~ommahope

ommahope
+badboy.mp3
Nome: @edsheeramaconha
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
Aniversário: 14 de Setembro
Idade: 66
Cadastro:

¬burn book


Postado


𝙸𝚁𝙼𝙰̃𝙾𝚂 𝙽𝙰𝙼𝙶𝚄𝙽𝙶





F|I|C|H|A|P|A|R|A|A|L|U|N|O|S|:



Nome:


Chul Namgung | 철 남궁
Na realidade, o sobrenome é escrito antes do nome, mas achei mais fácil e melhor pra você entender, mais prático.

Apelido:


Chiminnie, para amigos íntimos e família, Namg para os demais. Os companheiros do time de basquete até mesmo o chamam de Bobby, pois uma vez, quando o mesmo estava bêbado, quando qualquer pessoa perguntava-o seu nome, ele dizia que era Bobby.
Apelidos que não gosta: Chininha, Made In China. Odeia ambos, pois além de inspirar aquele esteriótipo antigo de que todos os asiáticos são iguais, ele sequer é chinês. Ele é coreano.

Idade:


17 anos.
Nasceu dia primeiro de janeiro de 1999.

Sexualidade:


Homossexual.

O que ele(a) é?


Atleta.

Personalidade:


“Siga o caminho arriscado do pensador independente. Exponha suas ideias aos perigos da controvérsia. Diga o que você pensa e tenha menos receio do rótulo de louco do que do estigma da conformidade. E, nos assuntos que são importantes para você, levante-se e faça-se ouvir, a qualquer custo.”
Thomas J. Watson


É o maior advogado do diabo, vibrando no processo de retalhar argumentos e crenças e deixando os estragos no ar. Não faz isso porque está tentando alcançar algum propósito mais profundo ou um objetivo estratégico, mas sim porque é divertido. Ninguém ama mais o processo de debate mental do que ele, visto que dá ao mesmo a chance de exercitar sua inteligência rápida, grande base de conhecimentos acumulados, e capacidade de conectar ideias separadas para comprovar uma ideia.

Uma justaposição estranha surge com o mesmo, visto que é extremamente honesto, mas irá argumentar incansavelmente por algo que nem ao menos acredita, se colocando no lugar de alguém para ver a verdade através de outra perspectiva.
Fazer o advogado do diabo o ajuda não só a desenvolver uma ideia melhor sobre a razão de outra pessoa, mas também a entender ideias opostas.

Está em uma busca constante por conhecimento, e qual a melhor forma de alcançá-lo do que atacando e defendendo uma ideia, por diversos ângulos e lados?

Tendo um certo prazer em ser menos favorecido, aproveita o exercício mental encontrado em questionar o modo de pensamento dominante, tornando eles essenciais para agitar as coisas e enviá-las em novas direções inteligentes. Ama fazer brainstorm e pensar grande, mas irá evitar fazer o trabalho braçal a qualquer custo.

A capacidade de debate dele pode ser irritante – enquanto muito apreciada quando necessário, pode sair pela culatra quando ele passam por cima de outras pessoas, como por exemplo, questionando seus professores, supervisores ou inspetores. Isso se torna ainda mais complicado com a honestidade exagerada do mesmo, visto que não poupa palavras e se preocupa pouco ao ser visto como sensível ou compassivo. Se dá bem com pessoas do tipo de personalidade parecidas com a dele, mas tipos mais sensíveis, e a sociedade em geral, normalmente são contra conflitos, preferindo sentimentos, conforto, e até mesmo mentirinhas ao invés de verdade cruel e da racionalidade dura.

Isso o frustra, e ele descobre que sua diversão no conflito oferece muitos riscos, inadvertidamente, enquanto brinca os limites dos outros para ver suas crenças questionadas e seus sentimentos destruídos. Tratando os outros como gostariam de ser tratados, não tem paciência para ser mimado, e não gosta que as pessoas fiquem enrolando, principalmente quando pedem um favor. Encontra-se sendo respeitado por sua visão, confiança, conhecimento, e senso de humor diferenciado, mas luta para utilizar essas características como base de amizades ou relacionamentos.

História:


Nasceu em Gwangju, na Coréia do Sul, junto de seu irmão. Ambos tiveram uma infância pacata, e, enquanto um era mais apegado às artes, o outro preferia esportes. Com o passar da idade, ambos começaram a apresentar comportamentos e traços de personalidade completamente diferentes, o que acarretou em brigas constantes e desenfreadas, chegando ao ponto de ocorrer agressões físicas em algumas delas.
Apesar de ambos se amarem, os dois possuem um temperamento explosivo, e não levam desaforo par casa. A coisa foi piorando, até que chegou a um ponto que os pais resolveram obrigá-los a conviverem pelo resto do Ensino Médio juntos, os mudando para os EUA, para ficarem na casa de uma tia por este período. Eles apenas tiveram a opção de aceitar, e até ficaram felizes, pois a tia não ligava muito para o que eles faziam, e isso lhes dava a liberdade de fazer qualquer merda que quisessem sem que a tia ligasse. Mas a mesma é uma ótima conselheira, o que faz com que eles sempre vão pedir conselhos e ajuda para ela. Chul começou a melhorar o comportamento com o irmão, assim como o mesmo também o fez.
Assim que chegou na escola, logo depois de conseguir entrar no time de basquete, era bem zoado pelas origens. Mas, num certo momento, ficou tão irritado com um menino por culpa dessa zoação, que começou a socar e chutar o menino, que chegou a parar na enfermaria. Logo na primeira semana, foi suspenso. Isso obviamente o ajudou a se enturmar no meio do time dos atletas.

Gostos:


Debater sobre assuntos diversos, humor negro, conversar, jogar basquete, compor, dormir, conversar com a tia, irritar os amigos, festas, bebidas, doces, chiclete, ciências. Sua cor favorita é preto, e suas comidas favoritas são o Dol Sot Bi Bim Bap (Risoto coreano) e o Bulgogi (Carne preparada à moda coreana). Gosta de fazer exercícios físicos, e de exercitar sua capacidade de raciocínio.

Desgostos:


ODEIA Juk (Canja coreana ou mingau de arroz), assim como a cor amarelo. Inglês é sua matéria menos favorita, acha entediante. Ficar parado por muito tempo num mesmo lugar o irrita, e odeia acordar cedo. Comidas amargas são horríveis em sua concepção, assim como as azedas. Odeia brigar com seu irmão, pois o instinto de irmão mais velho não gosta. Odeia que o zoem pela nacionalidade e pelo sotaque coreano e levemente enrolado que possui.

Manias:


Possui a mania um tanto irritante para alguns de estralar as juntas dos dedos das mãos, toda hora. Também tem mania que morder os lábios e fazer biquinho quando concentrado.

Hobbie:


Jogar basquete, tanto que é capitão do time de basquete da escola. Dormir, e escrever algumas músicas, um hobbie que ele não sai espalhando para todo mundo. Caminhar de manhã cedo.

Romance?


Sim!


Estilo:






Aparência:



Bobby, k-idol do grupo de k-pop iKON

Possui a pele alva, mas com nuances amareladas e bronzeadas, macia e com um cheiro amadeirado e másculo. Suas feições são viris e bem marcadas. Possui um maxilar quadrado e queixo fino e triangular. Seus olhos são pequeninos e puxadinhos, evidenciando suas origens, escuros como a noite, e com uma coisa muito cobiçada no seu país: Pálpebras duplas, logo abaixo dos olhos, o que dão um aspecto "fofo" ao seu olhar. Seus cílios, assim como suas sobrancelhas, são escassos e escuros, bem finos. Suas sobrancelhas são grossas, mas escassas e de fios finos e escuros, mas bem feita e com a parte mais próxima do nariz bem marcadinha. Nariz anguloso e reto, empinado, mas não chegando a ser muito delicado ou "feminino". Seus lábios são carnudos e rosados, pequenos e bonitos, que, em contraste com os dentes brancos e alinhados, formam um sorriso lindo e brilhante. Seus dentes, como mencionado, são brancos e alinhados, porém, os dentes da frente são maiores e mais retangulares e espaçados. Orelhas de tamanho normal mas um tantinho afastadas da cabeça, om um alargador pequeno de cada lado. Cabelos negros e escuros, macios e cortados de um modo repicado com cerca de três dedos de altura, e com as laterais cortadas mais curtas. Tem 1,80 de altura, sendo alto, mas nem tanto, e pesa 79 kg, tendo um abdômen malhado e definido, mas nada exagerado.

















####################################################





Nome:


Dong-Sun Namgung | 동아 일 남궁

Apelido:


Dong, para os amigos e familiares, e Suo, para os demais.
Apelidos que não gosta: Chininha, Made In China. Odeia ambos, pois além de inspirar aquele esteriótipo antigo de que todos os asiáticos são iguais, ele sequer é chinês. Ele é coreano. O mesmo que seu irmão, basicamente.

Idade:


15 anos, dois anos mais novo que seu irmão.
Nasceu dia quatorze de setembro de 2000.

Sexualidade:


Heterossexual.

O que ele(a) é?


Faz parte do pequeno "clubezinho" dos artistas, pseudo-indies, sempre andando com eles.

Personalidade:


“Eu mudo ao longo do dia. Eu acordo e sou uma pessoa, e quando eu vou dormir tenho certeza que sou outro alguém.”
Bob Dylan


Um verdadeiro artista, mas não necessariamente no sentido típico onde fica por aí pintando arvorezinhas felizes. Porém muitas vezes, ele é capaz de fazer isso. É esse uso da estética, do design e até mesmo suas escolhas e ações para empurrar os limites da convenção social. Gosta de alterar as expectativas tradicionais com experimentos na beleza e no comportamento – é provável que diga a frase “Não tente me rotular!” mais de uma vez ao dia.

Vive em um mundo colorido e sensual, inspirado pelas conexões com pessoas e ideias. Se alegra reinterpretando essas conexões, reinventando e experimentando tanto com ele como com novas perspectivas. Nenhuma outra pessoa explora e experimenta como ele. Isso cria um senso de espontaneidade, fazendo com que ele pareça imprevisível, até mesmo para os seus amigos próximos e amados. Apesar de tudo isso, é definitivamente introvertidos, surpreendendo seus amigos quando sai do centro das atenções para ficar sozinho e recarregar as baterias.

Vive para encontrar maneiras de impulsionar suas paixões. Comportamentos perigosos como jogos e esportes extremos são mais comuns no seu dia-a-dia. Felizmente, seu comprometimento com o momento e com o ambiente permite que ele se saia bem. Também gosta de se conectar com os outros, e tem um certo charme irresistível.

Sempre sabe quando elogiar para amolecer um coração que está pronto para citar seus riscos irresponsáveis ou imprudentes.
Porém, se um criticismo é dito, a situação pode acabar mal. Pode lidar com comentários bem colocados, valorizando-os como uma outra perspectiva para impulsionar suas paixões em novas direções. Mas, se os comentários forem amargos e imaturos, pode perder a cabeça.

É sensível as emoções dos outros e valoriza a harmonia. Quando assolado com criticismo, pode ser um desafio para conseguir se distanciar e não ficar de cabeça quente. Mas, uma vez que ele compreende a discussão, pode deixar o passado no passado e seguir em frente, como se nada tivesse acontecido.

O maior desafio dele é planejar o futuro. Encontrar ideais construtivos para basear seus objetivos e trabalhar neles para criar princípios positivos não é fácil. Não planeja seu futuro em termos de bens e faculdade, emprego, etc. Ao invés disso, ele planeja ações e comportamentos como contribuições para um senso de identidade, criando um portfólio de experiências.

Se esses objetivos e princípios são nobres, pode agir com uma caridade maravilhosa e generosidade – mas também pode acontecer que estabeleça uma identidade mais egocêntrica, agindo com egoísmo e manipulação. É importante que ele lembre-se de se tornar quem ele deseja ser.

História:


Nasceu em Gwangju, na Coréia do Sul, junto de seu irmão. Ambos tiveram uma infância pacata, e, enquanto um era mais apegado os esportes, o outro preferia as artes. Com o passar da idade, ambos começaram a apresentar comportamentos e traços de personalidade completamente diferentes, o que acarretou em brigas constantes e desenfreadas, chegando ao ponto de ocorrer agressões físicas em algumas delas, tanto é que possui uma pequena cicatriz no ombro por culpa do irmão, que uma vez acertou a ponta do salto de sua mãe no seu ombro.
Apesar de ambos se amarem, os dois possuem um temperamento explosivo, e não levam desaforo par casa. A coisa foi piorando, até que chegou a um ponto que os pais resolveram obrigá-los a conviverem pelo resto do Ensino Médio juntos, os mudando para os EUA, para ficarem na casa de uma tia por este período. Eles apenas tiveram a opção de aceitar, e até ficaram felizes, pois a tia não ligava muito para o que eles faziam, e isso lhes dava a liberdade de fazer qualquer merda que quisessem sem que a tia ligasse. Mas a mesma é uma ótima conselheira, o que faz com que eles sempre vão pedir conselhos e ajuda para ela. Suo começou a melhorar o comportamento com o irmão, assim como o mesmo também o fez.
Assim que chegou na escola, era bem zoado pelas origens, junto de seu irmão. Mas, num certo momento, o mesmo ficou tão irritado com um menino por culpa dessa zoação, que começou a socar e chutar o menino, que chegou a parar na enfermaria. Logo na primeira semana, seu irmão foi suspenso.

Gostos:


Pintura, dança, teatro. Filmes, dormir, ficar com os amigos, mas também gosta de ficar na dele. Sua cor favorita é vermelho, e Juk é a comida que ele mais gosta. Ler é um de seus maiores prazeres simples da vida, junto de poder aproveitar um dia frio debaixo das cobertas junto de uma tigela de Juk quentinho. Inglês é sua matéria favorita, junto de História.

Desgostos:


Educação física, esportes no geral. Odeia preto, e Bulgogi, assim como carne no geral, pois é vegetariano. Objetos muito pontiagudos lhe dão uma certa aflição quando muito próximos do mesmo. Odeia que o zoem pela nacionalidade. Não gosta de ser chamado de hipster, indie, ou qualquer coisa num sentido parecido. Não gosta nenhum pouco de Matemática, Química, ou qualquer outra matéria de exatas.

Manias:


Escrever qualquer coisa que ele imagine ou esteja pensando. Fungar, por culpa da sua rinite leve, o que desencadeia outra mania que ele possui: Coçar o nariz e mexê-lo como um coelhinho, para parar o incômodo que ele sempre tem no nariz.

Hobbie:


Pintar, desenhar e tocar violão e violino. É muito ligado à todos os tipos de artes, por isso gosta de experimentar cada uma. Ama dormir, e nadar, seja numa piscina, num mar, ou numa lagoa ou lago.

Romance?


Sim.

Segredo:


Vou mandar os segredos dos dois assim que acabar esta ficha!




Estilo:







Aparência:





Donghyuk, do k-group iKON.

Possui a pele alva, com leves nuances amareladas, macia, suave e com um cheiro constante de sabonete, mesmo quando suado. Suas feições são infantis, com as maçãs do rosto elevadas e as bochechas rechonchudas. Queixo fino, e maxilar não muito marcado. Seus olhos são puxados, mas maiores do que os de seu irmão, também escuros e encantadores. Cílios pequenos e ralos, mas escuros e curvos. Sobrancelhas bem feitas e nem muito espessas, nem muito escassas, escuras, num tom castanho. Lábios finos, rosados, e bem desenhados, mas pequeninos e num formato de um pequeno botãozinho. Seus dentes são pequenos e alinhados, todos num tamanho parecido, formando um sorriso doce. Nariz anguloso, num formato mais triangular do que o do irmão e mais reto. Orelhas medianas, mas quase sendo de abano, afastadas da cabeça, ambas furadas. Cabelos castanhos, num tom médio, mais claros do que os do irmão mais velho, cortados de um jeito meio "tigelinha", só que mais repicados. Ele pinta bastante seus cabelos, de tons parecidos com a cor original, tipo ruivo, castanho-escuro, entre outros. Mede 1,75 de altura, e pesa 69 kg. Seu corpo é definido, mas não muito, sendo magro e esguio.















Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...