~Cath-Reader

Cath-Reader
Hey, Soul sister!
Nome: Catarina
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Jaboatao dos Guararapes, Pernambuco, Brasil
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Alyssa Katherina Woods. -- The Selection.


Postado

Alyssa Katherina Woods. -- The Selection.

Ficha.



▲▼Nome:

Alyssa Katherina Woods;

▲▼Apelido: 

Não se importa muito com como a chamam, mas os mais íntimos a chamam de Al;

▲▼Data de nascimento: 

07/05 (Sete de Maio);

▲▼Idade: 

17 (Dezessete) anos;

▲▼Signo: 

Touro;

▲▼ Aparência:
{Alexandra Daddario}

Dona de grande beleza, Alyssa é uma garota encantadora. Sua postura firme e corpo esguio se prontificam em exibir sua imponência e corpo curvilíneo. Seu olhar firme denuncia seu perigo e assemelha-se ao encontro diurno do céu azul com o oceano, sua pelo é clara e leitosa, suave como algodão. Tem o rosto arredondado, nariz afilado, queixo em formato circular e bochechas vermelhas, seu lábios são naturalmente em um tom pêssego. Os cabelos escuros de Alyssa escorrem por seus ombros, ondulados e sedosos, clareando à luz do dia.

















▲▼Personalidade:

Mergulhada na determinação, Alyssa consegue sempre alcançar seus objetivos. Trabalha duro e valoriza quem o faz, reconhecendo o mérito, tanto próprio quanto alheio. É uma garota com ares de mulher, exala firmeza e imponência, é em muitos pontos feminista.

Tratando-se de coragem Al tem o bastante para um exército em plena guerra. Não se deixa levar por comentários maldosos, e não se deixa intimidar por pessoas em um “patamar mais alto”, dane-se sua casta. Mas, não faltaria com respeito à família real nem mesmo seus empregados.

Al impressiona por sua teimosia e vontade de ser melhor, empenha-se muito para ultrapassar suas expectativas. E mesmo assim não deixa de lado sua graça e gentileza dignas de uma mulher. Apesar de jovem, Alyssa é uma “garota-cabeça”, têm ideais firmes e concretos, é muito difícil tirar algo de sua cabeça.

Têm um belo sorriso, que aparece sempre que faz algo prazeroso, sempre que se sente realizada e feliz.

A garota acomodou-se em casa, não é de sair muito, conviver com as pessoas e tudo o mais. Quando sai só é para tomar um ar ou caminhar, por isso tem dificuldade em se adaptar aos novos ambientes.

Al é muito esperta, une provas á fatos com muita facilidade, e é muito boa em resolver problemas. Não hesitando em dar um choque de realidade de vez em quando – afinal, nem todos os problemas devem ser tratados como o fim do mundo.

Mas, ela não é sempre uma boa garota. Alyssa, não tem um bom controle de sua irritação, isto é, ela não se irrita facilmente, mas quando o faz tem dificuldades em se controlar o que a torna imprevisível; por vezes mostrou que suas palavras eram superiores, outras simplesmente ignorou. Ninguém sabe o que ela pode fazer, mas ela jamais poderia agir de forma agressiva. Sente a raiva intensamente, é meio rancorosa, mas não vingativa.

Sente muito orgulho de suas conquistas e adora receber elogios, mas não evita o rosto vermelho ou o sorriso constrangido.

Não é muito vaidosa, mas cuida de sua aparência, sempre impecável em compromissos importantes – não que tenha muitos. Talvez por sua família ter uma renda boa e ser pequena, Alyssa não liga muito para luxos e ostentações. Contenta-se com o que tem e muito agradecida. Mas ainda tem ambição de ser maior, de conseguir mais, batalhar por seus sonhos; que são muitos.

A companhia da literatura é o que mais presa em sua vida, além dos cálculos e sistemas geométricos. Al desde sempre sabia o que queria para si, sabia que tinha sonhos, sabia que deveria batalhar e sabe que vai alcançá-los. É uma menina-mulher independente, portadora de grande conhecimento, relacionado não só à literatura como também à política, artes, astros, religião e história do mundo. Seu interesse em entender os "porquês" espalhados pelo mundo é insaciável e infinito. Não é uma garota de achismos, se ela não sabe, ela procura descobrir.

Não conhece a palavra "desistência", sua personalidade audaciosa a impede de largar algo pela metade, mais ainda, a faz ir até o fim mesmo nas maiores loucuras. É uma mulher de atos e consequências, é raro pisar na bola, mas se o faz arca com todos os resultados mesmo que indesejados.

Ela tem muitos argumentos e nunca perde uma discussão, seja lá com quem for. Seu nível alto de conhecimento tira dos outros as palavras. O que é um fato importante para uma futura advogada, além de o seu gigante senso de justiça.

Al não tem certeza se é uma garota romântica, nunca se envolveu com ninguém, sequer se lembra do seu primeiro beijo. Sabe que não sonha com um príncipe no cavalo branco, mas admite querer um pouco mais de agitação na sua vida monótona. Nas poucas vezes em que se viu apaixonada não demonstrava os sentimentos com facilidade, ou não era correspondida, então decidiu dar um fim à relacionamentos que pudessem vir a ser apenas distrações.

Por mais que pareça sempre séria, Alyssa é uma admiradora do bom humor, a convivência com seus tios tornou-lhe uma garota alegre estando ou não com um sorriso no rosto. Embora não admita em voz alta é uma garota traquina, parou de praticar traquinagens, mas ainda é traquina. Aprendeu com os melhores, os reis das pegadinhas, mas uma hora Al teve de admitir que cresceu e então parar.


▲▼História:

Alyssa perdeu os pais pouco depois de nascer, tinha apenas poucas semanas de vida, talvez dois meses. Depois que eles se foram Al ficou sob a guarda de seus tios solteirões e suas trapalhadas.

Alyssa, desde pequeninha, teve que aprender a lidar com homens. Seus tios eram as pessoas mais agradáveis que já conheceu, se dedicavam a ela como verdadeiros pais e ela passou a chamá-los assim. Pais. Eles estavam completamente apaixonados por aquela coisa fofa e gentil que eles adotaram.

Parecia loucura, irmãos criando um bebê juntos. Pensando bem todos os dias naquela casa eram malucos, com as brigas entre os dois, as fraldas para trocar, as noites mal dormidas. Durante o comecinho da infância nada era fácil, mas era sempre divertido.

Quando adolescente, Alyssa sentia imenso orgulho dos tios, que conseguiram se desenrolar. A garota acabou por se tornar mais responsável que os dois juntos, e eles não poderiam estar mais realizados. A família era competitiva entre si, todos faziam apostas bestas com prendas mais bestas ainda, nada além de sorrisos.

Alyssa sempre teve a melhor educação que a família pode dar, sempre cuidando dos mínimos detalhes. Seus "pais" lhe disseram uma vez que sua mãe era a pessoa mais trabalhadora e dedicada que eles conheciam, que apesar de todo o conforto ela escolheu o amor e assim foi para a casta cinco, era para lá que iria. Se tudo não tivesse acontecido, o acidente, as mortes.

Então levou em conta todos os elogios que prestaram a sua mãe e decidiu ser tão forte e inteligente quanto ela. O que ela fez muito bem, ela queria sorrir orgulhosa em frente á um espelho e ver o sorriso orgulhoso de sua mãe. E talvez por tal dedicação acabou apaixonando-se pelo conhecimento.

Al, não é no todo uma pessoa antissocial, ou metida, ela só prefere ter um círculo social reduzido. Não se sente só, pois tem amigos, não são muitos, nem as imagens de melhores amigos que vemos em fotografias, mas são bons. Muito bons.

A amizade é um tesouro de valor e Al dedica-se muito à ele. Seus amigos dão a ela toda a confiança que precisa e estar entre eles é revigorante. Seus tios incentivam muito o valor que ela dá a eles e vice versa, são os únicos que conseguem levá-la à festas e programas de adolescentes e tirá-lhe todas as palavras de defesa que uma advogada deveria ter.


▲▼Manias:

Estralar os dedos;
Assovia musiquinhas bobas, quando não consegue prestar atenção em algo ou quando está entediada;
Mexer na barra da camiseta/saia quando está desconfortável;
Sorrir quando está envergonhada;
Estalar a língua quando está indignada;
Quando se sente mal, por medo, tristeza, saudade, etc. Cantarola sua música favorita (Free Bird).


▲▼Hobbies: 

Se leitura é considerada um hobby, Al o pratica bastante e também gosta de tocar piano, talvez pela dedicação terminou apaixonando-se pelo instrumento. Além de ser aspirante a poetiza.

▲▼Qualidades:

~Generosa;
~Atenciosa;
~Determinada;
~Educada;
~Gentil;
~Inteligente;
~Esperta;
~Bonita;
~Decidida;
~Dedicada;
~Forte;
~Sincera;
~Conselheira;
~Corajosa;
~Leal.
~Audaz;


▲▼Defeitos:

~Inflexível;
~Teimosa;
~Mandona;
~Não muito sociável;
~Não se adapta bem a novos ambientes;
~Rancorosa;
~Desastrada;
~Certinha demais;
~Orgulhosa;
~Controladora;
~Lógica;
~Calculista.
~Muito adulta para a idade dela.



▲▼Gosta:
~Observar as estrelas;
~Cantar;
~Ler;
~Ouvir músicas;
~Ver filmes;
~Passar tempos de tranquilidade;
~Dias frios;
~Noite;
~Chocolate quente;
~Chocolate amargo;
~Mitos e Lendas;
~Animais;
~Lírios e margaridas.


▲▼Não gosta:
~Ambientes fechados;
~Aranhas;
~Sons estridentes;
~Pessoas metidas;
~Pessoas com más intenções;
~Frutas cítricas;
~Sol;
~Lugares abarrotados de gente;
~Cores quentes;
~Rosas;
~Girassóis.



▲▼Preferidos:

Livros:

A Megera Domada;

Um estudo em vermelho;

Romeu e Julieta;

{Dos quais, creio eu, terão restado poucos exemplares em 2040...}.


Contos de fadas:

Peter Pan;

Alice no País das maravilhas;



Música:

{Seu apreço por músicas relativamente antigas é enorme; e dentre as variedades é muito difícil escolher apenas uma, mas...}.

Free Bird;

{Porém, infelizmente, nunca ouviu a versão original, em vídeo só encontrou covers. Mas, seu tio lhe disse ser sua música favorita e ela acabou tomando apreço pela música}.


Banda:

Coldplay;


Música(S) da banda favorita:

Paradise;

The Scientist;

Adventure of a Lifetime;

Sky Full of Stars;



Cor:

Azul Marinho;


Comida:

Chocolate amargo;


Filme:

Os Miseráveis;


Cheiro (S):

Menta;

Grama molhada;

Chocolate.


Citação:

"Plante seu jardim e decore sua almas, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores."
-William Shakespeare.

▲▼Província:
Kent;

▲▼Casta:
3 (Três);

▲▼Profissão:
Faz estágio no escritório de advocacia de seus tios. Pretende tornar-se advogada {futuramente juíza, talvez}.

▲▼Família:
Mattew e James Woods, 35 anos. {Robert Downey Jr.}
São irmão gêmeos muito unidos e paspalhões, depois que começaram a cuidar de Alyssa se tornaram mais responsáveis e crescidos. Eles sentem muito orgulho de Al e a amam com todo o coração. Mattew é mais bem humorado e desajeitado, James é mais pé no chão. Al adora sua companhia, sabe que sempre pode contar com eles, é filha de dois tios incríveis que fizeram cada minuto valer à pena. Eles nunca precisaram dizer o quão gratificante era criar uma garota tão gentil e dedicada, eles sentiam-se revigorados sempre que chegavam da empresa e viam o sorriso feliz com o qual a garota os recebia. Eles nunca mentiram um para o outro, nunca sentiram constrangimento em fazer compras com Alyssa, ou em conversar sobre assuntos íntimos e amorosos com ela. Talvez, sexo e menstruação sejam assuntos delicados, mas eles conseguiram dar-lhe todo o conhecimento que homens solteiros e trintões tinham sobre eles.
Alyssa os ama mais que qualquer coisa no mundo e não exitaria em dar a vida por eles.

Mattew

James

▲▼Roupas

Dia a dia:







Encontros:





Pijama:



Jornal oficial:





Festa:





Natal:


Halloween:


▲▼Por que decidiu participar?

Perdeu uma aposta para os tios desesperados em faze-la desencalhar. Eles apostaram quem prendia o ar nos pulmões por mais tempo, ela perdeu por dois segundos. E como leva sua palavra a sério, teve de arcar com as consequências: se eles perdessem passariam uma semana indo a empresa de saia e se ela perdesse deveria tentar a "sorte" na Seleção.

Não foi uma ideia muito bem recebida, mas Alyssa confiava que dentre todas as garotas da província ela não seria a escolhida.


▲▼O que acha da seleção?

Al não acredita nesse "poder mágico" da Seleção que faz com que os príncipes se apaixonem perdidamente por essas garotas desesperadas. É simplesmente ridículo. O sonho de uma garota em encontrar seu príncipe encantado pode se tornar real, ou não! Alyssa sabe que a maioria daquelas garotas descerebradas não aguentam o peso de uma coroa, o Reino não é governado por um Rei apenas e uma garota sem conhecimento nenhum sobre os problemas sociais e políticos não deve tomar o trono apenas por ambição de se tornar dona do título de Rainha.
É repulsivo e machista.

Mas, Al sabe que algumas estão na mesma situação que ela. Não pelo mesmo motivo, possivelmente, mas ainda assim não tem tanto gosto em estar lá.


▲▼O que acha dos príncipes?
Príncipe Jason:
Seu jeito respeitador, sonhador e dedicado é incrivelmente encantador aos olhos de Alyssa, ela encontra neles muitas qualidades que há em si. A princípio, percebe o jeito tímido e recatado do garoto como uma forma de disfarce, talvez por desgostar da Seleção, o que ela entende perfeitamente. Não sai pelos corredores do castelo suspirando por ele, ou abrindo decotes para receber sua atenção, não acha que ele realmente dê atenção à esse tipo de coisa.
Logo percebe a força de vontade para se tornar um bom governante e admira isso nele, reconhece seus esforços, mas ainda crê que ele se submete demais às escolhas do pai, talvez por insegurança, o que ela também compreende, mas como futuro governante é um fato ele ter de manter o pulso firme e ideais concretos. Ela realmente se encanta com seus sorrisos e o seu jeito sonhador, além da aparência, claro.

Príncipe Michael:
Um pouco exigente na forma de comandar, tem características fortes e de grande mérito para um rei. Não se deixa intimidar pelo pai, mas percebe-se em seu olhar que é carente de atenção e solitário. Apenas com a convivência Alyssa vai poder esclarecer o motivo de tais sentimentos. A atenção que recebe é voltada de formas negativas, para um homem que, com certeza, merece mais. Porém seus atos impensados resultam em grandes problemas para a família real, que deve presar sua imagem.
Acredita que a maioria das selecionadas que têm a "preferência" voltada à ele pretende mudá-lo, quando na verdade ele só precisa mostrar um pouco mais de si. Mesmo com a hostilidade e a superioridade do rapaz, Alyssa pode dizer que ele é um rapaz de qualidades memoráveis escondidos atrás de atos infantis e imaturos.
Al diz que não acredita que as pessoas mudam, elas só mostram quem realmente são.


▲▼Está pelos príncipes ou coroa?

Mesmo que negue veemente, está por ambos. Alyssa é uma garota, e toda garota, pelo menos uma vez na vida, imaginou-se com seu príncipe encantado, então seu interior mais profundo diz-lhe: príncipe. Mas opta por convencer-se de que está lá apenas pelo conhecimento sobre a vida Real, a possível grotesca biblioteca e uma improvável conversa com os governantes.

▲▼Existe a preferência por algum dos dois? Por qual?

Não gosta da ideia, mas admite que dentre eles o príncipe Jason lhe é mais encantador, apesar de transparecer a falta de pulso firme em seus ideais e ser muito submetido e influenciado pelo pai. Mas o príncipe Michael é um rapaz que apesar de imaturo tem também grandes qualidades dignas de um rei que lhe causam grande admiração e interesse.

▲▼Como vai tratar outras selecionadas?

Al não é do tipo que age diferente com as garotas, mas deseja não tomar antipatia por nenhuma, mesmo que também prefira isolar-se das amizades. Quer uma convivência boa, sem conflitos internos, pelo menos não que a envolvam.

▲▼Como age com a família real?

Ela sente-se um pouco desconfortável na presença do rei, mas nunca perde a postura firme nem se deixa intimidar. Aprovando ou não as atitudes do rei ele ainda é o rei. Com a rainha acaba por se dar melhor, mesmo com as conversas escassas ela se encanta com o jeito delicado e gentil dela, sente-se infinitamente mais à vontade na sua presença e não evita sorrisos de admiração à mulher. Talvez por nunca ter tido uma mãe imagina-a semelhante á rainha.
A princesa é uma garota admirável, elas têm conversas um pouco mais "humanas" e informais. Mas age com igual respeito ao rei e á rainha. Se diverte bastante na companhia dela, seu bom humor é contagiante e Alyssa admira muito isso.
Com a presença dos príncipes Al tem que se acostumar, mesmo que role a pressão do "vamos ter que nos amar", ela sente que eles não gostam daquilo tanto quanto ela. Mas, como sua presença é inevitável, Alyssa tenta ao máximo ter uma relação no mínimo favorável. Nunca deixando de lado seus ideais, sua personalidade forte e, principalmente nos comentários do Príncipe Michael, estalando muito a língua.



▲▼Como age com os empregados?

. Al os trata com respeito, trocando poucas palavras e mantendo poucas exigências. Não se importa muito com sua posição em relação à eles, mas sabe que se sentiriam desconfortáveis caso agisse de forma mais informal com eles, então em respeito a isso mantém a formalidade. É sempre muito gentil e educada, dá pouquíssimo trabalho à eles, afinal ela prefere se dar ao trabalho que empurrá-los para outros

▲▼Empregadas:

Lanna, 27 anos.

É bem maluquinha e brincalhona, coisas que divertem muito Al, elas conversam bastante.A princípio Alyssa não sabia como agir, sentia-s desconfortável em ter uma criada, mas a partir do momento em que Lanna percebeu que ela era gente boa puxou assunto, esquecendo-lhe do fardo "empregada", o que a deixou infinitamente mais à vontade. Lanna tem sempre uma trapalhada a esperando, o que arranca muitas risadas delas. Al, depois de um tempo, passa a ver Lanna como uma amiga e não uma criada.

Martha, 25 anos.

Martha é uma mulher divertida, sabe de todas as fofocas do palácio e inteira Al em todos eles, quando a relação entre Lanna e Al se tornou mais relaxada ela permitiu-se relaxar também. Ela tem bons concelhos, boas conversas e bons assuntos. Elas se dão muito bem, acabam por tornar-se amigas.

▲▼É capaz de trapacear?

A considerar que nunca teve um interesse real na Seleção, não.

▲▼Seria capaz de trair o príncipe?

Não, jamais se imaginaria fazendo tal barbárie com qualquer que seja o rapaz. Tem repulsa à traição.

▲▼Como vai agir nos encontros?

Alyssa não tem nenhum tipo de experiência com garotos, então ela vai tentar ao máximo ficar confortável. Desde a entrada na Seleção a garota não esconde quem é e o que deseja ser, por que num encontro seria diferente? Ela vai tentar integrar-se nos interesses do príncipe a fim de encontrar algo em comum, fazer a conversa fluir sem pressão e tentar controlar seu lado desajeitado.

▲▼Já teve uma relação com outro garoto antes da seleção?

Se seu primeiro beijo contar, sim, mas não lembra do que aconteceu. Nunca teve nenhum relacionamento com nenhum rapaz, foca-se no trabalho, nos estudos e no seu futuro. Embora parte de si deseje algum romance, ela prefere ignorar. Talvez não tenha encontrado o cara certo ainda.

▲▼É virgem?

(X) Sim
( )Não

▲▼É capaz de fazer alguma brincadeira "do mal" que prejudique outra selecionada?
Não, mas admite ter vontade de praticar alguma travessura com as garotas que a irritam.

▲▼Está ciente de que sua personagem será minha?
Yeah!

▲▼Está ciente de que se não comentar, a sua personagem será eliminada?
Yeah!



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...