~Mourir

Mourir
Slut for gay porn
Nome: ☹Unknown☹
Status: Usuário
Sexo: Indisponivel
Localização: Indisponivel
Aniversário: 27 de Setembro
Cadastro:

~Mourir - Slut for gay porn


A sincere apology to all victims of my social awkwardness
Ⓐⓖⓞⓤⓡⓞ




Alair, O Corvo.

Postado

Nome:
𝓐lair 𝓗oshino.

Nick Imajinari:
Crow, mas depois de um tempo começou a ser chamado de Corvo Sangrento.

Sua aparência:

Alair é um miscigenado de inglês com japonês, e conseguiu harmoniosamente característica de ambos os povos. Seu maxilar é bem desenhado e visível, com traços suaves e ainda masculinos; a boca tem lábios de tamanho intermediário e com uma coloração neutra, mas um pouco avermelhada em torno da fenda, têm formato de coração e sao equilibrados em volume; dentes bem cuidados e naturalmente alinhados; olhos grandes e maiores que o de um japonês, porém com o formato que ainda remete a essa parte de sua genética, com aspecto puxado, mas caído, dando a ele uma feição de exaustão initerrupta, elevada pelas olheiras escuras em suas pálpebras; a pele é pálida, mas levemente rosada, dando e impressão de um pouco de saúde. A íris é em um vívido verde, um pouco escuro e com traços leves em castanho ou dourado. Estatura mediana em questão de altura, mas diminuta em massa, com 1,73m para 54kg. Corpo magricelo, mas não tanto, com definição muscular suave em seus braços, peito e abdômen. Cabelos que merecem um corte, desarrumados e negros como carvão, agraciado com curvas tênues, beirando a um liso extremo. No fim, Alair não é exatamente um sonho de moça, mas também está longe de ser um pesadelo para elas.



Mostrar Spoiler: aparência





Idade:
Jovem adulto de vinte e seis(26) anos.

Motivo pelo qual entrou no Imajinari:

Digamos que Alair é um caso perdido em monotonia. Alcançou suas aspirações pessoais muito cedo e vive no tédio e vazio. Não tem ninguém, nem amor por alguém, nem filhos, animais, e tem tendência duvidar dos seus próprios amigos. Nada a perder. O motivo dele ir pode ser resumido em uma única sentença: “Por que não?


Personalidade:

Um sujeito muito sério e insípido de empatia e expressão, com ações cotidianas robóticas e repetitivas. Alair é um homem muito, muito inteligente ao seu modo irritante e prepotente de ser, com a língua afiada feito lâmina cirúrgica, e só não mais veloz que seu raciocínio. Aos quatorze anos foi diagnosticado com algo que já tinha a total certeza da existência: um sociopata. Sociopata, mas um extremamente funcional. Criativo em níveis absurdos, e a habilidade da criação adicionada com a inteligência criaram fetios enormes, como a capacidade da criação de um novo idioma e histórias fantásticas. Cético maldito e teimoso até os ossos, com uma mania intensa de procurar a racionalidade até onde não há. Mal humorado que anda com uma careta de desinteresse em quase cem por cento do seu tempo, e uma mudança radical de expressão aparenta ser impossível, felizmente somente aparenta. O tédio e a curiosidade o fizeram culto, cheio de conhecimento sobre quase qualquer coisa que lhe apresentem, desde as mais inúteis até as cotidianas — ele pode dizer desde quantas horas tem um dia até os resultados de equações imensas — e caso consigam fazer com que diga algumas palavras, que aceite conversar abertamente, o verá completamente capaz e agradável, conversando um bocado e com um pouco de...prazer nisso? Mesmo que meio chato e de expressão ponderada, não quer dizer que não tenha humor. Na verdade, Alair tem talento para ser cômico, mas não para fazer com que os outros riam, mas para que o odeiem, com suas palavras ácidas e que devem ofender muitas pessoas. Um pouco metódico em um nível que não atrapalha tanto sua vida, mas que é suficiente para o fazer destrancar a porta somente para voltar e alinhar um quadro torto em sua parede. Preguiçoso e desleixado, e caso tenha algo urgente para fazer, procure-o, porque Alair é mestre na arte de fazer as coisas de forma mais rápida e eficiente. Egoísta e independente, evita a interação ou a criação de grupo, somente quando são necessários ou somente divertidos. Cruel tanto em palavras quanto em ações, e também pode ter um comportamento meio violento em certas circunstâncias. Apesar de ser quase escória, não o julgue pela capa, pois ainda pode demonstrar carinho, mesmo que a seu modo. Se gostar de você, verá coisas que ninguém nota, e será prestativo, com a gentileza sutil e meio simples, meio tosca, muito significativa. Ele não lhe trará flores, não escreverá poemas nem bonitas mensagens, mas arrisca a vida, lhe deseja um bom dia sempre e sem falta, zela o sono, cuida da saúde mental, estaria sempre ao seu lado como um guardião silencioso e ainda agradável.


Hobbies:

Limpar objetos e lugares - até suas vestimentas no jogo são impecáveis - ; Ler um bocado e sobre qualquer coisa; pedalar uma bicicleta; escrever; jogar o jogo que ele mesmo ajudou a desenvolver; ganhou gosto pela esgrima há uns anos, assim como outras lutas e artes marciais armadas ou não; tocar seu piano.


Gostos:

Lugares limpos; arquitetura rococó, medieval e vitoriana; doces suaves; panquecas fofinhas; perfumes, principalmente os franceses; se estiver no humor correto, uma boa conversa com alguém é uma atividade ótima; jogos diversos, mas principalmente Action RPG; música erudita; roupas confortáveis.

Medos:

Se houvesse algum nome específico para a fobia de quilópodes, Alair certamente seria classificado com esse mal. Ele treme, começa a suar frio, sua pele perde mais uns tons. Ele tem um pavor desgraçado desses bichos, principalmente das centopéias.



Atributo: Agilidade
Nome da Arma:

Assoiffée, a espada sedenta de sangue. É uma arma fantástica, híbrida de uma katana com alguma arma desconhecida, mas quem sabe uma rapieira ou uma montante. Sua guarda é feita de madeira e com detalhes em prata, e seu cabo lembra alguma arma alemã. Tem duas formas: a normal e a Sedenta.
normal : Nessa forma, usada como uma espada comum, lutando com uma só mão enquanto usa outro equipamento na outra, como alguma arma de fogo especial ou semelhante. Conhecida pelo seu fio intenso e facilidade de manuseio, mas perde alguns pontos em agilidade.
Sedenta : é nessa forma em que Alair se torna um lutador especial e mortal. Para ser usada, o Corvo precisa golpear a si mesmo(por isso o nome Sedenta de Sangue) e o seu sangue vai se tornar sólido e mais resistente que qualquer liga metálica já criada, além de aumentar o tamanho da arma, de 73cm para 1,3m. Também se torna mais pesada, então dessa vez ele precisa lutar usando as duas mãos. Seu sangue tem propriedades especiais nessa arma, e o dá mais agilidade e força, dificultando bastante a luta para o oponente pela repentina evolução de tamanho, força e velocidade. Além disso, ela acaba tendo um pequeno efeito venenoso com propriedades de deixar membros dormentes. Mas claro, todo esse poder não vem de graça, pois quando a forma Sedenta está ativada, o Corvo sofre com uma constante queda de HP, e ele pode simplesmente morrer por manter essa forma por mais de quatro minutos- e é por isso que ele faz suas lutas serem curtas- e a cada golpe, o sangue de Alair espirra para todos os lados. Ele é o Corvo Sangrento de Imajinari.



Nome do Equipamento: Cavaleiro Celeste

Nessa imagem também é possível ver a sua espada transformada em Sedenta

Não é comum do Corvo ocultar sua presença, e tudo começa com as vestes pomposas que usa. Um elmo feito de uma liga metálica poderosa e banhado em prata, que faz com que brilhe com qualquer luz que coloque nele. O elmo cobre todo o seu rosto, e é adornado na nuca com algumas penas brancas. Usa vestes feitas de um tecido forte e resistente, com penas de corvo agraciando seus ombros e que vão até os joelhos. Manoplas feitas do mesmo material do elmo, mas que não impedem seus movimentos com a espada. Perneiras também feitas do mesmo material e que novamente não impedem seus movimentos. Apesar das roupas serem eficientes, de forma alguma impedem seus movimentos. O atrito dos metais costuma entregar sua posição, mas O Corvo nunca se esconde.


Irá se socializar?

Claro que sim, mas não com qualquer um. Ele é alguém que deve se manter oculto e misterioso, mas dará exceção para dois ou três.


Habilidades:
Hemokinesis, o controle do próprio sangue.

Ao utilizar tal habilidade, estará apto a criar transformações diversas e eficientes. Com ele, pode criar armas, tais como lâminas poderosas e quase inquebráveis, e o fio impecável forte o suficiente para cortar até mesmo o aço mais poderosos; o tamanho é volátil e aumenta dependendo da quantidade de sangue que escolhe investir no objeto, mas sempre se tem um limite. Também pode concentrar em um único membro e o tornar mais poderoso, tal como seu punho ou membro semelhante, se tornando eficiente tanto na defesa quanto no ataque, e isso sem danificar sua velocidade. O sangue perde poder quando se separa do seu corpo, mas existe a exceção de criar um projétil de sangue coagulado até o ferro - quanto mais sangue, mais poder e menos velocidade; se menos, a consequência é a inversa - e a lançá-la tão rápida e poderosa quanto um disparo feito por uma arma.Desgastante e necessita usar grande parte do seu sangue, o que lhe faz perder agilidade, força e raciocínio, mas da mesma forma que pode perder, pode ganhar. Caso direcione o sangue até suas pernas, ficará mais rápido; se o fizer até seus braços, mais forte, etc.

Relacionamentos Amorosos?
Bom...por que não? Mas isso seria algo difícil para ele, porque ficaria muito preocupado e quase paranoico, pelo menos durante o jogo. Ele já viu tanta gente morrer, e agora, o seu amor pode ser uma dessas pessoas. Pode ir contra aos seus princípios e as regras da sua função, mas mataria alguém para salvar a vida de quem escolheu amar.

Nome da Fada-guia: Cherry


Aparência da Fada-guia:
Uma garotinha que os programadores fizeram para brincar com Alair, já que ele odeia sexualização desnecessária. Tem voz sensual e dá gemidos sem motivo, e isso faz com que Alair tenha o profundo desejo de jogar fogo nela.


Fada de?Sensitiva. O Alair precisa saber onde estão seus alvos, certo?


--------------------------------------------


Nome: Edwin Clark

Nick Imajinari: Ouroboros— o símbolo da imortalidade representado por uma serpente que morde a própria cauda.

Sua aparência:
Edwin talvez seja muito belo e formoso para ser santo. O homem é o pecado em pessoa. Conhecido por sua boa aparência que lembra épocas vitorianas ou medievais, que ostenta sua beleza angelical e contraditoriamente máscula, gentil. O rosto tem características fortes, com um maxilar bem desenhado. Acima do seu belo queixo estão seus lábios finos e masculinos, de cor neutra e aspecto suave ao olhar e ao toque, estes que libertam suas belas palavras em lindo timbre de barítono, grave e potente. Dentes brancos e bem cuidados, alinhados naturalmente. Um nariz maior que o comum, caucasiano, longo e saliente, com aspecto reto porém arrebitado na ponta. Narinas estreitas que acentuam a protuberância nasal. Sua pele é branca e levemente bronzeada, principalmente nas mãos e no rosto, estas que são as únicas partes que não costumam ser acobertadas pelas pesadas roupas que usa. Seus cabelos são dourados, loiro um pouco escuro, brilhantes e com madeixas onduladas, pouco alinhadas ainda que charmosas. Seus pelos faciais são da mesma cor que seus cabelos, com uma barba cortada em um Mutton Chop bem feito e que curiosamente combina perfeitamente com seu belo rosto. Seus olhos são gentis, ainda que meio exaustos, amendoados e suaves, com cílios retos, pálpebras rasas e joviais. A íris é brilhante e em um vívido verde, mas suas pupilas não são perfeitamente circulares, mas um pouco amorfas e que invadem a beleza esmeraldina dos olhos belos, como se entrassem em colapso. Corpulento e muito alto, com 1,90m e 92kg. Edwin é tão grande que o faz aparentar protetor ou intimidador, de ombros largos e poderosos, deltóides trabalhadas, os braços imensos e musculosos, peito definido, abdômen simétrico e com todos os músculos salientes, ainda que cobertos por uma leve camada de gordura. Ele tem a beleza de um bom cavaleiro, um belo príncipe, um lindo guerreiro, mesmo que na verdade seja um homem santo...ou não tão santo assim.


Idade: 28 anos de idade

Motivo pelo qual entrou no Imajinari Edwin nasceu e cresceu em um pequeno orfanato beirando a destruição, e lá aprendeu tudo o que sabe hoje, principalmente como ser um homem decente. O lugar está caindo aos pedaços e as crianças passando fome, estas que sente serem seus filhos de sangue. O dinheiro será voltado para aquele lugar e para sua restauração.


Personalidade: “Tenham um homem que possa fazer os dois” é algo que Edwin deve ter ouvido algumas vezes na vida, mas nunca notou que é um desses homem. Digamos que o padre acredita em amor eterno e também nas torturas do século 17. Se tiver sorte, a primeira e única impressão que terá do santo é de que ele é um ótimo homem, cheio de carisma e benevolência, disposto a alianças e parcerias. Isso não é mentira nem disfarce, pois Edwin é uma boa pessoa. Para começar, o loiro é uma pessoa muito cortês e bastante afável, livre de um bocado de preconceitos, mantendo-se de braços abertos para qualquer que esteja disposto a aceitar sua ternura de homem bom. Calmo, venial e aparentemente incapaz de guardar rancor, é leve e bem apessoado, altruísta e bom ouvinte, além de conselheiro. Segue uma linha de pensamento que prioriza paz e o bem estar, então ostenta seus sorrisos e otimismo. Edwin emite uma presença agradável, aprazível, e é algo maravilhoso ser seu amigo ou até mesmo aliado. Sábio e multíscio, conhece muita coisa do mundo que vive, capaz de reproduzir e compreender os mais complicados dialetos, as filosofias mais abstratas e apreciar quase tudo na vida, e por mais contraditório que seja, a forma tradicional e que ele usa em didática o deixa entediado até o inferno. Mesmo que ponderado, Edwin não tem problemas em sentir dos mais diversos sentimentos, mesmo que alguns sejam desconhecidos para si - ciúme, inveja, etc- não há vergonha em provar deles e evita esconder o que sente, mesmo que não fale abertamente das suas sensações. Ainda que sinta e mostre, um comportamento tóxico que demonstra é a sua busca para a sua paz, e se esforça para deixar “tudo bem”, mesmo que acabe engolindo o veneno do ódio e o consumindo silenciosamente em suas tripas. Ele exala felicidade e não pode interromper a transmissão. Indo para o lado obscuro do padre, o veneno do ódio se acumula em seu âmago e por lá vive escondido até que seja estimulado a ser expelido, o que ocorre com até mesmo pouca coisa, como a insistência de um criminoso ou a mera ofensa ao seu imaculado orgulho. Edwin oculta um caráter vingativo e um tanto violento, este cheio de brutalidade, sem misericórdia, indulgência, transborda rigor. Não é uma besta, mas um sádico silencioso e sombrio, conhecedor de anatomia e todo tipo de tortura usada em qualquer lugar, e que possa ser devidamente reproduzida. Ao ficar verdadeiramente irritado, demonstra ações mais barulhentas e menos sutis, cheio de insultos intensos e uma verdadeira força braçal. Talvez, toda essa contradição, o bem e o mal tão presentes nesse homem contribuam estreitamente para o tornarem um fantástico lutador.

Hobbies: se diverte bastante com pintura e desenho, e seu estilo lembra épocas barrocas; cozinhar; ler; passar tempo com crianças

Gostos: obras clássicas e antigas de autores como Vitor Hugo, José de Alencar, Dante Alighieri. Tem muito apreço por crianças e por pessoas que carregam o bom espírito da infância. Sabores suaves. Orquestras.

Medos: um dos motivos da escolha da sua habilidade é a sua fobia intensa de perder alguma parte do seu corpo, seja um mísero dedo a todos os movimentos. Além disso, tem aversão a lugares fechados, principalmente se estiver trancado em algum cubículo.

Atributo: Força.

Arma: Sanctum Gladium, A espada abençoada pelos antigos Lordes.Uma espada imensa e pesada, eficiente para abrir cortes imensos e causar grande dano em seus ataques. Por ser muito pesada, tem alguns pontos a menos em questões de velocidade, mas qualquer investida nela pode ser mortal. Difícil bloqueio, grande durabilidade e eficiência. Conhecida e especial por ser iluminada e abençoada com estranhos poderes arcanos que causam maior dano e outros efeitos, como atordoamento e facilidade de manuseio.


EquipamentoDominus Fortis, o guerreiro do senhor. As vestes são feitas de um tecido mais leve, porém resistente, e já que a sua habilidade cuida da sua defesa, esta garante que possa se movimentar livremente. Consiste em uma roupa que lembra o uniforme de padres, mas com detalhes mais violentos e projetados para a batalha.


Irá se socializar?
Claro! Edwin é o bom samaritano do jogo, um excelente aliado, e ele é capaz de arriscar o próprio pescoço caso ele seja necessário.

Habilidades: -INCOMPLETO-
-Força de três homens: Edwin não é imenso por mera genética, mas também por muito treinamento e habilidade que deram a ele a capacidade de erguer quase três vezes mais que seu peso acima da cabeça. A habilidade é necessária é muito usada, já que se ela não existisse ele nem mesmo poderia erguer sua espada do chão.
- Resistência: tanto quanto a dor e a fatiga são muito bem controlados por ele, e se tornou apto a resisti a dores imensas e esforço físico em exagero.
-Inteligência analítica: antes de realmente lutar com alguém, ele abusa do tempo que sua habilidade especial o presenteia para ler os movimentos do seu adversário para encontrar brechas e falhas em suas investidas.

Habilidade Especial: Ela será o tesouro caso o outro seja aliado de Edwin, e o pesadelo do seu inimigo. Sua habilidade é o poder de regeneração milhões de vezes acelerada, e danos irreversíveis são curados em segundos. Isso não restaura Hp, mas faz com que Edwin continue lutando por um tempo imenso sem nenhuma sequela física, nenhuma dor. É uma habilidade muito assustadora. Para interromper a regeneração, somente com um golpe fatal no coração ou decepando sua cabeça, causando morte imediata e o fim do seu Hp
Mas uma parte igualmente interessante dela é que Edwin pode também curar os outros, mesmo que o tempo dure consideravelmente mais. “Oh, quebrou o braço? Sem problemas! Venha cá...olhe...um...dois...três! Veja, está inteiro de novo. ” e essa habilidade é o que o nomeia como o samaritano.

Relacionamentos Amorosos? Claro! Edwin pode ficar meio perdido, já que passou muito tempo de sua vida como um homem de pureza guardada pela igreja, mas é algo totalmente possível.

Fada-guia: Josepha, menina delicada e de boa índole, disposta a auxiliar Edwin. Ela tem o espírito infantil que Edwin aprecia e a adotou como sua amiga

Fada de?
Combate.

Permalink Comentários (0)

[17/01/2017] Ficha— Darius

[10/01/2017] Loyal — Zelenka

[02/11/2016] Ficha— Edgar the Joker

[30/10/2016] Klaus the soldier — INCOMPLETA


Atualizações do Usuário

Usuário: ~Mourir
~Vashtiagora mesmo
Não consigo manter contato com o povo por aqui, ou é no wpp, ou não é nada lol e.e// eu
Usuário: ~Mourir
@Vashti tipo, é o mais maravilhoso que eu já li. Recomendei pra muita gente e até hoje não vi um que não gostou
Usuário: ~Mourir
@Vashti procura um chamado annarasumanara. Parece que tá invocando satan o nome mas a história foi escrita por deus
Usuário: ~Mourir
Entrei no grupo
Grupo: Reformatório GoodWin [RPG]
Grupo: Reformatório GoodWin [RPG]
Califórnia, 2017. Localizado à 10 km da baia da Califórnia a ilha particular, Vera Cruz, abriga o privado Reformatório GoodWin. Aberto em 2005 por Alvaro Salomon, militar apos..
Usuário: ~Mourir
@Vashti serve se o shoujo for um Manwa?


Dados do Usuário

Facebook: Sequer uso

Google+: Quem iria querer isso

Hangouts: ham?

Last.Fm: ham?

Skype: Segredo U-U

Tumblr: só tem hentai

Twitter: ...

Youtube: ....

Animes Favoritos:
Hunter X Hunter
Death Parade
Death Note
Monogatari Series
Cowboy Bebop

Bandas ou Músicos Favoritos:
Artic Monkeys
Studio Killers
Caravan Palace
The Neighborhood
Yann Tierseng
The Killers
Franz Ferdinand
The Strokes
Aurora - meu amor-
Tchaikovsky
Mystery Skulls
Lana Del Rey

Filmes Favoritos:
Le Fabuleux Destin d'Amelie Poulain
Donnie Darko
O Quarto de Jack
Todos os do Tim Burton
Todos da Disney
Mad Max

Gênero de Animes/Mangás Favoritos:
Seinen
Josei
Histórico
Psicológico

Gênero de Música favorita:
Alternativa
Erudita
etc.

Mangás Favoritos:
Oyasumi Punpun
Innocent
19 Days
Que Sera Sera
Sekai Oni
Gangsta
Annarasumanara
Berserk
Gantz
Vagabond
Old Boy
Tokyo Ghoul
outros milhões

Poeta ou Escritor Favorito:
Charles Baudelaire; Stephen King; H.P Lovecraft; Sakamoto Shinichi; Victor Hugo; Robert Albert Bloch