~TH1RT33N_D0CT0R

TH1RT33N_D0CT0R
Nome: Maria Luiza
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indaiatuba, São Paulo, Brasil
Aniversário: 13 de Março
Idade: 18
Cadastro:

Crítica - CdZ A Lenda do Santuário


Postado

Crítica - CdZ A Lenda do Santuário

Recentemente assisti ao filme do Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário. É um filme até que legal, fiquei bem surpresa com isso, mas tem algumas coisas que não gostei muito e algumas coisa que eu odiei!
Eu cresci assistindo os CdZ e é uma parte muito importante da minha infância, mais que Harry Potter e mais que Pokémon, e embora algumas mudança foram muito bem vindas outras eu gostaria de esquecer e nunca mais lembrar.

Pontos Negativos:

•A Saori era boazinha quando criança.

Uma das coisas que todos os fans se lembram era como a Saori era insuportável quando era pequena, um verdadeiro capetinha. Nesse filme mudaram isso.
Ela era uma anjinho de boa que só queria ajudar todo mundo. Honestamente isso tirou a profundidade da personagem. Essa mudança de personalidade mostrava como ela havia mudado com os passar dos anos, como evoluiu e amadureceu e principalmente como a morte de seu avô e assim única família a mudou.

•O Santuário é um planeta?

Essa eu realmente não entendi e não gostei muito. Tipo, ou o Santuário é um planeta ou está em outra dimensão, de qualquer jeito não ficou muito explicado.
Ficou legal? Ficou mas não é "O" Santuário que eu esperava e queria! Mesmo sendo meio bosta para mim as ruínas gregas e as doze casinhas flutuantes tinham de estar no filme! A saga das 12 casas foi uma das melhores, se não a melhor para mim, e uma de suas características mais marcantes e íconicas eram os templos estranhos na escadaria estranha que desafiavam a gravidade.
O Santuário planeta ou o que caralhos seja ficou muito legal mas teria sido melhor utilizarem em outro filme.

•Todos tem máscara.

Isso na verdade eu não me importo tanto mas eu acho contraditório. Na historia original as amazonas usavam máscaras para esconderem sua feminilidade e assim serem tratadas como iguais, mas agora todo mundo tem uma máscara. Isso acaba com o propósito das máscaras das amazonas, que na verdade tem um papel bem importante na historia original, e essas máscaras parecem que saíram de um episódio do Transformers Prime.

•Todos são cavaleiros bons.

Cara, tinha cavaleiros de ouro que sabiam que o Mestre (Dos Magos. :P) estava mentindo e que a Atena era falsa mas continuavam a apoia-lo mesmo assim.
Entendo que queriam mostrar que não, todos são bonzinhos e tals mas antes eles tinham uma crença verdadeira de que o que estavam fazendo era correto. Que ao apoiarem o Mestre eles estariam ajudando a humanidade e impedindo guerras. (Venhamos e convenhamos, quantas guerras tinham antes da Saori aparecer? Quantas tiveram depois?)
Isso também tirou um pouco da personalidade deles.

•Afrodite.

Eu achava que não era humanamente possível escrotizar o Afrodite mais do que eles haviam feito com o passar dos anos mas eu estava redondamente errada.
Puta que pariu! Ele aparece para falar com o Grande Mestre para avisa-lo que o povão está chegando, leva um ataque e cai morto. ELE NÃO APARECEU POR UM MINUTO!!!! NEM DEU UM MINUTO!!!
Pra que isso gente?! Pra que?! O cara levou um fora de uma pisciana? Alguém que ele odiava era de Peixes? Alguma coisa assim aconteceu?

•O Milo é a porra de uma mulher!!!!

Esse, para mim, é o pior. Tudo bem, eu entendo, eles queriam ter uma personagem feminina forte mas caralho, tem a Marin e a Shina de amazonas fodas e elas nem aparecem no filme!
Teria sido tão incrível ter a participação das duas, ou uma só tanto faz, e mostra-las como mulheres forte e independentes que apareciam para ajudar a Atena a chegar no templo ou tentar impedi-los; mas ao invés de darem o merecido destaque a essas duas fodonas decidiram que seria mais fácil transformar um dos poucos cavaleiros de ouro verdadeiramente foda em mulher.
Ele era meu hosbandu, um dos meus cavaleiros favoritos e absolutamente incrível do jeito que era! Além do mais, tinha de ser justo o Mili que transformaram em mulher!
Porra, tinha o Afrodite que seria o mais fácil e o mais aceitável, tinha o Shura que é um inútil de bosta que também séria aceitável; ou quem sabe colocar a PORRA DAS AMAZONAS DE VERDADE NESSA CARALHA!!!!!!!


Pontos Positivos:

•Não tem ninguém feio nessa porra •___•

Putz velho, eu não sei se isso é positivo ou negativo, de verdade. Os design mudaram muito e embora eu ame de paixão os design originais eu não posso deixar de gostar dos novos também. De um jeito bem estranho combina muito com as personalidades de cada um e, de novo, não tem ninguém feio.
Até o Aldebaran que era um capetinha comendo farofa está bem bonitão nesse filme, fiquei muito surpresa porém feliz ;)
É estranho mas legal.

•Os pingentes bolsas.

Cara, esse eu gostei muito. No filme os cavaleiros de bronze andam com esses "pingentes" com a sua constelação gravada. Quando eles jogam aquilo aparece um circulo mágico da Fairy Tail e as caixas das armaduras aparecem.
Esse é um jeito muito mais prático de carregar as armaduras do que no original e graças a Deus eles mantiveram as caixas.

•É muito mais engraçado que o anime. (Fazer o que?)

Mesmo que seja um tanto mais infantil que o original é bem mais engraçado. O Seiya realmente tem graça e consegue se tornar um personagem agradável e até mesmo um ótimo personagem. (Tã tã tãã, é eu nunca gostei do Seiya)
Eu estava rindo bastante enquanto assistia porque nesse filme eles agem como crianças. Qual é, eu não posso ter sido a única a ficar surpresa ao descobrir que o Seiya, o Hyoga e o Shiryu só tinham 14, 13 anos!
Eles nunca agiram conforme sua idade, o que pode ser explicado pelo treinamento que passaram e pela pressão de protegerem a Saori; mas mesmo assim é muito bom ver eles agindo como adolescentes normais, fazendo bagunça, brincando, rindo e se divertindo.

•As casas são diferentes por dentro.

Cada casa é completamente diferente uma da outra por dentro; a casa de Aquário parece ser debaixo da água, a casa de Leão é tipo a entrada de uma mansão, e por ai vai.
Isso foi legal porque diferenciava os cenários e o cavaleiros.

E por fim, um pequeno resumo sobre cada personagem:

•Seiya: Porra, eu realmente gostei dele! Estou muito surpresa. Conseguiram combinar bastante a personalidade original dele com uma realmente agradável.
•Saori: Ela está bem útil no filme, eu sempre gostei dela mas admito que ela era bem inútil.
•Shiryu/Hyoga/Shun/Ikki: Ah, é. Eles aparecem.
•Mú: Ainda não sei de onde caralhos ele tirou os óculos.
•Aldebaran: Aeh, porra! Esse está muito foda, muito importante. Isso mesmo, poder para os BR. \O/
•Saga: Locão heterocromático que quer fuder com tudo. Curti. Cade o Kanon? Kano? Não lembro.
•Máscara da Morte: Pirata malquero que queria ser famoso mas foi recusado pela Broadway e virou assassino que faz apresentações no tempo livre com seus M Ms falantes. Estranhamente combina com ele.
•Aiolia: É o que mais está fiel a sua versão original no quesito personalidade. Gosto de ambas as aparências.
•Shaka: Vejo como faz muito sentido que ele saiba que a Atena que está no templo não é a verdadeira mas ao fazer isso eliminaram o que é, para mim, a melhor e mais marcante luta de todas: Shaka vs Ikki.
•Libra: Essa casa apareceu? Acho q sim...
•Aiolos: Continua morto.
•Shura: A mesma merda.
•Camus: O cabelinho está estranho mas graças a Jesus a Execução Aurora está igual. A luta dele contra o Hyoga, que também foi fantástica virou uma lutinha de uns dois minuto.
•Afrodite: ........ Mai PQP pra que humilhar tanto?!

No geral é um filme muito bom, recomendo para dar algumas risadas e para ter uns derrames. Poderia ser muito melhor mas entendo que o filme não podia ser muito para as crianças.

•Nota: 6,5/10


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...