~Sjalvmords

Sjalvmords
God loves you, i don't
Nome: Jess, call me Jess
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Humanidade?


Postado

Não vou postar este jornal apenas por postar, vou postar porque preciso desabafar.
O que é a vida? Fucking pergunta que não sai da minha cabeça. E quer saber? A vida é uma droga. Na verdade, as pessoas a transformaram em uma droga. Eu sinceramente gostara que quando nascêssemos já tivéssemos um manual de como viver, porque não ta fácil.
Preconceito, pobreza, descriminação, crimes, assassinatos, roubos, pais de família sendo mortos por quererem proteger seus filhos, crianças vítimas de bala perdida, doenças, fome, escolas e hospitais precários, que mundo é esse em que vivemos? Aliás, que merda de mundo é esse em que vivemos?
Onde foi parar a humanidade das pessoas, seu respeito? Elas mentem e roubam descaradamente de pessoas que não podem fazer nada para impedi-las e que ainda por cima sofrem com seu descaso.
Mas como não pode haver ninguém honesto nesse mundo que possa mudar alguma coisa? Acontece que há. Mas as pessoas estão mais interessadas em ver piadas e idiotices no face book do que ouvir um discurso de alguém que realmente tenha cérebro.
Parece que vivemos em um mundo cercados de zumbis que tem seus cérebros consumidos pela internet. Mais uma coisa estragada pela humanidade. Uma coisa que poderia servir para a divulgação de conhecimento útil ou de campanhas para que possamos conservar nosso mundo, mas não, é usada para divulgação de fofocas e mentiras, usadas por idiotas para julgarem quem nem conhecem, coisa que só tem coragem de fazer atrás de uma tela de computador.
Isso e mais uma penca de coisas transformam a vida em uma grande merda. Até mesmo olhar a TV todos os dias chega a ser cansativo. Sempre as mesmas notícias, a mesma violência, os mesmos discursos de políticos corruptos que só se importam com a próxima eleição.
Mas eu não posso julgar uma coisa que não entendo, não é mesmo? Não posso julgar a corrupção pois eu não a entendo, não posso julgar pessoas que roubam, pois não as entendo. Posso apenas perguntar o porquê. A final, não seria mais fácil se vivêssemos em um mundo com respeito? Um mundo sem corrupção? Penso em como seria a vida se todos tivessem sido justos desde o início. Mas como disse Aslan, nunca saberemos o que teria acontecido.
E no final, é apenas isso que fica para a pergunta no início deste jornal. Pois cada um vê a vida de uma maneira diferente e podemos apenas nos perguntar o porquê de ela ser assim, e se tivermos sorte, podemos até muda-la um pouco para melhor.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...