~CrazyBoylieber

CrazyBoylieber
Believe me like a fairy tale
Nome: Guilly
Status: Usuário
Sexo: Masculino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 31 de Outubro
Idade: 19
Cadastro:

Out of The Way - Interativa (Ficha)


Postado

>> Nome Completo <<
Roland Bernard Delancy

>> Apelido <<
Andy/Berny

>> Idade <<
24

>> Aparência <<
1.75cm, 67kg. Olhos azuis, cabelos castanho claro. ~Não sei descrever pessoas ;-;








>> Nacionalidade <<
Bélgica.

>> Personalidade <<
Roland é um rapaz bastante extrovertido e atencioso, sempre atrai novas amizades. Adora cuidar daqueles que ama, desde seu bem estar físico até o emocional. Possui a personalidade forte e muitas vezes tenta esconder seus sentimentos para que não afetem as pessoas à sua volta. Detesta conflitos e sempre tenta equilibrar as situações constrangedoras com argumentos convincentes. Não gosta de apelar para a violência, usa isso apenas como ultimo recurso. Inteligente, gosta de calcular seu atos para ter certeza de que tudo vai dar certo, sempre contando com as probabilidades. Se irrita quando as pessoas não fazem as coisas do seu jeito, mas tenta não demonstrar.

>> História <<
Roland nasceu em Tournai (Bélgica). Sua mãe teve depressão pós-parto e acabou fugindo do hospital poucos dias após o seu nascimento. Procuraram a mulher por meses, mas acabaram não encontrando seu paradeiro. Rolando foi criado por seu pai e seus avós paternos. Tentava não demonstrar para não magoar os familiares, mas se sentia triste, e incompleto por não ter crescido com sua mãe, principalmente por ela te-lo abandonado, diferentemente das outras crianças com quem conviveu em sua infância, que tinham suas mães por perto dando amor e carinho, por mais que não soubessem reconhecer. Apesar disso, foi uma criança normal. Não tinha uma vida muito luxuosa, mas seu pai nunca lhe deixou faltar comida na mesa. Sempre deu amor e carinho a sua família, e amava eles de todo coração, principalmente seu avô que o ensinou a observar as estrelas.
Quando Roland estava com 14 anos, seu pai recebeu uma proposta de emprego muito boa, mas precisava ir morar na Inglaterra. Percebendo que Roland não queria sair da Bélgica, ele decidiu ir sozinho e se estabilizar lá primeiro, até mesmo para ver se o emprego daria certo. Roland ficou morando com seus avós. Em uma manha, a padaria dos avós de Roland foi assaltada, e em uma tentativa de reagir, seu avô acabou baleado e morto. Depois disso Roland e sua avó decidiram ir morar na Inglaterra com seu pai.
Quando tudo começou, ele estava na biblioteca. Todos começaram a ouvir gritos vindos de fora, quando foram olhar sobre o que se tratava, viram pessoas correndo em panico. Ao longe viam pessoas que não aparentavam estar normais. No inicio Rolando pensou ser algum tipo de brincadeira, mas ao perceber o que estava acontecendo correu para ligar para sua avó para ver se estava bem, mas ninguém atendeu. Ligou para seu pai, que estava confuso e atordoado, e em certo momento a ligação caiu. Enquanto ele fugia da biblioteca foi atacado, quase foi mordido, mas conseguiu se livrar usando uma tampa de lixeira para se defender. Um homem avistou ele no meio de todo aquele caos, e passou a ajuda-lo. Tentou procurar sua família, mas não os encontrou, e mesmo todos dizendo o contrario, não perde as esperanças de encontra-los ainda com vida.

>> Orientação Sexual <<
Gay enrustido.

>> Par <<
(x) Sim, a autora escolhe

>> Cenas de Sexo <<
(x) Sim, com certeza.

>> Qualidades <<
Aprende tudo rápido e com facilidade. Organizado. Cozinha bem, consegue fazer qualquer coisa ficar "comivel". É esforçado, se dedica ao máximo em tudo.

>> Defeitos <<
Indecisão, não é muito bom em saber se pode confiar em certas pessoas. Palavras impulsivas, as vezes não pensa bem antes de falar. Pode ser manipulador, algumas vezes despropositadamente.

>> Palavra Chave <<
Survive, bitch!

>> Gostos <<
Ama astronomia, livros de ficção científica e psicologia. Jogos de raciocínio e estratégia. Musica, toca violão e piano desde pequeno. Tem uma voz linda, mas sente vergonha de cantar, prefere apenas compor musicas.

>> Desgostos <<
Preconceito, desordem, pessoas rudes, cheiro de cigarro.

>> Medos <<
Tem medo de se assumir gay. Claustrofobia.

>> Segredos? <<
Sua homossexualidade.

>> Armas <<
Ganhou as duas do homem que lhe ajudou.



>> Concorda que seu personagem estará em minhas mãozinhas? <<
Yeah.

>> Algo mais <<
Seus familiares estão mortos.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...