~contagiosa

contagiosa
{+weird;;}
Nome: 👽
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 5 de Fevereiro
Idade: 5
Cadastro:

Pray - Fichas


Postado










✝ Nome completo ✝

Elizabeth Vega Montgomery

▸ Elizabeth costuma ser chamada de "Lizzy" pela maioria das pessoas ( menos pelas freiras estupidas, que insistem em serem formais, então com elas ela vira "Srta. Montgomery" ), em geral ela nem se importa com a maneira que a chamam, e sendo sincera, esse apelido já não faz sentido para ela.

▸ Elizabeth significa “Deus é abundância” ou “o meu Deus é juramento”. Esse nome foi dado a ela pela sua falecida mãe.

✞ Idade ✞

18 anos, nascida no dia cinco de fevereiro, sendo assim do signo de aquário.

✝ Motivo de ter sido mandado para o convento ✝ ( como não precisa de história aqui vai ficar meio grandinho porque vou contar a história aqui! )

Elizabeth é filha de Peter, um ex-padre, e de Anna, uma mulher que sempre fora religiosa. Quando Lizzy nasceu, ela simplesmente fora a alegria de toda a família! Uma criança linda de olhos verdes como esmeraldas e pequenos fios de cabelos de um lindo castanho escuro, ela era a coisa mais linda que Anna já havia visto em toda a sua vida!
Até seus quatorze anos tudo estava dando certo, ela namorava um bom garoto, tirava boas notas, e antes de tudo, sempre agradecia a Deus por ser tão bom com ela! Porém logo isso mudou drasticamente. A mãe de Elizabeth fora diagnosticada com câncer no último estágio, ela... Já estava com os dias contados. Porém Lizzy tinha muita fé, e vivia rezando e pedindo para que Deus poupasse sua amada mãe, para que a abençoasse... Porém quatro meses depois, ela veio a falecer, a garota dos cabelos castanhos ficou desolada, sem saber para onde ir, apenas chorava em cima do caixão de sua amada mãe... Ela aos poucos estava perdendo a fé.
Com dezesseis anos, dois anos depois da morte de sua mãe, seu namorado, Tyler, havia a pedido em noivado, mesmo sendo tão cedo ambos tinham certeza de que se amavam tanto e que essa ela a escolha certa! Tudo estava perfeito, aos poucos Lizzy se recuperava da tragédia de sua mãe, e o pai dela não podia estar mais feliz com as decisões que a sua pequena mocinha tomava! Mas o destino só podia estar contra ela, porque, após cinco meses de noivado... Seu noivo fora atropelado. E novamente o cenário era uma Elizabeth debruçada em cima de um corpo pálido enquanto chorava e rezava para que Deus não fizesse isso com ela, Tyler era o seu... Tudo, ele não poderia ser tirado dela!! Elizabeth já estava desesperada, não acreditava como já sofrera em apenas dezesseis anos de vida, se perguntava se estava fadada a perder todos a quem amava... Então pensou em algo como se estivesse desafiando a Deus, algo como "se você realmente existe, deixe-o viver!!", já estava tomada pelo ódio, a ponto de desistir de Deus, porém tinha um pingo de esperanças que ele salvasse seu noivo que infelizmente estava em estado grave. Porém como em toda história onde Deus é o culpado, o pior aconteceu... Exatamente as quatro de cinco da manhã, o telefone da pobre garota tocou, acordando não só ela mas como a família do garoto que estavam na casa também... Ele havia.. Partido. Elizabeth então estava tomada pela tristeza e pelo ódio, já havia desistido dessa baboseira toda sobre acreditar em Deus, isso já não existia para ela, afinal, ela enterrou duas de suas pessoas mais amadas em menos de cinco anos!
Depois disso ela já não tinha mais um brilho no olhar, ela algo melancólico. Decidiu que iria abandonar a Lizzy, e seria apenas Elizabeth... Pintou suas madeixas em vários tons de ruivo, os deixou mais rebeldes e mudou completamente a maneira na qual se vestia, e o que mais importava... Abandonou Deus! E ela desde então se recusa em falar sobre Deus como se acreditasse no mesmo, até mesmo ria com escárnio quando o mencionavam. O pai da garota já estava sem saber o que fazer, então decidiu manda-la para um convento no México, no qual a mãe da garota já estudara, na intenção de faze-la voltar a ser quem era antes.

✞ Personalidade ✞

Elizabeth é uma garota que, na maioria das vezes é vista em um canto qualquer sozinha, apenas observando o movimento do lugar. Em geral ela é bem observadora, e assim consegue captar os mínimos detalhes de tudo. Porém não é porque ela é vista quieta, que ela seja anti-social, na verdade, pode até ser um pouco, bem... É complicado. Ela prefere conversar com pessoas desconhecidas ao conversar com sua família, porém ela conversa bastante quando quer, porque querendo ou não ela é muito boa de conversa, e sempre vai ter um assunto para puxar. Sendo assim, ela tem uma boa lábia, e conversando bastante pode descobrir coisas do passado das pessoas, o que ela gosta e não gosta, ou seja, tem um grande poder de manipulação em mãos, porém normalmente não tem tido motivos para utiliza-lo, até porque odeia quando sempre tentam manipula-la - e claramente sempre falham, ela não é do tipo que se deixa levar -.

Sendo sociável, é bem óbvio que ela tenha um senso de humor e tanto, e mesmo ela sendo ateísta, ela continua sendo em geral uma adolescente... Normal. Então é normal vê-la contando alguma piada ou zoando alguém, sem falar que ela é mestre na arte de fazer emboscadas e pregar peças nos outros, é uma maneira de divertimento um tanto estranha, até porque muitos apenas "agitam" mas na hora do vamos ver eles nem fazem nada, porém quando ela disser que vai fazer algo do tipo, acredite, ela realmente irá!

Ela em geral é um conjunto de excentricidades, afinal, ela é alguém que não suporta o normal, sempre quer algo novo e diferente, coisas misteriosas e que a façam se sentir mais viva, sempre precisa de aventuras por não suportar de maneira alguma o tédio! Na verdade ela já não gosta muito de ser totalmente normal, seguir regras como "viva sua vidinha medíocre seguindo regras, tenha filhos, os crie como e idiotas e no fim, morra!", ela quer aventuras, uma paixão verdadeira e viciante, claro quer ter filhos, mas quer cria-los para serem do mundo, serem pessoas desprendidas... E antes de tudo, quando chegar a hora de morrer ela quer dizer que apesar de tudo a vida dela valeu a pena!

Ela é uma garota extremamente inteligente, portanto tem um entendimento avançado sobre várias e várias coisas. Tanto que é ótima para calcular tudo quando vai pregar peças em alguém, assim tem estratégias ótimas! Ela não costuma usar da sua inteligencia tão avançada normalmente, então é como se na maioria das vezes mesmo falando coisas que para você pareçam brilhantes para ela é algo banal e que já foi visto por ela há eras! Sem falar que ela é muito criativa, então está sempre tendo ideias malucas e que nunca foram pensadas.

Não se apaixona nem confia facilmente! Para ela isso requer uma amizade estupidamente forte, porque não é qualquer um que consegue se tornar íntimo dela! E sem falar que ela teme se apaixonar e acontecer um desastre, até porque ela está a ponto de achar que é amaldiçoada! Porém quando se apaixona um lado que foi esquecido por ela volta a "vida", ela se torna mais atenciosa e preocupada com o par, tanto que o seu lado ciumento que nunca deu sinais começa a voltar com tudo, então ela fica muito possessiva e egoísta, não divide com ninguém! Porém ela também é uma tarada de merda, então mãos bobas e beijos roubados não serão novidade! É algo que a deixa feliz na verdade, por isso ela gostaria de se apaixonar de novo, mesmo sabendo que Tyler nunca será substituído, não custa tentar um novo amor..

✝ Aparência ✝














( Nádia Esra )

✞ Poder ✞

Manipular Mentes ( isso inclui lê-las )

✝ Se você tivesse que morrer, qual seria o melhor tipo de morte para você? ✝
(melhor? ok..)

( ) Salvando alguém importante
( ) Suicidio
( ) Queimado vivo
( ) Afogamento
(x) Desacordado
( ) Causas naturais

✞ Cite uma musica que descreveria seu personagem ✞

Arctic Monkeys inteiro rs.. Pode ser R U MINE, Arabella, e Do I Wanna Know? ( puis três porque sou rebelde u.u )

✝ Vai querer par? Se sim, como teria de ser a personalidade do seu par? ✝

Sim. Apenas não seja babaca ao extremo, o resto a gente dá um jeito sabe?!

✞ Relação com outros jovens presos no convento ✞

Depende, se o jovem é um adorador de Cristo prefere ficar até um pouco longe, mas se estão ali por motivos de os pais mandaram por algum motivo banal, é como se estivessem no mesmo barco, então os trata como amigos! Conversa normalmente com eles, faz piadas e prega peças e coisas do tipo, afinal, se ela vai ficar presa ali pelo menso que seja com amigos! Ah, mas o problema de ter amigos é que ela tem um hábito de se apaixonar por um seus melhores amigos

✝ Relação com o Cody ✝

No inicio ele foi muito esquentadinho com ela, até apostou que o garoto hiperativo fosse do signo de áries, afinal... Mas bem, agora tem uma relação bem amiga com o garoto, ele é como ela, gosta de te ro próprio espaço e respeita o dos outros, de longe é um dos seus melhores amigos ali dentro.

✞ Relação com as freiras do convento ✞

Não as desrespeita mas também não dá muita atenção para o que elas dizem, já que na maioria das vezes é sobre Deus..

✝ Algo mais? ✝

> Lizzy é héterossexual.

> Tem manina de roer as unhas ou mexer no cabelo quando está ansiosa.




Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...