~Crystal-san - Clan Fantasy

Crystal-san
O Incrível mundo de Crystal
Nome: Djeici
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: 22 de Março
Idade: 17
Cadastro:

Ficha para Fanfiction Rares - Interativa


Postado

Ficha para Fanfiction Rares - Interativa

☼ Minha Ficha ☼

✧ Nome completo ✧
Yuuki Cross

✧ Apelido ✧
---

✧ Idade ✧
18 anos

✧ Aparecia ✧










Yuuki tem longos cabelos castanhos que vão até o final de sua costas. Tem pele delicada e bem branca, olhos delineados são de um castanhos bem avermelhado, sua boca é pequena e seu nariz fino. Tem 1,58 m de altura. Seu corpo é magro tem belas curvas com seios medianos, cintura fina, quadris um pouco largos, coxas um tanto grossas e ombros médios.

✧ Personalidade ✧
Yuuki é uma garota muito gentil, sempre carregar nos lábios sorrisos pequenos mais gentis e com doçura. É do tipo de pessoa que não nega ajuda para ninguém e vai até o limite para ajuda, não pode ver ninguém sendo injustiçada pq ela certamente vai ajuda. Ela é o tipo de garota que sempre tenta ver o lado positivo das coisas, uma verdadeira otimista.
Ela sempre pensa antes de agir, tentando sempre o melhor modo para fazer algo, mas no final desiste e toma a primeira decisão. Ela sempre diz que quando pensa demais o cérebro dela começa a falha e isso a torna impulsiva e um pouco sem controle.
Yuuki acima de tudo tem um grande espirito de justiça, ela esta disposta a tudo para proteger as pessoas, ela não ser voltaria atras em sua decisão.
Yuuki é uma criança em corpo de mulher, tem uma curiosidade sempre precedência e acaba entrando em confusões por isso e arrasta quem tive com ela, ver a felicidade dos outros e saber que foi útil a deixa extremamente feliz.
Yuuki também tem um pouco de baixo auto-estima, as vezes acha que não é boa o suficiente mas tenta escode ao máximo esse lado.
Yuuki sempre fica muito brava quando é chamada de baixinha o que faz suas bochechas ficarem bem avermelhadas. Bastante feminista não aceita que homens achem ela fraca e que se achem acima do que ela por serem homens. É muito protetora com seus amigos e familiares


✧ Historia ✧
Pra começa uma historia direito devemos nos apresenta não é?

Bem eu me chamo Yuuki Cross e até onde eu lembrava minha vida nunca foi fácil mas não quer dizer que não foi feliz ou que estou lutando pela minha felicidade e a de todos.

Minha vida sempre foi complicada, quando digo complicada é complicada mesmo. Minha mãe ser chamava Rose, mamãe era tão bela quantos as rosas e tinhas os cabelos da cor das pétalas da flor, filha de um dos maiores senhores feudais do reino, era jovem, inteligente, bela, gentil e acarretava olhares de milhares de homens e um desses olhares era o do meu pai.

Me pai ser chamava Haruka Cross e na época ainda jovem sonhador era só mais um trabalhado e trabalhava para o meu avo, pai de minha mãe, era um trabalhador competente mas acima de tudo papai tinha e tem uma personalidade incrível, sua gentiliza, alegria, seu otimismo. Papai mesmo com toda sua humildade encantava qualquer mulher e encantou minha mãe.

E isso uma grande confusão aconteceu, mamãe e papai apaixonados e dispostos a tudo para ficarem juntos foi o pior erro para a família de minha mãe. Minha mãe na época estava noiva, sim noiva, noiva de Rido Kuran, um maldito nobre sádico, aquele homem não merecia nem seque olha para minha mãe.

Dizem que o amor vencer tudo não? Meu pai e minha mãe conseguiram ficar juntos mesmo com a imposição de todos, mamãe deixou seu luxo, sua família, aquele maldito noivo, tudo para fica com meu pai, mesmo que vive-se com o desprezo da família e tive-se que trabalha para vive, mamãe não ligou, ela só queria ser feliz e nada mais.

Com isso papai com o pouco dinheiro que tinha comprou um pequeno terreno mas com o tempo tudo foi ficando ajeitadinho, era uma pequena fazenda mas dava para vivemos com o básico, com o que plantávamos e vendíamos na cidade.Mamãe fazia costuras para as pessoas, tinha mãos de fada e ela não ligava para trabalha, ela gostava fazia ser senti útil.

Nesse primeiros tempos minha mãe já ficará gravida e nascerá meu irmão mais velho, Kaname nasceu logo apos 5 anos, eu nasci.

Não tínhamos muito, na verdade tínhamos o básico mas eramos muitos felizes, eu tinha o amor dos meus pais, o amor do meu irmão. Vivíamos assim, eu sempre tentava ajuda mamãe e papai, tanto na horta como na costura, tinhas uma horta com varias verduras e alguns animais. Mas o que eu mais gostava era da pequena Roseira que tinha no fundo da casa, mamãe e eu cuidávamos com carinho das Rosas. Pena que toda Rosa um dia perde as pétalas.



E mamãe perdeu as suas quando eu tinha 10 anos, mamãe tinha a tempos estava doente, não podíamos paga medico, devido que a situação não estava fácil para nos, estávamos passando por uma temporada difícil de colheita e mamãe estava de mal a pior. Meu pai na época chegou a ir a antiga casa da minha mãe, implora ao meu avo que ajuda-se minha mãe mas ele negou-se, disse que minha mãe já tinha ser remexido na sujeira e que ela não pertencia mas alguém como eles. Eles negaram ajuda minha mãe pq nos não eramos da mesma classe?

Logo minha mãe não resistiu e veio a falece, lembro como ser fosse hoje de como ela sorriu para mim antes de fecha os olhos para nunca mais abrir.

Mamãe não pode ter um enterro tão digno como ela merecia, mamãe era tão delicada, tinha a elegância de um rainha mas a enterramos num lugar aonde eu sempre podia visita-la e leva rosas para ela.

A morte de mamãe abalou a família toda, de todos nos até do meu pai, meu irmão sempre foi muito serio mas também ficou abalado. Kaname mesmo jovem ganhava admiradoras de todas as classes, meu irmão nunca ligou para elas e eu achava divertido quando elas davam presentes para ele. Meu irmão não gostava de doces mais sempre recebia de presente, ele me dava todos. Sempre foi amoroso e gentil comigo, não achei que o perderia também.

Logo apos um ano da morte de mamãe, um homem chegou a nossa casa. Ele vinha em uma carruagem luxuosa, tinha os cabelos tão negros como a noite, ele se parecia com meu irmão, mas a presença dele era horrivel, aquele homem parecia o mal em pessoa, tinha o sorriso arrogante e olhar superior. Quem era aquele homem, seu nome era Rido Kuran, o maldito ex-noivo de minha mãe, aquele homem veio tira outra pessoa importante da minha vida.



Ali eu fiquei sabendo de algo que não gostaria de saber nunca, ele alegou que Kaname, o meu irmão Kaname era filho dele como poderia? Aquele maldito disse em bom e alto som que Kaname era seu filho e que ele tivera uma noite de amor com minha mãe. Eu permanecia muito supresa mas ao contrario de mim, meu irmão e papai estava calmo, eles já sabiam de toda a verdade.

Depois de 6 meses de casados de meus pais, mamãe recebeu um carta dizendo que era muito necessário a presença dela, mamãe foi sozinha, aquele maldito a enganou, ele... ele, ele fez algo inadmissível...

Minha mãe voltará para casa cheia de hematomas e papai soube de tudo, mamãe não mentia para ele e todos esse anos meu pai amou, cuidou de meu irmão sabendo de toda a verdade e meu irmão quando ficou mais velho soube da verdade também mas nunca ligou para isso.

Mesmo depois de tudo, ele vinha com aquela cara dizendo que vinha pega meu irmão, papai não aceitou aquilo e nem Kaname. Parecia que Rido já sabia disso, com toda sua arrogancia disse que ser Kaname não fosse mataria a mim e ao meu pai, ele dizia com toda normalidade enquanto eu estava com medo e meu pai e irmão em furia. Rido dizia que mata-nos seria a coisa mais fácil, quem olharia por nos? Eramos só pobre coitados, lembro-me bem da fúria nos olhos de meu irmão e do meu pai. Papai disse que não levaria Kaname nem por cima do cadáver dele mas ao contrario de papai, Kaname não ia deixa ninguém morre e assim meu irmão ser foi, meu querido irmão foi embora, outra pessoa me deixou.

Eu me senti tão débil, tão inútil por não consegui esta fica com meu irmão, meu irmão ser foi e eu continue com meu pai, agora era só nos dois não quer dizer que as coisa ficaram facies, eu só consegui me comunicar com meu irmão por cartas, ele não era permitido me ver mas vire e mexer mandava presentes para mim, eu não queria presente, queria o meu irmão.

Pq? pq todas as pessoas que amo vão embora? Me deixam? Pq essa maldita hierarquia levas as pessoas de mim? passe um logo tempo muito mal com aquilo.

Assim passou-se primaveras depois daquilo, eu cuidava das coisas com papai, vivia suja de terra, certamente eu não tinha toda a graciosidade de minha mãe que mesmo com trapos parecia uma lady. Eu já tinha 14 anos quando uma pequena pessoa entrou na minha vida, papai pediu para mim leva os legumes do mês para vender, os legumes estão prospero aquele mês, ganharíamos bem.

Eu deveria ter vendido mas não vendi, quando eu estava caminhando para vender, parei para ver um senhor de cabelos ruivos, burgues pelas vestes, brigava, batia e machucava uma criança, era um garoto neko, era só uma criança com não mais que 6 anos, ele xingava dizendo o quanto inútil era aquela criança, as pessoas passava e nem ligavam, eu deveria fazer o mesmo, era lei, aquela criança era uma escrava mas meu coração não deixou.

Cheguei ao homem e perguntei o pq dele fazer isso, ele irritado disse o quanto era inútil e horrível aquele garoto e que pretendia mata-lo, a criança só chorava silenciosamente mas o meu coração quase parou e tomei coragem novamente e perguntei ao homem ser ele trocaria o garoto por todas a verduras que eu trazia, o cara era um burgues nato viu que meus legumes era de qualidades mas com arrogância me perguntou pq alguém como eu iria queria aquele lixo, só pode ser seria e pergunta ser ele aceitava ou não a troca e ele aceitou, peguei o garoto pela mão e puxei junto a mim, antes de eu ir o homem ainda olhou-me de cima a baixo e falou que mesmo imunda eu era bela e que ele poderia me dar muito mais presentes que aquele escravo inútil, eu só pude olhar para ele com nojo e sai dali.

Na volta para casa, eu perguntei ao garoto seu nome e ele com medo me disse que era Daisuke, eu disse a ele que aquilo nunca mais aconteceria, aquele homem nunca mais o machucaria nem ninguém. Quando cheguei em casa, meu pai ficou supreso por eu esta acompanhado, contei tudo a ele, eu não conseguia menti para ele. Pensei que papai brigaria comigo mas ele só riu e disse que eu era muito parecida com minha mãe.

Daisuke ser tornou outro motivo de felicidade para mim, era uma criança alegre que fazia a mim e ao meu pai mais feliz, ele também ajudava muito mesmo não pedido para ele.



A parti do momento que conheci Daisuke parece que as coisas começaram a melhora, vire mexer eu consegui recebe cartas de meu irmão e até presentes o que me deixa muito feliz.

Mas novamente outra bomba caiu na minha vida e até esse exato momento não sei dizer ser é bom ou ruim...

Tudo começou quando eu estava cuidado da Roseira de mamãe que já estava ocupando todo o quintal do fundo a casa cheirava a rosas. Papai tinha saído para fazer compras e Daisuke estava brincando ao meu lado, depois do trabalha nas rosas resolvi tira um cochilo junto com Daisuke ali mesmo deitada na grama, o tempo estava gostoso e ótimo para isso mas quando eu cai no sono tive um sonho estranho com um Dragão e ele me dizia coisas que eu não entedia e não consigo me lembra só sei que acordei num pulo assustada.

Não achei que um sonho pudesse mudar tanto minha vida porque no dia seguinte a aquele guarda do palácio pareceram em minha casa e me anunciaram como um Candidata ao Trono...

EU? CANDIDATA AO TRONO? COMO?

Milhares de perguntas caíram sobre mim com chuva e medo veio junto, medo de esta num lugar desconhecido, medo de fica longe da minha família. Eu não tinha nenhuma vocação para aquilo, não sabia me comporta como deveria, quando mais pensava mais me desesperava até papai me abraça e dizer que confiava em mim e que eu não deveria teme porque minha mãe estava sempre ao meu lado.

Depois daquelas palavras foi como ser tudo ser acalma-se... Eu estou pronta, pronta para tudo o que vier pela frente seja o que for
!

✧ Opção sexual✧
Heterossexual

✧ Gosta ✧
Rosas / Crianças / frutas / De animais / doces / Ver o dia amanhece / de dar abraços apertados e ouvi o coração da pessoa / Senti o vento no rosto / natureza/ anda a cavalo/ lugares altos.

✧ Não gosta ✧
Comida apimentada / machistas (odeia) / pessoas que querem ser por acima das demais / covardes / discriminação.

✧ Vai quer par ✧
Siiim :3

✧ Rival✧
Nenhum que eu sabia '-'

✧ Melhor amigo/a ✧
Jack Wolf

✧ O que é ✧
(X)Candidata ao Trono

☼ Nome do campeão se escolher esta opção:
Jack Wolf


✧ Vícios ✧
Nenhum

✧ Manias ✧
Tem mania de anda descalço já que gosta de senti o chão debaixo de seus pes.
Subir em árvores.
Caminha por ai sem direção
.

✧ Medos ✧
- Fica sozinha;
- Perde mais alguem importante para si;
- Abissofobia — medo de abismos, precipícios;


✧ Poderes✧
Yuuki não é dotada de muitos poderes na verdade tem somente um, que foi herdado de sua mãe.
Não é um poder fácil de controla nem de usar, Yuuki prefere deixa em segredo esse poder. É chamado de "Efeito Borboleta"


Efeito Borboleta - Yuuki fazendo uso de seu sangue poder criar asas feitas de sangue que ser assemelham a asas de borboleta, dando capacidade de voo e podendo controla seu sangue, seu proprio sangue, ao favor como bem deseja, sendo tão modificado quando água, podendo fazer qualquer coisa com ele. Mas como eu disse tudo tem um limite e esse limite é a morte.



PS: Yuuki ser deseja pode fazer uso do sangue de outra pessoa MAS tem que ter a permissão do individuo - uma permissão verdadeira - Isso é algo que Yuuki prefira não usar, como ela mesmo diz ela prefere usa o sangue dela mesmo para não causa dano a ninguém


Tambem tem ótima habilidades com foices:

Sua arma preferida.

✧ Hobbies✧
Gosta de anda a cavalo;
Cuida das rosas ou flores;
Treina com a foice;
Brinca com crianças.


✧ Esta ciente que se não comentar seu personagem desaparecera?✧
Siim

✧ Hentai?✧
Siim >///<

✧ Observações? ✧
Não que eu lembre .-.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...