~Akashiya_Riku - Clan Kazemakase

Akashiya_Riku
Liar, liar, liar...
Nome: Carolina Pereira Da Silva
Status: Usuário Veterano
Sexo: Feminino
Localização: Taboao da Serra, São Paulo, Brasil
Aniversário: 23 de Dezembro
Idade: 17
Cadastro:

Você me pertence...#SQN


Postado

Você me pertence...#SQN

EU NÃO AGUENTO MAAAAAAAAAIS!!!!!!!!!


E é dessa forma que eu começo o meu jornal: Com um pensamento que eu tive enquanto fuçava o Spirit atrás de uma nova fanfic para ler. Seguinte...

Vem cá meu amor, escuta o conselho da tia

Eu não tenho nada contra essas típicas frases que o povo usa em fanfic. Você é meu. Você me pertence. são frases que podem SIM ser românticas, podem SIM ser picantes e que capopera nunca sentiu uns tremeliques lá na perseguida quando leu o bias falando isso pro seu passivo frágil e inocente e imaginou aquela voz maravilhosa e... Chega de detalhes, isso não é uma fanfic e eu não quero ninguém se masturbando e perdendo o foco do jornal.

Quem nunca não é? Não foi meu caso essa semana, eu senti um asco enorme.

E por que? Porque a coisa mais horrível do mundo é um cara com o dobro da sua altura agarrar seus braços, começar a te chacoalhar e gritar na sua cara que você "PERTENCE A ELE E QUE VOCÊ VAI AMÁ-LO QUERENDO ISSO OU NÃO. Pra você autora querida que escreve esse tipo de coisa e acha a coisa mais sensual, romântica e linda do mundo:

NÃO TEM NADA DE SENSUAL NESSA PORRA. É ASSUSTADOR PRA CARALHO


Eu nunca vou entender como podem ter tantas autorAs, tantas mulheres, que são o principal alvo desse tipo de violência e escrevem essas merdas achando a coisa mais fofolete do mundo, S2 S2, ele me ama, S2 S2 (Tomar no cu). Já parou pra pensar que você está banalizando e romantizando um tipo de situação que deixa marcas profundas na mulher e muitas vezes termina em MORTE para a mulher? Não né? Pois é... A realidade não é tão glamorosa.

Outra coisa que me chamou muito a atenção e que remete a esse mesmo tipo de violência, mas agora de forma ainda mais preocupante é que dei de cara com uma fanfic (no dia seguinte ainda por cima, vou tomar banho de sal grosso pra ver se afasta essa uruca) que romantizava sequestro e cárcere privado e novamente ali estava o lance de "você me pertence".

Nesse novo caso o que mais me chamou a atenção foi a seguinte frase: Precisa aprender que nunca permitirei que escape de mim

PUTA. QUE. PARIU


E como se já não bastasse a psicopatia toda presente na história vemos que os demais personagens que trabalham na mansão do sequestrador são completamente passivos do sequestro e encaram tudo como natural. Quando o refém acorda ele dá de cara com um empregado que apenas lhe dá um sorriso compreensivo e diz que Sim, a partir de agora você PERTENCE ao mestre (Olha aí a tal frase polêmica de novo...)

Outra coisa que não posso deixar de mencionar é que quando o refém tenta escapar o sequestrador obviamente o pega, o refém desmaia de pânico e quando acorda adivinhem? Ele está amarrado na cama e o sequestrador lhe diz que está na hora da punição. (Romântico e saudável). Me chama a atenção que o refém diz não gostar de BDSM, mas ele se entre rapidinho e chega a esquecer que quem estava ali "dando prazer" a ele era o homem louco que havia lhe sequestrado

Conselhos da tia pt. 2...

VOCÊ ACHA MESMO QUE UMA VÍTIMA DE SEQUESTRO VAI SIMPLESMENTE DEIXAR PRA LÁ E SENTIR PRAZER COM O SEQUESTRADOR? VOCÊ ACHA DE VERDADE QUE UMA PESSOA QUE NÃO GOSTA DE BDSM VAI ACEITAR ESSE TIPO DE SITUAÇÃO FÁCIL?


E finalizo meu desabafo com a pior parte disso tudo. Os comentários. Comentários de pessoas achando isso sexy, achando que o sequestrador ativo tem mais é que aproveitar mesmo e o refém passivo tem que parar de cu doce.

Se você já fez ou faz esse tipo de coisa, apenas pare pra rever seus conceitos e amor, sensualidade e o escambal.

Amor não é posse.
Amor não é dominação.
Não é romântico ser sequestrado e ser encarado como posse.
Não é romântico ser chacoalhado e agredido fisica e verbalmente porque a pessoa acha que você pertence a ela
Não é. É assustador. E não termina em casal se reconciliando como muitos colocam.
Termina em morte

Escutando: Red Velvet - Some Love
Lendo: Clarisse Lispector - Um Aprendizado Ou O Livro Dos Prazeres

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...