Perguntas às musas II


Postado

Perguntas às musas II

Olá, queridxs leitorxs!

Fiquei TÃO feliz com a repercussão da proposta das perguntas às musas, sério. Nem imaginava que, de início, receberia tantas perguntas! Bom, é aquele esquema: arquivei todas pra responder aos poucos, porque tem espertinhas que querem saber coisas que a fic ainda não mostrou hahahaha Enfim, hoje duas perguntas serão respondidas por, ninguém mais, ninguém menos, que Clio e Calíope!

1. Calíope, se você fosse obrigada a trocar de vida com uma irmã sua, qual delas seria e por quê?

Calíope: Se eu fosse obrigada a algo, daria um jeito de reverter esse fato! Odeio ser obrigada, já sou obrigada a algo extremamente pesado por causa do que fiz no passado. (levemente irritada). Mas, certo... É uma pergunta hipotética, portanto não há mal em respondê-la. Mesmo assim, como nunca parei pra pensar nisso, não tenho uma resposta direta. Eu não escolheria trocar de vida com alguma das minhas irmãs, mas... Se pudesse ter trocado em algum período, teria trocado com Tália, no dia em que ela foi hostilizada no festival de teatro. Teria passado por aquele sofrimento no lugar dela, se fosse possível. Mas não ouse comentar isso com ela ou com qualquer pessoa, senão você me verá verdadeiramente furiosa! Agora, se pudesse trocar de representação, não trocaria, mas gostaria de experimentar o manuseio das estrelas, como Urânia pode. Trocar de vida, eu não trocaria, mas talvez conhecer melhor a das minhas irmãs fosse algo bastante enriquecedor.

2. Clio, o que alguém precisa fazer pra te irritar muito? Além de mexer com suas irmãs.

Clio: Definitivamente, me passar uma informação errada ou mentir sobre algum fato determinado. Prefiro que dobrem a orelha de algum livro meu do que me passem alguma informação equivocada. Para me irritar mais do que isso só se derrubarem vinho, ou qualquer bebida que seja, em minhas anotações e livros. Esses são fatores que me irritam muito, muito mesmo. Mas quando faltam com respeito comigo, ainda mais sem me conhecerem, fico a um passo de alimentar uma explosão. Porém, devido à ajuda de Tália, consegui encontrar um exercício de respiração que me mantém focada racionalmente no momento e evita com que eu fale o que não devo. Bom, você disse “além de mexer com minhas irmãs” porque já sabe que isso é o fato primordial? Se sim, acertou em cheio!

É isso, gente. Como sabem, podem mandar as perguntas por aqui nos comentários, ou comentários nos capítulos da fic, ou então por mensagem privada e etc! Beijão

Escutando: Nada porque devia fazer o trabalho de estágio..
Bebendo: Tônica

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...