Estrela...


Postado

Estrela...

Ela sempre olhava para as estrelas, esperando que algo de bom lhe acontecesse...
O vento batia sobre sua face e ela sentia a brisa do mar que vinha de longe. Se levantou indo em direção á um imenso jardim e sentando-se em um banco que ali havia.
“Será que um dia alcançarei as estrelas?”, pensou ela.
De repente ela adormeceu.
Estava em cima de uma bela nuvem quando acordou, e ficou sem entender. Lá embaixo viu pessoas em volta de sua sepultura, ficou confusa, mas logo entendeu o que havia ocorrido, e uma lágrima caiu.
Ficou assim o dia todo, observando os pássaros lá embaixo, cantando. As pessoas fazendo coisas das quais se lembrava perfeitamente de ter feito ou visto alguém fazer. Chegou um momento em que observou o jardim onde havia ficado pela última vez no chão, pois agora, literalmente, estava com os pés nas nuvens.
Deitou-se na nuvem acima do jardim e olhou para acima, mais alto que as nuvens sobre as quais ficavam tão longes, fechou os olhos e... dormiu.
A noite caiu e a garota viu o sol se pondo, logo as estrelas foram surgindo, e a sua frente, lá estava a tão sonhada estrela que havia visto pela última vez que se lembrara, e, diferente das outras vezes, quando ela esticou sua mão, conseguiu encostar na estrela.
Um brilho surgiu e de repente uma mulher apareceu em sua frente. “Mãe”, falou ela surpresa.
A estrela que sempre brilhara para ela, e que a todo momento ela pensara em tocá-la, agora, estava á sua frente, revelando a ela, quem sempre a protegia. Elas se abraçaram e depois de um longo tempo conversando, a ‘estrela’ voltou para o céu, e só se conseguia ver o seu brilho, mas não sua face. A garota fechou os olhos...
Quando voltou a abri-los, estava novamente no enorme banco, porém, deitada. A sua frente estava seu pai sorrindo.
Ele se sentou ao seu lado, e então ela olhou para o céu e viu a estrela brilhando fortemente, ela percebeu... não foi só um sonho.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...