~CarolJSalvatore

CarolJSalvatore
Shout Out To My Ex
Nome: .¸¸.*♡ ⓒⓐⓡⓞⓛ ♡*.¸ ¸. Ъεรт dค кคн || Pãozinha da MADU ⇢ .:*♡
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 21 de Julho
Idade: 15
Cadastro:

Suicide Squad - F I C H A


Postado


Nome Completo:
Anne Carolline Hanning || Carol
Codinome:
Darkness Angel Abreviando apenas para Darkness ou Dark
Idade:
21 anos
Aparência
Photo player: Lauren Jauregui








Tem pele clara como porcelana, característica natural de onde nasceu. Cabelos castanhos escuros quase negros que formam cachos naturais que vão até metade das costas, mas as vezes ela opta por alisa-los. Tem sobrancelhas bem feitas, olhos verdes claros que parecem esmeraldas, bem marcados. Nariz fino levemente arrebitado, lábios grossos naturalmente rosados, queixo angulado. Mede 1,63 de altura, e pesa 53,8 kg. Tem ombros médios, seios fartos, cintura fina, quadris médios, pernas torneadas, bumbum mediano.
História:
❝—Desapegue, porque no final é cada um por si ❞. É a frase que ela vive dizendo e definitivamente descreve sua vida.
Carolline cresceu em um orfanato, nunca ficou muito tempo em uma casa com pessoas desconhecidas, toda vez que alguém adotava Carol, á devolvia no dia seguinte, por que, cujo eles a menina era estranha, ficava trancada em seu quarto enquanto lia um livro “sinistro’’ com a capa vermelha, nesse livro haviam feitiços, a menina não sabia se eles realmente funcionavam, nunca tentou, e ninguém além dela sabe disso, para eles é um simples livro de contos de fadas.
A última família a ficar com Carol mais de três dias, foi a Família Lewis, eles maltratavam a garota, os mais novos da família pegavam seus livros e rasgavam, até que um dia, George, o mais novo da família Lewis que possuía somente seis anos pegou o famoso livro da capa vermelha, ele abriu e achou chato, e foi mostrar para a sua mãe. A senhora Lewis falou que a menina estava louca, naquele livro havia palavras que nem um especialista conseguiria decifrar, e códigos que só Carol conhecia os significados. No dia seguinte, a Família Lewis devolveu a menina para o orfanato, depois disso algumas pessoas adotavam a menina mais no dia seguinte a devolviam, até que o orfanato em que a garota estava cansou de receber reclamações sobre a mesma e a jogou como um fardo na rua.
Com quinze anos, eram somente ela, seu livro de capa vermelha e o mundo. E diferente do que todos pensavam, ela conseguiu se virar muito bem sozinha, e isso se deve ao fato de que ela tentou um dos feitiços de seu livro, e acabou se sentindo mais estranha, mas não soube o porquê. Passou a viver como uma “marginal”, até o dia em que um daqueles chamados super-heróis a parou em meio a um assalto, sendo o mesmo conhecido como Capitão Marvel ou Shazam. Enquanto ele a segurava, ela em algum momento sentiu uma força estranha dentro de si e a botou para fora, derrubando ao herói. Os dois passaram a batalhar, mas a cada “truque na manga” que ele usava com ela, como usar os raios de Zeus, ela revidava de forma igual, sempre com os mesmos poderes. A partir daí ela descobriu o potencial para “copiar” os poderes de heróis.

Habilidades:
Cozinhar || Seus poderes || Força e agilidade soberbas || ótima lutadora
Personalidade:
Ela não é tímida e muito menos meiga, nem chega perto de algo assim. Carol não liga para o que os outros dizem ou pensam sobre ela. O tipo de garota que não se brinca, ou quem sai machucado é você.
Carolline é uma garota que sofreu muito quando pequena, então passou a desconfiar de tudo e todos, então não faz amizades facilmente, ao conhece-la podem achar que ela é muito grossa, fria e agressiva, mas ao conseguir sua confiança (é difícil, porém não impossível) percebem que a mesma apenas tem um passado perturbado, mas que é uma garota em quem você pode confiar e que nunca deixaria um amigo para trás, pelo contrário, ela se sacrificaria pelas pessoas que confia, faria tudo para ajuda-los.
Quando ela fica muito estressada, passar por momentos de raiva, ou fica mal por algum motivo fuma um cigarro atrás do outro, as vezes por isso até se queima, mas além de fumar, a garota sempre acaba descontando em algo (socando uma parede, quebrando algo e etc. Se for por raiva, nessa hora é bom quem ela não gostar ficar longe, pois ela pode acabar descontando nele) e sai para beber e esquecer os problemas.
Ela costuma testar a paciência de todos a sua volta. É uma garota bem racional e que dá bons conselhos, mas sua amizade não é algo fácil de se ter. Poderia ser seu melhor amigo, mas se ele estivesse errado ela não iria deixar de dizer.
Carol carrega em si um ar de sensualidade inegável, sabe disso e faz questão de usar tal fato a seu favor sempre que preciso.
Ela aprecia o silencio e se sente mais confortável na solidão, e detesta o fato de que ninguém respeite isso. Não é muito de conversar, mas é uma boa ouvinte, e sempre sabe as palavras certas a serem usadas. As palavras certas na hora certa, essa é ela.
Nunca desiste de um desafio e é incrivelmente determinada, sendo também um pouco cabeça dura e teimosa.
Tem uma inteligência apreciável pelo tempo que passou lendo em sua infância, e tem um raciocínio rápido.
Com um humor negro e um típico sorriso sarcástico nos lábios mostrando o quando pode ser ruim quando quer. Pessoas mudam, para melhor ou pior. Ela não, ela apenas evoluiu, mostrou que e muito mais do que todos pensam. Apenas ela sabe quanto é vingativa ao ponto do extremo. Ela escolhe seus próprios caminhos, ela constrói seus próprios mapas.

Família:
Andrey “Andy” Bethanni Hanning || Mãe biológica || Atualmente com 34 anos || Apesar de nunca se virem cara a cara, Andy espiava a filha até a mesma completar dezesseis.

Jeremiah Arkham{Também conhecido como Máscara Negra} || Pai biológico ||Eu não lembro ao certo a idade dele, então serei bem aleatória 42 anos || Ele nunca soube da existência da garota, pois Andy nunca contou, por os dois terem sido apenas uma noite. [Eu coloquei imagens dele sem a mascara, Okay? Pois é antes de seu rosto ser desfigurado]

Victoria Annelise Gormotheus || Irmã-de-consideração || 18 anos atualmente || Vicky era a única “amiga” de Carol no orfanato, ganhando da mesma a visão de irmã mais nova

ஜ [b]Poderes:

Carol possui algo terrível e maravilhoso, depende de qual lado do jogo você está, sendo esta a capacidade de recriar os poderes dos adversários, podendo ser tanto na mesma medida, quanto mais fraco ou mais forte, isso não depende dela e sim de seu adversário.
Armas favoritas e estilo de luta:
✘ ✘
Roupas Casuais:




Roupas de Combate:



Gostos:
Café || Fumar || Morangos Tem FASCINIO por morangos || Silencio || Ler || Desenhar || Aves || Felinos || Estar certa || Usar seus poderes || Rosas vermelhas || Filmes antigos tipo em preto e branco ou mudos || Whisky || Preto || Frio || Noite || Observar a lua
Desgostos:
Estar em um amontoado de coisas || Calor || Sol || Começar a soar || Barulho excessivo || Que a acordem || Manhãs
Medos:
Coulofobia
Fraquezas:
Que falem do passado dela e Flor de Lottus
Vícios:
Café || Cigarros || Whisky
Gênero:
Feminino
Opção Sexual:
Bissexual
Par?:
Se possível!

Escutando: Thats My Girl - Fifth Harmony

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...