~Catxp

Catxp
Caroline
Nome: Caroline (Cat)
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Petropolis, Rio de Janeiro, Brasil
Aniversário: 10 de Julho
Idade: 18
Cadastro:

Ficha - Mrs. Grunwald's Orphanage for Gifted Youngsters


Postado

That's my gift




△ Nome: Angelina Hartmann

△ Apelido: Angel

△ Idade: 16 anos - 10/05 - Signo Touro

△ Nacionalidade: Britânica

△ Aparência:
Angelina possui cabelos naturalmente marrons, batendo exatamente no meio das costas e sendo levemente ondulados nas pontas. Sua pele é branca porém bronzeada, na qual combina e destaca ainda mais seus olhos de um marrom marcante.
Ela é dona de um nariz afilado, sobrancelhas grossas e definidas, além de uma boca rosada e desenhada, esboçando de vez em quando um sorriso largo e branco.
Não possui muitas curvas em seu corpo, mas o bastante para não ser chamada de magrela, já que tem coxas, nádegas e seios no tamanho certo para sua estatura baixa, com 1,55 de altura e com um peso de 49kg.
(Selena Gomez)
















△ Personalidade:
Angelina costuma ser tranquila, passiva, materialista, inteligente e pouco afeita a demonstrações de emotividade.
Poucas são as coisas que conseguem tirá-la do sério. Somente uma boa provocação é capaz de fazer aflorar aquela pessoa agressiva e violenta capaz de fazer alguém se arrepender por provocá-la, e este seu limite é bem amplo, é preciso muito para fazê-la perder as estribeiras. Ela possui bastante confiança em si, e nada que digam a seu respeito a fará mudar.
A elegância dela é algo que sempre vai surpreender as pessoas. Pode estar havendo uma guerra bem na sua frente, ou o que quer que seja, ela sempre estará de cabeça erguida usando palavras aveludadas em um tom calmo. É aquela elegância genuinamente feminina, sem deixar de ser forte.
Angel gosta de coisas delicadas, mais ainda de se maquiar e de poder se sentir bem com seu próprio corpo, mas ela sabe que não precisa disto para mostrar que é feminina. Ela possui um talento nato para escolher as melhores roupas, aquelas que caem perfeitamente em seu corpo, como uma luva. Já nasceu sabendo como combinar um sapato com um vestido, e suas roupas quase nunca são muito chamativas, preferindo atrair os olhares muito mais pelo seu bom gosto, do que por sua beleza.
Ela também não é muito afeita a sonhos ou ilusões. Seus pés costumam ficar bem plantados no chão para não se entregarem à fantasias. Ela é a materialista que acredita mais no que vê do que no que está para vir. Não espere que ela arrisque tudo em uma empreitada apenas porque todo mundo diz que é uma mina de ouro.
Entre a certeza de guardar o que é seu, ou arriscar tudo para conseguir uma fortuna, ela fica com a primeira opção.
Seu comportamento se baseia em seu senso lógico e prático, que não deixa muito espaço para apostas ou especulações. Angel é lógica por natureza, do tipo que sempre procura a razão de tudo e sempre vai escolher o caminho mais curto porque é a coisa mais sensata á fazer. Embora goste de pessoas rebeldes, ela é muito sensata para se entregar tão facilmente a desafios que põem em risco algo de valor para ela.
Sabem por que é muito difícil ver ela arrumando um vaso com flores artificiais? Por que suas flores devem ser verdadeiras, ter cheiro, cores e tudo mais. Se é para ter algo, ela nunca vai se contentar com uma cópia ou algo que sirva como substituto.
Angelina tem todos os sentidos aguçados. Ela se incomoda com o cheiro da fritura que sai da cozinha e fica impaciente com o que o toque do tecido de uma roupa possa causar em seu corpo. Se for para ouvir música, seus ouvidos darão preferência à acordes mais bem trabalhados. Com relação ao paladar, sua parte mais sensível, ela será exigente com a comida a ponto de reclamar do excesso de tempero ou criticar o chefe de cozinha, por mais que na maioria das vezes quem cozinhe seja ela, algo que ela leva como um hobby e um jeito de desestressar.
Quanto a visão, ninguém melhor que ela para apreciar uma obra de arte, sentir-se maravilhada com a harmonia das cores ou perceber defeitos que ninguém consegue ver, porém ela não se sente muito incomodada com os erros alheios, costumando aceitá-los da mesma forma que evita julgar as pessoas.
Seu ritmo de fazer as coisas quase sempre é lento e constante. Nunca a apresse se não quiser deixá-la irritada. Ela odeia ter que correr para fazer as coisas ou apressar-se na escolha daquele vestido para ir a um evento. Impulsividade é uma palavra que não costuma fazer parte do seu dicionário até porque, perfeccionista como é, Angelina prefere demorar para entregar um serviço exageradamente bem feito do que se apressar, estressar-se, e entregá-lo com antecedência. Mesmo assim, quando preciso, ela pode ser rápida e ainda muito lúcida de seus atos.
Ela não é esnobe nem metida, como muitos possam pensar. Além de detestar pessoas assim, ela ama ajudar alguém e ter em troca um sorriso sincero, e faz isso sempre que pode, sendo ciente de que dinheiro é sim preciso, porém não é tudo nessa vida.
Não é teimosa. Ela só costuma levar mais tempo que as outras pessoas, pensando e refletindo sobre as coisas para qualquer argumento fazê-la mudar de opinião. Na verdade, quando ela se recusa a creditar em algo esta querendo dizer: “Me convença!”.
Angelina jamais é fresca ou mole. É muito raro encontrar esta garota choramingando ou se fazendo de coitada para conseguir alguma coisa. Ela não precisa do ombro de ninguém para chorar, pois é muito forte para perder tempo com lamentos e tristezas.
É corajosa, não teme o amanhã e não se deixa abater facilmente. Pode até ser que ela chore escondida pelos cantos, quando ninguém estiver por perto, mas jamais deixará que sua dor fique aparente.
Uma menina sagaz e honesta, até demais, o que pode surpreender as pessoas ás vezes, pelo simples fato de ela se esconder atrás de quem a julga ser somente uma bonequinha Barbie mimada.
Para definir a ela, a melhor palavra é garra pois, independente de quem ou o que estiver no seu caminho, ela vai sempre estar te surpreendendo com uma última carta na manga e um sorriso rasgando sua face.

△ História:
Harry e Caroline, pais de Angelina, se casaram muito jovens e tiveram sua filha na mesma época. Eram um tanto desorganizados, tinham acabado de se formar na faculdade e não haviam planejado uma filha justamente naquele momento. Tinham só 27 e 24 anos mas, respectivamente, não tinham dúvida alguma de que estavam prontos para serem pais.
Todos tinham inveja da pequena Angel pelos pais que recebeu e por sua ótima condição de vida, além de que foi criada muito bem em uma mansão herdada da família do pai. Sua mãe era uma ótima psicóloga e, sem dúvidas, uma ótima mãe, e Harry não ficava muito atrás em seu papel de pai, tendo um diploma de direito mas preferindo ficar com a filha e seguir como pintor, trabalho que ele amava tanto quanto Angel. Desde cedo Angelina expressava sua paixão pela arte, obviamente influenciada por seu pai, desenhava e ainda desenha muito bem, e na infância seus lápis eram como seus melhores amigos, o que orgulhava Harry ao extremo.
Mesmo com todos os defeitos, carinho e amor não faltavam naquela família, na verdade tinham de sobra. Seus pais a amavam muito, e eles podiam não ser perfeitos, mas estavam unidos e era isso que importava, afinal.
Tudo ficou ruim quando a tragédia com os pais de Angel a fez ir morar com sua tia de parte paterna, Rachel, uma típica madrasta dos contos de fadas já nos seus quarenta anos, que só tinha interesse no dinheiro que seria entregue a sobrinha quando a mesma completasse 18 anos. Não tendo outra escolha, a mais velha acabou pegando a sobrinha para criar por puro interesse, receberia uma bela quantia para cuidá-la, mas não fazia questão de tratá-la bem, o que ajudou na pequena fase traumática de Angelina.
A única salvação da pequena naquela época foi seu motorista, Sam, um digno e doce senhor que servia a família Hartmann desde sempre, e não concordava com as atitudes de Rachel. Fazia companhia todos os dias a Angel, além de ter sido ele a ajudá-la a fugir e ter lhe entregado o diário de Harry, aonde o mesmo falava sobre todas as suas experiências e planos, além de conter todo os seus dados pessoais e senhas de bancos e cofres destinadas a sua esposa ou filha caso ele viesse a falecer, mas a principal utilidade do diário foi que, com ele, Angelina descobriu que não era a única a ter poderes; Exatamente, Angelina havia herdado seus poderes do pai.

△ Sexualidade: Feminino.

△ Dom:
Realidade Artística: É a capacidade de dar vida a desenhos e esculturas.
Com os desenhos de sua autoria, consegue criar personagens ou objetos, bastando passar uma borracha sobre o desenho para apagá-lo da realidade.
Tocando as esculturas de sua autoria, pode dá-las vida, tornando-as animais ou até mesmo humanos.
Essas criaturas podem obedecer as ordens do criador, realizar ordens simples, ou podem pensar por si mesmos (inclusive indo contra o criador, o que ainda não aconteceu com Angelina). Precisa-se somente de um lápis e papel comuns para Angel dar vida ás criaturas em qualquer hora ou lugar.

Angelina adquiriu seu dom uma semana após a tragédia ocorrida com os pais, em um dia de lua cheia. Estava deprimida até então, não pronunciava uma palavra ou expressava emoções, e tudo o que conseguia era desenhar. Nessa noite, depois de ter desenhado um urso sobre o papel, foi ao banheiro. Lá acabou levando um tombo, tão bruto e rápido que não lhe deu tempo de raciocinar e a levou a um desmaio. Acordou ainda deitava no chão gélido do banheiro, e quando voltou ao quarto se deparou com um urso de pelúcia real, e falante. Sua primeira reação foi gritar, mas se conteve para não chamar a atenção da tia, e ainda assustada e sem reação percebeu que era o urso que outrora ela havia desenhado. "Estou louca?", foi seu primeiro pensamento, seguido de várias pesquisas durante todo o mês para saber o por quê e como essa habilidade apareceu após seu desmaio, mas tudo o que achou foi o endereço de um orfanato, ou melhor, o orfanato da Sra. Grunwald, pra onde mais tarde se mudou em busca de respostas com a ajuda de Sam, o motorista (embora ele não soubesse do poder dela). Pouco depois disso, lendo o diário do pai que lhe foi entregue, ela descobriu que havia herdado-o de Harry, seu pai.
Atualmente, usa seus poderes com frequência, quero dizer, quem não usaria sabendo que poderia ter o que quisesse na hora em que quisesse? Mas não gosta de fazê-lo em público, optando por proteger a ela e a quem estiver ao seu redor, já que não sabe ao certo das consequências que um descuido traria.

△ Como ocorreu a morte da família:
Eles voltavam de uma viajem de carro para uma cidade vizinha, e estavam realmente felizes. Angelina, com ainda 13 anos de idade, queria tirar foto de cada imagem curiosa que alcançava sua visão, passando as fotografias para o papel em forma de desenhos, e fazendo questão de mostrá-los para seu pai, sua grande inspiração.
Na chegada em casa, naquela noite de relâmpagos e trovões que anunciavam a chegada da chuva, foi quando tudo aconteceu. Por falta de sorte, a família se deparou com saqueadores na casa em que moravam, e acabaram sendo amordaçados e rendidos pelos mesmos. Os ladrões mataram cruel e lentamente Harry e Caroline, fugindo assim que pegaram o que queriam e deixando somente Angel viva com a imagem de seus pais mortos enquanto chorava e gritava amarrada à cadeira.

△ Gostos:
Fotografar,
Desenhar,
Natureza,
Ficar sozinha.



△ Desgostos:
Ser pressionada,
Seus pesadelos constantes com os pais,
Mentiras.


△ O que é no Orfanato da Sra. Grunwald? (X) Veterano ( ) Novato
Chegou no orfanato com 14 anos de idade. Sempre foi muito inteligente, mas realmente não sabia como controlar seus poderes, na verdade achava que estava louca, e seus pais morreram, não tinha o que perder. Ouviu falar sobre o orfanato, não foi muito difícil o achar, e abandonou a mansão em que morava com sua tia levando todo o dinheiro que tinha e o diário de seu pai, pegando a primeira embarcação até lá.

△ Medos/Fobias:
(Medos) De machucar alguém com seus poderes,
Perder o diário do pai.
(Fobias) Astrofobia - medo de raios, relâmpagos e trovões porque a fazem lembrar da tragédia com os pais, talvez por terem sido mortos em uma noite chuvosa, e das coisas ruins que já lhe aconteceram.


△ Hobbies:
Desenhar,
Fotografar,
Jogar futebol.


△ Estilo:
Baile (feito por ela)



Guerra


Casuais








△ Par:
Sim.
A principal característica de Angel seria, a princípio, os pés no chão. No entanto, ela algumas vezes tem atrações intensas por gente complexa, e aí ninguém consegue entender como uma pessoa com tantas qualidades está com alguém tão complicado ou dominador, mesmo quando ela parece tão extrovertida.
De sua natureza tenaz e obstinada, o amor não é uma experiência flutuante na vida de Angel, que sabe muito bem o que quer e que, quando gosta, é para valer: seu coração é leal e estável.
Para ela, o amor tem que florescer no plano material, o que significa dar ou ganhar chocolates ou presentes, comer em restaurantes, ficar em bons e significativos lugares, etc. Além disso, ela é muito carinhosa e sensual, do tipo que gosta de beijar, tocar e abraçar - e receber tudo isto em troca também!
Se não está sendo movida por uma grande paixão, a escolha tende a ser cuidadosa, com Angel avaliando a pessoa em questão como um futuro companheiro e se perguntando: "Será que ele tem condições de estar ao meu lado no futuro?". E sim, ela é exigente quanto a isso.
Se existe uma dica importante para conquistar Angelina, é jamais se converter no centro das atenções, é que no fundo ela ama a descrição e o mistério, e quanto mais realista e segura for a relação mais possibilidades terá com ela.


△ Amigos e inimigos:
(Amigos) Para ser amigo de Angel basta ser você mesmo. Ela adora sinceridade e autenticidade, e não liga nem um pouco para o que as pessoas falem sobre você; Seja gentil com ela, e ela o será com você, sem nenhum tipo de preconceito.
Não gosta de falar muito sobre seu passado para quem acabou de conhecer, ás vezes soa até um pouco desconfiada por conta disso, mas ela sabe ouvir e dar conselhos, além de que seu sorriso consegue conquistar qualquer um, e são essas pequenas coisas que a tornam muito simpática e divertida. É sempre a mais animada do grupo, ri de qualquer coisa, mas quando se irrita, pode ser bem grosseira (o que acontece com pouca frequência, já que ela quase nunca se estressa), afastando e assustando as pessoas. Não é ciumenta com seus amigos, na verdade sempre procura estar de bem com todos, mesmo que prefira a amizade masculina, a qual acha mais verdadeira e leal, além de que ela prefira muito mais futebol à fofocas.


(Inimigos) Não costuma ter muitas pessoas contra ela mas quem está são com certeza grosseiros e metidos, provavelmente eles começaram a rixa, já que Angel detesta inimizade.
Ao cruzar com alguém que não gosta, ela não arma um circo ou faz campanha para destruí-lo. Simplesmente o evita. Angelina tem uma capacidade imensa em demonstrar indiferença e frieza para com seus inimigos.


△ O que o(a) deixa muito irritado(a)?
Que mexam nas suas coisas, mais especificadamente no diário de seu pai, já que Angelina o guarda como seu bem mais precioso desde a morte dele e de sua mãe; Se ela não lhe der permissão, simplesmente explodirá em um ataque agressivo, mas, dependendo da pessoa, ela se desculpará depois e somente pedirá que não mexa mais em seus pertences, voltando a tratá-la como antes.

△ Concorda com todos os termos e regras estabelecidos para a fanfic?: Claro!

Lendo: O que estou escrevendo
Assistindo: Supernatural
Comendo: Pipoca
Bebendo: Água, porque, né...!

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...