~LunaOswald

LunaOswald
Nome: Larissa, A Viajante.
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 20 de Maio
Cadastro:

Ficha para "Quantum: F.B.I Academy"


Postado



Bem vindas, meninas!
Leiam ouvindo: Breathe




• ∂α∂σs ρriทciραis •

Nome: Martina Cantieri

Apelido:
Tini
Martinnie

Idade: 28 anos

Data de Aniversário:
10 de junho

Sexualidade: Heterossexual

Profissão: Programadora

Sangue: O-

Religião: Cristã

Nacionalidade: Buenos Aires – Argentina

Onde estava morando antes de ir para Quantico:
Morava em um pequeno apartamento de solteiro, alugado, em São Francisco.




• Vida pessoal •


Historia:

Martina nasceu e viveu até seus 14 anos em Buenos Aires, na Argentina, em um lugar não pobre, mas pouco escondido da cidade
Seu pai vivia entrando e saindo de casa o tempo todo, nunca parava quieto, ás vezes, sumia por semanas se não meses. Ele sempre estava ocupado, não que ele não amasse sua família, mas ele nunca estava presente
Aos seus nove anos de idade, pegou paixão pela leitura. Ela sempre está com um livro diferente. Ela pegou essa paixão, por sua mãe lhe contar estórias quando criança, mas, em determinado ponto, ela mesma quis ler as estórias. Então, ela começou a ler, e nunca mais parou.


Por algum motivo que na época ela desconhecia, seu pai levou a família inteira para São Francisco, na Califórnia.
Foi uma grande e revoltante mudança para ela, já que sequer sabia o motivo de tal coisa repentina. Tomás não ligou muito, ele adorava viagens e sonhava em conhecer o mundo e um garoto em plenos dezessete anos já quer se sentir mais livre. Mas o assunto foi diferente para Candy - apelido carinhosamente dado a Candelaria. A caçula dos Cantiere's, ficou extremamente triste com a viagem, ela adorava Buenos Aires, e adorava mais ainda sua escola e amigos. Se não tivesse dormido, teria chorado a viagem toda. E para a jovem de quatorze anos, Martina, a viagem Foi uma grande e revoltante mudança para ela, já que sequer sabia o motivo de tal coisa repentina.

Mas, com o passar do tempo, eles se estabeleceram lá. Acharam uma casa nova, tudo novo. Seu pai continuava sumindo e voltando, como sempre. Atendendo telefonemas, e nunca ficando em casa.
Sua irmã demorou a se adaptar, mas conseguiu, junto com as novas amizades que fez em sua escola.

Porém, quando Cande fez 17 anos, em um atentado terrorista, ela acabou falecendo. Isso foi um tapa na cara de Tini, a sua irmã era uma das pessoas mais especiais em sua vida. E então ela é explodida. O que mais revoltou Tini, é o fato de que nem sequer tinha corpo para enterrar.

Um amigo já ficara cuidando dos irmãos por um tempo, já que Pablo tinha "negócios" em lugares longes e a familia Cantieri não podia ficar sozinha. Esse moço ensinou os dois irmãs mais velhos a hackear, e eles simplesmente amaram fazer isso.
Depois de meses de pratica, ela e seu irmão tinham como hobbie ficar hackeando sistemas, só por diversão. Eles aprenderam isso com um amigo de seu pai, que de vez em vez aparecia em casa. Algumas vezes, eles até brigavam para ver quem é o melhor.


Aos seus 21 anos, seu pai, Pablo Cantieri, morrera misteriosamente. E, após essa morte, seu irmão parou de falar com ela totalmente (mais sobre isso em segredo, mp)

Família:



M̶a̶t̶t̶ ̶S̶m̶i̶t̶h̶
Tomás Cantieri | Vivo | Localização desconhecida | 29 anos | Irmão | Profissão desconhecida | Antigamente Tomás e Martina eram inseparáveis, ficavam caçoando um do outro, mas minutos depois voltavam a conversa. Eles aprenderam a hackear juntos, e até brigavam por isso.


I̶n̶g̶r̶i̶d̶ ̶O̶l̶i̶v̶e̶r̶
Candelaria Cantieri | Morta | Irmã | Morta aos 17, se viva teria 24 anos | Candy adorava caçoar de Martina, pois, mesmo sendo dois ano mais nova que ela, Candy era sempre mais alta. Elas eram só amor, não tinham relação, bate e abraça como com o Tomás, eram fofas uma com a outra. E se amavam muito.
Os três irmãos juntos:



̶G̶e̶o̶r̶g̶e̶ ̶C̶l̶o̶o̶n̶e̶y̶
Pablo Cantieri | Se vivo, teria 55 anos | Pai | Martina vivia tentando chamar a atenção do pai. Ele sempre tinha tanta coisa para fazer! Martina não entendia, ela sempre quis ser a melhor em tudo, só para chamar a atenção dele. Mas, mesmo com isso, ela adorava o pai; mas tudo isso mudou, quando aos 18 anos ela descobriu o segredo do pai.


J̶u̶l̶i̶a̶n̶n̶e̶ ̶M̶o̶o̶r̶e̶
Guadalupe Cantieri | 54 anos | Mãe | Lupe, como é carinhosamente chamada, tem cabelos ruivos sintéticos, para 54 anos, ela esta muito bem. Tem poucas rugas e linhas de expressão no rosto. | Sua relação com sua mãe não podia ser melhor. Ela adora sua mãe, e reconhece tudo que ela já fez por ela. Sua relação com a mãe sempre foi de amor, mesmo ela e a mãe acabando brigando pela teimosia de ambas, elas sempre se entendem no final.


Sua mãe e seu pai quando jovens, e Martina criança


Situação Financeira: Razoável




• Aparência •


Aparência:

Martina tem cabelos curtos que chegam ao começo do ombro, em uma tonalidade castanho escuro. Apesar de sua idade, ela é bem baixinha, medindo apenas 1.68 de altura. Seus olhos, combinando com seu cabelo, são grandes e castanhos.


Photoplayer: Jenna Coleman






Gifs do personagem:






“Isso é uma estória, ou realmente aconteceu?"



OBS: Desculpem-me pela quantidade imensa de fotos e gifs. Mas é que eu AMO essa atriz e quanto mais fotos eu vejo, mais eu quero colocar.





•Personalidade•

Ela é bem reservada, na verdade, ela quase nunca se comunica com outras pessoas, e quando comunica, vem acompanhada de alguma brincadeira.
Martinnie odeia que invadam sua privacidade. Claro que em provas é necessário, mas fora isso, odeia. Ela gosta da sua privacidade, e deseja que ela não seja violada.
Ela é praticamente "invisível" de tão quieta e vocês sabem as vantagens de ser invisível? As pessoas falam as coisas para você, confiam em você. As pessoas ás vezes não percebe que você esta lá.
Martina é alguém completamente teimosa. Persiste em uma ideia até que alguém a destrua completamente. Tem ótimos instintos e segue eles.
Tini é extremamente curiosa. Ela sempre pergunta “por quê?” de tudo, pois sempre quer saber o motivo antes de fazer algo. Além do que, ela quer saber o porque de tudo, gosta de estar informada. E se ninguém a quiser contar, ela vai procurar respostas, mas não colocaria seu cargo em rico por curiosidade, jamais.



Ela tem um complexo de "melhor que você" pois ela pensava, quando criança, que quanto melhor ela fosse nas coisas, seu pai a notaria e ficaria em casa com a família. Ela acabou levando essa característica para sempre.


"Há uma palavra para gênio gritante total, que soa modesto e um pouquinho sexy?" (Tini referindo-se a si mesma como gênio e sexy)

Ela definitivamente odeia quando alguém abusa de seu poder como superior. Odeia muito mais quando alguma figura de autoridade começa a pegar no pé dela. Mas ela definitivamente não desistiria e nem daria o braço a torcer; aguentaria o máximo que pudesse.

Segura de si, Martina não suporta o fracasso. Odeia quando perde mas também não faz birra por isso, mas, claro, vai treinar mais e exigir uma revanche. Sempre quer ser melhor, então da o máximo de sí possivel.

Ela pode ser bem manipuladora. Ela tem a capacidade de usar algo que disseram a meses atras contra a pessoa, ou chantagea-la. Mas isso só com seus grandes inimigos. Essa é a parte obscura que existe por trás da "pequena e doce Tini". Ela só mostra essa parte parte para seus inimigos, ou para quem a desafia ou tenta sabota-la.


Qualidades
Persistente - Martina persiste em algo até alguém faze-la parar.
Curiosa - Essa caracterisca vai longe. Uma das marcas registrada da argentina é a sua curiosidade, que a mete nas mais diversas encrencas.
Corajosa - Não vamos dizer que ela não tem medo de nada. Mas ela prefere enfrentar de uma vez seus medos, para que eles possar deixar de ser um medo.

Defeitos:
Teimosa - Com certeza a característica mais marcante da morena, ela ão da o braço a torcer facilmente.
Arrogante - Ela realmente tem um quê de "melhor que todos".
Manipuladora - Ela sabe ser bem persuasiva quando quer, podendo usar algo antigo contra você, manipular as pessoas para entrarem no "seu jogo".



Medos | Fobias | Traumas:
Claustrofobia - Medo excessivo de lugares pequenos, fechados e apertados.

Ambições, sonhos e objetivos:
Bem, Martina não tem muitas ambições, ela gosta de decidir isso dia após dia, faz pequenas missões mentais para cumprir.
Por enquanto a Cantieri tem um objetivo único: Encontrar seu irmão. A briga que tiveram foi feia, mas ele ter fugido e a abandonado para trás foi pior ainda. Como que se o que ela tivesse feito fosse imperdoável, ela só fez algo que todos deveriam fazer em seu lugar, fez o que tinha de ser feito. E ele não pode julga-la por isso.

Manias:
De mexer na parte de trás do cabelo quando está formulando uma resposta

Uma coisa bem característica nela, é que quando ela esta empolga, assustada ou com algum sentimento em extremo, ela diz "Ai minhas estrelas"


Vícios:
whisky - Ela precisa beber um por dia pelo menos.
Ela ama chá gelado. Tanto que ás vezes ela sai andando por ai com um copo na mão, essa bebida já se tornou um vicio.


Gostos e desgostos

Gostos:
Ler | Escrever | Chá gelado | Cappuccino | Hackear | Inverno | Vencer | Ser elogiada | Fazer algo com maestria

Desgostos:
Invasão de privacidade | Nozes | Que a chamem de baixinha | Duvidem de sua capacidade | Surpresas | Mal-entendidos


Hobbies:
Ler | Escrever | Hackear | Jogos de paciência

Habilidades:
Disfarçar, se passar por outra pessoa.





Armas favoritas e os motivos para ter aprendido a usar tais armas:

Como dito logo abaixo, Martina não chega a se péssima em luta corporal, mas deixa a desejar. Então, o que ela sempre usou foram as armas. Ela gosta principalmente as armas de longa distancia, mas também usa as normais. Sua mira é excelente. Martina se sai muito bem como franco-atiradora.
Ela aprendeu a uar com o amigo de seu pai, que lhe ensinou aos seus quatorze anos. Nos tempos livres, eles caçavam juntos.




Pontos fracos e fortes:

Pontos fortes:
Ótima estrategista
Armas de longo alcance
Age bem sobre pressão


Pontos Fracos:
Deixa a desejar em luta corporal
Péssima em trabalho em equipe

Uma frase e palavra que defina seu personagem:
O que eu quero e o que eu preciso são duas coisas diferentes | Observadora

Lema do seu personagem:
"Não se preocupe, você é um gênio"

O que mais odeia e o que mais ama em uma pessoa:

Com total certeza, Martina odeia pessoas que não sabem decidir as coisas, ou que demoram séculos para tomar uma decisão. Junto aos indecisos, estão as pessoas que não sabem ser profissionais, não que Martina seja um robô, ela até que ama brincadeiras, mas não no meio do trabalho.

Adora pessoas que sabem o que querem e quando querem, pessoas decididas e que não perdem tempo, junto estão as pessoas corajosas




• Em relação à Quantico •

Por que quer entrar em Quantico? E por que acha que merece estar em Quantico?
Porque, aparentemente, ela quer evitar que o que aconteceu a sua irmã, Candelaria, aconteça com entes queridos de outras pessoas. Evitar outras pessoas de sofrerem como ela sofreu.
Martina acha que merece estar em Quantico pois ela tem uma ótima mira, é uma estrategista excepcional e pode provar muito bem a todos que a força ás vezes tem de se curvar aos pés da inteligência. Acha que seria um destaque não só por sua força de ataque, como também sua capacidade de criar novas estratégias em segundos.

Será um modelo de aluno em Quântico? Por quê?
Sim e não. Martina, com toda certeza, é muito bem no que faz. Mas, quando se diz fora, é alguém que não seria modelo a ninguém; muito quieta, mas passa a ser sarcástica com as pessoas que a irritam, além de não ter papas na língua. Ela não fala quase nada, mas quando fala...

Por que acha que tem condições de ser um agente?
Sendo uma estrategista nata, sua coragem e sua profissionalidade a destacam em Quantico, além de suas ajudas físicas e eletrônicas, outro destaque da morena é a profissionalidade e a calma. Sendo bem observadora, não deixa quase nada passar, e ainda toma decisões grandes rapidamente. Não gosta de enrolações e já vai interrogar quem ela acha suspeito, quanto mais rápido, melhor.

O que espera de seu tempo em Quântico:
Melhorar suas habilidades, usar os computadores de lá para rastrear seu irmão (mesmo que secretamente).

A sua melhor habilidade:
Hackear.
{Ela tem a mania de estralar os dedos antes de começar}



Deseja par em Quântico? Se sim, deseja mantê-lo após a academia?
Sim e sim. Se Martina ter um par, provavelmente vai ser alguém do qual ela realmente gosta, mas esse também demoraria e teria de ser bem persuasivo para faze-la gostar dele. Ela iria gostar de verdade dessa pessoa, e se ela gosta tanto dele, adoraria mante-lo consigo.





• O modo como age com: •

Os amigos e inimigos:
De começo, as pessoas iriam pensar que Martina é grossa, metida e chata, pois ela não conversará com ninguém de primeira, já que ela é bem "na dela" então pode acontecer de eles terem uma má primeira impressão. Mas ela com certeza se soltaria um mais com sua colega de quarto Primeiramente que para conseguir a amizade de Martina tem de ser muito persistente, porque ela não confia em ninguém, e ganhar a confiança dela não é nada fácil. Assim que consegue a confiança dela, ela a trata normalmente, talvez até se empolgue um pouco. E ao passar dos tempos os amigos vão descobrindo que ela não é tão fria como parece ser.
Para os inimigos eu recomendo que fujam. Martina Cantieri é o pior inimigo que vocês poderiam ter. Como já dito, ela sabe muito bem mentir e ser manipuladora e observadora. E se, além de ser seu inimigo, essa pessoa ainda armasse para ela, ele não ia sair impune.

O par:
Parabéns para o ser humano que conseguiu "pegar" o coração de Martina! Ele com certeza é alguém especial. Porque, para aturar essa baixinha tem de ser casca-dura. Afinal, de começo, ela não falava mais que o necessário. Ela trataria ele bem e ele teria que tira-la de seu "mundinho particular", ser alguém bem incisivo. Mas quando você ganha a confiança dela, ai ela é uma ótima companhia.

Os professores:
Nos professores ela presta o máximo de atenção, principalmente quando o quesito é luta corporal. Ela sempre tenta aprender com ele porque, querendo ou não, ela precisa deles.

Os Diretores:
Com respeito sempre. Martina odeia abuso de poder, então, se não houver nada disso, a relação será normal, respeitosa e discreta.

Analistas:
Não muito bem. Eles acham que sabem de tudo e também podem ser bem invasivos de vez em quando, e Martina não gosta de gente evasiva. Apesar de tudo, seria profissional e calma o bastante para aguenta-los, mas melhor eles não abusarem né.

Recrutas desconhecidos:
Quando desconhecidos, ela não confia neles, e demoraria um bom tempo para ter a confiança.
Ela descobriu na pela que os mais próximos de você podem ser piores do que imagina. Os trataria com "oi" e "tchau" nada pessoal, até que se sinta a vontade.

Figuras de autoridade no FBI:
Trata com respeito e só. Novamente ressaltando que se houver abuso de poder, pode estar preparado para que Martina te olhe duro por bom tempo. Como ela não quer perder seu lugar, não explodiria, mas certamente a relação ficaria bem estranha.
Ela teria mais compostura para, digamos, impressiona-los.

Outras figuras de autoridade
Bem, tratará eles com respeito como acima, mas não tentara impressionar eles tanto quanto tenta impressionar os outros.






• Playlist •


Home (Gabrielle Aplin) – Quando tem saudades de sua casa.


"É onde você vai quando está sozinho
É onde você vai para descansar seus ossos
Não é apenas onde você deita sua cabeça
Não é apenas onde você faz sua cama
Contanto que estejamos juntos, importa pra onde vamos?
Lar"


The Greatest (Sia) – Quando está competindo com alguém ou quando está fazendo algo complicado.

"Eu sou livre para ser a melhor, estou viva
Eu sou livre para ser a melhor esta noite, a melhor
A melhor, a melhor, viva
A melhor, a melhor, viva"


Ride (Twenty one pilots) -- Quando está caida ou a beira da morte.

"Eu estou caindo então estou passando o meu tempo no meu passeio
Eu estou caindo então estou passando o meu tempo no meu passeio
Passando o meu tempo no meu passeio"


Chasing Cars (Snow Patrol) -- Com o par.

"Se eu deitasse aqui, se eu apenas me deitasse aqui
Você deitaria comigo
E apenas esqueceria do mundo?
Esqueça o que nos foi dito
Antes de nos tornarmos muito velhos
Mostre-me um jardim
Que esteja ganhando vida"


Lean On (Major & Dj Snake) -- Quando está feliz.

"Mande um beijo, dispare uma arma
Nós precisamos de alguém pra nos apoiar
Mande um beijo, dispare uma arma
Tudo o que precisamos é de alguém pra nos apoiar"







• Perguntas Básicas •

• Caso algum segredo seu fosse revelado, desconfiaria de que tipo de pessoas?
Desconfiaria de todos. Martina aprendeu em sua adolescência, que não se pode confiar nem na própria família. E não pretende ser enganada novamente.

• Confia nas pessoas assim que as conhece?
Não, jamais. Como dito, é bem difícil fazer amizade com Martina, sendo alguém bem fechada e que gosta de fazer uma zoeira básica com a cara das outras pessoas. Demoraria um tempo para ela se soltar.

• Trairia alguém próximo por um bem maior?
Sim. Se fosse para algo que ajudasse a maioria, sim.

• Iria contra um superior e quebraria as regras se achasse necessário?
Sim. Ela confia muito no seu instinto, se achasse necessário, ela quebraria sim as regras.

• Mentiria e omitiria para se safar de algo? Independe de para quem seja?
Sim. Pensaria muito ao respeito, mesmo que suas decisões sejam rápidas, essa é uma grande decisão. Mas, no final, ela trairia para se safar.

• É vingativo?
Sim. Ela não deixaria alguém sair impune de ter feito algo a ela.

• Contaria um segredo que não é seu?
Depende. Se esse segredo for machucar pessoas, então sim ela contaria. Agora, se é um que é "inofensivo" e que não faria mal algum, ela guardaria, não é da conta dela, afinal. Mas, caso a pessoa venha a fazer alguma coisa a ela, Martina contaria o segredo; ela não se importa em pegar algo de meses atras para manipular alguém.

• Teria o sangue frio de matar quando necessário? Se arrependeria ou seguiria em frente?
Teria. Seguiria em frente, não tem nada para fazer mais.

• Como reagiria se descobrisse quem é o assassino|terrorista? O defenderia se fosse seu amigo?
Tentaria disfarçar, para não deixa-lo notar que ela sabe. Fingiria que não sabe nada sobre ele.
Se o terrorista souber que ela sabe sobre ele, ela iria lutar contra ele, talvez fingir que hackearia algo para entrega-lo discretamente.
Se fosse seu amigo ela procuraria saber os motivos, mas não o defenderia, como saber que ela não estava mentindo o tempo todo?

• Morreria no de que tipo de pessoas?
Pessoas capazes de prevenir-se de suas estrategias de luta. Alguém esperto para não agir do jeito que Martina preve que ele agiria, mas sim fazer algo completamente imprevisível.

• Sabe que seu personagem pode não ser escolhido e caso seja, pode ser expulso por alguma razão da Academia?
Sim, estou ciente.

• Permite seu personagem ser o assassino|terrorista?
Sim.

• Tem consciência de que seu personagem nos pertence agora?
Claro.

• Algum objeto especial?
Sim. Uma tornozeleira, bem simples na verdade, de ouro com o sinal do infinito do lado. Esse presente foi dado por sua irmã mais nova, antes dela falecer.



• Palavra-chave: Prontos para servir

• Sabe que se não comentar freqüentemente seu personagem poderá sair ou ser expulso mais rápido?
Sim, eu sei.

• Se precisarmos mudar algo na ficha do seu personagem, está de acordo?
Sim

• Favoritou a fanfic?
Sim.

• Alguma critica construtiva ao enredo da fanfic e/ou a escrita das autoras? Não tenha medo de falar.
No comentário junto com a ficha ^^



• Algo mais? •

Ela fala inglês bem, mas ainda da algumas deslizadas, além de ter um fortíssimo sotaque argentino.
Sua cor favorita é azul.
Ela tem alergia muito forte a nozes.
Seus livros favoritos são Pequenas grandes mentiras e A Rainha Vermelha.
Ela tem memória fotográfica.
Suas séries favoritas são Doctor Who e The Walking Dead.
E seu gênero favorito é ficção.
Ela tem a mania de anotar as coisas em gravações.



• Segredos •
MP




Então, é isso.




[/centro]

Escutando: Should i stay or Should i go? - Castle
Lendo: A Coroa - Kiera Cass
Assistindo: Reign
Jogando: Minecraft (julgue-me)
Comendo: Rosquinha

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...