Casa de Bonecas


Postado

Casa de Bonecas

Abra as paredes de madeira
Olhe cada pedaço de plástico
Roupas de látex, não de algodão e elástico
Bonecas com botox, sorriso estático.

Cinturas finas
Você não vê por entrelinhas
Acredite em tudo aquilo que vê na mídia
Eles mentem, mas acredite e evite uma tragédia.

Tudo tão falso
Você se odeia, mas por puro impulso
Sorrisos forçados, engolindo lágrimas e soluços
Depois de tudo, ainda sentiremos seu pulso?

Feche as paredes, mas olhe pelas janelas
Você verá a verdade sobre suas bonecas
Deprimente, eu diria
Ao contrário, eu mentiria.

Tudo feito em plástico e falsidade
Sorrindo na frente, e a faca afiada nas extremidades
Sorria com felicidade
Mas sempre desconfie da cumplicidade.

Por que todos os sentimentos quentes
Se tornaram água fria?
Você os mergulhou tudo na geleira
Inquebrável da vida?

Com isso posso concluir
Você recebeu as ordens certas para se prevenir
Mas se ainda for capaz de continuar
Leia Dollhouse e passe a brincar.

Escutando: Dollhouse - Melanie Martinez
Lendo: Your soul

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...