~LunaOswald

LunaOswald
Nome: Larissa
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Alexandrina Hastings | Projeto Delta 23


Postado

.




Nome completo
Alexandrina Victória Moore Hastings
Victória é um segundo nome, não sobrenome.

Apelido
Drina
Abreviação do seu nome

Tigresa de bolso
Esse apelido é pelo fato dela ser brava e pouco grossa e ser pequena. Tigresa = bravinha; de bolso = pequena.

Idade e Aniversário
25 anos | 18 de maio

Cidade em que reside
Edimburgo, Escócia

Orientação sexual
Heterossexual

Aparência e Photoplayer
Alexandra Daddario



Drina é, com toda certeza, uma replica em versão feminina do pai.
Drina não tem muito altura, é uma característica dela desde a infância. Ser muito baixa.


Personalidade
Alexandrina é alguém bem isolada, não que ela seja a loba solitária e não queira falar com ninguém, porém, ela prefere não vê nada de errado em ficar sozinha, ficar consigo mesma.
Característica marcante na Drina, ela sempre quer saber mais e mais. A morena tem uma sede tremenda de conhecimento é extremamente curiosa e, como seu próprio irmão diz "Ela tem que saber de tudo".

Pelo jeito profissional, sério e reservado, muitos diriam que Drina é sem graça. Bem, lamento dizer, mas a escocesa sabe brincar e muito. Quando alguém pega intimidade, ela brinca, zoua com a pessoa, mas não tão liberadamente. Seu irmão, como exemplo, ele e Drina brincam o tempo todo um com outro, inventam apelidos idiotas e fazem piadas tão sem-graça que eles riem. Se o pessoal visse Drina com Will, ficariam impressionados com a capacidade que ela tem de ser legal e brincalhona. Que Deus livre Drina de ter seu celular pego! Vão achar videos engraçados dela mesma, fotos com o irmão e fotos zoadas dela que ela envia para o irmão.

Ela odeia chorar na frente das pessoas. Ela se sente tão pequena (mais do que já é) e inferior chorando perto de alguém, principalmente que ela não conhece. Por isso, a morena prefere chorar sozinha. Você tem que ser alguém que ela realmente ame para que ela chore com você.


Pela sua adolescencia, Drina passou a ser ainda mais isolada, e não ficar muito com os outros



História
Alexandrina nasceu e cresceu no subúrbio de Edimburgo, capital da Escócia. Seu irmão gêmeo e ela cresceram praticamente grudados um no outro sua vida inteira, mas amam se zoar e depois se abraçar, ele mesmo inventou o "Tigresa de Bolso".
Drina sempre estudou muito, para desde criança ganhar descontos e bolsas em escolas. E sempre teve na sua cabeça a ideia de que, se tivesse filhos, não iria querer que eles morassem onde ela mora. Ela não tem nada contra sua mãe, sabe que ela fez o máximo que pode sua vida toda, e não a culpa por nada, e nem poderia.
Aos seus dez anos, a baixinha tivera a noticia de que seu pai havia morrido. Disseram para ela que Lewis fora baleado no emprego dele.

Drina ficou devastada e foi quando ela começou a se isolar. Juntamente com seu irmão, seu pai era seu melhor amigo, ele que incentivara a filha para o maravilhoso mundo da leitura, mundo o qual ela vai até os dias atuais. Ela ficou chateada que, por algum motivo, o caixão de seu pai era fechado, não poderia nem vê-lo uma ultima vez? Pela fatídica morte de seu pai, Drina quis saber o porquê das pessoas morrerem. Obvio que ela sabia que as pessoas iam e não voltavam mais, mas o que acontecia dentro das pessoas para elas não "funcionarem" mais? Ela quis descobrir, e com isso começou seu amor pela ciência. Não somente isso que foi um impulso a ela. Aos seus doze anos seu irmão se cortara feio no braço, e Drina vira os pontos serem feitos sem sequer desviar o olhar.

Sua mãe passara dois anos solteira, para logo após encontrar Jack, um corretor de imóveis bem bacana, eventualmente se apaixonando e se casando com ele logo após. Drina, com muita vergonha, foi dama de honra e ela realmente não gostava de ter tantas pessoas as olhando. Quase tropeçou? Sim, mas a vida segue.

Meses depois dessa união chegou um novo membro da agora família Moore, David. O baixinho tem grandes olhos castanhos e cabelos também castanhos.

Por ser estudiosa, Drina sempre estudou em em colégios caríssimos, por ser praticamente um prodígio e conseguir bolsas e quando saiu do fundamental e foi ao colégial tudo mudou. Mas claro, o mundo não vê um prodígio como alguém "legal" e Drina, a considerada nerd, não fazia parte dos "Adolescentes legais". E, estudando em colégios de pessoas ricas, é claro que Drina sofria bulliyng. Não só por ser nerd, mas por também ser pobre, bolsista e usar o velho all star surrado toda semana.

Ela tentava não sofrer disso, chegou até a tentar ser alguém que não era, chegou a até pintar o cabelo de loiro, mas isso não mudou sua situação. Mas parece que eles estavam invocados com ela. E ela não entendia o porquê dessa maldade, ela só era inteligente e não saia comprando coisas por ai. Só isso.
"Você deveria saber que suas palavras machucam"

A pessoa que fez da vida colegial dela não ser um total inferno, foi a garota que se tornara amiga dela, Amanda Johnson. Ela sempre defendia a amiga nas criticas sobre falta de dinheiro que faziam a ela.

"Você não conhece ela, você não sabe como a vida dela é"


Aos seus dezoito anos isso finalmente acabou. Alexandrina continua amiga de Amanda até hoje, mas infelizmente ela mudou de cidade, porém ambas continuam se falando praticamente todo dia pelo telefone e pelo skype. Começou a faculdade aos dezoito e com vinte anos - A contragosto da mãe - a mesma alugou um pequeno apartamento, o qual dividia o aluguel com seu irmão que também mora lá.

Família


Patrick Dempsey
Lewis Hastings | 46 anos | Pai | ? |


Catherine Keener
Jane Moore | 45 anos | Mãe | Viva


Brant Daugherty
Will Hastings | 25 anos | Irmão gêmeo | Vivo | Will que inventara o lendário apelido "Tigresa de Bolso", ele adora zoar a irmã mas, claro, a ama. Ele vive dizendo que manda pois é seis minutos mais velho que a irmã.


Jared S. Gilmore
David Moore | 11 anos | Meio-irmão | Vivo


Jeffrey Dean Morgan
Jack Moore | 46 anos | Padrasto | Vivo



Qualidades
Curiosa
Leal
Corajosa
Decidida

Defeitos
Antissocial.
Grossa.
Teimosa.
Ciumenta com pessoas queridas e objetos.
Usa o humor e o sarcasmo quando está triste.

Seu personagem é
(X) Gênio da ciência
Drina é formada em Engenharia civil (construção) e faz faculdade de ciências biológicas (corpo humano).
Na ciência biológica ela examina corpos, tenta descobrir qual a causa da morte (afogamento, queda, assassinato e outos tipo). Abre os corpos, examina dentro e depois manda para o necrotério. Também cuida de pessoas vivas, tendo amplos conhecimentos medicinais.

Engenharia civil é de construção. Constrói casas e essas coisas. Ela usa só um papel e um lápis mesmo e, para passar o projeto para 3D ela usa o seu notebook.


Tem algum trauma?
Perder pessoas importantes na sua vida.
Ser julgada


Tem algum medo ou fobia?
Claustrofobia
Ser julgada novamente

Manias
Drapetomania — Mania de andar sem destino. Drina sempre faz isso, enquanto pensa na vida ou na ciência.
Quando está pensando, Drina morde os lábios.

Tem alguma fraqueza?


Coisas que gosta

Coisas que odeia

Seu personagem está disponível para romance? Se sim, diga como seria a relação.

Como seu personagem trabalha em equipe?
Ela meio que prefere trabalhar sozinha. Sei lá, ela sempre foi meio isoladona, então demoraria muito para ela sair de sua zona de conforto e começar a dialogar. Mas, se ela faz uma amizade, ela vai se soltar mais. E, mesmo sendo a mais quietona do grupo, ela se importa sim, e MUITO com seus companheiros.

Segredos

Roupas que usa diariamente

Uniforme de combate

Curiosidades
Ela é extremamente alérgica a castanha e nozes.
Ela tem um fortíssimo sotaque escocês. Muito forte MESMO.
Ela gosta de anotar coisas em seu caderninho.
Sabe aquelas lasanhas de microondas que vem em uma tapoer de alumínio? Então, Drina AMA fazer uma lasanha com MUITO queijo e (depois que esfriar) comer no sofá com uma colher direto do pote.
Ela é bem fraca para bebidas alcoólicas. Ela fica bêbada muito facilmente.
Ela sempre quis aprender a lutar.
Seus cabelos estão quase sempre presos em um coque mal-feito, cuja deixa duas mechas de cada lado.

Alguma frase marcante que seu personagem sempre usa?
"As vezes a força tem que se curvar aos pés da sabedoria"

Observações



Escutando: I'm Albatroz - Aronchupa
Lendo: A Rebelde do Deserto
Assistindo: Greys Anatomy - Temporada 7, episódio 2.
Jogando: Mad Father
Bebendo: Água

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...