~jongdae

jongdae
+doulkmessi.gif
Nome: ・\°angélica.:。ex;@sangster_ ☽*❣
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Fenix, Paraná, Brasil
Aniversário: 10 de Maio
Idade: 5
Cadastro:

Tocando em frente}}}+


Postado



将来のために生きています
andodevagar porque já tive pressa e levo esse sorris porque chorei demais. Hoje me sinto maisforte, mais feliz, quem sabe? Só levo a certeza de que muito pouco eu sei ou nada sei. Conhecer as manhas e as manhãs, o sabor das massas e das maçãs, é preciso amr pra poder pulsar, é preciso paz pra poder sorrir, é preciso a chuva para florir🌺 — penso que cumprir a vida seja simplesmente compreender a marcha e ir tocandoem frente como um velho boiadeiro levando a boiada, eu vou tocando os dias pela longa estrada eu vou, estrada eusou. Conhecer as manhas e as manhãs, o sabor das massas e das maçãs, é preciso amr pra poder pulsar, é preciso paz pra poder s☺rrir, é preciso a chuva para florir. Todo mundo ama um dia todo mundo chra, um dia a gente chega, no outro vai embora, cada um de nós compõe a sua história, cada ser em si carrega o dom de ser capaz, de ser feliz.


Mostrar Spoiler: フィナーレ
obrigada a todos que fizeram parte da minha vida, pelo menos daqui. Obrigada por quem se importou comigo e que estava lá quando eu surtei, e mesmo não estando, não faz mal algum. Obrigada por ter sido meu amigo, independente da merda que a gente falou, ou fez. Me desculpe se não fui o suficiente, se não consegui ajudar todo mundo quando precisou, me desculpem por não prosseguir minhas fanfics, e principalmente, me desculpe por quebrar seu coração ou por te magoar, nunca foi a minha intenção te deixar pra baixo. Mas quando eu mais precisei, poucos estavam aqui, e não que aquilo não fosse o suficiente (isso soa tão egoísta), eu só não estava bem, e eu não vi ninguém, me desculpem se os ignorei ontem, mas a minha dor me cegou. Obrigada pelas mensagens de carinho, ou aquelas desesperadas que me perguntavam o que tava acontecendo. Obrigada também à certos arrobas que me eu nunca vi na minha vida me desejando um ''fique forte'', eu nunca havia recebido algo assim, ou pelos jornais. Obrigada de verdade, e agora vocês merecem explicações.

algumas pessoas já sabem o que tá' acontecendo, eu nunca fui uma pessoa que gosta de se queixar e saí falando pra todo mundo o que me aflige, eu sempre guardei pra mim mas agora tá' tudo diferente, esse ano tá diferente. Deve ser porque eu to crescendo ou não, mas eu não consigo mais suportar aquela dorzinha do meu peito que já vem de anos atrás, esse ano eu definitivamente saí da minha zona de conforto, eu mudei de escola. Não que mudar de escola seja uma grande coisa, mas eu nunca tive amigas que ficassem grudadas comigo e me protegessem de tudo, porque eu sou fraca. Eu tive uma, mas ela foi embora para longe de mim, e eu perdi o meu escudo e minha única amiga. E nessa nova escola é tudo diferente, eu sofro um bullying enorme, e dói tanto. O pessoal que me acolheu lá dentro é de outra sala, então eu passo praticamente o dia inteiro sozinha, somente na companhia de meu celular ou algum livro. E dói. Tem também um fato do passado em relação ao meu peso, eu sou quase anorexia. E o pessoal vive falando sabe, tipo minha vó, mas você pode achar que isso é algo normal mas não é, ela ataca pra me deixar pra baixo, e não faz isso só comigo, ela faz com todas as filhas e filhos, netas e netos. E agora eu não consigo comer, e a culpa não é dela, é minha. Eu já emagreci dois quilos, mas ninguém sabe, pois eu não quero ser internada. E eu tento comer, mas cada vez que eu olho a comida, dá tanta vontade de vomitar que se torna praticamente impossível ingerir qualquer coisa. Eu sou tão egoísta, porque quando eu abro a boca é só pra falar merda, tem tanta gente em um estado pior que o meu e eu fico achando que isso é grave, mas não é. Ontem depois que eu surtei, eu reparei o quanto meu pai se arrependeu de me ignorar, eu reparei o quanto ele ficou preocupado, e eu notei quando ele ficava falando eu te amo escondido. Eu notei o quanto ele e minha mãe brigaram, e o quanto os dois estão acabados. E mesmo assim, eu continuo atrapalhando os dois, fazendo os dois brigarem e ficarem afastados. É tudo minha culpa, e somente minha. Os dois também não estão bem de saúde, mas eles tão deixando de lado pra cuidar de mim, e eu sei que eu não mereço, é tão horrível. Eu perdi todo mundo sabe, se não foi para à morte, foi por meus erros. E eu não queria, eu sinto tanta falta de vocês. Parece que são a única coisa que me restou, fora minha família é claro.

eu só queria desaparecer um pouco, mas ao mesmo tempo eu não quero ficar sozinha na escuridão, eu queria me sentir amada pelo menos uma vez na vida, e que isso durasse mais do que um minuto

Eu me sinto literalmente dentro da música da melanie martinez, parece tudo tão idêntico, e ainda sim, minha dor começa a aparecer cada vez mais forte.

E eu não quero envolver vocês nisso, eu to literalmente na merda. Eu não quero que vocês tentem ajudar, porque não tem como.

Como é que alguém vai me amar, se eu não amo a mim mesma?

e é tão díficil.

obrigada por tudo
com abraços, beijos e carinhos
angélica.

'' E quando chega a noite e eu não consigo dormir, meu coração acelera e eu sozinha aqui, eu mudo o lado da cama, eu ligo a televisão, olhos nos olhos no espelho e o telefone na minha mão ''


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...