o Rei Jaime VI e a Câmara dos Lordes.

O plano era explodir a Câmara de Londres durante a cerimônia de abertura do parlamento em 5 de novembro de 1605, um prelúdio para a revolta popular nas Midlands em que a filha do Rei, Isabel, seria colocada como rainha de um governo católico.

Guy Fawkes, um dos co-conspiradores que tinha dez anos de experiência militar, ficou encarregado dos explosivos.

No entanto, a conspiração foi revelada para as autoridades em uma carta anônima enviada no dia 26 de outubro ao 4° Barão de Monteagle. Durante uma busca na Câmara dos Lordes, Fawkes foi descoberto guardando 36 barris de pólvora (suficiente para explodir a câmara) e foi preso.

A maioria dos conspiradores fugiu de Londres ao descobrir sobre a revelação da conspiração, e tentaram encontrar apoio pelo caminho. Vários enfrentaram o Xerife de Worcester e seus homens na casa de Holbeche, e no confronto que se seguiu, Catesby foi um dos mortos.

Oito dos sobreviventes, incluindo Fawkes, foram julgados em 27 de janeiro de 1606 e condenados a enforcamento, afogamento e esquartejamento.

- Informações conseguidas na Wikipédia

No filme/quadrinho V de Vingança, uma distopia religiosa da Inglaterra, o 5 de novembro é usado como símbolo e inspiração da Vingança de V.

"Atrás desta máscara há uma ideia, e ideias são a prova de balas"




“Igualdade, Justiça e Liberdade são mais que palavras; são perspectivas”


V lutava pela sua vingança pelo que fizeram com ele, e, além disso, derrubar o regime opressor retratado.

“Vi veri veniversum vivus vici”
(Traduzido do latim:
Pelo poder da verdade, eu enquanto vivo, conquistei o universo)


E


“O único veredito é a vingança, a vendeta, tida como votiva, não em vão, pelo valor da veracidade dos quais um dia deverão vindicar os vigilantes e os virtuosos”



Assistindo: V de Vingança

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...