~Deby-Semideusa

Deby-Semideusa
Nome: Deby_LoveHDO
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Suzano, São Paulo, Brasil
Aniversário: 14 de Setembro
Idade: 16
Cadastro:

Ficha para "Goddesses And Vampires"


Postado

“Meu sangue pertence a você Subaru Sakamaki”




=== FICHA ===
Nome:
Valentine.
Filha de dois deuses, cada um dos dois teve uma visão desse nome. Seu pai, viu que o nome significava “valente, forte e vigorosa”, já sua mãe, prestou atenção no fato que “Valentine” é parte de “Valentine’s Day”, significando em português “o dia dos namorados”.



Apelido:
Tine – Apenas suas amigas a definiam com esse apelido. É mais conhecido do que seu próprio nome.
Valen – Apenas seu pai a chamava dessa maneira quando se lembrava de sua existência. Ela sempre amou o apelido.
Bich – Laito e a maioria dos vampiros a apelidarão assim, pela sua confiança, eles acharam bem diferente do que estão acostumados e isso os encomodará.



Idade:
16 anos de idade.
Nascimento: 22 de setembro.
Signo: Virgem.



Aparência:
Valentine é uma bela garota de longos cabelos castanho-ruivos, os mesmos escorrem em ondas perfeitas até a metade de suas costas, onde terminam em belos cachos perfeitos. Seus olhos são uma mudança de cores, hora estão azuis-céu, outra azuis-cinzentos e outra azuis com uma mistura perfeita de roxo, uma loucura só, mas é uma das partes mais atraentes nela, são destacados por belos cílios longos e grossos.
Dona de um corpo belíssimo e impecável. Seios fatos, traseiro largo, cintura extremamente fina, coxas grossas e durinhas. Tudo belamente torneado, inclusiva a barriga com alguns músculos femininos que quase não aparecem de tão delicados.
{ Representada pela personagem: Shiki Ichinose }













Que tipo de Deusa é?
Valentine é a Deusa Romana dos Sonhos e do Pensamento, Valentine continua com o nome igual, não muda nada.



Personalidade:
Uma palavra que defina, sem dúvida é ousada. Ela não se importa com que os outros dizem e mesmo que não se importe, sabe os retrucar; além de que sua ousadia é extremamente atraente e sexy para alguns, o que nem ela pode negar. É super corajosa, parece não ter medo de nada, sendo que não está nem aí se está correndo risco ou não, sua coragem pode parecer até mesmo uma teimosia lendária, já que ela não aceita que a bloqueiem e dizer simplesmente que é perigoso, ela não liga.

É muito misteriosa, parece guardar mil segredos, mas é um livro aberto e não esconde quase nada de ninguém que confia, o que é bem difícil acontecer, conquistar a confiança dela é realmente difícil, na verdade é quase impossível, ela não confia em ninguém e não adianta tentar engana-la, ela parece sentir se a pessoa é boa ou não para ela, o que vale mesmo para a confiança dela é a primeira impressão difícil de conseguir. Ela pode fingir confiar, mas, apenas aqueles que são bem próximos, são aqueles que ela confia realmente, ou pessoas que passem tempo o suficiente com ela, para que ela aprenda lidar com certa pessoa.

Ela é incontrolável, ninguém consegue colocar ordens nela a não ser que seja para o bem de todos. Ela é perigosa e sabe muito bem brigar, tanto de palavras quanto de toque e não tem medo de machucar seu “oponente”, mexer com ela sem conhece-la a tira do sério, sendo que não leva desaforo a lugar nenhum e é fácil deixa-la irritada, seu lado explosivo realmente consegue deixar alguém sem graça ou machucado tanto por suas palavras sarcásticas ou por seus tapas, socos e chutes doloridos.

Ela tem mania de mexer em seus cabelos ou acariciar sua perna e braços, ela não é vaidosa, nem um pouco. Não liga para roupas, maquiagem ou seriados. Ela é mais aventureira e gosta de se divertir, isso é mais algo que chama a atenção nela, seu ela junta esse seu estilo “independente” com seu jeito “sensual”. O que a torna mais atraente.

Ela sorri sempre, mesmo que seu sorriso seja um tanto quanto sarcástico. Ela não gosta de chamar a atenção de ninguém, por isso, nunca chora na frente de ninguém e nunca demonstra seus reais sentimentos, na esperança que as pessoas não a encarem ou a “julguem pela capa”, ela prefere deixar a impressão de sexy e cruel. Mesmo assim, não é nada sensível e é difícil faze-la chorar, além disso, ela não é de esperar que as coisas cheguem em sua mão, ela simplesmente corre atrás, só fica muito nervosa se não conseguir o que é quase impossível de ocorrer.

EXTREMAMENTE DETERMINADA. Ela não para até que chegue ao seu objetivo. Essa determinação dela, chega a ser teimosia, ela não aceita que pessoas entrem na frente e dizem que é má ideia, se ela for se ferrar, ela vai e sozinha. Ela não desiste das coisas por nada nesse mundo, apenas se algo realmente diferente acontecer e ela se sentir melhor fazendo outra coisa. Isso a deixa meio dessas pessoas que fazem para ver consequências depois, mas que mudam de opinião dificilmente e sempre é para algo maior e melhor.

Seu sarcasmo chega a ser um pouco humorístico mesmo acompanhado de mistério, ela parece não bater bem da cuca e mesmo que seja extremamente misteriosa, ela ainda consegue fazer as pessoas rirem ou ficarem irritadas da forma que ela fala. Suas palavras sempre contêm sarcasmo e de qualquer forma, zoeira para ela não tem fim. Adora tirar um sarro e se divertir como esses adolescentes de televisão, só que se sente meio sozinha e acaba que as pessoas não acreditam, porque ela parece ser cruel demais para ter esse humor. Igualmente a isso, sua lerdeza é bem hilária, como eu já disse.

Ela é muito competitiva e esconde profundamente que odeia ser derrotada e estará sempre com revanches em mente. Ela não é nada esportiva, sendo assim um pouco preguiçosa, mas não é a maior fã de dormir, prefere se divertir em festas ou olhar as estrelas, sendo que nadar também é um de seus hobbies. Porém, ama uma esgrima, dançar e cantar são seu forte. Ela consegue provocar as pessoas sempre as levando a algum duelo como "você está com medo?", mas a frase nunca vem acompanhada de humor e sim de mistério, como sempre, esse mistério pode ser atraente e irresistível.

Explicar melhor esse lado agressivo dela é inevitável, já que ela leva pensamentos violentos em sua mente. Ela odeia mostrar seu lado raivoso e se controla muito para isso, mas ela não aguenta e muitas vezes acaba soltando algum pensamento em voz alta, é difícil deixa-la com raiva? Não. Ao deixa-la, pode ter certeza que mais tarde, ela vai fazê-lo se arrepender de ter feito algo para ela ou para alguém próximo, ela não tem medo de brigar ou lutar, muito pelo contrário, está sempre pronta e atiçada para isso. Ela não para até que sua meta esteja completamente cumprida.

É bem curiosa e ás vezes, usa seu jeito ousado e sexy para conseguir descobrir as coisas, a menos que tenha que tocar em alguém com intenções que não sejam esmurrar ou matar. Quando coloca algo na cabeça, ela não desiste até conseguir, em junção a isso, é bem vingativa, EXTREMAMENTE vingativa, sendo assim, nunca deixa algo barato e tem problemas com raiva, sai descontando as coisas.

Sua voz sempre parece ser mais irônica. Mesmo depois dessa ousadia toda, eu posso afirmar que ela é a pior pessoa para mexer (assediar), pois, ela é uma menina extremamente difícil e nunca é fácil de se dar a um rapaz e até hoje, isso nunca ocorreu. Folgada e humilde, sedo uma simpatia incrivelmente legal de se ver, mesmo que tenha um jeito sexy ou molequinha de ser, ela é sempre muito humilde e leal as pessoas. Não é boca suja, mas chega a falar palavrão nas horas extremas, apesar de ser muito raro.

PS: Ela é a mesma coisa como deusa, a diferença é que se torna mais atraente por causa das bênçãos de sua mãe.



História:
Valentine é filha de dois deuses romanos, Vênus e Netuno, foi a pior traição de Netuno sobre Salácia, o que causou discórdia no Olimpo. Porém, para pôr fim daquilo tudo antes que uma guerra ocorresse, Salácia disse que não ligava e que se necessário, ela cuidaria da criança. A esposa do Deus Dos Mares acabou deixando as coisas mais tranquilas na visão de muitos, menos de Juno, a Rainha do Olimpo Romano e a pior deusa entre todas, a mais rancorosa e era uma das que mais tinha ódio de Vênus. Automaticamente, ela odiaria a pequena antes mesmo de nascer.
Vênus amava cada um dos filhos que tinha, com esse bebê não seria diferente, mesmo que soubesse que a ira de Juno cairia sobre a doce recém-nascida. Netuno e Vênus não tinham mais nada, porém, o pai pediu para que pudesse levar a filha para o mar junto com ele, Vênus negou e disse que Juno iria atrás dela seja lá onde ela fosse, menos para os templos de outros deuses, o que levou a Vênus trancar a bebê em uma das salas de seu templo, onde já tinha preparado tudo.
Valentine já nasceu energética. Ela parecia já ter nascido sabendo que era uma deusa, porém, como teria sido num século bem depois que os mortais desacreditaram nos deuses, Valentine nunca foi reconhecida. Ela gostava de treinar em seu quartinho, normalmente criava ilusões para si mesma e fazia delas, seus inimigos. Ela adorava treinar esgrima ou qualquer outro tipo de luta, reflexos comuns de qualquer deus romano, eles praticamente nasciam sabendo lutar.
Tudo parecia estar indo bem até os 5 anos de idade de Valentine. Quando a charmosa deusinha não suportava mais ficar trancada e ser visitada apenas por sua mãe ou pai uma vez na semana. Ela tinha que se virar sozinha. Vênus tinha as oferendas que alguns mortais depositavam em seu templo só por diversão, e logicamente, a comida ia para a pequena. Era assim a vida tediosa de Valentine.
Foi quando a garota começou a entrar nos sonhos das pessoas e se aventurar nos mesmos, ela passava o dia todo no sonho de outras pessoas, até mesmo de crianças de sua idade, isso aos seus 8 anos de idade. Todos os deuses sentiam a força que Valentine tinha e isso trazia medo aos mesmos, e se a pequena se revoltasse contra eles? Eles não sabiam o que ela podia conseguir através de sonhos e pensamentos, foi quando ela foi nomeada a deusa de ambos.
Quando completou 10 anos, Valentine entrou em outro sonho como sempre e encontrou um garotinho de cabelos brancos e olhos vermelhos. Valentine viu que o garoto era mal-educado e mal-humorado, mesmo assim, tentou se aproximar, porém, tudo o que o menino fazia era dar patadas nela, parecia ser bem mais velho do que ela, assim, ela descobriu que o menino que parecia ter a mesma idade que ela, tinha bem mais e era imortal, ela achou isso legal e contou que era imortal por ser uma deusa. O garoto não respondia, e Valentine se irritou indo embora, mas percebeu que o garoto ficou a observando por muito tempo até ela desaparecer e entrar em outro sonho.
Desde então, Valentine se tornou alguém durona e ousada, sendo que cada vez que sua personalidade mudava, seus poderes evoluíam, esse era o medo dos deuses. Até que então, Júpter, o Rei dos Deuses Romanos, mandou darem um jeito no jeito de “guerreira” que Valentine ganhava. Vênus jurava que ela seria uma princesinha mimada, mas ela realmente parecia mais uma guerreira medieval, a menina adorava se meter em encrencas, mesmo que estivesse numa sala trancada.
Aos 13, Vênus e Netuno não conseguiam mais esconder Valentine, já que ela realmente era uma deusa muito forte e aventureira que amava desafios, Netuno ficava cada vez mais orgulhoso e Vênus mais confusa, nenhum de seus filhos tinha uma personalidade tão forte daquela forma, Vênus se limitou a mandar o ex-amante, Marte, treinar a pequena para se defender melhor. Mesmo que Marte fosse muito bruto e feria várias vezes Valentine, a garota já havia se tornado muito tristonha por conta de ter passado tanto tempo trancada uma sala pequena por tantos anos e nem mesmo em seus treinamentos ser liberada.
Foi assim até seus 16 anos, onde Juno tinha o plano perfeito para tirar a garota do Olimpo de uma vez por todas. Ela ofereceu a menina aos Sakamaki’s e quando Karl foi busca-la, Vênus e Netuno começaram a defender a menina, mesmo que não se gostassem mais, uniram argumentos para lutar contra Karl, mas Juno e Minerva apoiaram o homem e isso foi o suficiente para que Júpter aceitasse a oferta, seria uma ótima provação para a sobrinha, mesmo que Valentine não gostasse nada da ideia e nem sonhava que aquilo ocorreria com ela.



História como foi parar na mansão Sakamaki:
“Valentine estava jogando uma bolinha de borracha no teto e pegando-a de volta, deitada em sua cama, entediada de tanto tempo presa. Ela já estava ficando louca com aquilo. Foi quando sua mãe apareceu ao lado de outro homem que ela desconhecia.
– Essa é a conhecida Deusa dos Sonhos? – Riu o homem.
– Pelo menos você sabe quem eu sou, eu nem faço ideia de quem você seja – Retrucou Valentine sem encara-lo.
– Filha, tenho que te contar uma coisa – Disse Vênus calmamente – Você terá que ir embora com esse cara.
– ESPERA AI – Gritou Valentine animada – EU VOU SAIR DAQUI?!
– Com certeza – Vênus abaixou a cabeça – Mas, você provavelmente morrerá por isso.
– Hello, aqui quem fala é uma deusa! – Riu Valentine.
– Confiante – Karl continuava sorrindo – Espero que seu sangue seja doce.
– Oi? – Valentine parou e olhou para o cara com uma cara de “você sabe o que está falando? ”.
Vênus correu até a filha e a abraçou. Dizendo que não era para ela temer nada e ser uma guerreira incrível e que não deixasse ninguém mexer com ela, então, escondeu uma adaga no bolso da filha pedindo para que nunca se separasse da arma abençoada por Netuno. Foi quando Valentine sacou tudo e começou a chorar, ela veria sua família outra vez? Mas, antes de tomar qualquer reação, Karl a prendeu e a levou embora, deixando sua mãe para trás. Valentine preferia ter desmaiado do que ficar se debatendo, pois, desmaiada ela teria mais sorte se entrasse na mente de Karl, mesmo assim, foi em vão e ela não podia fazer nada. Só agradeceu por não estar mais presa e bem longe de Juno. Tentou pensar no lado bom, na cabeça dela, ela ia judiar dos vampiros e nunca imaginou que eles tentariam matá-la”.



Par:
Subaru Sakamaki.




Poderes como deusa:
Oneirocinese – Sonhos (Capacidade de manipular e controlar os sonhos. Este poder é muito raro. O usuário invade os sonhos de outro ser vivo e se torna onipotente naquele lugar. Valentine pode fazer com que tudo o que acontece no sonho se transforme em "realidade", fazer as reações do sonho serem realizadas no corpo da pessoa adormecida, inclusive a morte da vítima).

Telepatia (Capacidade de ler os pensamentos de outros ou mentalmente se comunicar com eles. Sendo que pode realizar ilusões na mente das pessoas e enfraquece-las com a visão, pode até mesmo controlar os pensamentos da pessoa. Pode assim, descobrir rapidamente o que alguém sente pelo outro).

Hidrocinese (A capacidade de gerar e controlar o elemento água. É possível fazer a água escoar pelo ar, criar esferas de água cheias de pressão, cortar objetos com a água como se ela fosse uma lâmina afiada e derivados. Podendo respirar debaixo da mesma. Esse poder foi puxado de seu pai).


Como age com:

Amigas:

Valentine é a palhaça entre elas. Consegue fazer todas rirem e sorrirem até mesmo nos momentos mais inoportunos, ela adora irritar as mesmas com piadinhas e tem uma ótima convivência com elas. Sendo que está com elas para o que der e vier, em momentos tristes e felizes. Até mesmo é capaz de cometer loucuras para protege-las.

Os Sakamaki's:
Shu Sakamaki:

Valentine adora provocar Shu, por ele dormir muito, ela tem mais vantagem perto dele. Ela gosta de assusta-lo aparecendo rapidamente nos sonhos dele e dizer “acorda”. Shu acaba odiando a garota por suas piadinhas e isso não os torna próximos. Valentine não fala muito com ele, normalmente é só quando ele critica (ou elogia) alguma música que ela toca no piano e no violão.

Reiji Sakamaki:

Reiji não a suporta. Talvez por Valentine ser muito animada e estabanada e ele não gostar nada disso. Valentine fala com Reigi apenas em necessidades extremas e sempre fica mais sarcástica do que já é, o que o irrita. Mas, nem mesmo ele pode recusar que gosta de ver os interesses de livros dela, coisas antigas e sem respostas, misteriosas. Ele acaba recomendando alguns livros para ela ás vezes, e ela diz conhecer alguns sabores de chá bem legais e que poderia apresentar para ele um dia que estivesse de bom-humor (mesmo que isso seja raro).

Ayato Sakamaki:

Ayato não a suporta pelo simples sarcasmo que ela o responde sempre. Ele se sente meio incomodado por ela sempre andar armada com uma adaga pela mansão, isso complica na hora em que ele se pergunta como seria o gosto do sangue dela.

Laito Sakamaki:

Ela odeia ele, porem, Laito vive dizendo que “adoraria fazê-la sonhar de sonhar, de verdade”. Ele costuma a chama-la de “Bich”, pelo comportamento dela. Valentine só o responde com patadas e para ele, parecem ser vinte vezes mais afiadas, fica armada perto dele (sua adaga sempre está em seu bolso, cinto ou na hora de dormir, debaixo do travesseiro). Perto de Laito, ela fica sempre atenta e qualquer aproximação dele, é certeza que ela não vai ter medo de machuca-lo.

Kanato Sakamaki:

Ela acha Kanato extremamente macabro e o mesmo não gosta quando ela fala o que acha sobre ele na cara dele. Kanato tenta escraviza-la como faria com suas outras noivas, mas Valentine somente olha para a cara dele e fala com desdém “vai se benzer primeiro e depois vem falar comigo”. Ela não respeita ele de jeito nenhum e adora assusta-lo em seus sonhos, Kanato acha isso bem diferente, mas nada legal, não entende o porquê de ela não ser vulnerável como noivas passadas.

Par:

Valentine diz que ele era o garotinho na qual perturbou o sonho a 6 anos atrás, Subaru não nega.
Se quer ver uma guerra, é só colocar os dois frente a frente, estão sempre brigando e nunca se dão bem. Eles se encontravam muito, pois passeavam demais nos jardins de diversos lugares. Mas, o estilo aventureiro de Valentine aproximava Subaru que nunca tinha visto uma garota com tanto espírito de guerreira daquela forma. Valentine vira os olhos durante suas conversas e isso fazia com que ela quisesse estar com o Kanato naquele momento do que estar ali com Subaru, mas desde que descobriram que já tinham se visto pelo sonho de Subaru, já tinham sentimentos fortes um pelo outro, como se soubessem que nasceram para ficarem juntos, mas achavam que era nojo ou algum ódio perturbador.
Com um tempo, Valentine vai aprendendo a lidar com Subaru e aprende que quanto mais patadas ela dar (como sempre fez desde o começo) pior vai ser, então, ela começa a lidar com ele da mesma forma que ele lida com ela, igualando as coisas e mudando tudo. Valentine ensina coisas sobre a natureza para Subaru e ele continua ignorante com ela, mas a deusa sempre vai responder uma patada sarcástica na medida certa e isso vai aproximar muito os dois. Subaru poderia desenvolver um ciúme sob ela, o que ela não gosta nada.



Gosta:
Desafios.
Loucuras.
Música.
Água / Rios / Represas / Mar.
Ser Desejada.
Dançar.
Lutar.
Ser temida.
Agressividade.
Livros (preferencialmente de mistério).



Não gosta:
Subestimação.
Derrota.
Ordens.
Desigualdade.
Pressão.
Etiqueta.
Assédios.
Tristeza.
Sentimentos.
Falsidades.
Pessoas que não dormem.



Sonhos:
Voltar para o Olimpo e esfregar na cara de Juno que conseguiu sobreviveu.
Cantar – Valentine queria poder mostrar para o Olimpo todo que ela sabe cantar bem, podendo ser a pessoa que vai “inventar” o entretenimento naquele lugar.



Medos:
Agulhas – Tem uma certa agonia quando vê uma, ou ser furada também não é a coisa certa para se acontecer com ela, ela começa a ficar tremula e inquieta, pode até mesmo gritar e chorar por conta do furo.

Fobias:
X

Traumas:
Lugares muito confinados e fechados. Não consegue ficar nem se quer um dia inteiro num local trancado sem ficar em desespero, tem medo de ser trancada de novo e ficar o resto de sua vida lá. Ela sabe que ao anoitecer é certo trancar a porta de seu quarto e ela faz isso, mas logo de manhã tem que a abrir o mais rápido o possível.



Quer Hentai?
Claro!




Qual o tipo de sangue de sua personagem? É doce, azedo?
Dona de sangue A-.
Algo mais raro e diferente de se ver. Seu sangue tem uma textura mais aguada por conta de seu pai, mas seu gosto pode se comparar a de morangos doces, por conta da parte sanguínea de sua mãe.



Você sabe que sua personagem está nas minhas mãos e posso fazer o que quiser com ela?
SIM! A eu adorei a ideia da história e espero muito que você vai saber utilizar as personagens de forma que a fic fique ótima!



Algo mais?
Sim!
Essa aqui é a voz dela (representada por “Madilyn Bailey”)


Ela toca violão e piano.
Adora livros de mistério ou comédia.
Valentine vive com a adaga que sua mãe lhe deu antes de ir embora. Ela vive com ela e não tira do bolso se não for para atacar, na hora de dormir, Valentine deixa a adaga debaixo de seu travesseiro.




=== ROUPAS ===
Casual:

{na imagem a seguir, ignore o primeiro look rosa e o terceiro azul}


{na imagem a seguir, ignore o primeiro look da fileira de baixo, o terceiro da fileira de baixo e da fileira de cima e o último também da última fileira}




Pijama:




Roupa de deusa:



Descrição do estilo:
Valentine usa roupas que sejam confortáveis e que mostrem mais de seus atributos. Normalmente um top, uma saia ou short estão presentes em sua roupa. Ela nunca se cobre por inteira e mesmo no frio, ela está com uma blusa de frio que mostre seus ombros. Pode parecer meio vulgar, mas ela sempre usa suas roupas de uma forma certa e que a deixe mais bonitinha e não vulgar como muitos esperavam.




OBRIGADA POR LER ATÉ AQUI!! ESPERO QUE GOSTE DELA!
KISSES!


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...