~ColorfulUnicorn

ColorfulUnicorn
Nome: Unicorn
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Ficha - Empire


Postado

Ficha - Empire


I will be the queen

❖ Nome ❖
Zia Bayer Rashid

Zia é um nome arábico que significa luz



❖ Idade ❖
20 anos, - 07/11



❖ Aparência ❖
Zia possui a pele branca, levemente bronzeada. Seu corpo é coberto de sardas, a maioria não visíveis, mas se olhar bem, poderá ver essas pequenas sardas em seu nariz e bochechas, além dos ombros. Seus olhos são grandes, mas não de uma maneira exagerada, e possuem uma cor âmbar, com alguns vestígios dourados na íris, e seu olhar é forte e doce ao mesmo tempo. Os cílios da garota são longos, assim como suas sobrancelhas que também são um pouco grossas. Os lábios de Zia são carnudos e cheios, e quando ela sorri suas maçãs do rosto de acentuam, e surgem pequenas covinhas no canto de sua boca.
Zia possui cabelos negros, lisos e longos. Seu corpo é admirável, é esguio e curvilíneo, e sua altura é média-alta. Ela possui pequenas cicatrizes nas costas, por conta do castigo que sofrera quando pequena.

Photoplayer: Adelaide Kane










❖ Nacionalidade ❖
Alemanha - Baviera


Egito


Zia fala tanto árabe quanto alemão.



❖ Casta ❖
Casta 3 - Estudante de medicina.





❖ Personalidade ❖
Zia é uma garota agradável de lidar, é gentil e todos podem ver a serenidade que há em seu olhar. A garota quase sempre é neutra ao tratar as pessoas, sem considerar julgamentos incertos. Ela nunca desvia o olhar da pessoa com quem está falando. É como se seus olhos analisassem a alma do outro, e é exatamente isso o que ela tenta fazer.
'As pessoas são como enigmas, e se você aprender a desvendá-las, conseguirá lidar com elas'. Este é um pensamento que a incentiva a procurar cada vez mais fundo dentro de uma pessoa.
Zia é uma pessoa racional e observadora. Os mínimos detalhes lhe chamam a atenção, e isso gera um perfeccionismo que ás vezes chega a ser irritante na garota. Normalmente, Zia está tensa, e seus músculos são como pedras. Ela é esperta, e sabe como manipular alguém, mesmo que não goste tanto de fazê-lo. Além disso, ela não é nem um pouco volúvel; tem suas próprias convicções, e não agirá de forma contrária a elas. Procurará um jeito de fazer o que julga ser o certo, mesmo que venham consequências depois disso. Zia sempre toma responsabilidade pelos seus atos, mas não é como se não tivesse medo do que aconteceria depois. Porém, ela se mantém firme, de cabeça erguida, esconde suas mãos trêmulas e não deixa que o medo transpareça em seus olhos.


Apesar de não mostrar suas fraquezas, Zia é cheia de expressões. Fica com vergonha facilmente, o que faz com que seu rosto fique muito vermelho. Ao ser provocada, sua reação é hilária, ainda mais ao ser tratada de maneira 'romântica'. Isso faz com que todos queiram ver cada uma de suas reações a cada acontecimento, e ela constantemente é testada para o divertimento dos outros. Além disso, Zia ás vezes se parece com uma criança. Ela se encanta com as coisas mais simples, e sempre fica surpresa ao ver coisas novas. Quando ela viu a neve pela primeira vez na Alemanha, ficou o dia todo brincando fora de casa, o que resultou em um resfriado forte. Ou seja, Zia não se importa muito com o depois, se está se sentindo feliz em algum momento, vai aproveitá-lo até não poder mais.


Se há algo que possa fazer com que o cérebro de Zia pare, são flertes. Caso um homem chegue perto demais e a toque muito intimamente, ela começará a balbuciar palavras sem sentido que seu cérebro solta automaticamente, e então seu corpo entrará em um estado de alerta, o que fará com que ela fuja. Depois do acontecimento ela ficará a noite toda rolando na cama envergonhada.
Zia nunca foi beijada. Sempre que quase acontecia, ela agarrava as bochechas do cara e empurrava seu rosto para longe. E então saia correndo. Sim, ela é muito inocente quando se trata da prática, mas adora fofocar sobre caras bonitos, pois acha isso divertido. Zia tem um lado romântico, e quer se guardar para 'o cara'.

Zia é curiosa, e adora explorar. Se, por acaso, houver algum boato de um fantasma em certo lugar, ela irá até lá para ver por si mesma. Ela é esforçada, e odeia fazer coisas de um mal jeito, e seu perfeccionismo acaba causando nela um sentimento de nunca ser boa o bastante, o que a leva a passar dos limites, o que não é bom para sua saúde. Ela fica estressada, e tem sangramentos nasais quando se força muito a fazer algo. Quando estava no colégio, a garota já ficou internada por úlceras causadas pelo acúmulo de estresse, pois exigia de si mesma as maiores notas que pudesse conseguir -o que resultava em noites sem sono e uma ansiedade sem fim.
Caso comece com algo, Zia vai terminar. Além disso, ela é extremamente criativa, e sempre procura pensar fora da caixa, deixando sua imaginação correr solta. O problema disso, é que a garota é desastrada e bagunceira, e sempre que decide fazer algo deixa tudo desorganizado, mas é algo que ela tenta mudar, assim como seu hábito de ser mandona.

Zia odeia arrastar pessoas para seus problemas, mas não mente dizendo que está tudo bem. Normalmente solta um 'não é da sua conta', o que pode soar grosseiro, mas é apenas a maneira da garota de privar os outros de suas reclamações. Zia consegue muito bem segurar lágrimas, e é muito forte. Porém, se algo que acontecer a deixar extremamente triste, ela não conseguirá se segurar. O choro dela normalmente começa silencioso, enquanto ela fica paralisada no lugar, mas logo se transforma em algo escandaloso. Ela tenta se retirar antes de chegar ao nível escandaloso.


Além disso, Zia é muito engraçada. Sabe como fazer alguém rir, e normalmente o faz no meio de brigas para aliviar a tensão. Não que ela não goste de brigas -a acha hilárias, na verdade- ,mas quando percebe que a coisa pode ficar séria, tenta intervir. A mente da garota é uma fábrica de trocadilhos, e ela sempre tenta juntar palavras e seus sons para se fazer rir. Desde que ela mesmo goste do trocadilho, não se importa se ninguém rir. Sempre que está feliz, Zia faz uma dancinha discreta. Ela adora comemorar. E, quando ela fica estressada, começa a xingar em árabe.



E por fim, Zia é extremamente leal. Quando se trata de segredos, sua boca é um túmulo. Se alguém precisar de ajuda, ela vai se oferecer. Constantemente se aproveitavam dela por causa disso, mas ela não se importava tanto. Porém, Zia pode agir de maneira egoísta, e quando tem algo que ela realmente gosta, não deseja dividir com ninguém, apenas se a pessoa realmente precisar daquilo. Ela também é um pouco preguiçosa, e adora dar cochilos. Além disso, Zia odeia quando alguém é mal tratado. Ela odeia desigualdade, e sonha em poder abrir os olhos das pessoas para o sofrimento alheio. Ela espera que alguns lugares possam ter o luxo de uma boa vida assim como os outros.

(Melhor imagem)



❖ História ❖

Zia nasceu no Egito, em uma pequena vila. Sua mãe, Abigail, era alemã, e estava no país como voluntária do movimento Médico sem fronteiras. Lá, ela conheceu Ammon, um soldado do exercito egípcio. Ambos se casaram e logo a menina nasceu. Zia cresceu em uma pequena vila em um dos únicos estados do mundo que ainda adotava a Lei Sharia, a rígida lei muçulmana -um dos motivos pelos quais a mãe de Zia era a única médica estrangeira presente na vila.
A vida não era fácil, pois ainda haviam conflitos tanto religiosos quanto territoriais na região. Eles apenas não eram mostrados para o resto do mundo e do país, pois isso já havia se tornado uma rotina. Em um desses conflitos em que houve envolvimento militar, o pai de Zia acabou sofrendo um ferimento grave, e foi levado á vila, onde a mãe da garota tentou de tudo para salvá-lo. Porém, faltavam medicamentos, e Zia, que tinha apenas 9 anos, correu para a cidade mais próxima. Não tendo dinheiro, a garota furtou o medicamento, e acabou sendo pega. Por não ter um adulto a acompanhando, foi ela quem sofreu as consequências. O castigo para furto foi o apedrejamento, e a menina fora exposta em uma praça, onde algumas pessoas lhe jogaram pedras. Ela apenas conseguia chorar. Felizmente, antes mesmo de se passar meio minuto, soldados do exército americano de uma base por perto interromperam o castigo, compraram-lhe o remédio e a levaram de volta a vila. Mesmo com as costas sangrando com ferimentos que provavelmente deixariam cicatrizes, Zia pulava de alegria por ter conseguido o remédio.
Porém, ao chegar a vila, seu pai já havia falecido. Foi uma época muito difícil para Zia e sua mãe, pois na sociedade muçulmana, mulheres sem um homem ao seu lado eram desprezadas. Apesar disso, Abigail conseguia ser forte, e para distrair Zia e a si mesma da dor, começou a ensiná-la sobre remédios naturais,e como tratar ferimentos e doenças. Alguns conflitos na região se intensificaram, e constantemente bombas explodiam por ali. Ambas iriam voltar á Alemanha, porém, o governo isolou o estado em que moravam afim de que os conflitos permanecessem apenas ali, onde não haviam aeroportos. Assim, elas tiveram que pegar um barco com pessoas que procuravam se refugiar na Europa. A viagem foi turbulenta, e o barco afundou perto da costa grega. Felizmente, navios da guarda costeira os resgataram. Então, Zia e Abigail foram encaminhadas para a Alemanha novamente. Zia tinha 15 anos nessa época, e sentiu um grande remorso por ter deixado todas aquelas pessoas que conhecia para trás.
Zia morava na casa de seus avós, junto com sua mãe. Os avós da garota não pareciam gostar muito dela, o que não tinha uma razão lógica, mas com o tempo eles começaram a se aproximar. Zia sofria um pouco de preconceito pelo fato de também ser egípcia. Alguns alemães não pareciam gostar muito dos países subdesenvolvidos, porém, isso não a impediu de fazer bons amigos e desenvolver laços com outras pessoas. Além disso, a garota havia feito um blog para falar sobre a situação precária de vida no Egito, onde fazia um apelo às pessoas para que abrissem seus olhos e não virassem as costas para aquele povo. Vários comentários a chamavam de lunática. Diziam que aquele 'povo' estava bem. O que ela sabia não ser verdade.
Quando terminou o Ensino Médio, Zia entrou na faculdade de medicina. Na faculdade, quase todos eram xenofóbicos. Então Zia começou a beber em casa, estava cansada e queria muito ficar bêbada. Só não contava com o fato de que seu organismo era forte contra o álcool.
E num dia, que parecia ser normal, a Seleção foi anunciada. Todos da casa insistiram para Zia se inscrever -seu avós provavelmente a queriam longe-, e então a garota se inscreveu, sem nem ligar direito. Porém, pensou que, se talvez entrasse, poderia ter contato com pessoas influentes. Pessoas que poderiam finalmente colocar seus olhos, mesmo que por um segundo, sobre o Egito, e por causa dela. Aquilo a deixou eufórica, e a garota não podia esperar pelos resultados.




❖ Por que se inscreveu na Seleção? ❖
Zia primeiramente se inscreveu apenas pela insistência de sua família, e logo ficou ainda mais incentivada ao perceber que poderia falar sobre o Egito com pessoas poderosas. Além disso, ela adora conhecer novos lugares e passar por novas experiências.



❖ Família ❖
Nome: Ammon Rashid (Falecido)
Idade: faleceu com 37 anos
Profissão: Era soldado do exército egípcio
Parentesco: Pai
Relação: Zia e seu pai eram muito próximos. Normalmente olhavam as estrelas juntos, e a garota ainda guarda resquícios dele em sua vida e os valoriza muito.
Aparência: Imran Abbas


Nome: Abigail Bayer
Idade: 45 anos
Casta: 3
Profissão: Médica (na área de pediatria ao chegarem á Alemanha)
Parentesco: Mãe
Relação: Ambas são muito próximas, e com apenas um olhar conseguem entender o que a outra pensa. Porém, passaram a não se comunicar tanto depois de um tempo, mas o amor que sentem uma pela outra ainda é o mesmo.
Aparência: Hayley Atwell



Nome: Marie Bayer
Idade: 78 anos
Casta: 3
Profissão: Aposentada
Relação: Zia e sua avó mal conversam. A garota já tentara muito se aproximar, mas a avó apenas continuava apontando seus erros e a julgando. Porém, há uma pequena fagulha de afeição entre elas. Lhe dizem que são parecidas em alguns aspectos.
Aparência: Judi Dench



Nome: Lucius Bayer
Idade: 80 anos
Casta: 3
Profissão: Aposentado
Relação: Zia e seu avô não conversam muito. Porém, normalmente eles trocam piadinhas, e ele sempre diz para a garota que ela ainda tem muito o que aprender. Mas ele nunca sorri, e está sempre ranzinza com um cachimbo na boca.
Aparência: Ian McKellen





❖ Manias/ Fobias/ Medos/ Traumas ❖
Zia tem a mania de ficar mordendo seus lábios, o que normalmente faz com que estes sangrem.
Outra de suas manias é assoprar sua franja longa quando está no tédio.
Zia não consegue ficar parada, e normalmente está batucando seus dedos em algum lugar.
Zia tem a mania de sempre manter um saquinho de balas por perto.

Zia tem Astrofobia (fobia de relâmpagos e trovões). Normalmente ela se encolhe debaixo da cama ou de uma mesa durante alguma tempestade. Ela já foi até encontrada em seu armário.

Zia tem medo de barcos. Ela fica ansiosa e seu corpo inteiro treme, além de ficar enjoada, mas não ao ponto de vomitar. Zia também tem a sensação de que o barco afundará sempre que há alguma agitação mais forte. Ela sempre se lembra de quando o barco onde estava com os refugiados começou a afundar.

Zia tem trauma do mar. Ela o acha belo, porém, extremamente perigoso. Ela sempre se lembra das ondas violentas e do tanto de água salgada que engoliu durante a viagem para a Grécia, e as lembranças do barco afundando e sendo virado e desvirado por ondas sempre vêm em sua cabeça, assim como as pessoas que acabaram não sobrevivendo e se afogando.



❖ Qualidades e Defeitos ❖

Gentil - Criativa - Esperta - Leal - Responsável - Bem humorada

Mandona - Perfeccionista - Ansiosa - Muito curiosa - Desastrada



❖ Gostos ❖
Chocolate - Doces - Frutas - Milkshake de Morango - Livros - Histórias em Quadrinhos - O Pôr do sol - Enigmas - Fotografias - Frio - Neve - Flores - Vento - Música Clássica - Piadas - Animais - Biologia - Comida árabe

❖ Desgostos ❖
Coisas muito salgadas - Mau humor - Barulho e agitação - Drama - Mentiras - Calor extremo - Escuro - Tempestades - Óperas - Escuro - Maquiagem pesada - Café



❖ Hobbies ❖
Zia adora observar o céu, não importa a hora que seja, pois sempre que o faz sente uma sensação de paz. Ela o acha uma verdadeira obra de arte, e ama o fato de cada dia ter um pôr do sol diferente. Além disso, sempre que olha as estrelas á noite, se lembra de seu pai, que lhe ensinou os nomes das constelações quando ela era pequena, algo que ela ainda se lembra.
"O céu está logo acima de nós, mas raramente olhamos para ele", era o que o pai de Zia costumava dizer. Foi assim que ela começou a olhar para o céu e admirá-lo todos os dias.


Zia gosta de escrever e desenhar, principalmente histórias em quadrinhos e charges. Não, ela não é boa em desenhar. Seus desenhos são horríveis, o que é engraçado, e ela já se conformou com isso. Ela possui um caderninho com uma historinha retratando toda a viagem que ela e sua mãe fizeram com os refugiados até chegar na Europa, e o guarda com muito carinho.


Zia gosta de observar pássaros, e em seu caderninho há várias anotações e fotos que ela tirou de várias espécies de pássaros.


Zia adora tirar fotografias, principalmente da natureza. Ela acredita que o momento de fotografar é especial, e espera que um sentimento desperte nela antes de tirar a foto, para que esta não se torne algo banal.


Zia adora jogar Senet, um jogo egípcio.




❖ Talento ❖
Zia tem um talento enorme para resolver enigmas. Caso ela não consiga pensar numa resposta para algum, ela sempre se lembrará dele pelo resto de sua vida.


Zia sabe fazer um ótimo Milkshake de Morango. Além disso, ela faz belas sobremesas árabes.


Zia tem um grande talento para escrever estorias, e adora fazê-lo.




❖ Príncipe, coroa ou outro? ❖
Zia mal pensou sobre os príncipes ou a coroa. O que ela realmente prefere é viver uma nova experiência e, novamente, conseguir convencer os reis e pessoas influentes a darem atenção ao Egito e aos outros países que precisam de ajuda em geral.



❖ Príncipe escolhido ❖
Christopher Samiotou
-Challenge Accepted-



❖ Relação com ❖
∴ Reis ∴
Zia trata os reis com muito respeito. Admira o trabalho deles, e o grande bloco econômico que juntos eles mantêm. Está sempre prestando atenção em suas palavras, pois acha que poderá ganhar créditos com eles se mostrar que está disposta a ouvi-los. E obviamente, a garota recorrerá a eles para falar sobre os países que passam por problemas. Ela não falará diretamente, mas fará com que o rumo da conversa vá para este tópico, e então, na hora certa, ela pedirá a ajuda deles.

∴ Rainhas ∴
Zia as admira. Acha que todas elas são mulheres muito fortes, e as admira ainda mais por conseguirem lidar com seus filhos e também um país inteiro. Ela gosta de conversar com elas sobre qualquer coisa, mas é muito cuidadosa com o que sua boca pode soltar. Os olhares delas ás vezes assustam, e Zia não gostaria nem um pouco de saber o que eles significam.

∴ Príncipe escolhido ∴
Zia se arrependeu de sua escolha logo ao conhecer Christopher pessoalmente. Na verdade não foi uma escolha, pois a caneta que ela girou apontou para o nome dele. Mas, como não se pode voltar atrás...
Christopher vive provocando Zia e flertando com ela, e se diverte muito com as reações da garota. Ela foge dele sempre que ele tenta alguma coisa com ela. Há vezes em que ela decide usar óculos escuros afim de que seus olhos não se encontrem, ou inventa outra maneira para ele não conseguir se aproximar muito. Ela se irrita com a falta de seriedade do príncipe, e sempre lhe dá soquinhos na cabeça, que variam no grau de força.
Porém, ela tenta entendê-lo. Acredita que ele se sente solitário na maioria das vezes, e por algum motivo começa a se sentir responsável por ele. Quer que ele se torne um bom rei, então começa a entregar-lhe livros sobre economia e sociologia aleatoriamente, desafiando-o a lê-los.
Mas ao conhecer melhor Christopher, ela percebe que há algo mais nele. Que ele não é um idiota, e que pode ser muito inteligente. Eles se tornam amigos, e acabam passando um tempo juntos na biblioteca, apenas para ler no silêncio. Com o passar do tempo, o príncipe acaba envolvendo Zia em 'atividades proibidas', como entrar em lugares restritos do castelo ou aprontar por aí com as pessoas. O príncipe sempre diz que ela tem que aprender a se divertir.

∴ Outros príncipes ∴
Noah Heckmann
Zia sente uma curiosidade quando se trata de Noah. Ela quer saber mais sobre ele, e normalmente começa acenando ou cumprimentando. Caso o encontre na biblioteca, se sentará perto dele para ler algum livro. Quando tiver oportunidade, vai puxar uma conversa. Zia fica impressionada com a educação do príncipe, e também com seu senso de humor.

Bernard Seydoux
Zia sente uma grande simpatia por Bernard, e logo ao conhecê-lo percebe que ele realmente é o cara dos sonhos de qualquer garota. Ela chega a se perguntar se ele tem algum lado ruim. A garota tenta quebrar a timidez dele de pouco em pouco, e logo eles se tornam 'amiguinhos'. Zia vive perguntando para ele como está sendo com as garotas, como se fosse uma tia.

Markus Santini
Zia fica sabendo da fama de Markus ao chegar ao castelo, mas isso não a surpreende. Ela não sabe muito bem como agir perto dele, mas fica impressionada ao ver o lado gentil dele, o que faz com que ela fique mais tranquila. Às vezes, Zia brinca que talvez ele devesse tomar uma dose de juízo.

Tomás Castellanos
Zia normalmente ri muito quando está perto dele. Ela gosta de seu lado divertido, mas às vezes o considera muito exagerado. Mesmo assim, simpatiza com ele. Tomás às vezes brinca dizendo que quando Zia se cansar de Cristopher, ele estará de braços abertos. Ela apenas o lança um olhar desconfiado em resposta.

Richard Andersen
Zia entende o porquê de Richard ser chamado de verdadeiro príncipe encantado. Ele parece ser perfeito, e Zia o admira muito. Ela gosta da companhia do príncipe e do seu bom humor, e ainda mais o fato dele ser tão bom com pessoas que precisam de ajuda. Eles desenvolvem uma amizade, e Zia se sente confortável em saber que ele será rei um dia. Ela sabe que ele não ignorará aqueles países que precisam tanto de ajuda.

∴ Guardas ∴
Zia sempre cumprimenta os guardas que ficam no corredor de seu quarto, e desenvolve um tipo de amizade com eles. Sempre que ela está passando entende a mão para um high five. Ela os respeita muito, e acredita que o trabalho deles é muito pesado. Então, ela se torna a tia da balinha, e sempre oferece docinhos a eles, que começam a chamá-la de vovó. Ela entra na brincadeira e os chama de netinhos.

∴ Outras candidatas ∴
Zia as trataria normalmente, com faz com todos. Para ela, é como se tivesse acabado de ser transferida para uma faculdade feminina, e só precisasse se enturmar. Porém, ela sabe que algumas garotas podem ser um tanto 'perigosas', então se mantém atenta. Mas é gentil com todas, e fica amiga facilmente das que tem senso de humor. Quando alguma delas está triste, Zia oferece balinhas.

∴ Jornalistas ∴
Zia os evita. Odeia ter câmeras em seu rosto, então quase sempre que os vê, dá meia volta. Porém, quando eles estão apenas tomando um café, sem nenhum microfone ou câmera por perto, passa para cumprimentá-los.



❖ Criadas ❖
Nome: Karen Wynsdom
Aparência: Carlson Young
Idade: 25 anos
Relação: Karen e Zia têm uma relação complicada. Ora se odeiam, ora estão se dando super bem. Karen adora roupas sensuais, e convence Zia a usá-las, dizendo que se a garota não mostrar o que tem, vão mandá-la embora. Zia odeia mostrar o corpo, então as duas entraram em um consenso de deixar no meio termo. Porém, Karen sempre deixa algum lugar que Zia não percebe exposto, mas ela sabe que os príncipes vão perceber (Como uma fenda na saia ou um decote exagerado nas costas, o qual a criada toma o cuidado para esconder as cicatrizes). Há grandes discussões depois de situações como esta no quarto.
Função: Estilista, costureira e seletora de joias.
Personalidade: Autoritária, Persuasiva, Agitada, Criativa, Esperta.


Nome: Jane Sardothien
Aparência: Antonia Thomas
Idade: 29 anos
Ralação: Zia e Jane são boas amigas. Jane faz com que Zia acabe falando sobre tudo o que acontece, e ainda vive mandando a garota para passear por algum lugar específico do palácio pois conhece a rotina dos príncipes. Jane fez uma aposta com outras criadas de que sua selecionada conseguiria laçar um príncipe, e não está disposta a perder. Porém, ela realmente se importa com Zia. Além disso, Jane adora assistir as discussões 'O corpo é meu e eu só mostro se quiser" e "Os vestidos são meus e eu deixo um buraco onde quiser" de Zia e Karen.
Função: Cabeleireira e Maquiadora.
Personalidade: Gentil, Muito comunicativa, Talentosa, Engraçada, Otimista.




❖ O que acha da Seleção? ❖
Zia acredita ser um pouco injusto com os príncipes, pois eles acabam sendo limitados a escolher algo que não seria de suas vontades. Porém, a garota tem certeza de que algum deles vai encontrar o amor verdadeiro e ficará agradecido pela escolha dos reis. Mas, ao conhecer mais os príncipes, Zia percebe que a Seleção fora a melhor escolha que os reis poderiam ter feito. Os príncipes provavelmente morreriam solteiros sem a competição.



❖ Como reagiria a um ataque rebelde? ❖
Zia sabe como agir em situações como estas. Rapidamente, ela pegaria as poucas coisas que julgasse serem necessárias e procuraria por um abrigo. Era assim quando haviam atentados no Egito, várias pessoas corriam de suas casas e se escondiam em um bunker, e ás vezes ficavam lá por dias. E, primeiramente, Zia mandaria Karen e Jane fazerem o mesmo que ela e tomarem muito cuidado.



❖ Prejudicaria alguma outra selecionada para seu benefício? ❖
Não. Apesar de ter vontade, Zia não o faria. Com certeza alguém poderia descobrir. E além disso, não é algo muito legal de se fazer.



❖ Sua personagem já namorou antes? É virgem? ❖
Não. Zia é totalmente virgem (:v)



❖ Bebe coisas alcoólicas? Se sim, apenas socialmente? Ao ponto de ficar bêbada? ❖
Sim, Zia bebe quando sente vontade. Seu organismo é muito forte contra o álcool, então ela precisa beber muito para ficar bêbada. Quando bêbada, a garota perde seus limites, pode começar a chorar do nada, ou rir como uma louca. Mas algo é certo: Ela sempre vai dizer tudo o que vivia guardando dentro de si por tanto tempo, desde xingamentos a juras de amor. Ela até se solta mais (sim, daquele jeito), o principal motivo pelo qual ela evita beber mais do que dois copos.



❖ Duas músicas que definem a relação com o par ❖
Kodaline - The One


Diga-me
Diga-me que você me quer
E eu serei seu completamente
Para o melhor ou para o pior
Eu sei
Nós temos nossos desentendimentos
Brigamos sem razão
Eu não mudaria isso de jeito nenhum
Porque eu sei
Que no primeiro dia que te conheci
Eu nunca te deixaria
Te deixaria escapar
E eu
Ainda me lembro de estar nervoso
Tentando encontrar as palavras para
Te trazer aqui hoje

Você faz meu coração sentir como se fosse verão
Quando a chuva forte cai
Você faz meu mundo todo parecer tão certo quando está errado
É assim que sei que você é o único
É assim que sei que você é o único

É fácil ter medo da vida
Com você, estou preparado
Para o que está por vir
Porque nossos dois corações tornarão mais fácil
Unindo os pedaços
Juntos, fazendo um só

Você faz meu coração sentir como se fosse verão
Quando a chuva forte cai
Você faz meu mundo todo parecer tão certo quando está errado
É assim que sei que você é o único
É assim que sei que você é o único

Quando estamos juntos
Você me faz sentir como se minha mente estivesse livre e meus sonhos fossem alcançáveis
Você sabe que eu nunca acreditei no amor
Eu acreditei um dia que você apareceria aqui

Me liberte

Você faz meu coração sentir como se fosse verão
Quando a chuva forte cai
Você faz meu mundo todo parecer tão certo quando está errado
É assim que sei que você é o único
É assim que sei que você é o único


Sleeping At Last - Turning Page


Eu esperei uma centena de anos
Mas eu esperaria mais um milhão para você
Nada me preparou para
O privilégio que seria ser seu

Se eu tivesse apenas sentido o calor em seu toque
Se eu apenas tivesse visto como você sorri quando você cora
Ou como você enrola seu lábio quando se concentra o suficiente
Eu saberia para que eu estava vivendo por todo esse tempo
Para que eu tenho vivido.

Seu amor é minha página virada
Onde apenas as palavras mais doces permanecem
Cada beijo é uma linha cursiva
Cada toque é uma frase redefinida.

Eu renuncio o que eu tenho sido por quem você é
Pois nada me faz mais forte do que seu coração frágil.
Se eu apenas tivesse sentido como é ser seu
Bem, eu saberia para que eu tenho vivido por todo esse tempo
Para que eu tenho vivido.

Embora estejamos presos à história, devemos dizer.
Quando eu vi você,bem, eu sabia que a contaríamos bem
Com um sussurro, nós domaremos os mares violentos
Como uma pluma derrotando reinos.



Birdy - Wings


Luz do sol vem se arrastando
Iluminando a nossa pele
Vimos o dia passar
Histórias do que fizemos
Isso me fez pensar em você
Isso me fez pensar em você

Sob um trilhão de estrelas
Nós dançamos em cima de carros
Tiramos fotos do palco
Tão longe de onde estamos
Eles me fizeram pensar em você
Eles me fizeram pensar em você

O-o-oh, luzes se apagam
No momento estamos perdidos e achados
Eu apenas quero estar ao seu lado
Se essas asas pudessem voar
Para o resto de nossas vidas

Estou no estado estrangeiro
Meus pensamentos, eles sumiram
Minhas palavras estão me deixando
Elas pegaram um avião
Porque eu pensei em você
Só porque pensei em você

Oh, luzes se apagam
No momento estamos perdidos e achados
Eu apenas quero estar ao seu lado
Se essas asas pudessem voar

Oh, droga, essas paredes
No momento nós temos dez metros de altura
E como você me disse, depois de tudo
Nós lembraríamos desta noite
Para o resto de nossas vidas

Se essas asas pudessem voar

Oh, luzes se apagam
No momento estamos perdidos e achados
Eu apenas quero estar ao seu lado
Se essas asas pudessem voar

Oh, droga, essas paredes
No momento nós temos dez metros de altura
E como você me disse, depois de tudo
Nós lembraríamos desta noite
Para o resto de nossas vidas


Lucy Rose - Be Alright


Levei um tempo para dizer
Exatamente como eu me sinto por dentro
As palavras podem parecer tão simples agora
Mas demorou um pouco para encontrar

É isso que você chama de amor, amor, amor
Isso é o que eu estou pensando

Porque eu sabia
Que você estaria bem
E no meu coração você ficará um tempo comigo
E nós dançamos até o amanhecer
E você me disse, você disse que vai ficar tudo bem
Sim, nós ficaremos bem

Por favor, não me diga que você seguiu em frente
Apenas me dê uma chance para explicar
Meus sentimentos ainda estão aqui e crescendo
Eles são novos para mim e eu ainda estou aprendendo

É isso que você chama de amor, amor, amor
Isso é o que eu estou pensando

Porque eu sabia
Que você estaria bem
E no meu coração você ficará um tempo comigo
E nós dançamos até o amanhecer
E você me disse, você disse que vai ficar tudo bem
Sim, nós ficaremos bem
Sim, nós ficaremos bem

É isso que você chama de amor?
É isso que você chama de amor?
E é isso o que você chama de amor, amor, amor
Isso é o que eu estou pensando

Porque eu sabia
Que você estaria bem
E no meu coração você ficará um tempo comigo
E nós dançamos até o amanhecer
E você me disse, você disse que vai ficar tudo bem
Sim, nós ficaremos bem




❖ Objeto especial? ❖

Colar com um pingente do Ankh, símbolo egípcio que significa vida. O colar era passado pela geração de filhas da família Rashid, fazendo com que Ammon o passasse para Zia logo após seu nascimento.



❖ Roupas ❖
Zia não é muito acostumada a mostrar o corpo, resultado de sua infância e adolescência vivendo no Egito. Ela normalmente usa roupas elegantes e compridas, mas não chega ao ponto de se parecer com uma freira. Zia adora cores escuras, mas também adora branco. Além disso, ela gosta de estampas delicadas. Sempre está usando jeans, e está acostumada com saltos e botas. Ela gosta de usar brincos discretos, e ama sobretudos.
Os vestidos de Zia nunca ficam acima dos joelhos, eles normalmente são longos e um pouco justos.
Mas, com Karen sendo sua estilista e costureira, Zia terá de se acostumar com estilos mais ousados.





❖ Algo a mais? ❖
No no ^^




Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...