~Cheung - Clan Sídhe

Cheung
Slut for gay porn
Nome: ☹Unknown☹
Status: Usuário
Sexo: Indisponivel
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Klaus the soldier — INCOMPLETA


Postado


Klaus the soldier

Mostrar Spoiler: Ficha Incompleta
É o que? ( ) Humana ou (X) subclasse

NOME: Klaus Amon. Ambos os nomes retirados do grego, formam um significado que talvez combine um pouco com o dono. Klaus significa o vitorioso e o que traz a vitória. Já Amon significa algo como misterioso ou oculto. Caso juntem os dois, será algo como Vitorioso Oculto. Recebeu muitas alcunhas, como Cão de Guarda; Handyman; Big Hands e Cão Perigoso Não gosta muito de apelidos, mas muitas vezes se referem à ele como O Homem das mãos grandes, e caso for um carinhoso, apenas colocam algum sufixo simples em seu nome, coisa que ele ignora com o maior prazer.

IDADE: Klaus pode ser dito como um homem velho, mas é uma mentira — para ele—. Possui trinta e quatro anos feitos. Sua data de nascimento nunca lhe foi revelada, então, ele acrescenta mais um ano de sua vida sempre dia primeiro de Janeiro, mas isso não define se signo ou outras informações relacionadas a isso.

NACIONALIDADE: é miscigenação de um coreano e americano. Não mora em um país fico, mas nasceu nos EUA.

APARÊNCIA: Rosto de traços marcantes e maduros, olhos perigosos, masculino, nem um pouco afeminado como os outros aclamados pelas mulheres, Klaus nunca foi julgado como o homem mais belo do mundo. Seu rosto é em um formato alongado, com um queixo um pouco mais fino que suas bochechas proeminentes e testa estreita; Nariz longo e reto, sem nenhuma ondulação, estreito em largura, com narinas pequenas, e de certa forma, é uma parte até mesmo atraente de seu corpo. Lábios um pouco grossos, com o superior um pouco mais fino que o inferior, ambos com uma coloração um pouco mais escura, um rosado cinzento. Seus dentes são bem alinhados, bem cuidados e fortes, mas com os molares um pouco mais fortes, cerrados para que parecessem com os dentes de um tubarão, o que deixa seu sorriso muito desagradável de se ver. Cabelo bem escuro, em um tom de castanho que quase se parece preto, mas que se mostra mais claro quando exposto a uma quantidade maior de iluminação; um corte desregular é o que ele usa, com fios espetados normalmente para frente, não deixando-o com uma aparência tão...estranha; há uma franja um pouco maior que vai até pouco abaixo de sua sobrancelha direita, coisa que ele está sempre aparando, já que costuma crescer e atrapalhar sua visão, ou simplesmente o deixa irritado. Tipo físico Mesomorfo, com um corpo em forma de trapézio; ombros mais largos que seu quadril; atlético e definido, com braços fortes, com uma deltóide saliente e bíceps bem pronunciados, na verdade, é uma parte que quase todos notam ao vê-lo pela primeira vez; Outra parte bem singular de seu corpo é o tamanho de suas mãos, tão grandes que são capazes de segurar um rosto totalmente ou cobrir por inteiro a mão de uma mulher; palmas de textura um pouco áspera e calejada, pois seu trabalho com elas não permitiu que ficassem tão conservadas; unhas curtas e resistentes, normalmente limpas e com poucas cutículas; Seus olhos são muito afiados, pequenos, com as pálpebras superiores um pouco caídas, mas nada que piore sua visão perfeita; sua íris é escura e bem pequena, com bastante melanina e em cor castanha; sobrancelhas curtas e escuras, sempre curvadas para baixo. Orelhas pequenas e com a Hélice e Lóbulo um pouco danificados, como se alguém tevesse dado mordidas aí até rasgar, mas foram apenas mordidas que danificaram a parte externa, mas infelizmente, a interna nasceu comprometida, um homem que nasceu surdo. Tem algumas marcas em seu rosto por causa das expressões fortes, como uma em cada lado de sua testa por culpa da contração dos músculos ao mover a sobrancelha, assim como em suas têmporas, curvas das sobrancelhas, sulcos abaixo dos olhos, entre outros. - em todos os casos, nenhuma delas fez pecar tanto sua aparência, e para quem vê, poucos são os que consideram um defeito, mas como um detalhe a mais em seu rosto.- Sua pele é bronzeada, só que mais em seu rosto e mãos -ele era um militar, então, grande parte do seu corpo ficou coberto pelo uniforme- enquanto o resto do corpo tem uma cor um pouco mais clara, mas isso pouco é visto, já que se passaram muitos anos desde a guerra e ele não precisa mais usar essas roupas-, também marcadas com cicatrizes, uma marca de tiro e uma pequena pinta em seu ombro. Há uma tatuagem de tribal em suas costas que alcança ambos os ombros. As pessoas olham para ele e o julgam como um homem diferente, não exatamente feio, mas não atraente, e por algum motivo, elas começam a achá-lo charmoso. Que cara estranho...mas se olhar bem, até que é bonitinho





PERSONALIDADE: Klaus é quieto e distante da maioria das pessoas que estão ao seu redor, mesmo que já tenha mais intimidade com uma ou duas, as mudanças de comportamento com os tais são quase mínimas, como um instinto meio protetor e pequenas ações de bondade, como jogar uma roupa mais quente para alguém que sente frio. Independente e solitário, sempre com uma mente fechada para todos os outros que procuram se aproximar, inatingível e que desperta a curiosidade de muitos que o olham sozinho enquanto traga um copo de bebida. Possui um sombrio e cruel senso de humor, de uma forma que o faz ser ainda mais afrontoso com suas declarações hostis e piadas de escárnio, pondo a violência em suas malícias, principalmente se as tais forem direcionadas para alguém que tentou irritá-lo ou não fez as melhores ações perto dele. Ameaçador não só por aparência, mas também por energia hostil que seu corpo exala, fazendo com que quem esteja ao seu redor acabe fazendo uma careta ou engolindo em seco por causa de sua presença alarmante e perigosa, e isso também faz com que os outros tenham uma necessidade dificilmente explicada de chamá-lo para uma luta, o tornando alvo de muitos lutadores e adversários que procuram a diversão na violência, assim como ele o faz - lutas e combates acabaram se tornando divertidos para ele, mas isso não o faz procurar brigas, de qualquer forma-. Implacável e cruel, possivelmente pela guerra e sua lavagem cerebral, ele não hesita antes de puxar o gatilho e matar qualquer um que esteja na sua frente, seja até mesmo uma criança inimiga, ou estrangular aquele que meramente acabou derrubando sua bebida; e essa característica se intensifica em uma batalha real, sem sentir remorso ao despedaçar seus corpos com suas lâminas vorazes. Por não ter exatamente uma oratória muito bom - e que na verdade é um milagre ele ter alguma, já que nasceu surdo- ele se obriga a ser calado, mas há muito oculto em sua mente, pensa demais, sobre tudo e todos, e nunca expõe nada do que acha. Possui uma inteligência estrategista e psicológica, ciente de meios quase infalíveis de persuasão e mentiras, e muitas vezes são feitas apenas com gestos e expressões, tornando sua arte ainda mais incrível. Estrategista nato e conhecedor de técnicas de guerra, fazendo do seu estilo de batalha diferente e que nem todos vêem, e por ter vencido tantas batalhas, já é experiente em lutas, e não deixará ser vencido por uma pessoa qualquer. Um pouco estressado e de humor desequilibrado, mesmo que raras são as vezes que acabou explodindo. Um pouco mal-humorado, e isso é bem visível pela sua falta de sorrisos e também pelas marcas de expressão que entregam suas faces nunca alegres, mas não chega a ser rabugento e não reclama tanto - e talvez nem mesmo possa, já que lhe falta voz-, prefere as ações, como pôr a mão enorme na cara de quem está importunando uma pessoa e causando baderna, só para calá-lo, ou chutar algum insistente que deseja chamar sua atenção. Ele nem sempre é assim tão alarmante e inalcançável, pois acaba concebendo algumas boas ações são mostradas, principalmente para mulheres e crianças, onde pode fazer de simples favores, como abrir um pote, hospedar em sua casa, ou até mesmo aceitar um trabalho de assassinato e matar quem a ameaça sem pedir nada em troca, mas isso é natural de um soldado. Teimoso, e muito, raramente aceita alguma ordem que alguém lhe dá, e se aceita, não realiza da forma pedida, mas do jeito dele, de uma forma que ele consiga mais beneficio que se fizesse da forma que lhe foi solicitado, então, ele é um puta ganancioso. Há algo há mais nele, coisa que talvez nem seja classificado como personalidade, mas não deixa de ser interessante: Após anos estudando a leitura dos lábios e um pouco sobre o som, além de uma pequena ajuda de seus amigos, ele foi capaz de falar. Sim, um homem surdo que consegue balbuciar palavras em um som quase idêntico aos que possuem audição e fala perfeitas, mas ainda sim com alguns defeitos, como na dificuldade em falar o C corretamente ou um S, mas o resto foi bem aprendido e utilizado. Não se importa muito com o fato de poucos entenderem a linguagem dos sinais, e mesmo que saiba falar a língua deles, parece um pouco irritado em o fazer, por considerar cansativo. Bastante expressivo, mas também é uma forma de se comunicar apesar da ausência de audição. Se te achar engraçado, ele vai sorrir; se você for irritante, ele vai torcer a expressão; se ficar entediado, olha para o outro lado ou boceja; se te achar um idiota, te ignora; se quer zoar com a tua cara, mostra a língua; se ficar chateado, vai franzir as sobrancelhas; se surpreso, vai arregalar os olhos e entreabir a boca; se ficar triste, abaixará a cabeça; se envergonhado, vai corar.

HISTÓRIA Recarregue, mire, atire, nunca hesite. São pequenos comandos que teve que aprender durante sua vida. Desde pequeno, sentando na varanda mofada de sua pequena casa, sonhava em ser como seu pai: um homem forte, militar honrado e amado pelos seus feitos heróicos e tantas vidas salvas. Mesmo o admirando, nunca entendeu o motivo dele ser tão triste, estressado, jamais feliz pelos agradescimento. Klaus o seguia às vezes para o observar lutar e treinar recrutas, e acabou se tornando rotina ir para lá todo santo dia para copiar todos os movimentos que o velhote fazia, e quando ele mostrou talento para a arte do combate, não hesitou chamá-lo para treinar com eles. Jovem, mas promissor, e muito, com aptidão a executar golpes complicados de técnicas de lutas complicadas e nem tão famosas. Quase não viu o tempo passar, e quando completou 15 anos, já era considerado um grande lutador, capaz de derrotar homens com o triplo do seu peso, e com todos esses elogios e orgulho eminente de sua família, ele nunca esteve tão feliz, mas é uma pena que tenha durado tão pouco. 19 de Novembro, e então, escondido em abrigos, com medo, sozinho, com o seu pai lutando em uma perigosa guerra. Ele se sentiu tão inútil, seu treinamento não serviu para nada, já que ele ainda era muito jovem para ir até a guerra. Treinou mais, treinou muito mais, então, finalmente conseguiu se alistar e foi para a batalha. Uniformes pesados, armas poderosas, corra, se proteja, um inimigo, atire. Matou? Avance. Os últimos meses de guerra foram complicados, principalmente quando seu pai foi morto com um tiro na sua frente, e então, pela primeira vez, conseguiu vê-lo sorrir diretamente para o filho. Klaus entendeu aquilo como uma ordem para continuar, sobreviver e salvar os outros.
A batalha acabou, finalmente acabou, e então, pode voltar para casa. Vendo que o jovem tinha quase tanto potencial quanto o pai, foi escolhido para treinar os recrutas, conseguindo algumas amizades e jovens poderosos, e que foram bem úteis na outra guerra que teve cinco anos depois, e então, ele pode ver realmente o motivo do pai ser daquela forma. Tantas pessoas morrendo; a fome; a destruição. Atire. Os inocentes; as bombas; as crianças. Atire. Essa batalha estava indo direto para o fracasso, já que o país ainda não havia se recuperado e estava com falta de recursos para continuar, então, tudo estava nas mãos de Klaus. Com seu estudo e habilidades, conseguiu bolar um plano. Corra. Pule. Desvie. Se esconda. Mate. Vença. Com suas técnicas de camuflagem e com alguns espiões, conseguiu descobrir estratégias, conseguir um método, e então, assassinar o líder rival. Depois disso tudo, quando descobriram que ele foi o responsável pela vitória, conseguiu medalhas, honra, admiração, mas todos os seus prêmios carregam um peso de milhões de vidas arrancadas, vidas inocentes...ele entende o seu pai, e não se orgulha de nada que fez. Afastou-se do exército, e mesmo que ainda receba agradecimentos e respeito por onde passa, não liga para isso. Como forma de seguir a vida, casou-se com uma mulher linda e com ela teve uma criança, e por uma década usufruiu de toda a felicidade que merecia. Infelizmente, depois de um acidente com um vazamento de gás, chamas intensas queimaram até a última poeira da casa. Klaus, desesperado, enfrentou as chamas para salvar sua família. Pegou sua filha e a esposa nos braços, correndo para fora da casa, e tudo ficaria bem se o teto não desabasse em cima de suas cabeças. Klaus levou pontos e fraturas na costelas, além de quase morrer por asfixia, mas a esposa e filha...queimaram até o pó.

Família: ( Nome, idade, parentesco, relação com o mesmo, emprego, imagem )

Subclasse de quem? ( Responda apenas se for uma Subclasse )

Como conheceu o mundo dos Servamp's : ( Responda se for Humana)

GOSTOS: Preferências normais, para ele. Acha bastante divertido e interessante enfiar a cara nos mais diversos livros, principalmente se forem romances policiais e novelas de cavalaria - dono de uma coleção de dezenas de livros em seus aposentos, todos novos, já que sempre doa ou presenteia à alguém que queira o livro depois que ele não quer mais. Além disso, ele tem uma lista dos títulos que já leu e os que ainda não adquiriu- Não há como gostar de música, já que ele não pode ouví-la, mas às vezes estudas as partituras de alguma sinfonia e tenta imaginar o som, tendo um pouco de sucesso em algumas tentativas. Uma boa opção para gastar o tempo é comprando peças para montar alguma coisa, como uma arma nova, uma pequena criatura mecânica, caixas de música, entre outras coisas - as mãos são grandes, mas habilidosas como nenhuma outra, capazes de fazer até mesmo as mais simples e delicadas criações, ou até mesmo montar um carro ou uma arma. - Gosta de escrever, e mesmo que tenha uma caligrafia riscada e moderna, sua escrita é impecável e sem erros, com um vocabulário tão rico que parece algum tipo de poeta. - ele tem um tipo de diário no qual escreve em dias mais especiais. Pegou esse costume depois da guerra, época terrível onde ele escreveu sobre cada dia e cada estratégia em todas as suas batalhas. Atualmente, muitos exércitos oferecem enormes quantias de dinheiro pelo pequeno caderno, pois é nele que se escondem os segredos do sucesso em batalha-

DESGOSTOS: Depois de perder a audição, seus sentidos foram bem aguçados, então, qualquer coisa que for desagradável a um deles, principalmente ao paladar, será descartado e odiado eternamente. Não gosta de sabores fortes; temperaturas altas o deixam ainda mais irritado do que é normalmente; Fica meio desconcertado quando vê muitos erros gramaticais juntos, principalmente se for em uma frase pequena; pessoas insistentes merecem alguns tapas, é o que ele pensa e faz quando encontra com alguém assim, e não faz excessões, só precisa ter um nível de força um pouco semelhante ao dele. De tantas coisas que ele odeia, nada supera o ódio de fumaça, principalmente se for gás lacrimogênio, pois os olhos poderosos e sensíveis ficam irritados, e como já não possui audição, fica totalmente desorientado e puto, porque ainda não conseguiu se acostumar totalmente a guiar-se com o tato e acredita que o paladar não será muito útil nessa situação.

MEDOS: Ele tem um estranho medo de agulhas, coisa que ele nunca se acostumou. Às vezes se esconde atrás de alguém quando é ameaçado a receber algo assim, ou pode até mesmo passar mal e desmaiar caso muitas estejam sendo inseridas em seu corpo. Seu trauma é a guerra, e fica inquieto quando está em um ambiente semelhante.

[centro]


Hobbies:

Manias:

Hábitos:

Qualidades/Defeitos:

Seu par: (Qual é? Relação com o mesmo? Como agem um com o outro? )

Relação com:

Subclasses dos Servamp's:

Eve's:

Servamp's:

Musica que lhe define:

Musica que define você e seu par:

Roupas:

Casual:

Uniforme: ( Depende de sua idade, se ainda estiver na escola, complete esta parte, se não a ignore)

Informal:

Formal:

Dormir

Sair:

Festa:

Inverno:

Relação/Reação:

Relação com Makise Kurisu:

Como agiu quando se apaixonou:

Quando seu par a beijou pela primeira vez:

Arma :

A autora tem total liberdade com seu personagem?

Comentara?

Posso lhe chamar, caso aja necessidade de sua ajuda:

Algo a mais:


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...