~Scorpio-no-Day

Scorpio-no-Day
Sua Morte
Nome: Daiana
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Currais Novos, Rio Grande do Norte, Brasil
Aniversário: 21 de Novembro
Idade: 15
Cadastro:

Ragendra de Virgem


Postado

"AHS"


Nome:

Ragendra.

Idade:

20

Apelido:

Pupilo da reencarnação de Buda.

Aniversário:

25/08

Signo:

Virgem.

Armadura:

Armadura de ouro de virgem.

Gênero:

Masculino.

Aparência:

















Ragendra tem cabelo curto, repicado em linha reta preto até a acima da orelha, para baixo é raspado, possui os olhos azuis com círculos escuros sob eles e um rosto enganosamente jovem. Ele é bastante pequeno, mas seu físico está bem desenvolvido na musculatura.

Personalidade:

Ragendra é conhecido por seu comportamento muito calmo, alguns chegam a se irritar com sua calmaria e expressão indiferente a tudo que deixa as pessoas sem saber o que ele está pensando. Ele gosta de ambientes impecáveis e limpos, sujeira e desorganização são coisas que realmente o incomodam e que ele nunca deixa de reparar, no entanto, ele não hesita em entrar em contato com coisas sujas se achar necessário.

Ele raramente mostra emoção, dando uma impressão de frio para os outros. Sua maneira de falar tende a ser brusco e insultante, seus comentários são muitas vezes grosseiros ou inapropriados, Seu senso de humor tende a ser vulgar, insultuoso, e escuro. Tudo isso faz com que ele seja alguém inquietante e acaba por deixar um grande número de pessoas incomodadas.

Embora ele raramente mostre, Ragendra tem um senso de moralidade e empatia. Uma de suas características mais marcantes é o grande valor que ele atribui à preservação da vida humana. Ele próprio ele próprio afirma que odeia mortes desnecessárias, e ele diz a seus companheiros para evitar combates desnecessários, para preveni-los de cometer erros que possam custar-lhes a vida.

Enquanto Ragendra mostra lealdade e empatia por seus companheiros, ele não mostra misericórdia para com os nimigos, matando-os indiscriminadamente com indiferença óbvia. Ao lidar com indivíduos que ele percebe ser inimigos para a humanidade, Ragendra é capaz de se comportar sadicamente. Embora reconheça sua força e habilidade em batalha, ele não é arrogante e nem se gaba com relação a isso, acreditando que todo humano evolui constantemente e que, talvez, sempre haja alguém melhor para superar.

História:

Ragendra foi criado apenas por sua mãe, seu pai morreu durante uma guerra santa. Sua mãe dedicou toda sua vida para cuidar dele, e acabou por esquecer de cuidar de si mesma, e quando Ragendra tinha 10 anos, sua mãe descobriu estar anêmica e sofrendo de arritmia cardíaca, ficando muito fraca, a partir dai, Ragendra passou a cuidar de tudo sozinho, e começou a trabalhar para sustentar a si e a mãe.

Quatro anos depois, ao voltar de seu trabalho, descobriu que sua vila estava sendo atacada por homens que serviam a algum deus que estava atacando para ameaçar Atena, correu até sua casa, e chegando lá, viu que de seu lar agora, só restava escombros.

Neste instante, um homem que usava uma armadura de cor estranha apareceu, e em seus braços, estava o corpo de sua mãe, o homem disse "Ah, você deve ser o garoto pelo qual está mulher chamava tanto", jogou o corpo de sua mãe no chão. Quando viu aquilo, quando ouviu aquele estranho dizer aquilo, sentiu uma imensa fúria dentro de si, e uma força correndo pelo seu corpo que ele nunca havia sentido antes, como se um poder adormecido estivesse despertando e tomando conta de seu ser, e era exatamente isso que estava acontecendo.

Atacou com tudo aquele homem, estava com tanto ódio... E ao mesmo tempo se sentia forte como nunca, não se conteve, e após golpear várias vezes aquele sujeito até o mesmo se encontrar no chão completamente derrotado, percebeu que uma energia de cor azul emanava por todo seu corpo, e conforme sua respiração se acalmava a energia voltava para dentro de seu corpo. Ajoelhou-se ao lado do corpo de sua mãe e chorou, como nunca havia chorado antes. Começou a sentir uma energia aproximando-se dele, uma energia bem forte mas ao mesmo tempo aconchegante e acolhedora, ao olhar para trás, pode ver um homem de longos cabelos loiros e armadura dourada, Shaka de Virgem.

Por seis anos, foi pupilo de Shaka, e agora que seu mestre desaparecera, ele é convidado por Atena a ser o novo usuário da armadura de virgem.

Gosta:

Limpeza.

Café.

Treinar.

Azul.

Ler

Comidas apimentadas.

Musicas calmas.

Dormir.

Não Gosta:

Sujeira.

Barulho de manhã cedo.

Que duvidem dele.

Bebida alcoólica.

Pessoas emocionalmente fracas.

Que zombem de seu mestre.

Drama.

Segredo:

Apesar de ter muito respeito e lealdade por Atena, não gosta do jeito que a mesma governa.

Ele é homossexual.

Medo/Fobia/Trauma:

Tem medo de perder alguém importante mais uma vez.

Poderes:

Poderes originais da armadura de virgem.

Pirocinese: Poder mágico de controlar o fogo através das mãos e da mente.

Quem protege ?
(x)Atena ()Zeus


Perguntas

1- Está ciente de que seu personagem pode morrer e até mesmo trair Atena/Zeus ?:

Sim.

2- Está ciente que seu personagem está em minhas mãos assim que enviar a ficha ?, portanto posso fazer o que quiser com ele ?:

Pode sim.

3- Vai se comprometer em comentar o máximo de capítulos que puder ?:

Se eu não comentar, é porque estou viajando, ou de castigo, ou morta ^^


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...