~ommahope

ommahope
+badboy.mp3
Nome: @edsheeramaconha
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
Aniversário: 14 de Setembro
Idade: 66
Cadastro:

Marilyn- Animals- Ficha


Postado



F*I*C*H*A

^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^


Ani~RAWRRRRRR~mals

Nome: Marilyn Landscape

Apelido: Mary

Idade: 25 anos

Signo: Virgem

Orientação Sexual: Bissexual, com preferência em mulheres.

Que animal o representa: Pantera

Aparência:
















Photoplayer: Cydnee Black.

Personalidade: Não é o tipo de pessoa que é uma grande flor que se cheire. Entre seus defeitos, estão o egoísmo, a teimosia, o orgulho, e a perversão. Sendo estes também suas maiores características, se sobressaindo por cima de outras características, não tão intensas. Raramente pede desculpas quando percebe que está errada, se é que consegue perceber isso. Não é o tipo de amiga que assumiria a culpa ou então não lhe deduraria e esconderia o segredo, apenas se isso trouxesse alguma coisa boa para ela, o que quase sempre não é o caso. Como eu disse, ela é pervertida ao extremo, e suas piadas são sempre de duplo-sentido. Apesar disso, é comunicativa, bem jeitosa e convincente com as palavras. Alegre e sorridente, sempre com um pequeno sorriso adorável em seu rosto. Alguns até à acham fofa, tudo por culpa deste sorrisinho insistente em seu rosto, que está lá pra mostrar aos outros que ela está sempre bem, mesmo não estando. Gosta de fazer novas amizades, pois, de acordo com o ditado popular, "Amizade é uma relação de trocas.", e ela realmente gosta de se beneficiar com esta relação. Um tanto manipuladora, persuasiva, com uma lábia e uma capacidade de lhe convencer a fazer o que ela quiser incríveis. Apesar de tantos pontos negativos, ou apenas nem tão positivos, ela é um tanto romântica, sendo uma real fofa com quem ela realmente se apaixona, ou seja, raramente ela solta este lado, pois raramente se apaixona. Mais um traço de sua personalidade, é que ela é organizadíssima, amando deixar seu quarto arrumado, se organizar nos estudos, e odeia que desorganizem suas coisas, mas essa organização é apenas com suas coisas. Adora contato físico, apesar de parecer um tanto fria. Sempre lhe cumprimentará abraçando ou com um beijo na bochecha, ou com os dois. Liga pra aparência, tanto é que gosta muito de se cuidar, mas não é um requesito básico em seus amigos. Não é muito avoada, sabe se concentrar no que ela tem que se concentrar, mas quando não gosta de uma coisa, ela acha que ficha 100 vezes mais difícil de se manter a concentração. Nunca faz as coisas sem pensar antes, analisa cada passo para ver qual a melhor opção.

História: Seus pais se conheceram numa balada quando a mãe e o pai tinham 19 anos, e na mesma noite transaram. Ela estava em seu período fértil, e eles transaram sem camisinha, num descuido típico de jovens. Apenas uma transa bastou para que Alice, sua mãe, engravidasse. Seus pais quase mataram-na, e ela pensou até em abortar. Mas aguentou firme e forte, e teve a criança que supostamente deveria trazer a luz para sua vida de volta. Ledo engano. Desde pequena Mary era uma criança difícil. Chorava muito, e sempre demonstrou a mesma personalidade de sempre: Essa personalidade quase insuportável dela fez com que aos 7 anos fosse abandonada no orfanato. Ela ficou revoltada. Sua personalidade piorou mais ainda, pois sabia que não iria sair daquela espelunca apenas pelo fato de ter mais de 5 anos, e adultos nunca querem crianças prontas, querem criá-las, mesmo na hora de adotar. Pelo menos era isso que ela achava. Um casal de lésbicas adotou-a, e amaciou-a. Elas duas são as únicas que conseguem controlar a pantera difícil que mora em Marilyn.

Medos/Fobias: Atazagorafobia- Fobia de ficar sozinho, abandonado, ignorado.;
Nictohilofobia- Fobia de florestas escuras à noite.;
Obesofobia- Fobia de ganhar peso.;
Medo de escuro, nada tão grave a ponto de chegar a seu uma fobia.


Gosta: Moda
Silêncio
Organização
Contato físico
Sorrir
Doces
Comida italiana
Contato ocular
Bebidas alcoólicas
Chiclete, uma verdadeira viciada. Nunca passa um dia sem mascar um.
Dormir
Conversar
Correr


Não gosta: Cerveja
Vinho tinto seco
Comidas amargas
Comida japonesa, chinesa e tailandesa
Barulho
Bagunça
Pessoas tão ou mais teimosas que ela
Acordar cedo
Racismo
Ficar parada
Buracos profundos
Escuro
Ser ignorada ou não ser ouvida, memso que sem querer da parte da outra pessoa. Ela ignora de volta, e parece que ela está tacando o iceberg do Titanic na sua cabeça. Nunca, NUNCA, a ignore.


Vícios: Nenhum dos que você aceita, e sim um vício em chicletes gigante.

Hobbies: Desenhar croquis;
Cozinhar;
Cantar
Maquiar-se ou maquiar outra pessoa.


Trairia o Leão? Depende do que ela ganharia com isso. Teria de ser um preço muuuito bom pra ela traí-lo.

Como reagiria em luta? Irrite-o. Distraia-o. Seduza-o. Faça ele parar de pensar na luta e começar a pensar em seu corpo. Ataque. Simples e fácil.

Armas: Uma adaga de prata:



Um machado de prata de dois gumes:



Uma lança de aço:



Tatuagens?: Uma pantera maori no ombro



Cicatrizes? Nenhuma.

Quer par? Sim.

O autor escolhe ou eu escolho? O autor escolhe.

Animal de estimação? Uma jaguatirica. Ela se chama Lannie e tem 6 anos de vida, ela já a pegou com 5 anos. É séria, madura, e parece uma lady. Mas também é brincalhona e fofa, e ama ficar no colo dos outros, se sentindo mais segura, ainda tendo traumas dos mau-tratos que sofria num zoológico.


Curiosidade sobre o personagem: Ela já namorou com duas pessoas ao mesmo tempo, e elas namoravam entre si também. Basicamente, ela já praticou poligamia.


Algo mais? Não.



Espero que esteja de seu agrado!!!!


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...