And the zuera nerver will be over...


Postado

And the zuera nerver will be over...

Eu @Bay, estou de volta para invadir mais uma vez a conta da minha dongs para finalizar os nossos jornais dos nossos dias juntas, a primeira de muitas outras aventuras que ainda vamos viver juntas. Muita coisa aconteceu nesse meio tempo, tanto que nem deu para vir escrever com tanta frequência, postar tantas fotos, realmente estávamos vivendo o momento como se deve. >.<

Pois bem, no ultimo sábado que eu passei com a Dessa, fomos ao shopping e eu finalmente conheci a galera do Kpop, confesso que foi bem mais divertido do que eu esperava. Todas as pessoas que curtem a Asia tem uma coisa em comum, são o surto em pessoa e eu não reclamo disso, adoro muito. Foram boas risadas, bons drinks e um papo maneiro em uma tarde chuvosa. Nisso, uma das melhores amigas da Dessa foi dormir conosco, confesso que todos me botaram um certo medo de a conhecer, mas no final nos demos bem, dormimos depois de muitas risadas e comentários desnecessários. Nosso domingo foi dividido entre um café da manhã na feira do Guára, zoológico e uma almoço com família na casa do Vovis, preciso dizer que conviver com a família da Dessa é uma experiencia incrível, quase uma novela mexicana daquelas que você vicia por ser tão unica dentro do seu próprio cliché. Amon muito <3

Acho que todos os eventos que foram programados para fazermos durante essa minha vista, o que eu estava mais apreensiva foi quando essa louca disse que iria me ensinar a andar de bicicleta, sim não sou capaz disso. O dia estava chuvoso, estava um pouco frio, nada estava ao nosso favor para eu aprender, mexmo assim nos fomos. Chegamos até onde estavam as bikes embaixo de uma chuva grossa, estávamos encharcadas de cima abaixo e ainda tínhamos uma platéia dentro dos carros que passavam na avenida para nos ver andar. Eu entrei em panico realmente, não aprendi, mas consegui ficar equilibrada por alguns instantes em cima da bicicleta, por eu ter tido alguns problemas no joelho, acho que eu fiquei com mais medo por isso. Mas da próxima que nos encontrarmos, eu vou ter aprendido, promessa de ano novo. Preciso dizer que eu não caí mesmo que eu tenha dois roxos enormes na perna, mas Dessa caiu lindamente, só vi ela estirada no chão, nem preciso dizer que rolei de rir. Quando voltamos nesse dia, comi a "Bomba" uma iguaria tipica, que é tipo um lanche caseiro que é delicia de verdade e ainda é barato.

Acabamos dormindo nos avós dela e quando acordamos era dia de ir no parque de diversões, mais conhecido como Nicolandia e toda a galera foi junto. Vou dizer que finalmente relaxei com eles e comecei a os considerar realmente meus amigos também, não que fizesse muita diferença a opinião deles, mas eu realmente gostei deles, tem uma vibe boa, até quem não me suportava, estava de bom humor. Fomos em vários brinquedos, gritamos muito naqueles que dão medo e quase morremos no barco viking, pior brinquedo ever, apenax isso. A unica coisa ruim que aconteceu nesse dia, que foi um susto para todos nós, foi quando depois que eu e a Dessa já tínhamos ido embora, uma amiga que eu já amo demais, se machucou e fraturou três costelas, mas ta bem já. Nós passamos o dia seguinte inteiro na casa dela vendo filmes e deixando ela mais alegre.

Então no meu ultimo dia na capital maravilhosa, quando minhas malas já estavam praticamente prontas, foi o dia de eu conhecer o colégio onde a Dessa estudou. Nem o frio ou o tempo nublado impediram de cairmos com tudo no futebol de Sabão, não fiquei muito porque já tinha me molhado o suficiente e estava me preparando mentalmente para ir embora. Foi boa minha despedida dos amigos dela, vou sentir saudades até deles, um em especial não parecia ver a hora de eu partir, estava bem simpático até. KKKKKKK Mas relevo esses who's alheios. No final do dia quando já estávamos em casa, tínhamos tomado banho que eu comecei a sentir a partida mesmo. Tudo acaba neh?! E passou tão rápido...

Mas sem lágrimas, foram dias ótimos com pessoas ótimas, e eu vou levar comigo boas lembranças de tudo. Só me aperta o coração o fato de eu não poder ir na casa da Dessa quando eu precisar de um abraço dela, ficar em silencio ao lado dela ou só ver o jeito natural que ela age com os amigos que é realmente fofo. Isso que me abalou ontem quando eu tive que dizer Adeus e eu desabei a chorar, fui para casa fungando e até um tempo atrás eu ainda estava meio chateada, mas nós construímos uma amizade do nada e estamos aqui, unidas. Não é uma distancia que vai acabar com tudo isso, só vai nos fazer valorizar ainda mais o tempo que vamos passar juntas. Adorei perceber que para ser amigo basta querer ser, não precisa de mais que isso. <3 Mal posso esperar para te dar outro abraçado apertado. Te amo muito, Dessa.

Com amor, Grazi.

Escutando: Lies - McFly
Lendo: Louca por você - M. Leighton
Assistindo: The Originals - Season 2
Bebendo: Suco de laranja.

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...